Arquivo da categoria: Serviços e Utilidades

Hapvida Saúde contrata trainees para vagas em seis áreas diferentes no Ceará

O Hapvida Saúde está com inscrições abertas para seu programa de trainee 2015, no Ceará. São quatro vagas para estudantes que estão no último semestre da graduação ou que colaram grau em 2014. As inscrições vão até 14 de novembro e os candidatos podem ser das áreas de administração, direito, economia, ciências contábeis, tecnologia da informação e gestão hospitalar.

De acordo com as informações divulgadas pela empresa, também são pré-requisitos o inglês intermediário, domínio do pacote office, disponibilidade para viagens nacionais ou mudança para cidades no norte ou nordeste e residir em Fortaleza.

O processo de seleção consistirá em análise do currículo e histórico escolar, teste de conhecimento (redação em inglês, português, raciocínio lógico e raciocínio verbal), dinâmica de grupo, teste psicológico e entrevistas. Para se inscrever é necessário mandar o currículo para o e-mail trainee@hapvida.com.br.

O programa de trainee da operadora tem a duração total de 18 meses, nos quais os selecionados participam de treinamentos e são inseridos no cotidiano da empresa, passando por diversos setores. Ao final desse período e, de acordo com o seu desempenho, o trainee é contratado para ocupar cargos de gestão na rede hospitalar da empresa.

(G1 Ceará)

Metrô de Sobral, no Ceará, começa a operar em fase de testes

Trens vão operar em fase de teste por pelo menos seis meses (Foto: Governo do Estado/Divulgação)

O metrô de Sobral, no interior do Ceará, começou a operar nesta quarta-feira (22) em fase de testes. Nesse período, ele funciona com abertura das estações às 8h e fechamento ao meio-dia, de segunda-feira a sexta-feira, gratuitamente. De acordo com o Metrofor, a fase é necessária para que a população conheça as estações e o percurso das linhas.

Nesta fase inicial o Metrô de Sobral funcionará com dois trens, um cobrindo a Linha Sumaré, que parte da Estação Cohab III em direção à estação Novo Recanto. O segundo trem cobrirá a Linha Grendene,  partindo da estação Cohab II em direção à estação Sumaré. As duas linhas se cruzarão na estação de integração Coração de Jesus. A operação assistida dura, no mínimo, seis meses. Após esse período, a operação comercial poderá ser iniciada, com valor ainda não definido.

Em uma segunda etapa, o o Metrô de Sobral funcionará de forma conjunta com o Sistema Integrado de Transportes do município (Sistrans). Pagando uma única tarifa o usuário poderá utilizar os dois meios de transporte. Pesquisa realizada em Sobral aponta uma demanda de aproximadamente oito mil usuários por dia, segundo o Governo do Estado. A capacidade do metrô é de quase dez vezes mais essa demanda.

Com valor total da obra orçado em R$ 93,6 milhões, o Metrô de Sobral terá cinco trens operando na linha quando estiver funcionando comercialmente. A expectativa é atender à demanda do município por um transporte rápido, eficiente e econômico para a população. O sistema possui doze estações. Os VLTs contam com ar-condicionado, possuem movimentação bidirecional e capacidade de transporte de aproximadamente 360 passageiros.

(G1 Ceará)

1ª Feirão do TRT/CE vende bens penhorados a partir de 20% do valor da avaliação

O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) realiza, na primeira semana de novembro, o seu 1º Feirão de Bens Móveis. Veículos, máquinas industriais, equipamentos de informática e roupas serão vendidos com lance mínimo a partir de 20% do valor da avaliação. A negociação será realizada nos dias 5, 6 e 7 de novembro, sempre das 9h às 11 horas, em três depósitos localizados em Fortaleza e Eusébio.
Com R$ 10 mil, é possível fazer um oferta para um veículo blindado ano 1999, em bom estado de conservação, câmbio automático e banco de couro. Um ônibus fabricado em 1998 e avaliado em R$ 45 mil tem lance inicial de R$ 9 mil. “Além do valor, outra grande diferença entre o feirão e os leilões é o fato de que o comprador vê, durante a negociação, o que está comprando, pois a venda é realizada dentro do depósito onde os bens estão armazenados”, destaca o juiz do trabalho, André Barreto.
O dinheiro arrecadado será utilizado no pagamento de trabalhadores que venceram disputas na Justiça do Trabalho, mas ainda não receberam o que têm direito. Ao todo, serão colocados à venda 32 lotes de bens, que têm a característica de já terem sido ofertados em leilões do TRT/CE.
Informações:
Datas e locais
5 de novembro: Depósito Leiloeiro Willian Augusto
Rua Bruno Valente, 1125 – Serrinha, Fortaleza
6 de novembro: Depósito Leiloeira Graça Medeiros
Rua Antônio Soares Pereira, 130, Telha, Eusébio
7 de novembro: Depósito Leiloeiro Fernando Montenegro Castelo
Rua Ademar Paula, nº 1.000, Esplanada do Castelão, Fortaleza
Redação O POVO Online, com informações do TRT/CE

Fortaleza ganha um espaço para a manutenção de Porsches

A New Tech já recebeu em suas instalações mais de 22 carros da Porsche para manutenção apenas na primeira semana em que houve a visita do técnico de São Paulo

A empresa paulista Stuttgart Sportcar, representante da Porsche no Brasil, fez uma parceria no Ceará. Agora, a manuntenção de carros de luxo da marca alemã no Estado é feito em um espaço na New Tech Blindagens, em Fortaleza.

 

“Existem muitos veículos Porsche rodando em Fortaleza. Percebendo isso, entramos em contato com a marca, por meio da Stuttgart Sportcar, para que a manutenção desses carros fosse feita aqui. A empresa já tem um porte de infraestrutura que facilitou a parceria”, ressalta David Feitosa, sócio-diretor da New Tech.

 

Os agendamentos são feitos para que haja o serviço, pelo menos, uma vez por mês na Capital, com um técnico autorizado que vêm de São Paulo prestar o serviço, iniciado em setembro. Os veículos continuarão com a garantia de fábrica, após os serviços realizados na New Tech, ressalta o diretor.

 

Na primeira visita do técnico, em quatro dias, foram realizados ajustes 22 carros

 

Na primeira visita do técnico, em quatro dias, foi realizada a manutenção em 22 carros. Mas ainda esta semana, estão previstos novos ajustes.

 

David lembra, que, antes, os carros eram enviados para São Paulo ou era agendado com um técnico que realizava o serviço em garagens ou borracharias sem a devida infraestrutura. “Agora, a gente agenda o máximo possível de carros. O mecânico já sabe o serviço que vai fazer. Já vem com as peças que é preciso repor”, ressalta.

 

Stuttgart

A Stuttgart Sportcar é a representante da marca alemã no Brasil. Em 1997, a empresa foi elevada ao posto de representante oficial de importações da Porsche para o Brasil. (Andreh Jonathas)

 

Serviço

 

Newtech Blindagens

Onde: Av. Vicente de Castro, 6270, Cais do Porto

Tel.: (85) 3248 6633

 

Mais Porsche no Brasil

Showroom Stuttgart Sportcar

Onde: Av. Europa, 459, Jardim Europa – São Paulo (SP)

Fone: (11) 3061 9544

Showroom Stuttgart
Sportcar – Nações Unidas

Onde: Av. das Nações Unidas, 16.461, Santo Amaro (SP)

Fone: (11) 5644 6700

 

Stuttgart Sportcar no Rio de Janeiro

Onde: Av. das Américas, 555 – Loja A, Barra da Tijuca – Rio de Janeiro (RJ)

Fone: (21) 2495 5959

 

Serviço autorizado no Rio de Janeiro

Onde: Estrada do Itanhangá, 1.079, Barra da Tijuca – Rio de Janeiro (RJ)

Fone: (21) 2494 3309

 

Centro Técnico – Porto Alegre

Onde: Avenida Ceará, 724, São João – Porto Alegre (RS)

Fone: (51) 3373 7600

(O Povo)

Sobral ganha o seu primeiro hotel de grife

O Tulip Inn Sobral fica ao lado de uma torre empresarial, vizinho ao Norte Shopping Sobral e a 500 metros do principal terminal rodoviário da região

A tradição de Sobral de não ter uma hotelaria no nível de importância da cidade está acabando. O município acaba de ganhar o seu primeiro hotel de grife, com 120 apartamentos e quatro salões de eventos em condições de acomodar até 70 pessoas em formato auditório. O Tulip Inn Sobral segue a linha da rede BHG – Brazil Hospitality Group, que administra no Brasil as marcas Tulip Inn, Golden Tulip e Royal Tulip onde o foco de negócios é o segmento corporativo. O hotel de Sobral acaba de concluir o período de soft open e entrar fase operacional.
O empreendimento está situado ao lado de uma torre empresarial, vizinho do maior centro de compras da cidade, o Norte Shopping Sobral, e a 500 metros do principal terminal rodoviário da região. 

Outra novidade do empreendimento sobralense é a parceria com o restaurante Semoara, de propriedade do empresário Filipe Baião, que fornece o café da manhã do hotel. Em breve, será inaugurando o Semoara Sobral, na mesma linha de parceria que é oferecida nos hotéis da rede em Fortaleza, entre eles o Golden Tulip Iate Plaza. Hoje, a cadeia holandesa BHG congrega nas três marcas um total de mais de 200 hotéis em 40 países.

(O Povo)

“A igreja está finalmente abrindo as portas para os gays”

Publicado no Unisinos. 

Elas moram em uma casa como qualquer outra em uma rua como qualquer outra com uma minivan Honda na garagem e abóboras, fantasmas e cabeças de esqueleto que enfeitam o pequeno jardim da frente em preparação para o Halloween [dia das bruxas]. Fini, 11 anos, foi, ontem, à loja de fantasias e voltou com um traje de bailarina zumbi e batom preto. Emily, 12 anos, comprou uma fantasia de índia norte-americana. Agora, está tudo preparado para a festa do dia das bruxas. Poucos minutos antes das 6 da tarde, a mãe Becky chega em casa com caixas de pizza do Pizza Hut e elas comem antes de começar uma noite agitada de lições de casa, limpeza, chuveiro e de preparações para ir dormir cedo.

Nada de anormal aqui. Apenas uma típica família americana em uma típica noite durante o ano letivo nos Estados Unidos, com exceção disso: Becky é casada com Marianne. Fini e Emily têm duas mães.

A mãe Marianne é, na verdade, Marianne Duddy-Burke, diretora executiva nacional da Dignity USA, uma organização que existe há 41 anos, e que trabalha pela mudança nos ensinamentos da Igreja Católica sobre gays e lésbicas.

E, ontem, a família Duddy-Burke teve um dia extraordinariamente bem-sucedido: as duas mães e as duas crianças sentiram suas orações serem ouvidas quando os bispos católicos no Vaticano divulgaram um relatório preliminar pedindo à Igreja para acolher casais homossexuais e os filhos de suas uniões.

“Não temos ilusões de que este documento vai ser a solução de tudo. É apenas um documento provisório. Mas apenas a mudança de chamar-nos de “intrinsecamente más” para esse tipo de linguagem, bem, isso é um sinal significativo”, disse Duddy-Burke, na segunda-feira, em sua sala de estar em Boston.

“Só de imaginar como poderia ser, ter as nossas filhas totalmente incluídas na Igreja, sem ter dúvidas sobre se elas podem ir para a escola católica, se elas podem ser batizadas e receber os sacramentos”, disse ela. Entretanto, quando tudo parece bem, regular e normal, de repente, alguém pode ir até o padre ou bispo local – mesmo aqui em Massachusetts, onde o casamento gay é legalizado – e sussurrar que Marianne Duddy-Burke está casada com uma mulher. E que duas crianças estão vivendo naquela casa profana. E que algo deve ser feito.

“Nós chamamos essas pessoas de ‘snipers‘ [franco-atiradoras]“, disse Duddy-Burke ao se referir aqueles que preparam as emboscadas. Ela viu as suas vítimas muitas vezes. Parceiros que declaram seus parceiros em um obituário. De repente, eles são demitidos de um emprego que tinham na Igreja. E tem os funerais – como o do pai de um amigo próximo, em Massachusetts – onde o padre anunciou antes da comunhão: “Os gays não devem se apresentar para receber a Eucaristia”. Então a filha do homem morto permaneceu em seu banco, abandonada e humilhada. Duddy-Burke viu ministros voluntários da Igreja convidados a retirar-se do ministério, incluindo um jovem gay que escreveu em sua página no Facebook sobre ir a um evento do Dignity USA.

A associação Dignity opera diversos programas e serviços semanais para gays e lésbicas e suas famílias que permanecem na Igreja Católica, mas sentem que não podem por causa do preconceito flagrante contra eles ou pior, contra seus filhos. Em Boston, a “Missa da Dignidade”, como eles chamam, acontece todos os domingos na Igreja de São João Evangelista. Sacerdotes que apoiam a causa e, às vezes leigos, presidem a celebração.

Duddy-Burke não acha que o documento do Vaticano de ontem vai encerrar o trabalho do Dignity USA. “O Vaticano nunca tinha dito nada de positivo sobre as relações do mesmo sexo”, disse ela. “E neste documento, eles estão louvando o compromisso de longo prazo e o seu caráter sacrificial. Eles estão dizendo que os direitos e as necessidades das crianças devem ser primordiais”.

Ontem, as suas filhas disseram que a sua família não é diferente de qualquer outra. “Um dos meus amigos mais próximos tem duas mães”, disse Emily. “Outro amigo, que é educado em casa, tem duas mães, também. É normal”.

Marianne Duddy-Burke é a mais velha de quatro meninas em uma devota família de Nova Jersey. Estudou sempre em escolas católicas. Ela era a mais jovem leitora da sua paróquia, a salmista mais jovem. Durante a maior parte do ensino médio, ela ia à missa diariamente com as freiras e ajudava um capelão cego a servir o altar. Na faculdade, ela foi presidente do Newman Center, um grupo universitário católico, até que “o capelão de alguma forma ficou sabendo que eu era lésbica. Ele me perguntou sobre isso. Eu disse: ‘Sim, eu sou’. Ele disse: ‘Nós não podemos ter alguém como você representando os católicos no campus’, e me fez sair do grupo. Fiquei arrasada, sem uma comunidade”.

Mais tarde, ela encontrou uma nova comunidade com o Dignity. Ela conheceu Becky, convertida ao catolicismo e ex-freira, na Missa da Páscoa. Quando elas decidiram adotar, elas primeiro tentaram através da Catholic Charities [equivalente a Caritas nos EUA]. Mas foram rejeitadas porque elas eram gays. Elas finalmente fizeram o processo de adoção através do Departamento de Crianças e Famílias do Estado de Massachusetts.

“Lembro-me de quando, assim que Emily chegou à nossa casa, mas ainda não tinha sido adotada, o Vaticano começou a dizer que colocar crianças com casais do mesmo sexo estava causando violência”, disse Duddy-Burke. “Isso foi no meio do escândalo de abuso sexual. Eu pensei: ‘O que temos de violento? Nós somos apenas uma outra família”.

Enquanto comia sua pizza de queijo na noite de ontem, Fini Duddy-Burke disse que ela entende o que a mãe diz: ela é apenas mais uma criança em mais uma família que está super animada, antecipando o dia das bruxas. Se ela tivesse uma chance, ela diria ao Papa Francisco ela mesma. “É bom ter duas mães. Elas são as melhores. E nós as amamos”, disse ela, mesmo quando “elas gritam com a gente”.

Inscrição para concurso da Petrobras termina nesta segunda, dia 20/10

Termina nesta segunda-feira o prazo para as inscrições no concurso da Petrobras que oferecer 8.088 vagas, sendo 663 para preenchimento imediato e 7.425 para formação de cadastro reserva, segundo edital publicado no dia 12 de setembro. As oportunidades são para quem possui ensino superior e médio/técnico. Os salários variam de R$ 3.400,47 a R$ 8.081,98.

Os postos de trabalho são para as seguintes localidades: Belo Horizonte, Curitiba, Macaé (RJ), Mauá (SP), Paulínia (SP), Rio de Janeiro, Salvador, Santos (SP), São José dos Campos (SP), São Mateus (ES), São Mateus do Sul (PR), São Paulo e Vitória.

Também há vagas que serão distribuídas por postos de trabalho nos Estados da Paraíba, Alagoas, Pernambuco, Santa Catarina, Sergipe, Amazonas, Ceará, Pará, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

Inscrições
As inscrições devem ser feitas pelo site da Cesgranrio, organizadora do concurso. As taxas são de R$ 40 para cargos de nível médio e R$ 58 para superior. A aplicação das provas objetivas para todos os cargos está prevista para o dia 7 de dezembro.

As avaliações serão realizadas nas cidades Belo Horizonte, Curitiba, João Pessoa, Maceió, Recife, Florianópolis, Aracaju, Manaus, Fortaleza, Belém, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Mauá (SP), Campinas (SP), Salvador, Santos (SP), São José dos Campos (SP), São Mateus (ES), São Mateus do Sul (PR), São Paulo e Vitória.

Cargos
Há 6.436 vagas para nível médio/técnico, sendo 575 para preenchimento imediato.

As vagas de nível médio/técnico são para os cargos de: técnico ambiental, técnico de administração e controle, técnico de comercialização e controle, técnico de enfermagem do trabalho, técnico de estabilidade, técnico de exploração de petróleo, técnico de informática, técnico de inspeção de equipamentos e instalações, técnico de logística de transporte, técnico de manutenção, técnico de operação, técnico de perfuração de poços, técnico de projetos, construção e montagem nas especialidades de edificações, elétrica, eletrônica, estruturas navais, instrumentação e mecânica, técnico de segurança, técnico de suprimento de bens e serviços e técnico químico de petróleo.

Das 989 vagas para nível superior, 88 são para preenchimento imediato.

As oportunidades são para administrador, analista de comercialização e logística – transporte marítimo, contador, enfermeiro do trabalho, engenheiro civil, engenheiro de equipamentos, engenheiro de petróleo, engenheiro de processamento, engenheiro de produção, engenheiro de segurança, geofísico, médico do trabalho e profissional de comunicação social – relações públicas.

(Portal Terra)

Voando Corporate, de Brasília, abre filial em Fortaleza

 

O Grupo Voando, de Brasília, anunciou que sua marca Voando Corporate terá, a partir de 10 de novembro, uma filial em Fortaleza. “Verificamos a necessidade de uma empresa bem estruturada, com profissionais renomados e qualificados na região e que possa oferecer os melhores serviços aliado a um custo baixíssimo”, disse Bruno Rosa, CEO da Voando Corporate, que ficará um período em Fortaleza, a partir da abertura da filial.

A nova filial da Voando Corporate, segundo comunicado, “atenderá exclusivamente empresas, sindicatos, confederações, federações e governo e para isso, alguns profissionais estão sendo deslocados temporariamente para a região, inclusive o próprio presidente, que ficará na região entre o dia 03/12/2014 ao 03/01/2015″.

Confira o novo portal da empresa em: www.vooandocorporate.com. Tel.: (61) 4063-7703.

(Panrotas)

Dia do Comerciário: Comércio de Fortaleza será fechado segunda (20)

Na próxima segunda-feira (20), Dia do Comerciário, todo o comércio de Fortaleza será fechado. A data é uma celebração às lutas e conquistas da categoria e tem como objetivo ser um dia de lazer e descanso ao trabalhador do comércio da capital.

O feriado é respaldado pela Convenção Coletiva de Trabalho 2014 dos comerciários, acordado entre o Sindicato dos Comerciários de Fortaleza e o Sindilojas. O parágrafo sexto da cláusula sexagésima oitava, referente aos feriados, determina que “os estabelecimentos comerciais albergados por esta convenção não funcionarão no dia 20 de outubro de 2014, data em que se comemorará o dia do Comerciário”.

As empresas que descumprirem a Convenção estão sujeitas a penalidades como citada na cláusula sexagésima nona: “Na hipótese de violação de qualquer cláusula desta Convenção, os que derem diretamente causa à infração, acordantes – empresas ou empregados – comprovada a sua culpa ficam sujeitos a multa equivalente a um piso salarial da categoria, em favor da parte atingida pela violação”.

Fonte: Sindicato dos Comerciários de Fortaleza

Hospital Sarah Kubitschek Fortaleza disponibiliza atendimento prioritário a bebês prematuros

Faixa prioritária vai de zero a 18 meses FOTO: DIVULGAÇÃO

Seguindo uma tendência nacional, o Hospital Sarah Kubitschek Fortaleza disponibiliza, há cerca de uma semana, atendimento prioritário a bebês prematuros de zero a 18 meses. O serviço, que pode ser agendado de forma online, visa conseguir diagnosticar possíveis complicações no decorrer do crescimento de cada um.

O atendimento ao público é gratuito, e a expectativa do hospital é de trabalhar com cerca de 20 novos bebês por mês, além daqueles que já estarão em acompanhamento. Este projeto foi feito, pioneiramente, emBrasília há um ano, depois de constatado seu bom resultado será implantado em toda a rede do Sarah Kubitschek.

No Sarah-Fortaleza os pequenos serão avaliados em equipe com a participação depediatras, fisioterapeutas, enfermeiros e psicólogos. Caso seja recomendado, podem fazer acompanhamento do desenvolvimento com a equipe junto à família.

Embora o acompanhamento seja válido em todas as etapas do desenvolvimento da criança, esta primeira fase, de zero a 18 meses, é de fundamental importância para detecção e tratamento de problemas no desenvolvimento, pois esse é um período no qual o cérebro da criança é extremamente vulnerável, mais flexível e com muita plasticidade. Quanto antes iniciar a estimulação, melhores serão os resultados obtidos.

“Assim, caso a família detecte qualquer problema na gestação, no parto ou nos primeiros dias de vida, deve trazer o bebê para seguimento, para proporcionar um desenvolvimento de todo opotencial cognitivo, motor e emocional do bebê”, enfatiza a médica Lúcia Willadino Braga, neurocientista e diretora-presidente da Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação.

Para simplificar e dar celeridade nos tratamentos, as consultas podem ser marcadas pela própria família por meio do site: www.sarah.br. Crianças de outras faixas etárias e adultos com problemas neurológicos do cérebro e da medula também são atendidos no Sarah.

Outros pacientes

O Sarah Kubitschek atende em média 400 pessoas diariamente, entre consultas, exames e atividades de reabilitação. Os serviços mais procurados no hospital são a investigação, diagnóstico e reabilitação de crianças e adultos com problemas neurológicos do cérebro e da medula, tais como traumatismo crânio-encefálico, AVC, sequelas de tumores cerebrais, doença de Parkinson, lesão medular, paralisia cerebral e mielomeningocele.

Serviço:

Hospital Sarah Kubitschek Fortaleza: Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 4.500 – Passaré
Site: www.sarah.br
Tel. para agendamento:
3499-4400

(Diário do Nordeste)

VII Evangelizar é Preciso, 18 de outubro 2014, na Praia de Iracema, em Fortaleza

A Polícia Militar e a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania de Fortaleza (AMC) preparam esquema especial para a 7ª edição do Evangelizar é Preciso, que acontece no aterro da Praia de Iracema no dia 18. O encontro, que contará com a presença do padre Reginaldo Manzotti, deve receber, segundo os organizadores, cerca de um milhão de pessoas para os shows, eventos culturais, missas e orações.

A primeira atividade desta edição acontece na sexta-feira, 17, a partir das 19 horas, quando o padre Antônio Furtado presidirá a missa para os três mil voluntários. No dia 18, durante a manhã, acontecerão atividades culturais e shows. O padre Antônio Furtado, da Comunidade Shalom e organizador do encontro, também conduzirá o Terço da Misericórdia às 15 horas.

Dom José Antônio Tosi, arcebispo de Fortaleza, presidirá a celebração eucarística do evento às 17 horas. Em seguida, Reginaldo Manzotti conduzirá momento de bênção com o santíssimo sacramento. Logo após, o sacerdote apresentará o seu show “Faça-me Crer”.

O Comando de Policiamento Metropolitano atuará com 326 policiais durante o dia do evento religioso. A ação do efetivo, porém, se estenderá ainda ao dia 17. Além do aterro, o policiamento será distribuído nas ruas que dão acesso ao local, contando com o apoio de um helicóptero e da cavalaria. O Corpo de Bombeiros fornecerá viaturas de combate a incêndio, ambulância, bote de salvamento e homens de prontidão para emergências. A AMC terá 70 agentes orientando o trânsito na região. Será proibido estacionar nas proximidades do aterro e o trânsito na Avenida Historiador Raimundo Girão será bloqueado entre a Rua Ildefonso Albano e a Avenida Barão de Studart.

Evento

Para o evento, a novidade este ano é que as atividades começarão a partir das 8 horas, com alvorada de fogos. Além do padre Manzotti, as atrações são a Irmã Kelly Patrícia e a cantora Suely Façanha. Katielly Carneiro, freelancer de Publicidade e Propaganda, já foi a duas edições do encontro. Segundo ela, “o evento é muito rico em espiritualidade. O fato de ter um sacerdote à frente faz toda a diferença. Não é só um show católico, mas um momento de oração e evangelização, tanto para crianças, quanto para jovens e adultos”. 

Para quem está na organização do evento, a alegria de receber os milhares de fiéis é um dos momentos mais marcantes, segundo o padre Antônio Furtado. “Nesta edição trazemos a experiência de sete outras. A cada ano a estrutura cresce, amenizamos os problemas e superamos as dificuldades”. 

Serviço

VII Evangelizar é Preciso, com padre Reginaldo Manzotti

Quando: 18 de outubro

Onde: aterro da Praia de Iracema (aberto ao público)

Mais informações: (85) 3261 4444

 

Programação

8h – Alvorada de fogos

8h10min – Abertura oficial

8h15min – Apresentação cultural

12h – Terço Mariano – Obra Evangelizar é Preciso

12h30min – Show musical – Ana Gabriela

13h10min – Show musical – Suely Façanha

13h40min – Pregação

14h30min – Show musical – Irmã Kelly Patrícia

15h10min – Hora da Misericórdia com o padre Antonio Furtado

16h30min -Ministério Evangelizar é Preciso

17h – Missa presidida por dom José Antônio Tosi, arcebispo de Fortaleza

19h – Adoração ao Santíssimo Sacramento – padre Reginaldo Manzotti

20h – Show “Faça-me Crer”, do padre Reginaldo Manzotti

21h30min – Encerramento

(Igor Cavalcante, O Povo)

Universidade Federal de Pernambuco fará cirurgias de mudança de sexo pelo SUS

Da Agência Brasil Edição: Marcos Chagas
Roberta Close fez uma cirurgia de redesignação sexual, em 1989, na Inglaterra.

O Ministério da Saúde habilitou o Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no Recife, a oferecer atenção especializada no atendimento a transexuais para mudança de sexo.

A habilitação foi publicada hoje (14) no Diário Oficial da União  e leva em conta critérios definidos pelo ministério, em 2013, para o atendimento de transexuais no Sistema Único de Saúde (SUS), como a capacitação de profissionais para garantir tratamento humanizado e sem discriminação a esses pacientes.

O Hospital das Clínicas da UFPE já faz cirurgias de mudança de sexo, mas o serviço foi interrompido para a reformulação do atendimento e adequação às novas diretrizes do Ministério da Saúde.

As diretrizes em vigor para o atendimento a transexuais definem que os pacientes têm direito à atenção especializada com profissionais das áreas de endocrinologia, ginecologia, urologia, além de obstetras, cirurgiões plásticos, psicólogos, psiquiatras, enfermeiros e assistentes sociais.

De acordo com a portaria que habilita o hospital, assinada pelo secretário de Atenção à Saúde, Fausto Pereira dos Santos, “o custeio do impacto financeiro gerado por esta habilitação correrá por conta do orçamento do Ministério da Saúde”.

Mark Zuckerberg doa US$ 25 milhões para barrar o Ebola

São Paulo – Diante da ameaça do vírus Ebola, que já matou mais de 4 mil pessoas no mundo, a maioria na África, o fundador do Facebook Mark Zuckerberg decidiu doar 25 milhões de dólares para ajudar a conter os estragos da doença.

O anúncio da boa ação foi feito em sua conta na rede social, nesta terça-feira. Segundo a postagem, ele e Priscilla Chan, sua esposa, estão direcionando o valor para a Fundação dos Centros para Controle de Doenças (Centers for Disease Control Foundation, em inglês) nos Estados Unidos.

Ele ressaltou a importância de controlar o Ebola o quanto antes, para que ele não se tranforme em um problema de escala global, como a Aids e a poliomielite. Com o dinheiro, ele espera que a fundação monte centros de cuidados, treine pessoal de apoio, consiga identificar novos casos e busque uma saída para o problema.

Zuckerberg já tem um histórico louvável de filantropia. No início deste ano, o bilionário se revelou o maior doador de dinheiro dos Estados Unidos, segundo a revista The Chronicle of Philanthropy. Junto com sua esposa, o jovem doou 3,4 bilhões de dólares a instituições de caridade no país, em 2013.

Recentemente, ele também se engajou na campanha do desafio do balde de gelo, que angariava doações para pesquisas sobre o ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica).

Veja a seguir o comunicado completo:

“Priscilla e eu estamos doando US$25 milhões para a Fundação dos Centros para Controle de Doenças para ajudar a combater o Ebola.

A epidemia de Ebola está em um ponto crítico. Ele infectou 8.400 pessoas até agora, mas está se espalhando muito rapidamente e projeções sugerem que poderia afetar 1 milhão de pessoas ou mais nos próximos meses se não for dirigido.

Nós precisamos colocar o Ebola sob controle logo para que ele não se espalhe mais e se torne uma crise global no longo prazo, com a qual teremos que lutar por décadas em larga escala, como HIV e pólio.

Nós acreditamos que nossa doação é a maneira mais rápida de fortalecer o CDC e os especialistas nessa área para prevenir esse resultado.

Doações como esta ajudam diretamente o correspondentes da linha de frente em seu trabalho heroico. Essas pessoas estão em campo criando centros de cuidados, treinando trabalhadores locais, identificando casos de Ebola e muito mais.

Nós estamos esperançosos de que isto irá ajudar a salvar vidas e colocar este surto sob controle.

Para aprender mais sobre a luta contra o Ebola: http://www.cdcfoundation.org/ebola-outbreak”

(Exame)

Campanha Salarial dos Bancários: CCT e aditivos assinados; PLR vem em até 10 dias

São Paulo – O Comando Nacional dos Bancários e a federação dos bancos (Fenaban) assinaram na segunda 13 a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria. Os direitos, válidos para bancários de todo o Brasil, preveem aumento real para salários, PLR e auxílios, além da valorização maior no piso e vale-refeição (veja quadro).

Também foram assinados os acordos aditivos específicos dos bancários da Caixa Federal e do Banco do Brasil.

“Foi uma campanha mais rápida, com melhor resultado para os trabalhadores que no ano passado. Conquistamos mais um ano de aumento real, valorização do piso e avanços nas cláusulas sociais, notadamente no combate às metas”, afirmou a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira, durante a cerimônia de assinatura. “Esse é um momento importante,
que começou com a consulta sobre as prioridades dos bancários, as conferências estaduais e a nacional, a entrega da pauta. É importante que o processo de negociação avance a cada ano, com resultado cada vez melhor para a categoria.”

> Cláusula para acabar com as metas
> Aumento real maior que outras categoria

Como a data-base é 1º de setembro, os bancários têm diferenças salariais e nas verbas a receber retroativas a essa data (veja abaixo).

Antecipação da PLR – Em até dez dias após a assinatura do acordo, os bancos têm de pagar a antecipação da PLR.

BB – O banco anunciou que creditaria a PLR ainda na segunda.

Bradesco – O crédito será feito no dia 17.

Itaú – Os bancários do Itaú recebem PLR e Programa Complementar de Remuneração (PCR), de R$ 2.080, no dia 17.

> Bradesco e Itaú pagam PLR dia 17

Caixa – O pagamento será no dia 20.

> Antecipação da PLR da Caixa vem no dia 20

HSBC – Após cobrança do movimento sindical os bancários do HSBC receberão R$ 3 mil de participação nos resultados do trabalho: R$ 2 mil que têm de ser pagos em até 10 dias e os outros R$ 1 mil em fevereiro de 2015.

> Luta garante valorização no HSBC

Dias parados – Os sete dias de greve não serão descontados. O Comando Nacional dos Bancários garantiu compensação das horas, de forma que mais da metade do tempo parado será anistiado.

> Dias parados não serão descontados

Assim, quem tem jornada de seis horas compensará até uma hora por dia de 15 a 31 de outubro. Para os que trabalham oito horas, até uma hora por dia entre 15 de outubro e 7 de novembro. Isso vale para bancos privados, Caixa e BB.

(Sindicato dos Bancários de SP)

Produto com dois preços poderá ser levado para casa de graça em todo o país

RIO – A exemplo do que já vale para os supermercados do Rio desde janeiro, com a assinatura de um acordo entre a Defensoria Pública e a associação de supermercados do estado, a Câmara analisa um projeto de lei que garante a gratuidade ao consumidor do produto com diferença entre o preço da prateleira e o do caixa em estabelecimentos comerciais. Pela proposta, somente o primeiro produto adquirido será gratuito. Para os demais produtos idênticos, o consumidor pagará o menor valor, de acordo com a Lei 10.962/04, que trata sobre preços e ofertas em produtos e serviços.

Uma novidade com relação ao acordo assinado no Rio é que a proposta federal prevê que o estabelecimento reincidente na prática de preços diferentes deverá pagar multa de R$ 1 mil por cada produto com erro. Pelo texto, os Procons também deverão publicar anualmente relação com os nomes dos estabelecimentos onde houve preços diferentes para o mesmo produto.

Segundo o deputado Severino Ninho (PSB-PE), autor da proposta, o consumidor brasileiro vem sendo frequentemente lesado nas compras em supermercados, farmácias e grandes lojas de departamentos em razão desta prática.

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

(O Globo)

Google construirá cabo submarino para acelerar a web no Brasil

O Google anunciou nesta quinta-feira que participará da construção de um novo cabo submarino que conectará os Estados Unidos à América Latina. A estrutura de mais de 10 mil quilômetros será feita de fibra óptica e ligará a cidade de Boca Raton, na Flórida, a Fortaleza e Santos.

A medida visa aumentar a capacidade da infraestrutura de internet na região, que hoje sustnta mais de 300 milhões de usuários. Segundo comunicado postado no blog do Google, o projeto será construído por um “consórcio multinacional formado por empresas de tecnologia e telecomunicação”.

Entre os nomes, estão os da brasileira Algar Telecom, da uruguaia Antel, da angolana Angola Cables e do próprio Google. O mesmo grupo de companhias ficará responsável por operar e manter a estrutura – que, a primeira vista, não se estenderá a outras regiões.

Os cabos submarinos servem como “fonte” de internet e outros tipos de redes e interligam todos os continentes. Eles formam uma complexa e extensa malha, que pode ser visualizada por aqui. De acordo com este mapa, o novo projeto fará companhia a um da Seaborn Networks, que deve ligar Nova York a Fortaleza e Santos e começar a operar em 2016.

O Google já tem um histórico de investimentos em estruturas do tipo. Desde 2008, a empresa colocou dinheiro nos projetos do UNITY (que liga EUA e Japão), no SJC (do Sudeste Asiático ao Japão) e no FASTER (que também conectará EUA e Japão). A marca também precisou gastar para reforçar cabos no Oceano Pacífico que estavam sendo comidos por tubarões confusos.

 

Via http://info.abril.com.br/noticias

UFC: Concursos para professor em Sobral, Quixadá, Russas e Fortaleza

A UFC inscreve, até 29 de outubro, para concurso público para professor efetivo em Fortaleza, Quixadá, Russas e Sobral visando ao preenchimento de 26 vagas no total.

Em Fortaleza, há três vagas para professor adjunto-A, com regime de trabalho de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva. Duas são para o Centro de Ciências, no Departamento de Química Orgânica e Inorgânica, nos setores de estudos: “Química Geral e Inorgânica” (1) e “Química Orgânica” (1); e a outra no Centro de Humanidades, para o Departamento de Literatura, setor de estudos “Teoria da Literatura”. Também há uma vaga para professor assistente-A do Departamento de Patologia e Medicina Legal, da Faculdade de Medicina, com regime de trabalho de 20 horas semanais, setor de estudo “Patologia Humana e Autópsia”.

As vagas para o Campus de Quixadá são para professor assistente-A, com 40 horas semanais e dedicação exclusiva, para os setores de estudo: “Arquitetura de Computadores e Sistemas Operacionais” (1), “Programação para Sistemas Embarcados” (1) e “Engenharia de Software” (1).

Já para o Campus de Russas, as 16 vagas são para as áreas de Computação, Engenharia de Produção Mecânica, Matemática, Física e Engenharia Civil, todas com 40 horas semanais de trabalho e dedicação exclusiva. Na área da Computação, os setores de estudos são: “Arquitetura e Sistemas Operacionais” (1), “Lógica, Teoria da Computação e Linguagens Formais e Autômatos” (1), “Engenharia de Software” (1) e “Algoritmos e Otimização Combinatória” (2). Na área de Engenharia de Produção Mecânica, a vaga é para o setor de estudos “Ética e Empreendedorismo” (1) e, na área de Matemática, para os setores de estudo: “Álgebra Linear e Cálculo” (3), “Probabilidade e Estatística” (2) e “Cálculo e Processos Estocásticos” (1). Na área de Física, são três vagas para o setor de estudo “Física Geral”, e na Engenharia Civil, uma vaga para o setor “Expressão Gráfica, Topografia e Geoprocessamento”.

E, para o Campus da UFC em Sobral, estão abertas duas vagas para professor auxiliar: uma para o curso de Música – no setor de estudo “Prática Instrumental: Cordas Friccionadas Graves (Violoncelo e/ou Contrabaixo)” – e outra para o curso de Engenharia da Computação – setor de estudo “Sistemas Embarcados”. Há ainda outra vaga para professor assistente-A do curso de Odontologia, setor de estudo “Biociências, Histologia, Embriologia, Fisiologia e Clínica Integrada”. Todas exigem regime de trabalho de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva.

As inscrições podem ser realizadas de forma presencial ou por procuração, na secretaria do departamento interessado, em endereço e horário constantes nos editais. A inscrição também poderá ocorrer mediante Sedex. As remunerações são as seguintes: para adjunto-A, R$ 8.344,64; para assistente-A, R$ 2.394,74 (carga horária de 20 horas) ou R$ 5.736,27 (40 horas e dedicação exclusiva); para auxiliar, R$ 3.804,29.

Editais

Edital nº 219 – Sobral

Edital nº 220 – Russas

Edital nº 221 – Quixadá

Edital nº 222 – Fortaleza

Fonte: Portal da UFC

Camisas do Fortaleza e do Ceará são leiloadas para ajudar irmãs doentes

A Casa do Menino Jesus (CMJ), Consório Luarenas e Taberna Consultoria Digital realizam um leilão on-line de camisas autografas dos times do Ceará e Fortaleza. Os lances podem ser dados até 18 de outubro e têm valor mínimo de R$ 300,00. O dinheiro arrecado será utilizado na compra de uma casa para duas irmãs adolescentes que sofrem de carcinoma basocelular expansivo, um tipo de câncer, que já levou as duas à perda de visão.

As irmãs Thatiannara e Thackyka Sousa Lima, de 16 e 19 anos, estão em tratamento em Fortaleza, hospedadas na Casa do Menino Jesus. A casa, além de abrigar as irmãs, também deve receber a família das jovens na capital cearense. A iniciativa tem apoio da Montenegro Leilões e dos dois clubes de futebol.

Além do leilão, a campanha também recebe doações nas contas da Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo, no Banco do Brasil (Agência 1369-2 e Conta 101.291-6) e no Bradesco (Agência 0288-7 Conta 051.622-8). A Casa do Menino Jesus é uma casa de apoio para crianças e adolescentes com câncer, vindos do interior do Ceará e de outros estados, que estão em tratamento em Fortaleza. É uma instituição da Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo, fundada em 1980.

(G1 Ceará)

Caixa é obrigada a liberar saques acima de R$ 5 mil com 24h de antecedência

A Justiça Federal no Pará obrigou a Caixa Econômica Federal a liberar saques acima de R$ 5 mil com 24 horas de antecedência. O banco também está proibido de condicionar a retirada antecipada à venda de outros serviços.

A juíza federal Hind G. Kayath atendeu o pedido do Ministério Público Federal no Pará. De acordo com a denúncia, uma correntista foi informada de que só poderia antecipar um saque de R$ 7,2 mil se comprasse um seguro de vida no valor de R$ 60. Do contrário, a retirada só seria feita no mês seguinte.

Conforme o Ministério Público, ocorreram duas irregularidades. A primeira foi o descumprimento do prazo de agendamento do saque. Pelas normas do Banco Central, saques acima de R$ 5 mil podem ser liberados com até 24 horas de antecedência. A segunda foi a venda casada do seguro de vida, que, para o Ministério Público, viola o Código de Defesa do Consumidor.

A juíza fixou multa de R$ 1 mil para cada caso comprovado de descumprimento da decisão.

Por meio da assessoria de imprensa, a Caixa informou que foi notificada da decisão e está avaliando as medidas judiciais. O banco alegou que não vincula, sob nenhuma hipótese, a realização ou antecipação de saques à contratação de produtos e serviços.

Fonte: Agência Brasil

Bancários: Aumento real é maior do que de outras categorias

São Paulo – Entre as principais categorias em campanha no segundo semestre, os bancários conseguiram conquistar um dos melhores aumentos reais. A proposta apresentada pelos bancos e aprovada pelos bancários representa ganho de 2,02% acima da inflação nos salários e PLR (índice de reajuste de 8,5%), 2,5% no piso (índice de reajuste de 9%), e 5,5% no vale-refeição (índice de reajuste de 12,2%). Esse é o maior ganho real não escalonado conseguido pela categoria desde 1995.

Somados, vale-alimentação (R$ 431,16 ao mês) e vale-refeição (R$ 26 ao dia ou R$ 572 ao mês) vão representar ganho mensal de R$ 1.003 para os bancários.

Nos Correios, por exemplo, após o reajuste de 6,5% ou R$ 200 (o que for maior) conquistado para salários e verbas, esses valores passaram para R$ 971,96 ao mês.

Outras categorias – Os comerciários conseguiram reajuste de 8% para os salários, com aumento real de 1,55%. Na Petrobras o índice foi de 9,71%, o que representa ganho real de 2,33% a 3% somente até o 5º nível, acima disso apenas a inflação – sendo que eles têm 17 níveis.

“O ganho real no nosso piso, com o reajuste de 9% deste ano, soma 42,1% de aumento acima da inflação desde 2004. Com isso, o piso dos bancários passou a R$ 1.796,45: bem maior que a média dos pisos das demais categorias, que de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconomicos) é de R$ 879,04”, explica a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira. “Isso é resultado da luta dos bancários ao lado do Sindicato. Assim temos avançado ano a ano, mantendo direitos e arrancando conquistas para a categoria.” -

(Cláudia Motta, Bancários SP)

Campanha Salarial dos Bancários traz conquistas e manutenção de direitos

São Paulo – Na luta desigual entre bancos e bancários, a organização e união dos trabalhadores ao lado do Sindicato têm garantido tanto a manutenção dos direitos conquistados – e que as empresas sempre querem retirar – como avanços na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Na Campanha Nacional deste ano, além da nova cláusula de combate às metas, está mantida a proibição de publicação de ranking de resultados na venda de produtos e aprimorada a cláusula que coíbe o envio de mensagens para o celular particular dos bancários.

Veja abaixo outros avanços conquistados na Campanha Nacional Unificada 2014

CPA 10 e 20 – Os bancos vão custear os exames de CPA 10 e CPA 20 exigidos pelas instituições financeiras e se o bancário for aprovado. O pagamento não será feito para todas as tentativas, caso o trabalhador não passe.

13º para afastados – Os trabalhadores afastados por doença ou acidente de trabalho receberão o pagamento do adiantamento do 13º salário na complementação salarial.

Reabilitação – Será feita uma mudança de redação na cláusula 44 da CCT, que fala em reabilitação profissional e deverá tratar da questão no retorno ao trabalho. A Fenaban também aceitou fazer o debate com o movimento sindical dos moldes como é feita essa reabilitação, com detecção precoce do problema e realocação no trabalho se necessário.

Celular – Os bancos não podem usar o celular particular dos bancários para enviar mensagens. A cláusula da CCT que prevê esse direito será aprimorada para deixar claro que é proibido qualquer tipo de comunicação e pressão, seja via torpedo, WhatsApp ou outra ferramenta tecnológica que venha a surgir.

Grávidas – Mulheres que forem demitidas e que engravidaram durante o aviso prévio proporcional, serão readmitidas. Os bancos se comprometeram a respeitar a garantia de emprego prevista, sem necessidade de a trabalhadora ter de acionar a Justiça.

Homoafetivos – A opção pela extensão de direitos como o plano de saúde aos casais homoafetivos será feita diretamente aos departamentos de RH ou Gestão de Pessoas e não no local de trabalho. O objetivo é evitar qualquer tipo de constrangimento a quem quiser fazer uso dessa conquista e preservar o trabalhador postulante. Os bancos também têm de divulgar mais esse direito entre os bancários.

Segurança – A Fenaban propôs colocar em prática mais dois projetos piloto: um em região indicada pelo Comando Nacional dos Bancários e outro pelos bancos. O Comando está avaliando essa proposta.

Tecnologia – Serão realizados, periodicamente, seminários para debater as novas tecnologias no trabalho bancário.

Direitos adquiridos – Todos os direitos previstos pela CCT dos bancários – que já conta com 22 anos – estão mantidos em todo o país. Assim, conquistas recentes como o vale-cultura de R$ 50 para os trabalhadores que ganham até cinco salários mínimos e o abono-assiduidade (um dia de folga por ano, para fazer o que quiser) continuam garantidas e podem ser usufruídas por toda a categoria. Em caso de dificuldade, denuncie ao Sindicato.

(Cláudia Motta, Bancários SP)

CCT e aditivos do Banco do Brasil e Caixa serão assinados na segunda, dia 13/10

São Paulo – A Convenção Coletiva de Trabalho dos bancários será assinada na segunda-feira 13 às 15h, em São Paulo. A proposta feita pela federação dos bancos no dia 3 foi aprovada pelas assembleias na segunda 6 e vem se somar aos direitos da categoria previstos na CCT que já conta mais de 20 anos. Na mesma data, haverá também as assinaturas dos acordos aditivos do Banco do Brasil e da Caixa Federal.

>
Com a definição da data, os bancos têm até dez dias para pagar a antecipação da Participação nos Lucros e Resultados. Essa primeira parcela corresponde, na regra básica, a 54% do salário mais valor fixo de R$ 1.102,79, limitado a R$ 5.915,95 e ao teto de 12,8% do lucro líquido. A antecipação da parcela adicional será de 2,2% do lucro líquido do primeiro semestre de 2014, limitado a R$ 1.837,99. O restante deve ser pago até 2 de março de 2015.

No caso do HSBC, que teve prejuízo no primeiro semestre de 2014, o movimento sindical garantiu o pagamento de R$ 3 mil de participação nos resultados do trabalho para os funcionários. O valor de R$ 2 mil será pago agora, junto com a antecipação da PLR dos demais bancários, e os outros R$ 1 mil em fevereiro de 2015.

Os bancários do Itaú recebem ainda, junto com a primeira parcela da PLR e do adicional, o PCR de R$ 2.080.

Nova CCT – Dentre as conquistas dos trabalhadores na Campanha Nacional Unificada 2014 está o reajuste para os salários e demais verbas em 8,5% (aumento real de 2,02%) e em 9% para o piso (2,49% acima da inflação). O vale-refeição subiu 12,2% (5,5% de ganho real).

Este é o 11º ano consecutivo com aumento real para os salários. Os ganhos acima da inflação já somam 20,7% nos salários, desde 2004. No caso dos pisos, o ganho real nesses últimos anos representa 42,1%.

“Os bancários estão de parabéns. Mesmo diante de um setor que lucra tanto, mas quer sempre economizar às custas dos seus empregados, conseguimos aumentos reais maiores tanto nos salários quanto no piso, além do um reajuste expressivo para o vale-refeição atendendo a uma das principais demandas dos bancários que responderam a consulta feita pelo Sindicato em julho. Isso é resultado da união e organização dos bancários de instituições públicas e privadas de todo o país, ao lado de seus sindicatos”, ressalta a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira. “Outras garantias importantes vieram em relação a saúde e condições de trabalho, além do não desconto dos dias parados. Nossa luta valeu!”, afirma a dirigente, que é uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários, que negocia com a federação os bancos.

Caixa – Uma das principais conquistas específicas dos trabalhadores da Caixa foi a aplicação do índice de reajuste de 9% (2,5% de ganho real) no PCS (Plano de Cargos e Salários).

Segundo o diretor do Sindicato e integrante da Comissão Executiva dos Empregados (CEE), Dionísio Reis, há muito tempo não havia aumento real do piso nas referências do PCS. “Nossa luta conquistou essa valorização, inclusive para quem não saldou o REG/Replan. Isso é um avanço também nas questões de isonomia”, explica.

(Cláudia Motta, Bancários SP)

Convocação pela base: SEEB-CE chama assembleia para reapreciar proposta feita pelo BNB

Insatisfeitos com a decisão da assembleia do último dia 6/10 que rejeitou por maioria proposta de acordo salarial apresentada pela direção do BNB, centenas de funcionários do Banco, associados ao Sindicato, requereram, com base no artigo 99 do Estatuto Social da Entidade, a realização de uma nova assembleia para “reapreciar proposta para celebração de Acordo Coletivo de Trabalho 2014/2015, com o Banco Nordeste do Brasil S.A”.

Os abaixo-assinados foram protocolados durante todo o dia 08/10/2014 e, em cumprimento do Estatuto, o Sindicato fez divulgar nas unidades do BNB, edital para realização de nova assembleia para a quinta-feira, dia 9 de outubro de 2014, às 18h30 em primeira convocação e às 19h, em segunda e última convocação. A assembleia, de caráter deliberativo, ocorrerá na sede do Sindicato, sito à Rua 24 de Maio, 1289 – Centro.

O mecanismo democrático de convocação de assembleia pela base permite ao Sindicato realizar a nova assembleia, fato que, até então, não havia sido possível em função da decisão de assembleia anterior, defendida pelo grupo de oposição à diretoria do Sindicato.

Em respeito à vontade da maioria, todos devem comparecer nesta quinta-feira à assembleia no Sindicato.

SEGUE O EDITAL DE CONVOCAÇÃO:
ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA
EDITAL DE CONVOCAÇÃO

OS ASSOCIADOS do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas do Ramo Financeiro no Estado do Ceará – SINTRAFI-CE (também denominado Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários no Estado do Ceará), CNPJ nº. 07.340.953/0001-48 e registro sindical MTIC nº 208.327-59, EMPREGADOS DO BANCO DO NORDESTE (BNB), relacionados nos abaixo-assinados protocolados neste Sindicato, nesta data, em consonância com o art. 99 do Estatuto da citada entidade, CONVOCAM todos os empregados da referida Instituição Financeira, sócios e não sócios do Sindicato, para a Assembleia Geral Extraordinária que se realizará no dia 09 de outubro de 2014, quinta-feira, em primeira convocação, às 18h30min, e em segunda convocação, às 19h00min, na sede do Sindicato, na Rua 24 de Maio, 1289, Centro, Fortaleza-CE, com a finalidade de “reapreciar proposta para celebração de Acordo Coletivo de Trabalho 2014/2015 do BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A.”

Fortaleza(CE), 08 de outubro de 2014.

Maria de Lourdes G. Meireles
Maria Inês P. Novais
Rodrigo Bourbon N. Oliveira
Isael Bernardo de Oliveira
e OUTROS

Fonte: SEEB-CE

Lei Seca no Ceará é mantida para o segundo turno

O desembargador Luiz Evaldo Gonçalves Leite, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), negou, na última sexta-feira, 3, o pedido de liminar para que fosse liberado o consumo de bebidas alcoólicas no dia de votação do segundo turno do pleito eleitoral, feito pelo Sindicato de Restaurantes, Bares, Barracas de Praia, Buffets e Similares (Sindirest).

O Sindirest defende que a decisão de coibir a venda de bebidas alcoólicas é ilegal e arbitraria, pois não há legislação regulamentando a matéria. Além de alegar que a proibição acarreta sérios prejuízos financeiros aos estabelecimentos associados, deixando a cidade vazia e sem atrativo turístico. Por isso impetrou mandado de segurança com pedido de liminar no TJCE contra a Portaria nº 1.386/2014, assinada pelo secretário de Segurança Pública e Defesa do Estado, Servilho Silva de Paiva.

Na analise do pedido, o desembargador destacou que “não se mostra desconhecido o fato de que qualquer forma de alteração causada pelo álcool pode acarretar tumulto ao sufrágio, o qual já é sabiamente difícil para as autoridades envolvidas, em virtude das paixões políticas que afloram”.

Ainda de acordo com Luiz Evaldo, “o objetivo do ato combatido é, na verdade, evitar a ocorrência de desordem, conferir maior rigidez ao processo democrático, além de assegurar a plenitude do exercício do voto livre e consciente”. O magistrado também afirma que a alegação de prejuízo não merece prosperar, assim como não se observa ilegalidade no ato administrativo.

 

(O Povo Online)

Banda Aviões do Forró comemora 12 anos de carreira

A banda Aviões do Forró comemora o 12° aniversário com apresentação em Fortaleza no próximo sábado, 11, na casa de show Forró no Sítio.

O espaço contará com uma nova roupagem de decoração, ambientação e setores dentro da temática contemporânea.

Solange Almeida e Xandy Avião contarão com a presença dos convidados Dorgival Dantas, Solteirões do Forró e Forró dos Plays. A previsão de início do show é as 18 horas.

Os valores da pista são R$ 47 meia e R$ 92 inteira. Para quem deseja comprar o ingresso frontstage pode adquirir por R$ 92 a meia e R$ 182 a inteira. Já o camarote fica em R$ 242 meia e R$ 482 inteira.

Os ingressos podem ser adquiridos nos locais: Lojas Blinclass (North Shopping Fortaleza, Shopping Aldeota, Shopping Benfica, Shopping Iguatemi, Shopping Via Sul, Shopping Parangaba, Shopping North Shopping Jóquei e Shopping Maracanaú), lojas DLT (North Shopping Fortaleza, Shopping Aldeota, Shopping Benfica, Shopping Via Sul, Shopping North Shopping Jóquei), lojas Handara (North Shopping Fortaleza, Shopping Benfica, Shopping Via Sul, Shopping Iguatemi) ou no site http://www.ingressando.com.br.

Para mais informações: (85) 3230 1917

Redação O POVO Online

Celulares do Ceará terão um dígito a mais em 2015

Falta menos de um mês para que os telefones celulares de cinco estados tenham mais um número. A implementação do nono dígito nos telefones móveis dos estados do Amapá (DDD 96), Amazonas (DDDs 92 e 97), Maranhão (DDDs 98 e 99), Pará (DDDs 91, 93 e 94) e de Roraima (DDD 95) começa no dia 2 de novembro.

Com a mudança, o dígito 9 será acrescentado à esquerda dos atuais números. No momento da discagem, o nono dígito deverá ser acrescentado por todos os usuários de telefone fixo e móvel que liguem para telefones celulares desses estados, independentemente do local de origem da chamada.

As chamadas feitas com oito dígitos serão completadas normalmente até o dia 11 de novembro. A partir dessa data, haverá mensagens orientando os usuários sobre a mudança. Após esse período de transição, as chamadas marcadas com oito dígitos não serão mais completadas.

A Anatel elaborou uma cartilha com informações sobre a implementação do nono dígito nos celulares dos cinco estados. A medida já foi implementada no Espírito Santo, Rio de Janeiro e em São Paulo e tem como objetivo ampliar os recursos de numeração para o Serviço Móvel Pessoal.

No ano que vem, o nono dígito será implementado nos estados de Minas Gerais, da Bahia, de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, da Paraíba, do Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí. Nos outros estados, a medida só será adotada em 2016.

Agência Brasil

Prefeitura de Fortaleza divulga o resultado final da seleção de estagiários

O resultado final da seleção unificada de estagiários para a Prefeitura de Fortaleza, que ocorreu no dia 14 de setembro, já está disponível. A listagem com a classificação final totaliza 409 aprovados e 440 estudantes integrantes do cadastro de reserva, obedecendo à ordem decrescente dos pontos obtidos pelos candidatos nas provas escrita objetiva e oral.

A seleção, executada pelo Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (IMPARH), trouxe um quadro com oferta de estágio para estudantes de 30 cursos de nível superior, além da formação de cadastro de reserva. Os candidatos aprovados vão ocupar diversos órgãos da Prefeitura de Fortaleza e serão convocados pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPOG).

A duração do estágio será de 12 meses, podendo ser prorrogada pelo mesmo período uma única vez, limitada a vigência à data de colação de grau do estagiário. Para o legítimo preenchimento das vagas ofertadas, exige-se que os estagiários pertençam às Instituições de Ensino Superior conveniadas com a Prefeitura e que estes convênios estejam regulares e vigentes.

Mais informações:
Resultado final
Andamento da seleção

(Concursos e Empregos, O Povo)

NOMES E NÚMEROS DOS CANDIDATOS A DEPUTADO FEDERAL PELO CEARÁ – ELEIÇÕES 2014

PARTIDO NOME DO CANDIDATO NÚMERO COLIGAÇÃO
PT ACRISIO SENA 1314 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PHS ADAIL CARNEIRO 3131 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSOL ADELITA MONTEIRO 5000 PSTU / PCB / PSOL
PSB ADRIANO DO VALE-VAQUEIRO IOIO 4001 PSB
PR AGENTE MARCIO BATISTA 2244 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PT ALBA CRISTINA 1351 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PEN ALDENOR XAVIER 5115 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PTC ALEX LINHARES 3617 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PEN ALEXANDRE MAFRA 5151 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSDB ALMINO MENEZES 4599 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSB ALMIR SOUSA 4050 PSB
PSD ALMIRCY PINTO 5555 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
DEM ANA PAULA 2567 DEM / PPS / PSDC / PTN
PDT ANDRÉ FIGUEIREDO 1234 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PPL ANDRÉ RAMOS 5454 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSB ANGELO ALMEIDA 4033 PSB
PMDB ANIBAL 1500 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PV ANTONIO CARLOS RIBEIRO 4320 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PROS ARIOSTO HOLANDA 9011 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PTB ARNON BEZERRA 1451 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PTC ASSIS SILVA 3650 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSC AURELIO MORAIS 2019 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PROS BALMAN 9000 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PTC BATISTA DO APITO 3660 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
DEM BENJAMIM 2590 DEM / PPS / PSDC / PTN
PSDC BIDONGA 2711 DEM / PPS / PSDC / PTN
PSDB BONAPARTE 4512 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PR CABO LOBO 2291 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PR CABO SABINO 2290 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSDC CAPITAO ABRAAO 2727 DEM / PPS / PSDC / PTN
PSDC CAPITÃO AMILTON 2700 DEM / PPS / PSDC / PTN
PMDB CARLONE 1510 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSB CARLOS SÁ 4044 PSB
PSOL CECILIA FEITOZA 5001 PSTU / PCB / PSOL
PT CELIA ROMERO 1310 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PEN CELINA MOTTA 5118 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PTN CELIO GOMES 1919 DEM / PPS / PSDC / PTN
PV CELIO STUDART 4321 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PP CHAGAS MACEDO 1111 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PR CHICLETE 2202 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PT CHICO DO POSTO 1300 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PC DO B CHICO LOPES 6565 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PTC CHICO PONTES 3636 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSOL CHIQUINHO DO TURURU 5090 PSTU / PCB / PSOL
PMN CICERA 3311 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PTC CLAUDIO ROCHA 3678 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PTB CONCEICAO FRANKLIN 1414 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PTN CRISTINA GOMES 1991 DEM / PPS / PSDC / PTN
PTN CRISTINA POETA 1961 DEM / PPS / PSDC / PTN
PMDB DADINHA ROBERTO 1515 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PMDB DANILO FORTE 1513 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSDB DARLAN ABRANTES 4574 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PT DEODATO RAMALHO 1321 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSB DOMINGOS GONÇALVES 4004 PSB
PROS DOMINGOS NETO 9090 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PTN DR AMERICO 1989 DEM / PPS / PSDC / PTN
PV DR. GUIMARÃES 4333 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PMDB DR. JAZIEL 1577 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSB DR. PAULO 4011 PSB
PSDB DR. PAULO SERGIO 4501 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PRP DUTE 4455 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSB EDGARD NOVAIS 4012 PSB
PROS EDSON SILVA 9013 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSTU EDSON XAVIER 1622 PSTU / PCB / PSOL
PSB ELIANE QUEIROZ 4007 PSB
PSDB ELIETE SAMPAIO 4565 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PTN ELISANGELA PICANÇO 1944 DEM / PPS / PSDC / PTN
PSB ELIZABETE ABREU 4078 PSB
PSB ERIK PINHEIRO 4003 PSB
PSB ERNESTO HUMORISTA VEIA CÔMICA 4017 PSB
PSOL ERNESTO SALES – SAL 5013 PSTU / PCB / PSOL
PT EUDES XAVIER 1312 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PP EUGENIO RABELO 1113 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSTU EVERARDO 1620 PSTU / PCB / PSOL
PSB FATIMA PAIVA 4070 PSB
PSTU FAUSTO 1611 PSTU / PCB / PSOL
DEM FERNANDES FILHO 2580 DEM / PPS / PSDC / PTN
PSTU FERNANDO SARAIVA 1610 PSTU / PCB / PSOL
PRTB FERREIRINHA DE AQUIRAZ 2828 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSB FLAVIO FRANÇA 4020 PSB
PTC FRANCIJANE COSTA 3643 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSOL FRANCILENE CÂNDIDO 5012 PSTU / PCB / PSOL
PP FRANCISCA FROTA 1188 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PRTB FÁBIO DA TOPIC 2888 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
SD GENECIAS NORONHA 7777 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PEN GERALDO DA AGUA 5111 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSB GISA PAZ 4005 PSB
PRTB GLEIDE MARQUES 2815 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSOL GOMES MORORÓ 5050 PSTU / PCB / PSOL
PSTU GONZAGA 1616 PSTU / PCB / PSOL
PR GORETE PEREIRA 2233 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSB GRACIA LAFAYETE 4060 PSB
PTC HAROLDO POVO 3622 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSTU HENRIQUE 1630 PSTU / PCB / PSOL
PSB HERLITO 4010 PSB
PTN IBERNON MONTEIRO 1914 DEM / PPS / PSDC / PTN
PC DO B INÁCIO ARRUDA 6510 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PR IRMÃ FATIMA RIBEIRO 2225 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSB JADSON SARTO 4040 PSB
PSC JESSICA FREITAS 2020 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PT DO B JESUS MIGUEL 7070 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PR JORGE RIBEIRO 2277 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PTN JORNALISTA GILVAN LUIZ 1969 DEM / PPS / PSDC / PTN
PT JOSÉ AIRTON 1333 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PT JOSÉ GUIMARÃES 1322 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
DEM JOÃO ARTHUR PESSOA 2500 DEM / PPS / PSDC / PTN
PDT JUNIOR REGO 1222 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PRTB LAILTINHO BREGA 2800 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSB LEDA MARIA 4014 PSB
PT DO B LEONELZINHO ALENCAR 7011 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PROS LEONIDAS CRISTINO 9099 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSOL LUCIANO MUNIZ 5010 PSTU / PCB / PSOL
PTN LUIS LEÃO 1965 DEM / PPS / PSDC / PTN
PSOL LUISA GONÇALVES 5005 PSTU / PCB / PSOL
PT LUIZIANNE LINS 1313 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSB LURDINHA 4015 PSB
PHS MACACO TIAO MAGALHAES 3171 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSL MACEDO 1777 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSTU MAGELA 1600 PSTU / PCB / PSOL
PSC MAGNO LIMA 2000 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PTN MAJOR DULCILDO 1901 DEM / PPS / PSDC / PTN
PPS MAJOR EVANDRO 2345 DEM / PPS / PSDC / PTN
PEN MAJOR ROCHA 5190 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSB MARAISA 4084 PSB
PV MARCELO SILVA 4343 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSC MARCELO THELA 2014 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
SD MARCÃO 7778 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PRP MARLIM DO ARATURÍ 4478 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PMDB MAURO BENEVIDES 1555 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PMDB MAURO MACEDO 1522 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSDB MAYRA PINHEIRO 4510 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PTN MEIRE MORAIS 1902 DEM / PPS / PSDC / PTN
DEM MORONI 2525 DEM / PPS / PSDC / PTN
PPS MOSES RODRIGUES 2323 DEM / PPS / PSDC / PTN
PMDB MÁRIO FEITOZA 1530 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSOL NAGEL CUNHA 5044 PSTU / PCB / PSOL
PT DO B NAYARA QUEIROZ 7000 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PPS NEIDE PIANCO 2300 DEM / PPS / PSDC / PTN
PROS NENEM DO CAZUZA 9044 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PTN NETE 1998 DEM / PPS / PSDC / PTN
PEN NIL GUERRA 5113 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PMN NILDA DA RECICLAGEM 3345 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PRB NINA CARVALHO 1090 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSTU NIVÂNIA 1699 PSTU / PCB / PSOL
PSL NORMANDO 1717 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PT ODORICO 1331 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSTU PAMELA 1601 PSTU / PCB / PSOL
PSB PAULO AYRTON 4013 PSB
PSB PAULO BERNARDO 4090 PSB
PT DO B PAULO FACÓ 7010 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PP PAULO HENRIQUE LUSTOSA 1133 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PRB PAULO TEIXEIRA 1011 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSOL PAULO VIANA 5004 PSTU / PCB / PSOL
PTC PEDRO MOREIRA 3633 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSOL PEDRO WILSON 5078 PSTU / PCB / PSOL
PV PERERECA DO ALUMIM 4322 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PR PROF. ENILSON 2226 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSOL PROFESSOR EDILSON 5033 PSTU / PCB / PSOL
PROS PROFESSORA LAUDECY FERREIRA 9033 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PV PROFESSORA LEIDE 4300 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSB QUERIDINHA 4043 PSB
PSD RADIALISTA VALMIR SANTOS 5556 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PTC RAFAELLA SILVA 3610 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSDB RAIMUNDO MATOS 4511 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PPS RAYLLANE OLIVEIRA 2399 DEM / PPS / PSDC / PTN
PMN REGINALDO MOREIRA 3333 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PTN RIBAMAR DO HOSPITAL 1978 DEM / PPS / PSDC / PTN
PROS RITA GOMES 9022 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PCB ROBERTO SANTOS 2123 PSTU / PCB / PSOL
PTC RODRIGUES DO POVÃO 3640 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PRB RONALDO MARTINS 1010 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
DEM SAMARA 2587 DEM / PPS / PSDC / PTN
PEN SAMUEL BRAGA 5123 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PP SANDRA NOGUEIRA 1140 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSC SANDRO SILVA 2080 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSTU SANTANA 1617 PSTU / PCB / PSOL
PV SILVANIA TEIXEIRA 4377 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PEN SOLISMAR LOPES 5100 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSOL SORAYA TUPINAMBA 5030 PSTU / PCB / PSOL
PMDB SUELY NOGUEIRA 1529 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PRP SÉRGIO FERNANDES 4412 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSC TERESINHA 2057 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PV TIA DIDI 4399 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PC DO B TIBINHA 6513 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PSDC VAIDON OLIVEIRA 2722 DEM / PPS / PSDC / PTN
PMN VALDECI BARROS 3390 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PSOL VALDIR MEDEIROS 5022 PSTU / PCB / PSOL
PMDB VALSELENA 1509 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PROS VICENTE ARRUDA 9055 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PMDB VITOR VALIM 1590 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSDB VIVIANNE CERQUEIRA 4567 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB
PSB WELLINGTON BRITTO IVO 4077 PSB
PSL YASMIN SANTOS 1722 PRB / PP / PDT / PT / PTB / PSL / PHS / PSD / PC DO B / SD / PROS
PV ZÉ DE BIA 4334 PTC / PEN / PT DO B / PRTB / PMN / PPL / PV
PMDB ZÉ GERARDO 1599 PMDB / PSC / PR / PRP / PSDB

NOMES E NÚMEROS DOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA – ELEIÇÕES 2014

PARTIDO NOME DO CANDIDATO NÚMERO COLIGAÇÃO
PSDB AÉCIO NEVES 45 PSDB / PMN / SD / DEM / PEN / PTN /PTB / PTC / PT DO B
PT DILMA 13 PT / PMDB / PSD / PP / PR / PROS / PDT/ PC DO B / PRB
PV EDUARDO JORGE 43 PV
PSDC EYMAEL 27 PSDC
PRTB LEVY FIDELIX 28 PRTB
PSOL LUCIANA GENRO 50 PSOL
PSB MARINA SILVA 40 PHS / PRP / PPS / PPL / PSB / PSL
PCB MAURO IASI 21 PCB
PSC PASTOR EVERALDO 20 PSC
PCO RUI COSTA PIMENTA 29 PCO
PSTU ZÉ MARIA 16 PSTU

Ello: seis perguntas e respostas sobre a ‘rede social anti-Facebook’

Por Raquel Freire, Tech Tudo

Mais nova rede social só para convidados (sistema que lembra o início do Orkut), o Ello tem despertado a curiosidade de muitas pessoas. Sua premissa de ser livre de anúncios é um dos pontos fortes, atraindo a atenção principalmente de quem não aguenta mais tanta propaganda no Facebook. Se você quer entender melhor sobre o que se trata a plataforma, confira as respostas às principais perguntas.

 

Ello é uma rede social só para convidados e livre de anúncio (Foto: Divulgação)Ello é uma rede social só para convidados e livre de anúncios; conheça o anti-Facebook (Foto: Divulgação/Ello)

O que é o Ello?

Ello é uma rede social simples, bonita e livre de anúncios na qual só é possível entrar com convite de algum membro ou fazendo uma solicitação no site oficial (ello.co/request-an-invitation), bem similar ao início do velho Orkut. O uso é gratuito, mas eventualmente a aplicação oferece funcionalidades especiais que precisam ser pagas. Comprá-las é opcional, não impedindo o acesso às funções regulares da rede. Os desenvolvedores dizem não vender dados pessoais dos usuários para terceiros.

Conheça o visual dos perfils visitando a galeria de Perfiis Públicos do Ello (ello.co/beta-public-profiles).

Quem criou a Ello?

Ello foi criado por um grupo de sete artistas e programadores. Originalmente, o site foi construído para ser uma rede social privada. À medida que mais pessoas quiseram fazer parte, ganhou versão pública.

O fundador é Paul Budnitz, um designer que “concebe e cria belos produtos que mudam o mundo”, em suas próprias palavras. Ele também é dono da Budnitz Bicycles, uma empresa de bicicletas de luxo, e fundador da Kidrobot, que fabrica brinquedos de arte, roupas e acessórios.

A equipe de líderes conta ainda com os co-fundadores Todd Berger e Lucian Föhr, designers gráficos que acreditam que intenção e visão irão moldar o futuro. Já o time de programadores é composto pelos engenheiros da Mode Set, que fica em Denver, Colorado, nos Estados Unidos.

O que diz o Ello Manifesto?

Em tradução livre, o manifesto do Ello diz:

“Cada post que você compartilha, cada amigo que você faz e cada link que você segue é monitorado, registrado e convertido em dados. Os anunciantes compram seus dados para que possam mostrar-lhe mais anúncios. Você é o produto que é comprado e vendido.

Nós acreditamos que há um caminho melhor. Acreditamos na ousadia. Acreditamos na beleza, simplicidade e transparência. Acreditamos que as pessoas que fazem coisas e as pessoas que as usam devem estar em parceria.

Acreditamos que uma rede social pode ser uma ferramenta para empoderamento. Não uma ferramenta para enganar, coagir e manipular – mas um lugar para se conectar, criar e celebrar a vida.

Você não é um produto.”

Por que o Ello não tem anúncios?

O motivo pelo qual o Ello é livre de anúncio é porque o mecanismo usado por quase todas as outras redes sociais é, em seus termos, “antiético”. Isso porque todas as as informações pessoais dos usuários, sejam posts, mensagens privadas ou conexões sociais, são vendidas para empresas como forma de gerar lucro. Ou seja, suas preferências são informadas aos anunciantes para publicidades mais eficazes. Todos os dias, novas ferramentas são desenvolvidas especialmente para obter mais dados dos usuários, que são leiloados para anunciantes e corretores.

A equipe do Ello afirma que jamais venderá dados dos usuários, até porque seus membros sairiam caso a política de privacidade mudasse, como aconteceu com Twitter, Facebook, Google+, Instagram e outros. Para manter a rede social gratuita e livre de propaganda, eles passarão em breve a vender as funcionalidades premium, que servirão como fonte de receita da rede social para se manter online.

'Simple, beautiful & ad-free', é o que diz o Ello sobre seus perfis de rede social (Foto: Reprodução/Ello)‘Simple, beautiful & ad-free’, é o que diz o Ello sobre seus perfis de rede social (Foto: Reprodução/Ello)

Quais são as funções disponíveis na Ello?

Ello está em fase beta, e por isso a lista de recursos é atualizada constantemente. Para acessá-la, basta visitar a Ello Feature Lits (ello.co/wtf/post/featurelist) e manter-se informado sobre os updates. A relação de funcionalidades já construídas e que chegam em breve se assemelham a de outras redes sociais, como o próprio Facebook, Google+, Twitter e Twitter.

Ferramentas que estão prontas:

- Mencionar pessoas a partir da simples inserção de @ antes do nome;
– Localização de usuário;
– Visualização fluida do grupo “Noise” (onde estão as pessoas com as quais o usuário se interessa menos, em oposição aos amigos, que são classificados como “Friends”);
– Visualização por post;
– Arrastar pessoas entre os grupos “Friends” e “Noise” (apresenta erro);
– Notificações via e-mail (seguidores/convites aceitos/menções);
– Notificações de fluxo contínuo (seguindo/convite aceito);
– Sistema de convite e capacidade de convidar amigos;
– Javascript refactor = Uma Aplicação Página (OPA)
– Integração com Emoji;
– Visualização de seguidores e seguir listas;
– Post de bem-vindo e breve tutorial de uso;
– Reordenar campos dentro do Omnibar;
– Seção WTF (ajuda, informações sobre o serviço e políticas);
– Uso de hashtags (#) em posts, seguidores e em quem está seguindo;
– Alternância entre visualização em lista ou grade com atalho Shift + 5;
– Modo de publicação em tela cheia, que pode ser acessado a partir de setas;
– Capacidade de tornar o perfil visível apenas na Ello;
– Compressão da imagem;
– Seguir (“Friends” e “Noise”);
– Deixar de seguir (“Friends” e “Noise”);
– Post de texto (básico e avançado) pela Omnibar;
– Post de imagens pela Omnibar;
– Post de gifs animados pela Omnibar;
– Post de Emojis pela Omnibar;
– Deletar posts pela Omnibar;
– Recurso “Time stamp”, que mostra detalhes e permalink do post;
– Opção ligar e desligar o Google Analytics;
– Respeita configuração DNT dos navegadores;

Ferramentas que chegam em breve:

– Bloqueio de Usuário;
– Sinalização de conteúdo impróprio;
– Integração com áudio (SoundCloud);
– Contas privadas;
– Comentários com gráficos e rich media;
– Melhorias na versão web móvel;
– Uso de w/ para atribuir autoria a um post compartilhado;
– Central de notificações;
– Marcar um item favorito através da função “Love”;
– Índice de Emojis;
– Integração com vídeo (YouTube, Vimeo, Instagram e Vine);
– Mensagens privadas;
– Publicação de posts em outras redes sociais;
– Apps para iOS e Android.

Como o Ello usa os dados dos usuários?

Quando você usa Ello, o sistema coleta algumas informações relacionadas com a sua visita. Os dados incluem localização, língua, site de referência e tempo gasto ao visitar o Ello. Isso permite, por exemplo, saber em quais países o serviço tem mais acesso, motivando uma versão traduzida para o idioma.

Em português, Ello agradece interesse de usuários brasileiros ao pedir convites (Foto: Reprodução/Ello)
Em português, Ello agradece interesse de usuários brasileiros ao pedir convites (Foto: Reprodução/Ello)

A plataforma usa uma versão especial anônima do Google Analytics para guardar dados de visitantes. Em outras palavras, antes de informações pessoais serem armazenadas nos servidores do Google, o endereço de IP do usuário é removido.

Isso significa que é muito difícil para qualquer pessoa (incluindo o próprio Ello e o Google) rastrear os dados que o Google armazena. O Ello consegue ver como as pessoas estão usando a rede social genericamente, mas não o que cada pessoa está fazendo em particular. Essa característica também torna o site desinteressante para o Google sob o ponto de vista dos anunciantes.

Quem se sente desconfortável com qualquer tipo de fornecimento de informação pode desativar por completo o Google Analytics a partir das configurações. Da mesma forma, o Ello respeita as configurações DNT (Do Not Track, ou “Não rastrear”, em tradução livre) dos navegadores. Os desenvolvedores atentam ao fato de que se você usa o Google Chrome, um smartphone Android ou se logou recentemente no Google Search e no YouTube, a gigante de buscas poderá rastreá-lo.

Via Ello

Pizza Hut abre 100 vagas de emprego para RioMar Shopping de Fortaleza

A Pizza Hut está com 100 vagas de emprego abertas em Fortaleza. As oportunidades são para os cargos de atendente, supervisor e auxiliar administrativo, na unidade que será inaugurada no RioMar Shopping.

O candidato deve ser maior de idade, ter ensino médio completo ou em conclusão, ser dinâmico, proativo e gostar de trabalhar em equipe e com público. Não é exigida experiência anterior.

O salário é compatível com o mercado, mais benefícios como vale transporte, refeição no local, plano de saúde e odontológico e premiações, entre outros. A empresa também oferece plano de carreira e um ótimo ambiente de trabalho.

Os interessados em participar do processo seletivo devem enviar o currículo para vagas01.rh@gmail.com ou recrutamento.rh@expressalimentos.com.br, ou entregar em qualquer unidade da Pizza Hut em Fortaleza. Os candidatos também podem cadastrar o currículo na seção Trabalhe Conosco no site http://www.pizzahut-ce.com.br.

(Tribuna do Ceará)

Em Fortaleza, topics 06 e 55 têm itinerário reduzido a partir desta terça-feira; confira as novas rotas

Dando sequência ao programa de reestruturação das linhas do transporte coletivo, o Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), juntamente, com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), promoverá alteração em duas linhas do sistema de transporte complementar (vans): 755 – Cj. Alvorada/North Shopping e 706 – Edson Queiroz/Barra do Ceará. As mudanças serão implantadas nesta terça-feira (30/09) e pretendem reduzir ou, em alguns casos, eliminar a sobreposição existente com as linhas do sistema regular (ônibus).

Clique aqui para ver a alteração na linha 755

Clique aqui para ver a alteração na linha 706

Os passageiros que utilizam as linhas que passarão por mudanças terão opções para continuar realizando suas viagens, entre elas a utilização dos terminais de integração e a busca por uma linha que faça percurso similar, caso haja essa alternativa. Porém, a opção mais indicada é a utilização do Bilhete Único, que garante economia de tempo e no custo da tarifa, além de proporcionar mais chances de realizar percursos menores, que seguem caminhos lineares até o destino desejado.

Mudança semelhante será realizada na linha 706 – Edson Queiroz/Barra do Ceará, que deixará de atender o extenso trecho entre os bairros Edson Queiroz e Barra do Ceará e passará a atender somente a demanda existente entre o Vila do Mar e o bairro Antônio Bezerra, inclusive passando a entrar no terminal Antônio Bezerra. Do terminal, os passageiros poderão escolher diversas opções de linhas que seguem para outras regiões da cidade. Além dessa alteração, o ponto final da linha será estendido até a Av. Pasteur, ampliando e melhorando o acesso da comunidade Vila do Mar ao Sistema de Transporte Coletivo. O principal benefício dessa medida será a diminuição do tempo de espera, que hoje está na média de 29 minutos e a expectativa é que seja reduzido para 9 minutos, facilitando a integração com o restante do sistema.

A partir desta terça (30), agentes operacionais da Etufor estarão distribuídos em pontos de ônibus estratégicos e no terminal Antônio Bezerra para orientar a população. O objetivo da ação é orientar os passageiros sobre as novas opções de linhas que eles poderão utilizar.

Com informações da Prefeitura de Fortaleza

 

BAIXARIA NO MARANHÃO: DENÚNCIA CONTRA FLAVIO DINO FOI PAGA

247 – Preso no Complexo penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, Andre Escocio Caldas voltou atrás nas acusações contra o candidato do PC do B ao governo do Estado, Flávio Dino.

Em novo depoimento à Polícia Civil, ele disse ter sido pago para gravar um vídeo no qual envolve Dino no assalto a um carro-forte no campus da Universidade Federal do Maranhão.

O material, que liga o político à facção criminosa Bonde dos 40, foi exibido no início da semana na TV Difusora, que pertence à família de seu adversário, o senador Edson Lobão Filho (PMDB).

Caldas diz que foi coagido pelo diretor do Centro de Custodia, Carlos Aguiar, para gravar o vídeo em troca da “promessa de um alvará de soltura e mais uma boa quantia em dinheiro, além de ficar ‘blindado’ no sistema”.

Segundo reportagem do Estadão, Aguiar reconheceu a gravação do vídeo, mas negou ter atuado em nome de partidos políticos.

Via http://www.brasil247.com/pt/247/maranhao247/154670/Baixaria-no-Maranh%C3%A3o-den%C3%BAncia-contra-Flavio-Dino-foi-paga.htm

 

Eleições 2014: saiba o que acontece se você não votar e como justificar a ausência

Portal EBC

O voto nas eleições, que acontecem no dia 5 de outubro, é obrigatório a todos os cidadãos brasileiros acima de 18 anos e facultativo para analfabetos, jovens entre 16 e 18 anos e idosos com mais de 70. Contudo, há situações em que as pessoas obrigadas a votar não conseguem ou não podem comparecer às urnas.

Quem está fora seu domicílio eleitoral no dia da votação ou morando no exterior, por exemplo, devem ficar atentos ao que estabelece a justiça eleitoral. Afinal, a ausência sem justificativa pode levar ao cancelamento do título de eleitor e impedir o cidadão de solicitar serviços públicos como a inscrição em concursos, empréstimos em bancos estatais, emissão de passaporte, entre outros.

Saiba, nos tópicos abaixo, como proceder para justificar ou em irregularidades:

Como justificar a ausência de voto


Eleitores fora do seu domicílio eleitoral justificam ausência por meio do formulário requerimento de Justificativa Eleitoral

O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral no dia da eleição terá de justificar sua ausência por meio do Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), que deve ser preenchido e entregue no dia da votação. Esse formulário pode ser adquirido gratuitamente nos cartórios eleitorais, nos postos de atendimento ao eleitor, no site do TSE e, no dia do pleito, nos locais de votação.

Caso o eleitor não entregue a justificativa no dia da votação, ele deve apresentar, até 60 dias após cada turno, em qualquer cartório eleitoral ou pelos Correios. O requerimento deve ser acompanhado pela documentação que comprova a impossibilidade de comparecimento.

A justificativa é válida somente para o turno ao qual o eleitor não compareceu. Se uma pessoa deixou de votar no primeiro e no segundo turno, terá que justificar sua ausência para os dois turnos separadamente. O eleitor poderá justificar a ausência às eleições quantas vezes forem necessárias, mas ficar atento à possíveis recontagens de eleitorado do seu município ou unidade da federação. As ausências não justificadas geram um débito com a Justiça Eleitoral e, enquanto não for quitado, o eleitor estará sujeito a uma série de restrições, dentre elas a impossibilidade de obter a certidão de quitação eleitoral.

No exterior

Os eleitores que se encontram no exterior no dia de votação também podem votar, mas apenas para presidente da República. Caso o eleitor esteja ausente do domicílio eleitoral, deverá justificar sua falta por meio de requerimento dirigido ao juiz da Zona Eleitoral do Exterior, a ser entregue na repartição consular ou missão diplomática ou enviado pelos correios.

A votação fora do território nacional é organizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, com apoio dos consulados ou missões diplomáticas em cada país, as seções eleitorais para o primeiro e segundo turno de votação funcionarão nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais em que existam serviços do governo brasileiro.

Irregularidades com a justiça eleitoral

Caso o eleitor não justifique, ele deverá pagar uma multa à justiça eleitoral de sua região. Para o pagamento, o cidadão deve comparecer ao cartório eleitoral para imprimir uma Guia de Recolhimento da União (GRU) e fazer a quitação por meio de depósito bancário, colocando fim ao débito. A multa pode ocorrer por diversas causas, entre elas a ausência injustificada às urnas; o alistamento tardio ou no caso de mesário faltoso. O valor da penalidade varia de R$ 1,05 a R$ 35,14.

Ao completar três ausências não justificadas, o título será cancelado e, após seis anos, excluído do cadastro eleitoral. Em caso de irregularidade com a Justiça Eleitoral, o eleitor não poderá: inscrever-se em concurso público; tirar passaporte ou carteira de identidade; participar de concorrência pública; obter empréstimos de bancos estatais; e renovar matrícula em estabelecimento de ensino, entre outros.

* colaborou Carol Lira, com informações do TSE

Edição: Leyberson Pedrosa

Fundação Oswaldo Cruz produz mosquito que não transmite dengue

Aedes Aegypti: cerca de 10 mil insetos serão liberados semanalmente em Tubiacanga, por até quatro meses USDA

Rio de Janeiro – Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vão liberar na natureza mosquitos Aedes aegypti que não transmitem o vírus da dengue. O primeiro teste será em Tubiacanga, na Ilha do Governador, zona norte da cidade, nesta quarta-feira, 23. É a primeira vez que essa estratégia é testada no continente americano – já há pesquisas em andamento na Austrália, Vietnã e Indonésia.

Os ovos dos mosquitos foram contaminados com a bactéria Wolbachia, encontrada em 60% dos insetos, como as drosófilas (pequenas moscas) e pernilongos.

Essa bactéria atua como uma espécie de vacina para o Aedes aegypti – ela impede que o vírus da dengue se multiplique no organismo do mosquito, que deixa, assim, de transmitir a doença.

A Wolbachia também atua na reprodução dos insetos. Se o macho contaminado fertilizar ovos de fêmeas que não tenham a bactéria, esses ovos não darão origem às larvas. Se macho e fêmea estiverem contaminados, ou se só a fêmea tiver a bactéria, toda a prole carregará a Wolbachia.

A bactéria é transmitida naturalmente para as gerações seguintes de mosquitos e o método se torna autossustentável: Aedes com Wolbachia acabam se tornando predominantes na natureza, sem que os pesquisadores precisem liberar insetos contaminados constantemente. Em localidades da Austrália, isso aconteceu em 10 semanas, em média.

A pesquisa com a Wolbachia começou na Universidade de Monash, na Austrália, em 2008. Inicialmente, os cientistas esperavam que a bactéria reduzisse o tempo de vida do Aedes, mas descobriram que ela também afeta a reprodução e bloqueia a multiplicação do vírus.

“Estamos diante de uma estratégia científica inovadora e segura, que poderá contribuir para o controle da dengue e para a melhoria da saúde da população”, afirmou o pesquisador da Fiocruz Luciano Moreira, líder do projeto no Brasil. Ele integrava a equipe de cientistas que fez as descobertas na Austrália.

A Wolbachia é uma bactéria intracelular, que só pode ser transmitida de mãe para filho, no processo de reprodução dos mosquitos. Além disso, é maior que o canal salivar do mosquito. Ou seja, não sai pela saliva, meio pelo qual o homem é contaminado.

Para garantir que não infecta seres humanos e animais domésticos, durante cinco anos, integrantes da equipe, na Austrália, alimentaram uma colônia de mosquitos com Wolbachia, usando seus próprios braços.

O projeto Eliminar a Dengue: Desafio Brasil foi lançado no Rio de Janeiro, em 2012. Nesses dois anos, os pesquisadores capturaram Aedes aegypti nos locais que servirão de testes, estudaram essas regiões e criaram os mosquitos contaminados em laboratório.

Depois de lançados em Tubiacanga, os cientistas poderão avaliar a capacidade dos mosquitos com a bactéria se estabelecerem no meio ambiente e se reproduzirem com os mosquitos locais.

Cerca de 10 mil insetos serão liberados semanalmente em Tubiacanga, por até quatro meses. Para reduzir o incômodo da população, a Secretaria Municipal de Saúde fez uma campanha para eliminar focos de criação do mosquito.

Depois da Ilha do Governador, os bairros da Urca e Vila Valqueire, no Rio de Janeiro, e de Jurujuba, em Niterói, receberão os mosquitos. Estudos de larga escala para avaliar o efeito da estratégia estão previstos para ocorrer a partir de 2016.

(Clarissa Thome, Estadão Conteúdo)

Prefeitura de Fortaleza oferta 304 vagas de estágio de nível superior

Prefeitura de Fortaleza (PMF) está com inscrições abertas para 304 vagas de estágio em nível superior. As vagas são para estudantes dos cursos de pedagogia, licenciatura em letras e em matemática. As inscrições podem ser feitas até o dia 1º de outubro, exclusivamente pela internet.
Podem concorrer estudantes que estejam cursando regularmente os cursos exigidos em instituições de ensino conveniadas com a Prefeitura de Fortaleza. Os alunos selecionados serão convocados pela Secretaria Municipal da Educação (SME) e pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).

Os candidatos precisam estar cursando, no mínimo, o 4º semestre, ou ter cursado, no mínimo, 80 créditos ou 40% da carga horária exigida. É necessário o pagamento da taxa deinscrição no valor de R$ 20,00.

Documentação
Os estudantes deverão entregar a documentação no Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh), localizado Avenida João Pessoa, 5.609, no Bairro Damas, entre os dias 23 de setembro e 3 de outubro. A seleção é feita através de análise curricular, de caráter elimiatnatório e classificatório. Os aprovados farão estágio nas unidades escolares da rede municipal de ensino de Fortaleza.

(G1 Ceará)

Passagem do Metrô de Fortaleza custará R$ 2,85 a partir de outubro

A passagem do Metrô de Fortaleza será de R$ 2,85 a partir de outubro deste ano, segundo o Metrofor. O metrô deixará de funcionar em fase teste (com passagens gratuitas) e começa a operar na fase comercial em outubro, mas ainda sem o dia definido.

O valor, segundo o Metrofor, foi estabelecido em R$ 2,85 por ser o mesmo valor do ônibus intermunicipal entre Maracanaú e Fortaleza, trecho do Metrô de Fortaleza. A partir de fase comercial, o número de trens circulando passará de seis para 25.

O tempo máximo de intervalo entre os trens será de 30 minutos. O Metrofor deverá divulgar nos próximos dias o intervalo exato.

(G1 Ceará)

UFC oferta cursos gratuitos para alunos de escolas públicas

A Seara da Ciência, espaço de divulgação científica e tecnológica da Universidade Federal do Ceará (UFC), está com inscrições abertas, de 1º a 5 de setembro, para cinco cursos voltados a estudantes de ensino médio da rede pública.

Os cursos gratuitos, são de Química, Física, Biologia, Matemática e Astronomia, todos com duração de 30 horas. As aulas terão início no dia 8 de setembro.

As inscrições devem ser feitas pessoalmente, na sede da Seara da Ciência (Rua Dr. Abdênago Rocha Lima, s/n, Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra), das 8h30min às 11h30min e das 14h às 17h. É necessário levar a carteira de estudante ou declaração de matrícula da escola. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada.

A Seara da Ciência informa que, se houver vagas remanescentes, serão aceitas inscrições de alunos de escolas privadas. Veja detalhes dos cursos:

Química (25 vagas por turma)
Turma 1 – terças e sextas-feiras, das 8h30min às 11h30min
Turma 2 – segundas e terças-feiras, das 14h às 17h

Matemática (40 vagas por turma)
Turma 1 (trigonometria) – segundas e quartas-feiras, das 8h30min às 11h30min
Turma 2 (álgebra) – quartas e sextas-feiras, das 14h às 17h

Física (25 vagas por turma)
Turma 1 – terças e quintas-feiras, das 8h30min às 11h30min
Turma 2 – segundas e quintas-feiras, das 14h às 17h

Biologia (30 vagas por turma)
Turma 1 – terças e quartas-feiras, das 8h30min às 11h30min
Turma 2 – terças e quintas-feiras, das 14h às 17h

Astronomia (40 vagas)
Turma única – quartas e sextas-feiras, das 14h às 17h

(Tribuna do Ceará)

Açaí: o superalimento que normaliza o colesterol, melhora a imunidade e é conhecido como Viagra da Amazônia

O açaí  é riquíssimo em nutrientes e tem grande quantidades de antioxidantes.

É por isso que tem fama mundial de “superalimento”.

Os cientistas descobriram que o açaí é rico em antocianinas, o grupo de substâncias químicas do vinho tinto que reduz o risco de doença cardíaca.

O açaí contém dez vezes mais dessas substâncias que o vinho tinto.

Os nutrientes antioxidantes e regenerativas do açaí mantêm as células funcionando em sua plenitude e retardam o envelhecimento.

As antocianinas e fitoesteróis ajudam a reduzir a erosão da camada protetora da pele e a proteger os tecidos conjuntivos, incluindo o colágeno.

Açaí é rico em vitamina E , que é essencial para a produção de tecidos.

Ele também atua como um adstringente que dá tônus aos tecidos do corpo, incluindo a pele.

Melhoria do sistema imunitário

O açaí ajuda a aumentar as defesas naturais do corpo, reforçando o sistema imunológico.
Pode evitar a oxidação, uma das principais causas da fraqueza do sistema imunológico, e também reduzir a frequência de doenças infecciosas.

Isso evita danos ao DNA, o que reduz os riscos decorrentes de agentes cancerígenos e mutagênicos. 

Recuperação dos músculos 

Açaí é uma mistura de aminoácidos essenciais e oligominerais que são vitais para a força e a recuperação após o esforço atividades. 

Os nutrientes do açaí, incluindo uma grande quantidade de lipídios naturais, fornecem energia e resistência para enfrentar esportes competitivos e as tarefas diárias. 

Açaí e potência sexual

Dois benéficos efeitos da popular da fruta são o aumento de energia e o da resistência.

A fruta contém amplos ácidos graxos (gorduras boas) que metabolizam o colesterol e ajudam o organismo na produção de estrogênio e de testosterona.

É por isso que o açaí é conhecido como o “Viagra da Amazônia”.

Vale muito a pena, portanto, incluir o açaí em sua dieta e na de sua família.

Procure comprá-lo na forma mais natural possível.

Se na sua região não tem a fruta in natura, procure-a sob a forma de polpa congelada e pasteurizada ou sob a forma de pó liofilizado.

 http://www.curapelanatureza.com.br

Confira os mitos e as verdades sobre o uso de suplementos nutricionais

Existem muitas informações de fontes nem sempre confiáveis que geram controvérsias a respeito dos suplementos nutricionais. Tentar esclarecer estas controvérsias sempre com base no que o conhecimento científico proporciona passa a ser uma necessidade. Dentre as várias controvérsias ou mesmo mitos criados sem base científica, podemos abordar:

- Suplementos de proteína causam pedras nos rins: 
Este conceito causa em muitos o receio de consumir proteína. Na verdade, para o suplemento proteico causar ameaça à saúde dos rins, precisaria haver um exagero muito grande no consumo proteico diário. Quando se consome proteína em excesso, aquilo que o organismo não consegue utilizar vai ser eliminado principalmente pelos rins, entretanto a formação de pedras nos rins depende muito mais de outros fatores, principalmente de características genéticas do que do consumo de proteínas.

- Quem tem uma dieta equilibrada não precisa de suplementos: 
Este é um assunto interessante de ser abordado. Em primeiro lugar cabe a pergunta: o que é uma dieta equilibrada? Com certeza é muito difícil saber se a dieta praticada está compatível com a exigência do estilo de vida de cada um. Saber se uma dieta é equilibrada requer um conhecimento específico que nem sempre está ao alcance de todos. Muitas vezes o suplemento pode, sim, ajudar a potencializar resultados de programas de exercícios, mesmo para quem se alimente bem. O uso de determinados nutrientes em momentos especiais, de forma isolada, e na dose adequada com certeza vai contribuir para a obtenção de melhores resultados.

- Idosos e crianças não devem consumir suplementos: 
Este é outro mito sem fundamento. Crianças em fase de crescimento e desenvolvimento podem ter sua dieta ajustada com suplementos nutricionais para atender melhor a determinadas exigências de certas fases da vida. É claro que se torna indispensável uma orientação adequada, entretanto sempre é bom lembrar que os produtos que se costuma usar para “enriquecer” o leite na infância nada mais são que suplementos nutricionais.

Por outro lado, os idosos possuem certas carências que nem sempre os hábitos alimentares atendem. Usar suplementos é uma maneira de ajustar estas necessidades, sempre com a devida orientação. Já foi abordada nesta coluna a importância que o uso de creatina pode ter para indivíduos idosos, com resultados cientificamente comprovados de desacelerar a perda de massa muscular.

A conclusão é que os suplementos são alimentos isolados que podem trazer benefícios se seu consumo for devidamente orientado e com base em informações científicas.

Via Turibio Torres http://globoesporte.globo.com

Honorários prevalecem sobre qualquer crédito não trabalhista

Por Luiz Mario Bratti

De acordo com o artigo 24 do Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil (Lei 8.906/94), “a decisão judicial que fixar ou arbitrar honorários e o contrato escrito que o estipular são títulos executivos e constituem crédito privilegiado na falência, concordata, concurso de credores, insolvência civil e liquidação extrajudicial”.

Por essa e por outras razões, o Supremo Tribunal Federal passou a decidir que “(…) os honorários advocatícios consubstanciam, para os profissionais liberais do direito, prestação alimentícia” (RE 470.407, rel. Min. Marco Aurélio), e, por conseguinte, “(…) a honorária equivale a salário”, pois é retribuição, é pagamento, é estipêndio, é prêmio pago aos profissionais liberais. (…) A honorária é, em suma, um salário ad honorem pela nobreza do serviço prestado” (RE 146.317/SP, rel. Min. Carlos Veloso; DJU, de 04/04/97).

Assim, para o ministro Carlos Veloso, “embora honorária não tenha natureza jurídica do salário, dele não se distingue em sua finalidade, que é a mesma. A honorária é, em suma, um salário ad honorem pela nobreza do serviço prestado. Tem, portanto, caráter alimentar, porque os profissionais liberais dele se utilizam par sua mantença e de seu escritório ou consultório” (RE 146.317/SP).

Já para o ministro Marco Aurélio, “conforme disposto nos artigos 22 e 23 da Lei 8.906/94, os honorários advocatícios incluídos na condenação pertencem ao advogado, consubstanciando prestação alimentícia cuja satisfação pela Fazenda ocorre via precatório, observada ordem especial restrita aos créditos de natureza alimentícia” (RE 470.407/DF).

No mesmo sentido: AgR/RS, AI 169.975 AgR/RS, AI 170.114 AgR, AI 170.114 AgR/SC, AI 170.163 AgR/PR, AI 170.180 AgR/SC, AI 170.184 AgR/SC, rel. Min. Carlos Veloso; AI 169.684 AgR, AI 169.873 AgR/RS, AI 169.939 AgR/RS, AI 169.970 AgR/RS, AI 170.232 AgR/SC, AI 169.679 AgR/SC, AI 169.439 AgR-ED/SP, rel. Min. Maurício Corrêa.

Mais recentemente, a Suprema Corte reafirmou seu entendimento, asseverando que, “os honorários advocatícios incluídos na condenação pertencem ao advogado e possuem natureza alimentícia. A satisfação pela Fazenda Pública se dá por precatório, observada ordem especial restrita aos créditos de igual natureza” (RE 415.950 AgR/RS, rel. Ayres Brito, julg. em 26/04/2011), haja vista que “a jurisprudência desta Corte está consolidada no sentido de que é de caráter alimentar a natureza jurídica dos honorários advocatícios originados do ônus de sucumbência” (AI 849.470 AgR/DF, rel. Min. Dias Toffoli; julg. em 25/09/2012).

Destarte, por expressa disposição legal e inequívoco e consolidado entendimento da nossa Suprema Corte, os honorários advocatícios, quer os contratuais quer os sucumbenciais, têm natureza alimentar, pois equivalentes ao salário do trabalhador.

Assim, mutatis mutandi, se pode dessumir que os honorários ostentam também preferência, em eventual concurso de credores, sobre quaisquer outros créditos não trabalhistas, sejam os tributários, hipotecários ou quirografários.

Aliás, tal qual previsto no artigo 186 do Código Tributário Nacional e no artigo 102 da antiga Lei de Falência (artigo 83 da Lei atual) em relação aos créditos privilegiados.

Corroborando tal entendimento, ou seja, da natureza alimentícia da verba honorária, e, por conseguinte, da sua equiparação ao salário do trabalhador para todos efeitos, o Superior Tribunal de Justiça também passou a seguir a trilha do Supremo, decidindo que “os honorários advocatícios, mesmo de sucumbência, têm natureza alimentar” (REsp 608.028/MS, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 28/06/05), pois “(…) os honorários advocatícios, sejam eles contratuais ou sucumbenciais, possuem natureza alimentar porquanto provêem do fruto do trabalhado destes profissionais liberais e decorrem do êxito e da satisfação de obrigações devida do seu exercício laboral” (RMS 12.059/RS, rel. Min. Laurita Vaz; RSTJ, 165/189).

Em sendo assim, ou seja, “uma vez que os honorários constituem a remuneração do advogado — sejam eles contratuais ou sucumbenciais —, conclui-se que tal verba enquadra-se no conceito de verba de natureza alimentícia…” (REsp 859.475/SC, rel. Min. Denise Arruda; julg. em 26/06/07), concluiu aquele Superior Tribunal de Justiça que “a natureza alimentar dos honorários autoriza sua equiparação a salários, inclusive para fins de preferência em processo falimentar” (REsp. 566.190/SC, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 14/06/05), ou em outros concursos de credores, pois, “sendo alimentar a natureza dos honorários, estes preferem aos créditos tributários em execução contra devedor solvente” (REsp 608.028/MS, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 28/06/05).

Para chegar a tal desiderato, o Superior Tribunal de Justiça adotou como fundamento o entendimento do Supremo Tribunal Federal consubstanciado, especialmente, no RE 146.318-0/SP e no RE 170.220-6/SP acima transcritos.

No mesmo sentido, passou, então, a decidir o nosso Tribunal de Justiça, pois, “considerando o entendimento dos tribunais superiores, os honorários advocatícios, sejam de natureza contratual ou sucumbencial, têm caráter alimentar e, portanto, merecem privilégio similar aos créditos trabalhistas, prevalecendo sobre os créditos fiscais, mesmo na hipótese prevista no art. 186 do CTN (AI 2007.040353-7, rel. Des. Edson Ubaldo; julg. em 06/07/2010).

No entanto, quando tudo parecia pacificado e consolidado, eis que o próprio Superior Tribunal de Justiça, sabe-se lá porque razões, resolveu mudar seu entendimento, passando a decidir, contraditoriamente, que, “embora esta Corte Superior já tenha reconhecido a natureza alimentar dos créditos decorrentes dos honorários advocatícios, estes não se equiparam aos créditos trabalhistas, razão por que não há como prevalecerem, em sede de concurso de credores, sobre o crédito fiscal da Fazenda Pública” (REsp 939.577/RS, rel. Min. Massami Uyeda; DJe 19/05/2011).

Isso porque, segundo aquele Superior Tribunal de Justiça, “a simples razão de conferir natureza alimentar aos honorários advocatícios, a exemplo do disposto no art. 19 da Lei 11.033/2004, ou de lhes reconhecer caráter privilegiado, como fez o art. 24 da Lei 8.906/1994, não autoriza a conclusão de que preferem ao crédito tributário, em concurso de credores, pois a questão encontra disciplina legal específica. 4 – Depreende-se dos arts. 186 do CTN e 83 da Lei 11.101/2005 que prevalecem sobre o crédito tributário aqueles decorrentes da legislação trabalhista ou devidos por acidente de trabalho, e a jurisprudência do STJ já proclamou que os honorários advocatícios não se enquadram nas citadas hipóteses” (AgRg no REsp n. 1.267.980/SC, rel. Min. Herman Benjamin; DJe 08/11/2011), pois “o fato de o Estatuto da OAB conferir, no art. 24, caráter privilegiado ao crédito decorrente de honorários advocatícios e, no mesmo norte, o art. 19 de Lei n. 11.033/2004 lhes atribuir natureza alimentar, “não autoriza a conclusão de que preferem ao crédito tributário, em concurso de credores, pois a questão encontra disciplina legal específica” (AgRg no REsp  1.305.285/PR, rel. Min. Humberto Martins; julg. em 17/04/2012).

Ainda, no mesmo sentido: (EREsp 941.652/RS, rel. Min. Hamilton Carvalhido, de DJe 07/12/2010; REsp 1.266.799/PR, rel. Min. Cesar Asfor Rocha, DJe de 23/03/2012; RE no AgRg no REsp 1.267.980/SC, rel. Min. Felix Fischer, DJe de 1º/03/2012; REsp 1.204.972/MT, rel. Min. Benedito Gonçalves, DJe de 14/02/2012; AgRg no REsp 1.235701/RS, rel. Min. Hamilton Carvalhido, julg. em 12/04/2011; REsp 1.245.510/MG, rel. Min. Arnaldo Esteves Lima, DJe de 25/11/2011; REsp 1.245.515/MG, rel. Min. Mauro Campbell Marques, julg. em 02/06/2011.

A partir de então, o nosso Tribunal de Justiça passou a seguir-lhe a mesma senda: AI 2012.01118-9, rel. Des. Nelson Schaefer Martins, julg. em 09/10/2013; AI 2008.062202-0, rel. Des. Gaspar Rubick, julg. em 06/08/2012; AI 2011.031029-7, rel. Des. Rodrigo Collaço; julg. em 20/04/2012.

De acordo com o que ficou assentado no último acórdão, “sem desmerecer os respeitáveis pronunciamentos deste Tribunal em sentido diverso, importante ressaltar que, conforme restou bem explanado na decisão agravada, está pacificado no Superior Tribunal de Justiça, guardião máximo da ordem infraconstitucional, o entendimento no sentido de que o crédito relativo à verba honorária – seja ou não sucumbencial -, sem embargo de sua natureza alimentar e de seu privilégio geral em razão do disposto no art. 24 do EOAB, não prevalece sobre o crédito tributário, já que não está englobado no conceito de créditos decorrentes da legislação do trabalho previsto como exceção no art. 186 do Código Tributário Nacional (este que tem status de Lei Complementar)” (AI 2011.031029-7, rel. Des. Rodrigo Collaço; julg. em 20/04/2012).

Isso porque, segundo o desembargador Nelson Schaefer Martins, eminente relator do AI 2012.01118-9, “não obstante possua natureza alimentar e detenha privilégio geral em concurso de credores, o crédito decorrente de honorários advocatícios não precede ao crédito tributário, que sequer se sujeita a concurso de credores e prefere a qualquer outro, seja qual for o tempo de sua constituição ou a sua natureza (artigos 24 da Lei 8.906/94 e 186 do CNT”.

Concluindo: não obstante os respeitáveis fundamentos, à toda evidência, tal entendimento nega vigência ao artigo 24 da Lei 8.906/94 (EAOAB) e diverge frontalmente da jurisprudência pacificada e consolidada do Supremo Tribunal Federal a respeito do tema, em evidente e manifesto prejuízo de todos os advogados catarinenses e brasileiros.

Via http://www.conjur.com.br

Honorários prevalecem sobre qualquer crédito não trabalhista

Por Luiz Mario Bratti

De acordo com o artigo 24 do Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil (Lei 8.906/94), “a decisão judicial que fixar ou arbitrar honorários e o contrato escrito que o estipular são títulos executivos e constituem crédito privilegiado na falência, concordata, concurso de credores, insolvência civil e liquidação extrajudicial”.

Por essa e por outras razões, o Supremo Tribunal Federal passou a decidir que “(…) os honorários advocatícios consubstanciam, para os profissionais liberais do direito, prestação alimentícia” (RE 470.407, rel. Min. Marco Aurélio), e, por conseguinte, “(…) a honorária equivale a salário”, pois é retribuição, é pagamento, é estipêndio, é prêmio pago aos profissionais liberais. (…) A honorária é, em suma, um salário ad honorem pela nobreza do serviço prestado” (RE 146.317/SP, rel. Min. Carlos Veloso; DJU, de 04/04/97).

Assim, para o ministro Carlos Veloso, “embora honorária não tenha natureza jurídica do salário, dele não se distingue em sua finalidade, que é a mesma. A honorária é, em suma, um salário ad honorem pela nobreza do serviço prestado. Tem, portanto, caráter alimentar, porque os profissionais liberais dele se utilizam par sua mantença e de seu escritório ou consultório” (RE 146.317/SP).

Já para o ministro Marco Aurélio, “conforme disposto nos artigos 22 e 23 da Lei 8.906/94, os honorários advocatícios incluídos na condenação pertencem ao advogado, consubstanciando prestação alimentícia cuja satisfação pela Fazenda ocorre via precatório, observada ordem especial restrita aos créditos de natureza alimentícia” (RE 470.407/DF).

No mesmo sentido: AgR/RS, AI 169.975 AgR/RS, AI 170.114 AgR, AI 170.114 AgR/SC, AI 170.163 AgR/PR, AI 170.180 AgR/SC, AI 170.184 AgR/SC, rel. Min. Carlos Veloso; AI 169.684 AgR, AI 169.873 AgR/RS, AI 169.939 AgR/RS, AI 169.970 AgR/RS, AI 170.232 AgR/SC, AI 169.679 AgR/SC, AI 169.439 AgR-ED/SP, rel. Min. Maurício Corrêa.

Mais recentemente, a Suprema Corte reafirmou seu entendimento, asseverando que, “os honorários advocatícios incluídos na condenação pertencem ao advogado e possuem natureza alimentícia. A satisfação pela Fazenda Pública se dá por precatório, observada ordem especial restrita aos créditos de igual natureza” (RE 415.950 AgR/RS, rel. Ayres Brito, julg. em 26/04/2011), haja vista que “a jurisprudência desta Corte está consolidada no sentido de que é de caráter alimentar a natureza jurídica dos honorários advocatícios originados do ônus de sucumbência” (AI 849.470 AgR/DF, rel. Min. Dias Toffoli; julg. em 25/09/2012).

Destarte, por expressa disposição legal e inequívoco e consolidado entendimento da nossa Suprema Corte, os honorários advocatícios, quer os contratuais quer os sucumbenciais, têm natureza alimentar, pois equivalentes ao salário do trabalhador.

Assim, mutatis mutandi, se pode dessumir que os honorários ostentam também preferência, em eventual concurso de credores, sobre quaisquer outros créditos não trabalhistas, sejam os tributários, hipotecários ou quirografários.

Aliás, tal qual previsto no artigo 186 do Código Tributário Nacional e no artigo 102 da antiga Lei de Falência (artigo 83 da Lei atual) em relação aos créditos privilegiados.

Corroborando tal entendimento, ou seja, da natureza alimentícia da verba honorária, e, por conseguinte, da sua equiparação ao salário do trabalhador para todos efeitos, o Superior Tribunal de Justiça também passou a seguir a trilha do Supremo, decidindo que “os honorários advocatícios, mesmo de sucumbência, têm natureza alimentar” (REsp 608.028/MS, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 28/06/05), pois “(…) os honorários advocatícios, sejam eles contratuais ou sucumbenciais, possuem natureza alimentar porquanto provêem do fruto do trabalhado destes profissionais liberais e decorrem do êxito e da satisfação de obrigações devida do seu exercício laboral” (RMS 12.059/RS, rel. Min. Laurita Vaz; RSTJ, 165/189).

Em sendo assim, ou seja, “uma vez que os honorários constituem a remuneração do advogado — sejam eles contratuais ou sucumbenciais —, conclui-se que tal verba enquadra-se no conceito de verba de natureza alimentícia…” (REsp 859.475/SC, rel. Min. Denise Arruda; julg. em 26/06/07), concluiu aquele Superior Tribunal de Justiça que “a natureza alimentar dos honorários autoriza sua equiparação a salários, inclusive para fins de preferência em processo falimentar” (REsp. 566.190/SC, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 14/06/05), ou em outros concursos de credores, pois, “sendo alimentar a natureza dos honorários, estes preferem aos créditos tributários em execução contra devedor solvente” (REsp 608.028/MS, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 28/06/05).

Para chegar a tal desiderato, o Superior Tribunal de Justiça adotou como fundamento o entendimento do Supremo Tribunal Federal consubstanciado, especialmente, no RE 146.318-0/SP e no RE 170.220-6/SP acima transcritos.

No mesmo sentido, passou, então, a decidir o nosso Tribunal de Justiça, pois, “considerando o entendimento dos tribunais superiores, os honorários advocatícios, sejam de natureza contratual ou sucumbencial, têm caráter alimentar e, portanto, merecem privilégio similar aos créditos trabalhistas, prevalecendo sobre os créditos fiscais, mesmo na hipótese prevista no art. 186 do CTN (AI 2007.040353-7, rel. Des. Edson Ubaldo; julg. em 06/07/2010).

No entanto, quando tudo parecia pacificado e consolidado, eis que o próprio Superior Tribunal de Justiça, sabe-se lá porque razões, resolveu mudar seu entendimento, passando a decidir, contraditoriamente, que, “embora esta Corte Superior já tenha reconhecido a natureza alimentar dos créditos decorrentes dos honorários advocatícios, estes não se equiparam aos créditos trabalhistas, razão por que não há como prevalecerem, em sede de concurso de credores, sobre o crédito fiscal da Fazenda Pública” (REsp 939.577/RS, rel. Min. Massami Uyeda; DJe 19/05/2011).

Isso porque, segundo aquele Superior Tribunal de Justiça, “a simples razão de conferir natureza alimentar aos honorários advocatícios, a exemplo do disposto no art. 19 da Lei 11.033/2004, ou de lhes reconhecer caráter privilegiado, como fez o art. 24 da Lei 8.906/1994, não autoriza a conclusão de que preferem ao crédito tributário, em concurso de credores, pois a questão encontra disciplina legal específica. 4 – Depreende-se dos arts. 186 do CTN e 83 da Lei 11.101/2005 que prevalecem sobre o crédito tributário aqueles decorrentes da legislação trabalhista ou devidos por acidente de trabalho, e a jurisprudência do STJ já proclamou que os honorários advocatícios não se enquadram nas citadas hipóteses” (AgRg no REsp n. 1.267.980/SC, rel. Min. Herman Benjamin; DJe 08/11/2011), pois “o fato de o Estatuto da OAB conferir, no art. 24, caráter privilegiado ao crédito decorrente de honorários advocatícios e, no mesmo norte, o art. 19 de Lei n. 11.033/2004 lhes atribuir natureza alimentar, “não autoriza a conclusão de que preferem ao crédito tributário, em concurso de credores, pois a questão encontra disciplina legal específica” (AgRg no REsp  1.305.285/PR, rel. Min. Humberto Martins; julg. em 17/04/2012).

Ainda, no mesmo sentido: (EREsp 941.652/RS, rel. Min. Hamilton Carvalhido, de DJe 07/12/2010; REsp 1.266.799/PR, rel. Min. Cesar Asfor Rocha, DJe de 23/03/2012; RE no AgRg no REsp 1.267.980/SC, rel. Min. Felix Fischer, DJe de 1º/03/2012; REsp 1.204.972/MT, rel. Min. Benedito Gonçalves, DJe de 14/02/2012; AgRg no REsp 1.235701/RS, rel. Min. Hamilton Carvalhido, julg. em 12/04/2011; REsp 1.245.510/MG, rel. Min. Arnaldo Esteves Lima, DJe de 25/11/2011; REsp 1.245.515/MG, rel. Min. Mauro Campbell Marques, julg. em 02/06/2011.

A partir de então, o nosso Tribunal de Justiça passou a seguir-lhe a mesma senda: AI 2012.01118-9, rel. Des. Nelson Schaefer Martins, julg. em 09/10/2013; AI 2008.062202-0, rel. Des. Gaspar Rubick, julg. em 06/08/2012; AI 2011.031029-7, rel. Des. Rodrigo Collaço; julg. em 20/04/2012.

De acordo com o que ficou assentado no último acórdão, “sem desmerecer os respeitáveis pronunciamentos deste Tribunal em sentido diverso, importante ressaltar que, conforme restou bem explanado na decisão agravada, está pacificado no Superior Tribunal de Justiça, guardião máximo da ordem infraconstitucional, o entendimento no sentido de que o crédito relativo à verba honorária – seja ou não sucumbencial -, sem embargo de sua natureza alimentar e de seu privilégio geral em razão do disposto no art. 24 do EOAB, não prevalece sobre o crédito tributário, já que não está englobado no conceito de créditos decorrentes da legislação do trabalho previsto como exceção no art. 186 do Código Tributário Nacional (este que tem status de Lei Complementar)” (AI 2011.031029-7, rel. Des. Rodrigo Collaço; julg. em 20/04/2012).

Isso porque, segundo o desembargador Nelson Schaefer Martins, eminente relator do AI 2012.01118-9, “não obstante possua natureza alimentar e detenha privilégio geral em concurso de credores, o crédito decorrente de honorários advocatícios não precede ao crédito tributário, que sequer se sujeita a concurso de credores e prefere a qualquer outro, seja qual for o tempo de sua constituição ou a sua natureza (artigos 24 da Lei 8.906/94 e 186 do CNT”.

Concluindo: não obstante os respeitáveis fundamentos, à toda evidência, tal entendimento nega vigência ao artigo 24 da Lei 8.906/94 (EAOAB) e diverge frontalmente da jurisprudência pacificada e consolidada do Supremo Tribunal Federal a respeito do tema, em evidente e manifesto prejuízo de todos os advogados catarinenses e brasileiros.

Via http://www.conjur.com.br

Honorários prevalecem sobre qualquer crédito não trabalhista

Por Luiz Mario Bratti

De acordo com o artigo 24 do Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil (Lei 8.906/94), “a decisão judicial que fixar ou arbitrar honorários e o contrato escrito que o estipular são títulos executivos e constituem crédito privilegiado na falência, concordata, concurso de credores, insolvência civil e liquidação extrajudicial”.

Por essa e por outras razões, o Supremo Tribunal Federal passou a decidir que “(…) os honorários advocatícios consubstanciam, para os profissionais liberais do direito, prestação alimentícia” (RE 470.407, rel. Min. Marco Aurélio), e, por conseguinte, “(…) a honorária equivale a salário”, pois é retribuição, é pagamento, é estipêndio, é prêmio pago aos profissionais liberais. (…) A honorária é, em suma, um salário ad honorem pela nobreza do serviço prestado” (RE 146.317/SP, rel. Min. Carlos Veloso; DJU, de 04/04/97).

Assim, para o ministro Carlos Veloso, “embora honorária não tenha natureza jurídica do salário, dele não se distingue em sua finalidade, que é a mesma. A honorária é, em suma, um salário ad honorem pela nobreza do serviço prestado. Tem, portanto, caráter alimentar, porque os profissionais liberais dele se utilizam par sua mantença e de seu escritório ou consultório” (RE 146.317/SP).

Já para o ministro Marco Aurélio, “conforme disposto nos artigos 22 e 23 da Lei 8.906/94, os honorários advocatícios incluídos na condenação pertencem ao advogado, consubstanciando prestação alimentícia cuja satisfação pela Fazenda ocorre via precatório, observada ordem especial restrita aos créditos de natureza alimentícia” (RE 470.407/DF).

No mesmo sentido: AgR/RS, AI 169.975 AgR/RS, AI 170.114 AgR, AI 170.114 AgR/SC, AI 170.163 AgR/PR, AI 170.180 AgR/SC, AI 170.184 AgR/SC, rel. Min. Carlos Veloso; AI 169.684 AgR, AI 169.873 AgR/RS, AI 169.939 AgR/RS, AI 169.970 AgR/RS, AI 170.232 AgR/SC, AI 169.679 AgR/SC, AI 169.439 AgR-ED/SP, rel. Min. Maurício Corrêa.

Mais recentemente, a Suprema Corte reafirmou seu entendimento, asseverando que, “os honorários advocatícios incluídos na condenação pertencem ao advogado e possuem natureza alimentícia. A satisfação pela Fazenda Pública se dá por precatório, observada ordem especial restrita aos créditos de igual natureza” (RE 415.950 AgR/RS, rel. Ayres Brito, julg. em 26/04/2011), haja vista que “a jurisprudência desta Corte está consolidada no sentido de que é de caráter alimentar a natureza jurídica dos honorários advocatícios originados do ônus de sucumbência” (AI 849.470 AgR/DF, rel. Min. Dias Toffoli; julg. em 25/09/2012).

Destarte, por expressa disposição legal e inequívoco e consolidado entendimento da nossa Suprema Corte, os honorários advocatícios, quer os contratuais quer os sucumbenciais, têm natureza alimentar, pois equivalentes ao salário do trabalhador.

Assim, mutatis mutandi, se pode dessumir que os honorários ostentam também preferência, em eventual concurso de credores, sobre quaisquer outros créditos não trabalhistas, sejam os tributários, hipotecários ou quirografários.

Aliás, tal qual previsto no artigo 186 do Código Tributário Nacional e no artigo 102 da antiga Lei de Falência (artigo 83 da Lei atual) em relação aos créditos privilegiados.

Corroborando tal entendimento, ou seja, da natureza alimentícia da verba honorária, e, por conseguinte, da sua equiparação ao salário do trabalhador para todos efeitos, o Superior Tribunal de Justiça também passou a seguir a trilha do Supremo, decidindo que “os honorários advocatícios, mesmo de sucumbência, têm natureza alimentar” (REsp 608.028/MS, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 28/06/05), pois “(…) os honorários advocatícios, sejam eles contratuais ou sucumbenciais, possuem natureza alimentar porquanto provêem do fruto do trabalhado destes profissionais liberais e decorrem do êxito e da satisfação de obrigações devida do seu exercício laboral” (RMS 12.059/RS, rel. Min. Laurita Vaz; RSTJ, 165/189).

Em sendo assim, ou seja, “uma vez que os honorários constituem a remuneração do advogado — sejam eles contratuais ou sucumbenciais —, conclui-se que tal verba enquadra-se no conceito de verba de natureza alimentícia…” (REsp 859.475/SC, rel. Min. Denise Arruda; julg. em 26/06/07), concluiu aquele Superior Tribunal de Justiça que “a natureza alimentar dos honorários autoriza sua equiparação a salários, inclusive para fins de preferência em processo falimentar” (REsp. 566.190/SC, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 14/06/05), ou em outros concursos de credores, pois, “sendo alimentar a natureza dos honorários, estes preferem aos créditos tributários em execução contra devedor solvente” (REsp 608.028/MS, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 28/06/05).

Para chegar a tal desiderato, o Superior Tribunal de Justiça adotou como fundamento o entendimento do Supremo Tribunal Federal consubstanciado, especialmente, no RE 146.318-0/SP e no RE 170.220-6/SP acima transcritos.

No mesmo sentido, passou, então, a decidir o nosso Tribunal de Justiça, pois, “considerando o entendimento dos tribunais superiores, os honorários advocatícios, sejam de natureza contratual ou sucumbencial, têm caráter alimentar e, portanto, merecem privilégio similar aos créditos trabalhistas, prevalecendo sobre os créditos fiscais, mesmo na hipótese prevista no art. 186 do CTN (AI 2007.040353-7, rel. Des. Edson Ubaldo; julg. em 06/07/2010).

No entanto, quando tudo parecia pacificado e consolidado, eis que o próprio Superior Tribunal de Justiça, sabe-se lá porque razões, resolveu mudar seu entendimento, passando a decidir, contraditoriamente, que, “embora esta Corte Superior já tenha reconhecido a natureza alimentar dos créditos decorrentes dos honorários advocatícios, estes não se equiparam aos créditos trabalhistas, razão por que não há como prevalecerem, em sede de concurso de credores, sobre o crédito fiscal da Fazenda Pública” (REsp 939.577/RS, rel. Min. Massami Uyeda; DJe 19/05/2011).

Isso porque, segundo aquele Superior Tribunal de Justiça, “a simples razão de conferir natureza alimentar aos honorários advocatícios, a exemplo do disposto no art. 19 da Lei 11.033/2004, ou de lhes reconhecer caráter privilegiado, como fez o art. 24 da Lei 8.906/1994, não autoriza a conclusão de que preferem ao crédito tributário, em concurso de credores, pois a questão encontra disciplina legal específica. 4 – Depreende-se dos arts. 186 do CTN e 83 da Lei 11.101/2005 que prevalecem sobre o crédito tributário aqueles decorrentes da legislação trabalhista ou devidos por acidente de trabalho, e a jurisprudência do STJ já proclamou que os honorários advocatícios não se enquadram nas citadas hipóteses” (AgRg no REsp n. 1.267.980/SC, rel. Min. Herman Benjamin; DJe 08/11/2011), pois “o fato de o Estatuto da OAB conferir, no art. 24, caráter privilegiado ao crédito decorrente de honorários advocatícios e, no mesmo norte, o art. 19 de Lei n. 11.033/2004 lhes atribuir natureza alimentar, “não autoriza a conclusão de que preferem ao crédito tributário, em concurso de credores, pois a questão encontra disciplina legal específica” (AgRg no REsp  1.305.285/PR, rel. Min. Humberto Martins; julg. em 17/04/2012).

Ainda, no mesmo sentido: (EREsp 941.652/RS, rel. Min. Hamilton Carvalhido, de DJe 07/12/2010; REsp 1.266.799/PR, rel. Min. Cesar Asfor Rocha, DJe de 23/03/2012; RE no AgRg no REsp 1.267.980/SC, rel. Min. Felix Fischer, DJe de 1º/03/2012; REsp 1.204.972/MT, rel. Min. Benedito Gonçalves, DJe de 14/02/2012; AgRg no REsp 1.235701/RS, rel. Min. Hamilton Carvalhido, julg. em 12/04/2011; REsp 1.245.510/MG, rel. Min. Arnaldo Esteves Lima, DJe de 25/11/2011; REsp 1.245.515/MG, rel. Min. Mauro Campbell Marques, julg. em 02/06/2011.

A partir de então, o nosso Tribunal de Justiça passou a seguir-lhe a mesma senda: AI 2012.01118-9, rel. Des. Nelson Schaefer Martins, julg. em 09/10/2013; AI 2008.062202-0, rel. Des. Gaspar Rubick, julg. em 06/08/2012; AI 2011.031029-7, rel. Des. Rodrigo Collaço; julg. em 20/04/2012.

De acordo com o que ficou assentado no último acórdão, “sem desmerecer os respeitáveis pronunciamentos deste Tribunal em sentido diverso, importante ressaltar que, conforme restou bem explanado na decisão agravada, está pacificado no Superior Tribunal de Justiça, guardião máximo da ordem infraconstitucional, o entendimento no sentido de que o crédito relativo à verba honorária – seja ou não sucumbencial -, sem embargo de sua natureza alimentar e de seu privilégio geral em razão do disposto no art. 24 do EOAB, não prevalece sobre o crédito tributário, já que não está englobado no conceito de créditos decorrentes da legislação do trabalho previsto como exceção no art. 186 do Código Tributário Nacional (este que tem status de Lei Complementar)” (AI 2011.031029-7, rel. Des. Rodrigo Collaço; julg. em 20/04/2012).

Isso porque, segundo o desembargador Nelson Schaefer Martins, eminente relator do AI 2012.01118-9, “não obstante possua natureza alimentar e detenha privilégio geral em concurso de credores, o crédito decorrente de honorários advocatícios não precede ao crédito tributário, que sequer se sujeita a concurso de credores e prefere a qualquer outro, seja qual for o tempo de sua constituição ou a sua natureza (artigos 24 da Lei 8.906/94 e 186 do CNT”.

Concluindo: não obstante os respeitáveis fundamentos, à toda evidência, tal entendimento nega vigência ao artigo 24 da Lei 8.906/94 (EAOAB) e diverge frontalmente da jurisprudência pacificada e consolidada do Supremo Tribunal Federal a respeito do tema, em evidente e manifesto prejuízo de todos os advogados catarinenses e brasileiros.

Via http://www.conjur.com.br

Honorários prevalecem sobre qualquer crédito não trabalhista

Por Luiz Mario Bratti

De acordo com o artigo 24 do Estatuto da Advocacia e da Ordem dos Advogados do Brasil (Lei 8.906/94), “a decisão judicial que fixar ou arbitrar honorários e o contrato escrito que o estipular são títulos executivos e constituem crédito privilegiado na falência, concordata, concurso de credores, insolvência civil e liquidação extrajudicial”.

Por essa e por outras razões, o Supremo Tribunal Federal passou a decidir que “(…) os honorários advocatícios consubstanciam, para os profissionais liberais do direito, prestação alimentícia” (RE 470.407, rel. Min. Marco Aurélio), e, por conseguinte, “(…) a honorária equivale a salário”, pois é retribuição, é pagamento, é estipêndio, é prêmio pago aos profissionais liberais. (…) A honorária é, em suma, um salário ad honorem pela nobreza do serviço prestado” (RE 146.317/SP, rel. Min. Carlos Veloso; DJU, de 04/04/97).

Assim, para o ministro Carlos Veloso, “embora honorária não tenha natureza jurídica do salário, dele não se distingue em sua finalidade, que é a mesma. A honorária é, em suma, um salário ad honorem pela nobreza do serviço prestado. Tem, portanto, caráter alimentar, porque os profissionais liberais dele se utilizam par sua mantença e de seu escritório ou consultório” (RE 146.317/SP).

Já para o ministro Marco Aurélio, “conforme disposto nos artigos 22 e 23 da Lei 8.906/94, os honorários advocatícios incluídos na condenação pertencem ao advogado, consubstanciando prestação alimentícia cuja satisfação pela Fazenda ocorre via precatório, observada ordem especial restrita aos créditos de natureza alimentícia” (RE 470.407/DF).

No mesmo sentido: AgR/RS, AI 169.975 AgR/RS, AI 170.114 AgR, AI 170.114 AgR/SC, AI 170.163 AgR/PR, AI 170.180 AgR/SC, AI 170.184 AgR/SC, rel. Min. Carlos Veloso; AI 169.684 AgR, AI 169.873 AgR/RS, AI 169.939 AgR/RS, AI 169.970 AgR/RS, AI 170.232 AgR/SC, AI 169.679 AgR/SC, AI 169.439 AgR-ED/SP, rel. Min. Maurício Corrêa.

Mais recentemente, a Suprema Corte reafirmou seu entendimento, asseverando que, “os honorários advocatícios incluídos na condenação pertencem ao advogado e possuem natureza alimentícia. A satisfação pela Fazenda Pública se dá por precatório, observada ordem especial restrita aos créditos de igual natureza” (RE 415.950 AgR/RS, rel. Ayres Brito, julg. em 26/04/2011), haja vista que “a jurisprudência desta Corte está consolidada no sentido de que é de caráter alimentar a natureza jurídica dos honorários advocatícios originados do ônus de sucumbência” (AI 849.470 AgR/DF, rel. Min. Dias Toffoli; julg. em 25/09/2012).

Destarte, por expressa disposição legal e inequívoco e consolidado entendimento da nossa Suprema Corte, os honorários advocatícios, quer os contratuais quer os sucumbenciais, têm natureza alimentar, pois equivalentes ao salário do trabalhador.

Assim, mutatis mutandi, se pode dessumir que os honorários ostentam também preferência, em eventual concurso de credores, sobre quaisquer outros créditos não trabalhistas, sejam os tributários, hipotecários ou quirografários.

Aliás, tal qual previsto no artigo 186 do Código Tributário Nacional e no artigo 102 da antiga Lei de Falência (artigo 83 da Lei atual) em relação aos créditos privilegiados.

Corroborando tal entendimento, ou seja, da natureza alimentícia da verba honorária, e, por conseguinte, da sua equiparação ao salário do trabalhador para todos efeitos, o Superior Tribunal de Justiça também passou a seguir a trilha do Supremo, decidindo que “os honorários advocatícios, mesmo de sucumbência, têm natureza alimentar” (REsp 608.028/MS, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 28/06/05), pois “(…) os honorários advocatícios, sejam eles contratuais ou sucumbenciais, possuem natureza alimentar porquanto provêem do fruto do trabalhado destes profissionais liberais e decorrem do êxito e da satisfação de obrigações devida do seu exercício laboral” (RMS 12.059/RS, rel. Min. Laurita Vaz; RSTJ, 165/189).

Em sendo assim, ou seja, “uma vez que os honorários constituem a remuneração do advogado — sejam eles contratuais ou sucumbenciais —, conclui-se que tal verba enquadra-se no conceito de verba de natureza alimentícia…” (REsp 859.475/SC, rel. Min. Denise Arruda; julg. em 26/06/07), concluiu aquele Superior Tribunal de Justiça que “a natureza alimentar dos honorários autoriza sua equiparação a salários, inclusive para fins de preferência em processo falimentar” (REsp. 566.190/SC, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 14/06/05), ou em outros concursos de credores, pois, “sendo alimentar a natureza dos honorários, estes preferem aos créditos tributários em execução contra devedor solvente” (REsp 608.028/MS, rel. Min. Nancy Andrighi; julg. em 28/06/05).

Para chegar a tal desiderato, o Superior Tribunal de Justiça adotou como fundamento o entendimento do Supremo Tribunal Federal consubstanciado, especialmente, no RE 146.318-0/SP e no RE 170.220-6/SP acima transcritos.

No mesmo sentido, passou, então, a decidir o nosso Tribunal de Justiça, pois, “considerando o entendimento dos tribunais superiores, os honorários advocatícios, sejam de natureza contratual ou sucumbencial, têm caráter alimentar e, portanto, merecem privilégio similar aos créditos trabalhistas, prevalecendo sobre os créditos fiscais, mesmo na hipótese prevista no art. 186 do CTN (AI 2007.040353-7, rel. Des. Edson Ubaldo; julg. em 06/07/2010).

No entanto, quando tudo parecia pacificado e consolidado, eis que o próprio Superior Tribunal de Justiça, sabe-se lá porque razões, resolveu mudar seu entendimento, passando a decidir, contraditoriamente, que, “embora esta Corte Superior já tenha reconhecido a natureza alimentar dos créditos decorrentes dos honorários advocatícios, estes não se equiparam aos créditos trabalhistas, razão por que não há como prevalecerem, em sede de concurso de credores, sobre o crédito fiscal da Fazenda Pública” (REsp 939.577/RS, rel. Min. Massami Uyeda; DJe 19/05/2011).

Isso porque, segundo aquele Superior Tribunal de Justiça, “a simples razão de conferir natureza alimentar aos honorários advocatícios, a exemplo do disposto no art. 19 da Lei 11.033/2004, ou de lhes reconhecer caráter privilegiado, como fez o art. 24 da Lei 8.906/1994, não autoriza a conclusão de que preferem ao crédito tributário, em concurso de credores, pois a questão encontra disciplina legal específica. 4 – Depreende-se dos arts. 186 do CTN e 83 da Lei 11.101/2005 que prevalecem sobre o crédito tributário aqueles decorrentes da legislação trabalhista ou devidos por acidente de trabalho, e a jurisprudência do STJ já proclamou que os honorários advocatícios não se enquadram nas citadas hipóteses” (AgRg no REsp n. 1.267.980/SC, rel. Min. Herman Benjamin; DJe 08/11/2011), pois “o fato de o Estatuto da OAB conferir, no art. 24, caráter privilegiado ao crédito decorrente de honorários advocatícios e, no mesmo norte, o art. 19 de Lei n. 11.033/2004 lhes atribuir natureza alimentar, “não autoriza a conclusão de que preferem ao crédito tributário, em concurso de credores, pois a questão encontra disciplina legal específica” (AgRg no REsp  1.305.285/PR, rel. Min. Humberto Martins; julg. em 17/04/2012).

Ainda, no mesmo sentido: (EREsp 941.652/RS, rel. Min. Hamilton Carvalhido, de DJe 07/12/2010; REsp 1.266.799/PR, rel. Min. Cesar Asfor Rocha, DJe de 23/03/2012; RE no AgRg no REsp 1.267.980/SC, rel. Min. Felix Fischer, DJe de 1º/03/2012; REsp 1.204.972/MT, rel. Min. Benedito Gonçalves, DJe de 14/02/2012; AgRg no REsp 1.235701/RS, rel. Min. Hamilton Carvalhido, julg. em 12/04/2011; REsp 1.245.510/MG, rel. Min. Arnaldo Esteves Lima, DJe de 25/11/2011; REsp 1.245.515/MG, rel. Min. Mauro Campbell Marques, julg. em 02/06/2011.

A partir de então, o nosso Tribunal de Justiça passou a seguir-lhe a mesma senda: AI 2012.01118-9, rel. Des. Nelson Schaefer Martins, julg. em 09/10/2013; AI 2008.062202-0, rel. Des. Gaspar Rubick, julg. em 06/08/2012; AI 2011.031029-7, rel. Des. Rodrigo Collaço; julg. em 20/04/2012.

De acordo com o que ficou assentado no último acórdão, “sem desmerecer os respeitáveis pronunciamentos deste Tribunal em sentido diverso, importante ressaltar que, conforme restou bem explanado na decisão agravada, está pacificado no Superior Tribunal de Justiça, guardião máximo da ordem infraconstitucional, o entendimento no sentido de que o crédito relativo à verba honorária – seja ou não sucumbencial -, sem embargo de sua natureza alimentar e de seu privilégio geral em razão do disposto no art. 24 do EOAB, não prevalece sobre o crédito tributário, já que não está englobado no conceito de créditos decorrentes da legislação do trabalho previsto como exceção no art. 186 do Código Tributário Nacional (este que tem status de Lei Complementar)” (AI 2011.031029-7, rel. Des. Rodrigo Collaço; julg. em 20/04/2012).

Isso porque, segundo o desembargador Nelson Schaefer Martins, eminente relator do AI 2012.01118-9, “não obstante possua natureza alimentar e detenha privilégio geral em concurso de credores, o crédito decorrente de honorários advocatícios não precede ao crédito tributário, que sequer se sujeita a concurso de credores e prefere a qualquer outro, seja qual for o tempo de sua constituição ou a sua natureza (artigos 24 da Lei 8.906/94 e 186 do CNT”.

Concluindo: não obstante os respeitáveis fundamentos, à toda evidência, tal entendimento nega vigência ao artigo 24 da Lei 8.906/94 (EAOAB) e diverge frontalmente da jurisprudência pacificada e consolidada do Supremo Tribunal Federal a respeito do tema, em evidente e manifesto prejuízo de todos os advogados catarinenses e brasileiros.

Via http://www.conjur.com.br

Apple, Google e Twitter abrem vagas no Brasil

Se você procura oportunidade no segmento de tecnologia, fique atento: Apple, Google e Twitter estão em busca de profissionais brasileiros. No total, são 25 vagas abertas nos últimos dias para trabalhar nos escritórios das empresas.

O Twitter procura 10 profissionais de administração, TI, Recursos Humanos, Marketing e outros para atuar em São Paulo. Já o Google quer um líder de plataformas de mídia e um gerente de operações de loja, também na capital paulista.

Para quem deseja trabalhar na empresa da maçã, são 13 novas vagas, incluindo genius, criativo, especialista em negócios, engenheiro de soluções e encarregado de estoque. Entretanto, a Apple não especificou o estado onde o candidato deverá trabalhar.

Além das novas vagas, as três companhias e o Facebook listam outras posições em aberto, sendo que muitas delas foram postadas há algum tempo, o que deixa a dúvida se elas já expiraram ou não. Não custa arriscar.

Nenhuma das empresas divulgou salários ou benefícios das vagas.

 

(http://olhardigital.uol.com.br)

Raça Negra e Só Pra Contrariar fazem show juntos em Fortaleza, dia 15/11

Foto: divulgação

Fortaleza receberá a turnê “Gigantes do Samba” com shows das bandas “Raça Negra” e “Só Pra Contrariar”. A festa acontece no dia 15 de novembro, no Mucuripe Club.

“Gigantes do Samba” é um projeto em conjunto das duas bandas, que foi lançado em março de 2014. Os grupos se apresentam juntos na turnê, dividindo o mesmo palco e relembrando grandes sucessos. São cantadas cerca de 40 músicas, em um show que dura até 3 horas.

A Arte Produções, que organiza a festa, ainda não publicou mais detalhes sobre o evento. Ingressos e pontos de venda serão divulgados em breve.

(verdinha.com.br)

iPhone 6 já está sendo comercializado no Brasil antes mesmo do seu lançamento

Sim, o iPhone 6 já está sendo comercializado no Brasil antes mesmo da Apple anunciar o produto oficialmente. De acordo com o anúncio do vendedor, o valor de R$ 2.999,99corresponde a versão de 16GB. Obviamente o aparelho não está em território nacional e a data prometida para entrega é entre os dias 20 e 26 de setembro.

O anúncio está hospedado num site que funciona como um grande shopping virtual. Lojas e pessoas físicas fazem seus anúncios, revendem seus produtos e finalizam a transação. Após a conclusão da venda, opiniões e experiências sobre a compra e o vendedor são emitidas, de modo que outros possam basear-se no nível de confiança atribuído pelo sistema.

iPhone 6

A revenda de smartphones que ainda nem foram apresentados oficialmente é uma prática comum, uma vez que os inúmeros vazamentos atrelados à fama dos gadgets proporciona um bom lucro para os revendedores. Espertos como são, aproveitam a oportunidade de anunciar a sua “pré-venda avulsa”. É claro que as imagens apresentadas nestes anúnciosnem sempre corresponderão à realidade. Em contra partida, as informações ali inseridas podem ser autênticas e o revendedor de confiança. É certo que pagar 3 mil reais num produto que você nem sabe como será é como dar um tiro no escuro, mas tem pessoas que arriscam e se dão bem.

Previsto para ser apresentado no dia 9 de setembro, o iPhone 6 provavelmente contará com:

  • Tela de 4,7″
  • Tecnologia NFC
  • Câmera de 13 megapixels
  • 1GB de RAM
  • iOS 8
  • Chipset Apple A8

E você, leitor, teria coragem de efetuar uma compra deste porte, nestas condições?

Via http://www.tudocelular.com

Voo Fortaleza-Bogotá pela Avianca começa a operar dia 20/09

SALVADOR – O diretor da Divisão Internacional da Avianca, Ian Gillespie, disse durante o 6º Encontro Gapnet Nordeste, que a companhia terá a partir do dia 20 de setembro o voo Fortaleza–Bogotá, que será operado por um A319 da Avianca Brasil. A operação será semanal, sempre aos sábados. No final de julho, o Portal PANROTAS já havia noticiado a estreia.

Durante o evento, o diretor revelou que a operação internacional dará conexão com um voo doméstico da companhia, que ligará Salvador a capital cearense. “Faz parte da nossa estratégia aumentar a nossa malha nesses dois importantes Estados nordestinos. A partir de agora, o passageiro de vocês poderá ir para a Colômbia sem precisar passar por São Paulo ou Rio de Janeiro”, completou.

Para celebrar a possibilidade de conexão para o voo Fortaleza-Bogotá, o executivo surpreendeu todos os participantes do Encontro com um presente inusitado. Ele finalizou sua apresentação concedendo uma passagem cortesia SSA-FOR-BOG, em um período determinado e em classe econômica, para todos os presentes do evento. “Todos estão convidados a embarcar nesse voo junto com a gente”, anunciou o executivo, sendo aplaudido de pé pelos presentes.

O voo 6336 decola de Salvador às 13h33 chegando em Fortaleza às 15h10. O voo 8500 sai de Fortaleza às 16h40 e chega em Bogotá às 20h16. No sentido inverso, o 8501 decola de Bogotá às 23h30 e chega em Fortaleza às 6h45, dando conexão com o 6337, que decola da capital cearense às 8h45 e chega em Salvador às 10h24. Todos os voos estão abertos e com disponibilidade para venda.

Em entrevista ao Portal PANROTAS, Gillespie revelou que a entrada da Avianca Brasil na Star Alliance deverá ocorrer no começo do ano que vem. “O processo de inclusão da companhia na aliança já está bem adiantado, algo em torno de 65%. O que falta agora são alguns itens como salas em aeroportos e o programa de fidelidade, mas estamos trabalhando para que a entrada da empresa seja o quanto antes”, concluiu.

O Portal PANROTAS viaja a convite da Gapnet

Bella Falconi, musa fitness e Luciano Bruno, PhD em nutrição, fazem palestra em Fortaleza

No dia 02 de setembro Fortaleza receberá a musa fitness Bella Falconi e o PhD em nutrição Luciano Bruno. Eles estarão em uma única apresentação da palestra “Diga-me sobre o sucesso” no Teatro do Shopping Via Sul. A palestra já vem acontecendo em vários estados do Brasil e nos Estados Unidos (Orlando). Está sendo sucesso por onde passa com público de até mil pessoas que se surpreendem com a apresentação dos dois. Serão vários os assuntos abordados que vão desde a motivação para ter uma vida saudável, passando pela atividade física até aprender sobre os conceitos básicos e os pilares da nutrição eficiente. O 1º lote dos ingressos começarão a ser vendidos no início do mês de agosto nas lojas Viverde, DNA Natural e Açaí no Ponto.

Você que é adepto (ou pretende ser) de uma vida saudável, curti a Bella Falconi ou simplesmente se interessa quando o assunto é saúde, não pode perder!

Serviço:
Local da palestra: Teatro do Shopping Via Sul
Dia e hora: 02 de setembro de 2014 às 19hs
Informações: (85) 3181.3336 / 8686.3035

Jovem diagnosticada com apendicite morre após esperar 21 horas por cirurgia; Cremerj vai apurar

Jovem morreu após 20h de espera (Crédito: Reprodução / Facebook )

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) vai abrir uma sindicância para apurar a morte de uma mulher no Hospital Unimed-Rio, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, após esperar 21 horas para realizar a cirurgia de apendicite. A farmacêutica Ana Carolina Domingos Cassino, de 23 anos, foi diagnosticada com a doença na última sexta-feira, mas só teve a cirurgia agendada para sábado, mesmo com fortes dores na barriga.

Os sintomas começaram na sexta pela manhã. Ana acordou vomitando e com dores na barriga. Por volta das 13h40m, deu entrada na unidade de pronto-atendimento da Unimed, no mesmo bairro, e, às 18h, após realizar alguns exames, foi diagnosticada.

— Aguardamos até as 23h para a Unimed fazer o trâmite burocrático que é arrumar hospital, ambulância e cirurgião — contou o também farmacêutico Leandro Nascimento Farias, de 24 anos, noivo de Ana Carolina.

A cirurgia da farmacêutica foi marcada para as 15h de sábado, mas às 13h ela começou a apresentar piora no quadro e precisou ser reanimada, contou Leandro. A cirurgia só foi realizada às 17h30m. O apêndice de Ana foi retirado e ela, encaminhada ao CTI. A jovem, no entanto, acabou morrendo às 5h de domingo:

— Ela já foi pro CTI com infecção generalizada. Foi uma sucessão de erros. Todo mundo sabe que apendicite é coisa grave. Diagnosticou, tem que operar. Não deram importância para o caso dela.

Ele e a noiva moravam juntos desde janeiro e já se preparavam para o casamento, em dezembro. O farmacêutico ainda não conseguiu voltar para a casa.

— Falta coragem. Tudo lembra ela. Estou na casa dos meus pais. Na quinta à noite, estávamos no shopping vendo as alianças. Semana que vem, faríamos sete anos de relacionamento. Judiaram da minha noiva, ela sofreu muito — lamentou Leandro que pretende processar o hospital e o plano:

— Ainda estudo a possibilidade de processar o corpo clínico. Não vai trazê-la de volta, mas outras pessoas não podem passar por isso.

A direção do Hospital Unimed-Rio informou, em nota, que está apurando o processo de atendimento à paciente.

Leia a nota da assessoria do Hospital Unimed-Rio na íntegra:

A Diretoria Médica do Hospital Unimed-Rio informa que todo o processo de atendimento à paciente ANA CAROLINA DOMINGOS CASSINO está sob apuração pelas comissões de Óbitos e de Prontuário Médico do hospital. Todos os procedimentos realizados desde o primeiro atendimento estão sendo avaliados por essas comissões, e tão logo as apurações sejam concluídas serão submetidas à Comissão de Ética Médica do hospital, a quem cabe o parecer final sobre o caso, e comunicadas à família. O Hospital Unimed-Rio lamenta profundamente o ocorrido, se solidariza com a família e reafirma seu compromisso com o mais breve esclarecimento do caso.

Prof. Dr. Luiz Antonio de Almeida Campos

Diretor Médico do Hospital Unimed-Rio

(Cintia Cruz, Extra Online)