Arquivo da categoria: Educação

Geógrafo José Borzacchiello da Silva é o mais novo Professor Emérito da UFC

Durante a solenidade, o Prof. José Borzacchiello disse estar vivendo, naquele instante, ”momento de emoção pura” – Foto: Ribamar Neto

José Borzacchiello da Silva, professor titular do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Ceará e articulistas do jornal O POVO, recebeu, na noite da última terça-feira, 28, o título de Professor Emérito.

Aposentado desde 1996 permanece, desde então, como docente do Programa Especial de Participação de Professores Aposentados, nas atividades de pesquisa e de ensino de pós-graduação.

A frente da apresentação, o reitor Jesualdo Farias afirmou que é esse tipo de profissional que a universidade necessita.

“É de profissionais dessa estirpe que a universidade pública necessita. É graças a pessoas desse quilate que atingimos os patamares de excelência e credibilidade que hoje se constituem no patrimônio mais valioso de nossa instituição”, assegurou o Reitor.

Trajetória de Borzacchiello

Durante a solenidade, sem esconder a emoção, o Prof. José Borzacchiello da Silva disse estar vivendo, naquele instante, “momento de emoção pura”.

“Pode parecer lugar comum. Mas como não estar feliz em meio e com a presença de diletos amigos e de meus familiares? A UFC é meu norte, meu porto, meu eterno retorno. Como não me orgulhar de uma Instituição que se destaca no Ceará, no Brasil e no mundo?”.

Natural do Rio de Janeiro, Borzacchiello falou de sua trajetória, desde o início, quando se diplomou como licenciado e bacharel em Geografia de sua terra natal.

Durante a solenidade ele fez muitos agradecimentos, citando desde as pessoas que o acolheram quando chegou ao Ceará, como os colegas com quem trabalhou e trabalha, sem esquecer-se de mencionar os estudantes e funcionários.

Agradeceu ainda ao ex-vereador Durval Ferraz (que propôs e a Câmara Municipal concedeu o título de Cidadão de Fortaleza), bem como ao vereador João Alfredo (quando deputado), autor da proposta de outorgar-lhe a Medalha Chico Mendes.

Agradeceu ainda ao jornal O Povo, onde escreve artigos na seção “Opinião” desde 1997, e registrou a importância da Fundação Demócrito Rocha no seu desempenho profissional. Agradeceu à mulher, Emília, e aos filhos Leonardo, Gustavo e Bianca.

Para finalizar, Borzacchiello concluiu seu pronunciamento citando Fernando Pessoa: “O Meu olhar é nítido como um girassol. Tenho o costume de andar pelas estradas, olhando para a direita e para a esquerda… Sinto-me nascido a cada momento, para a eterna novidade do mundo”. Pedindo licença e liberdade para interpretar as palavras do poeta, assegurou: “Para mim, Fernando Pessoa fala da Universidade e de seu papel histórico de farol, olhando para todos os lados. Fala-nos da reflexão, da consciência do porvir. Somos todos guardadores e rebanhos na construção de uma nação instruída, consciente e livre”, afirmou.

Resumo

José Borzacchiello da Silva é Pós-Doutor em Geografia Humana e docente do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Ceará.

O título que recebido na última terça-feira foi proposto pela Diretora do Centro de Ciências, Profª. Simone Silveira Sá Borges, e aprovado pelo Conselho Universitário (Consuni) por unanimidade, no dia 20 de dezembro de 2013.

Borzacchiello é um dos mais importantes e produtivos geógrafos do País. O pesquisador, com especialidade na área de Geografia Urbana, foi também presidente da Associação dos Geógrafos Brasileiros (1986-1988) e da Associação

Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Geografia (2003-2005).

Além disso, é membro do comitê científico das revistas Terra Livre, Aurora Geography Journal (Portugal), Norba – Revista de Geografia (Espanha), Cidades, Confins, Mercator, Geo UERJ, dentre outras.

Borzacchiello foi, ainda, coordenador da Área de Geografia da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) no período de 2008 a 2010.

 

Redação O POVO Online

 

Geografo Demétrio Magnoli dará palestra no Master Bezerra de Menezes

Nesta quarta-feira, às 19 horas, no Colégio Master (Avenida Bezerra de Menezes), o geógrafo Demétrio Magnoli dará palestra. Atendendo a uma convite do Colégio Master, ele conversará com os alunos da escola sobre o tema “Europa, Rússia e China: A Nova Configuração da Ordem Mundial”.

Doutor em Geografia Humana pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), Demétrio é uma das vozes mais respeitadas do debate político nacional. é articulista, inclusive, nos jornais  O Estado de S. Paulo e O Globo.

Via Eliomar de Lima

Prefeitura de Fortaleza oferta 304 vagas de estágio de nível superior

Prefeitura de Fortaleza (PMF) está com inscrições abertas para 304 vagas de estágio em nível superior. As vagas são para estudantes dos cursos de pedagogia, licenciatura em letras e em matemática. As inscrições podem ser feitas até o dia 1º de outubro, exclusivamente pela internet.
Podem concorrer estudantes que estejam cursando regularmente os cursos exigidos em instituições de ensino conveniadas com a Prefeitura de Fortaleza. Os alunos selecionados serão convocados pela Secretaria Municipal da Educação (SME) e pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).

Os candidatos precisam estar cursando, no mínimo, o 4º semestre, ou ter cursado, no mínimo, 80 créditos ou 40% da carga horária exigida. É necessário o pagamento da taxa deinscrição no valor de R$ 20,00.

Documentação
Os estudantes deverão entregar a documentação no Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh), localizado Avenida João Pessoa, 5.609, no Bairro Damas, entre os dias 23 de setembro e 3 de outubro. A seleção é feita através de análise curricular, de caráter elimiatnatório e classificatório. Os aprovados farão estágio nas unidades escolares da rede municipal de ensino de Fortaleza.

(G1 Ceará)

UFC oferta cursos gratuitos para alunos de escolas públicas

A Seara da Ciência, espaço de divulgação científica e tecnológica da Universidade Federal do Ceará (UFC), está com inscrições abertas, de 1º a 5 de setembro, para cinco cursos voltados a estudantes de ensino médio da rede pública.

Os cursos gratuitos, são de Química, Física, Biologia, Matemática e Astronomia, todos com duração de 30 horas. As aulas terão início no dia 8 de setembro.

As inscrições devem ser feitas pessoalmente, na sede da Seara da Ciência (Rua Dr. Abdênago Rocha Lima, s/n, Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra), das 8h30min às 11h30min e das 14h às 17h. É necessário levar a carteira de estudante ou declaração de matrícula da escola. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada.

A Seara da Ciência informa que, se houver vagas remanescentes, serão aceitas inscrições de alunos de escolas privadas. Veja detalhes dos cursos:

Química (25 vagas por turma)
Turma 1 – terças e sextas-feiras, das 8h30min às 11h30min
Turma 2 – segundas e terças-feiras, das 14h às 17h

Matemática (40 vagas por turma)
Turma 1 (trigonometria) – segundas e quartas-feiras, das 8h30min às 11h30min
Turma 2 (álgebra) – quartas e sextas-feiras, das 14h às 17h

Física (25 vagas por turma)
Turma 1 – terças e quintas-feiras, das 8h30min às 11h30min
Turma 2 – segundas e quintas-feiras, das 14h às 17h

Biologia (30 vagas por turma)
Turma 1 – terças e quartas-feiras, das 8h30min às 11h30min
Turma 2 – terças e quintas-feiras, das 14h às 17h

Astronomia (40 vagas)
Turma única – quartas e sextas-feiras, das 14h às 17h

(Tribuna do Ceará)

Ranking da Folha aponta UFC como a 13ª melhor universidade do País

De acordo com o Ranking Universitário da Folha (RUF), divulgado pela Folha de S. Paulo nesta segunda-feira, 8, a Universidade Federal do Ceará (UFC) ocupa a 13ª colocação nacional entre as melhores instituições do País e a 2ª melhor do Nordeste, atrás apenas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

A UFC teve o seu melhor resultado no quesito internacionalização ao subir 45 posições, saindo da 50ª colocação para a 5ª. A instituição cearense atingiu nota 3,96, de quatro pontos possíveis na categoria. A internacionalização analisa o número de citações de trabalhos da instituição por grupos internacionais, como indicador de relevância, e a proporção de publicações da universidade em coautoria internacional. No critério inovação, no entanto, a UFC obteve 3,06 pontos dos quatro possíveis. O resultado manteve a instituição na 27ª posição no ranking geral. Em mercado de trabalho, a Universidade passou da 16ª para a 11ª posição, com 17,02 de 18 pontos possíveis. No quesito ensino, a UFC subiu da 27ª para a 21ª posição, com 26,28 pontos de 32 possíveis. No item pesquisa do RUF, a universidade passou da 12ª para a 11ª posição nacional com 37,71 pontos dos 42 pontos possíveis.

O Ranking publicado pela Folha foi divulgado pela primeira vez em 2012. A UFC iniciou o processo de mapeamento na colocação 18 no País. No ano seguinte a instituição subiu duas posições e ocupou o 15° lugar. Veja ranking completo no site da RUF.

(Ceará Agora)

UFC cria cursos de Engenharia de Minas e Gestão de Políticas Públicas

A Universidade Federal do Ceará (UFC) divulgou a criação de 2 cursos de graduação: Engenharia de Minas e Gestão de Políticas Públicas.

Gestão de Políticas Públicas começará a funcionar a partir de 2015, com 50 vagas anuais e a duração de 8 semestres. O curso, que irá integrar o Centro de Ciências Agrárias (CCA), em Fortaleza, será criado com a intenção de “qualificar profissionais para o setor público, contribuindo para a promoção da cidadania”. 

O profissional formado em Gestão de Políticas Públicas poderá atuar em entidades públicas e associações e em funções de relações governamentais e responsabilidade social corporativa, em uma empresa privada. Entre as disciplinas previstas para a graduação, estão “Estado, Governo e Políticas Públicas”, “Políticas Públicas e Meio Ambiente” e “Políticas de Inclusão Social”. Saiba mais sobre o curso.

Já o curso de Engenharia de Minas, com 50 vagas anuais e 10 semestres, irá compor oCampus de Crateús – que começou a funcionar neste 2º semestre de 2014. A instituição tem a expectativa de dar início à primeira turma também em 2015, mas depende do andamento das obras no campus. A UFC tem até novembro deste ano para inscrever o curso no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Segundo a instituição de ensino, o curso “visa atender à demanda de uma das indústrias mais importantes na geração de divisas e no desenvolvimento econômico e social nas regiões onde se instala”.

O profissional poderá planejar e supervisionar a extração de minérios, elaborar planos de desmonte de rochas e implementar projetos de captação de águas subterrâneas. “Sedimentologia e Petrologia Sedimentar”, “Eletrotécnica” e “Topografia” são algumas das disciplinas. Conheça mais sobre o novo curso.

(Diário do Nordeste)

Estudantes do Senai apresentam tradutor de Libras nas Olimpíadas do Conhecimento

do Blog do Planalto

Estudantes do Senai apresentam tradutor de Libras nas Olimpíadas do Conhecimento

Olimpíada do Conhecimento, promovida pelo Senai, é o maior torneio de educação profissional das Américas. Neste ano, a competição bienal reunirá mais de 800 jovens de todo o Brasil, apresentando resultados de pesquisas e experiências na prática da inovação e da tecnologia industrial.

A presidenta Dilma Rousseff visitou a competição nesta quarta-feira (03) e conheceu projeto desenvolvido pelos alunos do Senai, Daniel Koda e Gabriel Magalhães, que capta movimentos da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) e os traduz em áudio, por meio de computadores, smartphones e tablets, possibilitando a comunicação entre pessoas com deficiências auditivas e de fala e outros indivíduos que não conhecem a linguagem.

“O projeto traduz a Linguagem Brasileira de Sinais de forma a devolver às tantas pessoas que precisam da necessidade básica que é a comunicação, devolvendo dignidade a todas elas”, afirma Daniel.

Jefferson de Oliveira, gerente nacional de tecnologia e inovação do Senai, garante que o incentivo ao uso da tecnologia e inovação está entre os pilares da Olimpíada do Conhecimento.

“Nosso objetivo para desenvolvimento é fazer com que o aluno não tenha acesso simplesmente a tecnologias e aos processos de educação. Nosso objetivo é criar a vontade do aluno de passar por aqui e dizer ‘eu quero ser um aluno do Senai’. E depois disso, o aluno tem duas possibilidades: a possibilidade de empreender ou usar as ideias desenvolvidas aqui e trabalhar nas empresas”, diz.

É o caso de Lincon José Lepri, mestrando do ITA. Ele trouxe para a Olimpíada o protótipo de robô que auxilia o homem na operação de equipamentos e substâncias perigosas.

“Nosso objetivo é desenvolver a robótica no Brasil e no mundo e impulsionar a indústria nacional”, afirma.

MEC libera cursos de Medicina em 39 municípios

São Paulo – O Ministério da Educação (MEC) liberou a criação de cursos de Medicina em 39 municípios do país, 14 deles no estado de São Paulo.

Outras sete cidades têm prazo de seis meses para fazer adequações e, com isso, estarão também habilitadas para sediar os cursos.

Os resultados fazem parte de um processo de seleção e avaliação realizado a partir de outubro do ano passado.

Ao todo, 205 municípios manifestaram interesse em sediar cursos e 154 encaminharam documentação solicitada.

Do total, no entanto, apenas 39 preencheram os requisitos necessários.

São Paulo foi o Estado com maior número de cidades consideradas aptas para sediar cursos: 14. Em seguida, veio a Bahia, com seis . Minas e Paraná tiveram, cada um, quatro cidades aprovadas. O Rio de Janeiro teve dois municípios selecionados.

Na lista de sete municípios com pendência, São Paulo também é o que apresenta maior número de cidades: três. Rio, Maranhão e Pará têm uma cidade considerada apta, mas com pendência.

A partir de agora, 39 municípios partem para a segunda fase, que é a apresentação de um plano de implantação das escolas.

Uma audiência pública será realizada na próxima semana para discussão dos critérios de escolha das instituições. Municípios selecionados têm agora o compromisso de melhorar e manter a infraestrutura de saúde.

O MEC afirma que outras listas de municípios selecionados será divulgada. A segunda chamada deverá ser publicada em setembro.

De acordo com secretária de Regulação da Secretaria de Educação Superior do MEC, Marta Abramo, foram criadas até agora 4.199 vagas de cursos de Medicina. Com editais, outras 2 mil deverão ser abertas.

“Primeiro selecionamos o município, depois a entidade faz a proposta. Ela tem assim garantia de que seus investimentos terão retorno e nós, que a infraestrutura montada será adequada”, disse o ministro da Educação, Henrique Paim.

“É um processo que está começando. Temos agora todo o trabalho de selecionar as instituições, um processo que terá de ser feito de forma transparente.”

Segundo o ministro, na audiência pública, serão discutidos os termos do edital de seleção.

(Ligia Formenti, Estadão Conteúdo)

Cuba tem a melhor educação da América Latina, diz Banco Mundial

Educação de Cuba é a melhor da América Latina e Caribe, garante Banco Mundial (divulgação)

O Banco Mundial acaba de publicar um relatório revelador sobre a problemática da educação na América Latina e no Caribe. Intitulado Professores excelentes. Como melhorar a aprendizagem na América Latina e no Caribe, o estudo analisa os sistemas educativos públicos dos países do continente e os principais desafios que enfrentam. 1

Na América Latina, os professores de educação básica (pré-escolar, primária e secundária) constituem um capital humano de 7 milhões de pessoas, ou seja, 4% da população ativa da região, e mais de 20% dos trabalhadores técnicos e profissionais. Seus salários absorvem 4% do PIB do continente e suas condições de trabalho variam de uma região para outra, inclusive dentro das fronteiras nacionais. Os professores, mal remunerados, são, em sua maioria, mulheres — uma média de 75% — e pertencem às classes sociais modestas. Além disso, o corpo docente supera os 40 anos de idade e considera-se que esteja “envelhecido”. 2

O Banco Mundial lembra que todos os governos do planeta escrutinam com atenção “a qualidade e o desempenho dos professores” no momento em que os objetivos dos sistemas educativos se adaptam às novas realidades. Agora, o foco está na aquisição de competências e não apenas no simples acúmulo de conhecimentos.

As conclusões do relatório são implacáveis. O Banco Mundial enfatiza “a baixa qualidade média dos professores da América Latina e do Caribe”, o que constitui o principal obstáculo para o avanço da educação no continente. Os conteúdos acadêmicos são inadequados e as práticas ineficientes. Pouco e mal formados, os professores consagram apenas 65% do tempo de aula à instrução, “o que equivale a perder um dia completo de instrução por semana”. Por outro lado, o material didático disponível continua sendo pouco utilizado, particularmente as novas tecnologias de informação e comunicação. Além disso, os professores não conseguem impor sua autoridade, manter a atenção dos alunos e estimular a participação. 3

De acordo com a instituição financeira internacional, “nenhum corpo docente da região pode ser considerado de alta qualidade em comparação aos parâmetros mundiais”, com a notável exceção de Cuba. O Banco Mundial aponta que “na atualidade, nenhum sistema escolar latino-americano, com a possível exceção de Cuba, está perto de mostrar os parâmetros elevados, o forte talento académico, as remunerações altas ou, ao menos, adequadas e a elevada autonomia profissional que caracteriza os sistemas educativos mais eficazes do mundo, como os da Finlândia, Singapura, Xangai (China), da República da Coreia, dos Países Baixos e do Canadá”. 4

De fato, apenas Cuba, onde a educação tem sido a principal prioridade desde 1959, dispõe de um sistema educativo eficiente e com professores de alto nível. O país antilhano não tem nada para invejar das nações mais desenvolvidas. A ilha do Caribe é, além disso, a nação do mundo que dedica a parte mais elevada do orçamento nacional (13%) para a educação. 5

Não é a primeira vez que o Banco Mundial elogia o sistema educacional de Cuba. Em um relatório anterior, a organização lembrava a excelência do sistema social da ilha:

“Cuba é internacionalmente reconhecida por seus êxitos nos campos da educação e da saúde, com um serviço social que supera o da maior parte dos países em vias de desenvolvimento e em certos setores se compara ao dos países desenvolvidos. Desde a Revolução Cubana, em 1959, e do subsequente estabelecimento de um governo comunista com partido único, o país criou um sistema de serviços sociais que garante o acesso universal à educação e à saúde, proporcionado pelo Estado. Esse modelo permitiu a Cuba alcançar a alfabetização universal, erradicar certas doenças, [prover] acesso geral à água potável e salubridade pública de base, [atingir] as taxas mais baixas da região de mortalidade infantil e uma das maiores expectativas de vida. Uma revisão dos indicadores sociais de Cuba revela uma melhora quase contínua de 1960 até 1980. Vários indicadores principais, como a expectativa de vida e a taxa de mortalidade infantil continuaram melhorando durante a crise econômica do país nos anos 90 [...]. Atualmente, os serviços sociais de Cuba são parte dos melhores do mundo em desenvolvimento, como documentam numerosas fontes internacionais, incluindo a Organização Mundial da Saúde, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, além de outras agências da ONU e o Banco Mundial […]. Cuba supera amplamente a América Latina, o Caribe e outros países de renda média nos indicadores principais: educação, saúde e salubridade pública”. 6

O Banco Mundial lembra que a elaboração de bons sistemas educacionais é vital para o futuro da América Latina e do Caribe. Reforça, também, o exemplo de Cuba, que alcançou a excelência nesse setor e é o único país do continente que dispõe de um corpo docente de alta qualidade. Esses resultados são explicados pela vontade política do governo do país caribenho de colocar a juventude no centro do projeto de sociedade, dedicando os recursos necessários para a aquisição de saberes e competências. Apesar dos recursos limitados de uma nação do Terceiro Mundo e do estado de sítio econômico imposto pelos Estados Unidos há mais de meio século, Cuba, baseando-se no adágio de José Martí, seu apóstolo e herói nacional, “ser culto para ser livre”, demonstra que uma educação de qualidade está ao alcance de todas as nações.

1. Barbara Bruns & Javier Luque, Profesores excelentes. Cómo mejorar el aprendizaje en América Latina y el Caribe, Washington, Banco Mundial, 2014. (site consultado no dia 30 de agosto de 2014).
2. Ibid.
3. Ibid.
4. Ibid.
5. Salim Lamrani, Cuba : les médias face au défi de l’impartialité, Paris, Estrella, 2013, p. 40.
6. Ibid., p. 87-88.

Salim Lamrani, Opera Mundi

Programa de Marina copia trechos de Revista da USP sobre ciência e tecnologia

Mais um caso envolvendo o programa de Marina Silva (PSB) e plágio apareceu nesta quinta (4/9). Ainda essa semana, a candidata foi acusada por Aécio Neves de reproduzir, na íntegra, trechos de um decreto de Fernando Henrique Cardoso para embasar as propostas no setor de Direitos Humanos. O Plano Nacional de Direitos Humanos lançado em 2002, porém, foi resultado de um esforço conjunto, segundo justificou Marina. Dessa vez, a fonte utilizada pela equipe da pessebista foi um artigo publicado em uma revista acadêmica, envolvendo tecnologia e educação, sem citar o autor. A informação é do Brasil 247.

247 – Vem à tona uma nova evidência de que o programa de governo da presidenciável pelo PSB, Marina Silva, foi feito de improviso. Trechos usados no “eixo 3″, sobre “Educação, cultura e ciência, Tecnologia e Inovação”, foram copiados na íntegra de um artigo publicado (acesse aqui) pela edição número 89 da Revista da USP (março/maio 2011), sem citar a fonte nem o autor, como é comum em casos de plágio.

O texto original, “De olho no futuro: a 4ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação”, foi escrito pelo professor Luiz Davidovich, secretário-geral da 4ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação para um Desenvolvimento Sustentável. A prática é duramente rechaçada pela comunidade acadêmica e demonstra falta de ética por parte da candidata e de sua equipe de campanha.

Um dos trechos cita a importância de se apoiar a energia nuclear no Brasil e foi retirado horas depois do lançamento do programa pelo PSB, no último dia 29. Em uma errata, o partido lamentou ter incluído o tema como um dos pontos que merecem atenção para o aperfeiçoamento da matriz energética do País e alegou “erro de revisão” para isso.

Há ainda outros trechos retirados da página 144 do programa de Marina que foram copiados do artigo publicado pela Revista da USP sem citação da fonte. Confira abaixo:

Trecho do plano de governo:

Fortalecer o Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária e as políticas de CT&I e agrícola com vistas a avançar na sustentabilidade da agricultura brasileira, desenvolvendo, aperfeiçoando e difundindo de forma ampla tecnologias eficientes de produção que conservem o solo, usem de forma eficiente a água, sejam compatíveis com a preservação do meio ambiente e da biodiversidade e permitam o aumento da produção sem expansão significativa da área ocupada.

Trecho do artigo da USP:

• Fortalecer o Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária e as políticas de CT&I e agrícola com vistas a avançar na sustentabilidade da agricultura brasileira, desenvolvendo, aperfeiçoando e difundindo de forma ampla tecnologias eficientes de produção que conservem o solo, usem de forma eficiente a água, sejam compatíveis com a preservação do meio ambiente e da biodiversidade, e que permitam o aumento da produção sem expansão significativa da área ocupada.

Trecho do plano de governo:

Consolidar a liderança mundial do país na área de biocombustíveis, adotando para isso – em estreita articulação com o setor produtivo nacional – um vigoroso programa de pesquisa, desenvolvimento, inovação e difusão de tecnologias.

Trecho do artigo:

• Consolidar a liderança mundial do país na área de biocombustíveis durante a próxima década, adotando para isso – em estreita articulação com o setor empresarial nacional – um vigoroso programa de pesquisa, desenvolvimento, inovação e difusão de tecnologias voltado para a produção e o uso de bioenergias.

Trecho plano de governo:

• Avançar na abordagem sistêmica da área de saúde, articulando a política de CT&I com a de saúde propriamente dita e com a política industrial. Destacam-se nessa agenda a necessidade de agilizar a implementação das parcerias com as empresas nacionais; utilizar o poder de compra do Estado para maximizar seus resultados a médio e longo prazos; aperfeiçoar e compatibilizar os regimes normativos da área (especialmente a vigilância sanitária, o acesso à biodiversidade e o intercâmbio de material biológico) e fortalecer a capacidade de realizar testes clínicos no Brasil.

Trecho artigo USP:

• Avançar na abordagem sistêmica da área de saúde, articulando a política de CT&I com a de saúde propriamente dita e com a política industrial. Em particular, utilizar o poder de compra do Estado para maximizar seus resultados no médio e longo prazo e não simplesmente para minimizar os custos imediatos; aperfeiçoar e compatibilizar os regimes normativos da área (especialmente a vigilância sanitária, o acesso à biodiversidade e o intercâmbio de material biológico) e fortalecer a capacidade de realização de testes clínicos no Brasil.

Amiga pessoal de Marina e herdeira do banco Itaú, Neca Setúbal foi a responsável, no grupamento Rede Sustentabilidade, por fazer a interface com o PSB para a feitura do programa de governo da candidata. “Eduardo leu página por página e fez muitas observações”, lembrou Neca sobre a participação dela e do ex-governador Eduardo Campos na confecção do programa de governo.

Nessa semana, o candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves,acusou Marina de plagiar parte do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH), lançado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em 2002. “O capítulo do programa de Marina é uma cópia exata do PNDH de FHC. Ela poderia ter pelo menos dado crédito aos autores verdadeiros da proposta e a FHC”, disse Aécio. “Não se teve sequer o cuidado de alterar palavras. Isso é apenas mais uma sinalização do improviso, e da enorme contradição que ronda essa candidatura”, acrescentou o tucano.

(Brasil 247)

Secretaria de Educação de Fortaleza seleciona 586 professores substitutos

A Secretaria Municipal da Educação está com inscrições abertas para seleção de 586 professores substitutos  mais cadastro de reserva da rede municipal de ensino de Fortaleza. A remuneração pode variar de R$249,80 a R$ 2.498, de acordo com a quantidade de horas/aula.

O edital foi divulgado nesta terça-feira (12) no site do Instituto municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh), organizador da seleção.

As vagas para professores substitutos são nas áreas de língua inglesa, língua portuguesa, matemática, ciências, geografia, história, artes e pedagogia. As inscrições devem ser realizadas, pela internet, no site do Imparh, a partir das 10 horas do dia 12 de agosto, até às 23 horas e 59 minutos do dia 24 de agosto.

Secretaria Municipal de Educação
Inscrições
Até 24 de agosto
 Vagas
586 + cadastro de reserva
Salário
De R$249,80 a R$ 2.498
Taxa
R$ 50

Após inscrito, o candidato deve imprimir boleto no valor de R$ 50 e o comprovante de inscrição. As vagas serão distribuídas nos seis distritos de educação, de acordo com a ordem de classificação, por área e distrito de opção do candidato. A lotação dos aprovados será realizada pela Secretaria Municipal de Educação (SME).

A seleção conta com entrega do currículo padronizado entre os próximos dias entre o 13 e 26 de agosto. O resultado final será  divulgado no dia 1º de setembro.

O prazo de validade da seleção será de doze meses, a contar da data de publicação do ato de
homologação, prorrogável uma única vez, por igual período.

(G1 Ceará)

Curso Pré-Vestibular Paulo Freire seleciona professores voluntários em Fortaleza

O curso pré-vestibular Paula Freire, da Universidade Federal do Ceará (UFC), até o dia 29 de agosto, recebe inscrições para a seleção de professores voluntários. Podem concorrer estudantes de qualquer instituição de ensino. As vagas são para as disciplinas de; literatura, gramática, redação, espanhol, história, biologia, física e corretor de redação. Os candidatos devem enviar os documentos para o e-mail cursopaulofreire2014@gmail.com .

A seleção será feita através de uma prova escrita, no dia 30 de agosto. Posteriormente, será realizada uma avaliação oral e entrevista. O projeto do curso Paulo Freire teve início no ano 2000 e, é realizado por estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) na sede da Faculdade de Direito, na Rua Meton de Alencar, s/n, no Bairro Centro, em Fortaleza. As aulas são ministradas aos sábados, das 7h30 às 18h30 e aos domingos, de 8h às 18h10.

(G1 Ce)

Alunos da Unifor marcam protesto contra cobrança no estacionamento da universidade

foto: reprodução facebook

Alunos e o Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Fortaleza (Unifor), através das redes sociais, organizaram um protesto para o fim da cobrança no estacionamento da universidade. Marcado para a manhã desta segunda-feira, 4, evento possui mais de 5 mil presenças confirmadas. Segurança do centro diz que valor é irrisório e que atende pleito antigo dos alunos para controle da entrada e saída dos veículos.

Segundo o DCE Unifor, os membros da gestão De Cara Nova se sentem revoltados com tal atitude da Universidade e tomaram a frente do ato. “Por meses falamos com afinco as informações dadas em diversas reuniões e encontros com a diretoria da instituição e nos entregam essa notícia sem ao menos nos avisarem”, explica, na descrição do evento no Facebook.

“O DCE não vai tolerar mais que a universidade tome decisões sem consultar seus alunos, não vamos tolerar mais que queiram nos extorquir, não é só pelo estacionamento, é pelas taxas altas da biblioteca, é pela dificuldade do Restaurante Universitário, é para que os R$ 2 de hoje não se tornam R$ 3 no ano que vem “, completa o diretório. Valor é cobrado por cada acesso à universidade, com tolerância de 20 minutos.

Procurada, a segurança da Unifor disse que a implantação das cancelas, para controle da entrada e saída dos veículos, atende pleito antigo dos alunos. “Para obtermos um controle do acesso ao estacionamento do Campus e melhorar a qualidade do atendimento dos alunos, foi necessário aumento do efetivo”, informou Roberto Caracas, gerente de segurança da universidade.

“Todos sabemos da insegurança que a cidade está sujeita. O valor [R$ 2] é relativamente irrisório frente a todos os serviços oferecidos, com implantação de cancelas e aumento da segurança no local”, avalia Caracas.

Redação O POVO Online

UFC seleciona tutores para bolsas de R$ 765

O Instituto Universidade Virtual (UFC Virtual) inscreve, até domingo (3), para seleção pública de pessoal e formação de cadastro de reserva ao Programa Um Computador por Aluno (PROUCA). São ofertadas 10 vagas, para atuação no Projeto em Fortaleza.

Os interessados devem preencher o formulário on-line. O tutor-formador do PROUCA atuará no apoio e acompanhamento de professores cursistas da rede pública de ensino, que buscam desenvolver o Programa entre os seus alunos, e no planejamento de atividades pedagógicas envolvendo o uso de laptops educacionais em sala de aula.

Para se candidatar é necessário ter formação mínima em nível superior, experiência comprovada de um ano no magistério, disponibilidade de no mínimo 12 horas semanais e não participar, como bolsista, de outro programa do Governo Federal. Os tutores e formadores receberão bolsa mensal no valor de R$ 765 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).Mais informações podem ser obtidas no edital do PROUCA 2014. 

Com informações da UFC

Universidade russa abre 20 vagas para estudantes do Nordeste

Após a reunião dos BRICS em Fortaleza, o intercâmbio entre os países pertencentes ao bloco foi reforçado, inclusive no segmento de educação. A Universidade Estatal de Moscou (MSU), na Rússia, abriu o processo de inscrição, por meio da Aliança Russa, para a seleção de 20 estudantes brasileiros que desejam cursar a faculdade fora do país. As vagas são para graduação e pós-graduação e as inscrições vão até 8 de agosto.

Os interessados em iniciar a graduação poderão escolher um dos 128 cursos disponíveis nas 39 faculdades da MSU, enquanto alunos de pós-graduação terão a possibilidade de especializar-se em 18 ramos de ciências e humanidades, em 168 áreas diferentes. Em seus mais de 250 anos de história, a Universidade teve 11 ganhadores do Prêmio Nobel, entre professores e alunos.

Inscrições 

O candidato interessado em estudar na Universidade Estatal de Moscou passa por um processo seletivo avaliado pela MSU e administrado pela Aliança Russa, que inclui reunião com os pais, análise de histórico escolar e currículo, tudo para garantir que o aluno se encaixe no perfil da faculdade.

Apesar de ter aulas ministradas em russo, o aluno que não tem conhecimento do idioma não deve se preocupar, já que a Aliança Russa oferece a opção do estudante frequentar aFaculdade Preparatória por nove meses antes do período letivo. Lá, eles aprendem os termos técnicos necessários para o aprendizado, além de um curso completo da língua.

O investimento anual fica entre R$ 7.000 e R$ 12.000 e inclui também direito a seguro médico, tutoria acadêmica e moradia universitária. O embarque acontece em duas etapas: setembro de 2014 e fevereiro de 2015.

Os interessados devem se inscrever pelo site ou pelo telefone (11) 4551-3836.

(Diário do Nordeste)

UECE abre processo seletivo para cursos de Inglês, Espanhol, Francês, Japonês, Italiano e Latim

Estão abertas até o dia 08 de agosto, as inscrições para Seleção aos Cursos de Inglês, Espanhol, Francês, Japonês, Italiano e Latim, do Núcleo de Línguas do Campus Fátima, da Universidade Estadual do Ceará (UECE). 

Os interessados deverão efetuar matrícula na Secretaria do Núcleo (Av. Luciano Carneiro, 345 – Bairro de Fátima), de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 12 horas e das 14 horas às 20h30min (sextas-feiras até às 18 horas). 

O Núcleo de Línguas Estrangeiras da UECE é um projeto de extensão ligado diretamente ao Curso de Letras. O objetivo de proporcionar campo de estágio aos alunos das licenciaturas de línguas inglesa, francesa e espanhola é alcançado plenamente através de cursos de idiomas. 

O exame de Seleção ocorrerá no dia 16 de agosto, às 8 horas no Centro de Humanidades, no Campus de Fátima. 

Mais informações pelos telefones 85 3101-2027 e 3101-2030 ou pelo site www.uece.br/nucleodelinguas 

Assessoria de Imprensa as UECE

Fátima Serpa – 85 3101.9605

(Governo do Estado do Ceará)

 

Para ONU, Brasil é exemplo de como evitar retrocesso em ganhos sociais

Em seu mais recente relatório do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), divulgado nesta quinta-feira, o Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD) faz um alerta sobre a necessidade de estratégias que consolidem os avanços obtidos nas áreas de educação, saúde e renda em diversos países.

No ranking elaborado pela ONU com base no IDH de 187 países, o Brasil teve uma ligeira melhora e subiu uma posição para o 79º lugar.

Segundo a organização, nos últimos anos teria ocorrido uma desaceleração no progresso do índice de desenvolvimento humano no mundo.

Além disso, os avanços obtidos até agora estariam ameaçados por fatores como crises econômicas, tragédias ambientais e conflitos armados – que deixariam 800 milhões de pessoas sujeitas a voltar para uma situação de pobreza.

“Ganhos importantes em aspectos críticos do desenvolvimento humano, como saúde e nutrição, podem ser rapidamente minados por tragédias naturais ou uma depressão econômica”, diz o documento, intitulado Sustentar o Progresso Humano: Reduzir Vulnerabilidades e Construir Resiliência.

Entre as estratégias brasileiras elogiadas pela organização por supostamente ajudar a evitar o retrocesso nos ganhos de populações vulneráveis estão o programa Bolsa Família e as cotas para afrodescendentes em universidades federais.

O programa conhecido como orçamento participativo, adotado em Porto Alegre, também é elogiado.

“Sistemas de resposta podem facilitar ajustes de curto prazo a eventos adversos de maneira a minimizar seus impactos de longo prazo. Tome o Bolsa Família, por exemplo (…): o impacto de um grande aumento nos preços dos alimentos após a crise financeira global de 2008 foi mitigado por transferências de renda maiores”, diz o relatório, ressaltando, ainda, que o programa brasileiro estaria ligado a uma redução de 16% nos índices de extrema pobreza no país.

No documento, a ONU também exalta o impacto positivo de outros programas de transferência de renda, como o mexicano Oportunidades.

E defende um compromisso global em torno da provisão universal de serviços básicos como educação e saúde, da adoção de mecanismos de proteção social como aposentadoria e seguro desemprego e da implementação de políticas de pleno emprego.

Além disso, sem menção ao Brasil, o relatório elogia as políticas anticíclicas adotadas contra a crise de 2008.

Avanço brasileiro

O IDH é calculado com base em indicadores de educação, saúde e renda e permite a elaboração de um ranking de países.

O índice vai de 0 a 1, sendo que quanto mais perto de 1, melhor a situação de desenvolvimento humano de determinado país.

Na lista deste ano, o Brasil subiu mais uma posição, ficando no 79º lugar entre os 187 países.

O país alcançou uma pontuação de 0,744 em 2013, contra 0,742 do ano anterior. E com isso, ficou a frente de quase todos os países dos BRICS – à exceção da Rússia – e acima da média latino-americana (0,740).

No ranking, porém, a posição brasileira ainda está abaixo de outros latino-americanos, como México (71º colocado), Chile (41º), Cuba (44º), Argentina (49º), Uruguai (50º), Panamá (65º) e Venezuela (67º).

A melhora no índice brasileiro reflete uma tendência de longo prazo dos componentes do IDH no país.

Nas últimas três décadas, por exemplo, a expectativa de vida dos brasileiros cresceu 11,2 anos e a renda média subiu mais de 50%.

Os melhores colocados no IDH são Noruega (0,944), Austrália (0,933) e Suíça (0,917).

Os piores são Níger (0,337) e República Democrática do Congo (0,338).

O relatório deste ano se propõe a contribuir para a discussão da chamada “agenda pós-2015″.

Em 2015, chega-se a data-limite para os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – metas de desenvolvimento com as quais muitos países se compremeteram frente a ONU e cujo cumprimento deve ser avaliado.

Com isso, se abrirá espaço para o estabelecimento de novas metas nessa área.

“Erradicar a pobreza será um objetivo central da nova agenda”, escreveu Helen Clark, do PNUD.

“Mas se, como esse relatório (do IDH) aponta, as pessoas permanecerem sob o risco de voltar a ser pobres, em função de fatores estruturais e vulnerabilidades persistentes, o progresso do desenvolvimento será precário.”

(BBC Brasil)

Procuradoria-Geral do Ceará oferta 100 vagas para estudantes de direito

 

A Procuradoria-Geral do Estado do Ceará (PGE-CE) está com inscrições abertas para a seleção de 100 estudantes de direito. As inscrições podem ser feitas até 14 de agosto, na sede do órgão, localizada na Rua Dr. José Martins Rodrigues, 150, no Bairro Edson Queiroz, em Fortaleza, das 8h às 12h e das 14h às 18h, de segunda a sexta-feira.


Inscrições
Até 14 de agosto
Vagas
100
Bolsa
R$ 822,07
Taxa
R$ 30,00
Prova
A ser divulgada

Podem concorrer às vagas os alunos que estejam cursando regularmente o curso de direito em instituições de ensino conveniadas com a Procuradoria-Geral do Estado.

Os candidatos aprovados receberão uma bolsa de estágio mensal de R$ 822,07 e auxílio-transporte. A jornada de atividade é de 20 horas semanais. Podem participar da seleção somente os estudantes que tenha cursado, no mínimo, 40% dos créditos exigidos para a conclusão do curso de direito.

A taxa de inscrição custa R$ 30,00, de acordo com o edital. A seleção também oferta oportunidades para candidatos portadores de deficiência. A ficha de inscrição está disponível no site da PGE-CE. A seleção dos estagiários será realizada através de uma prova objetiva, com 30 questões, prova discursiva com 5 questões e uma entrevista, em data e locais a serem definidos pela comissão organizadora do processo seletivo.

(G1 Ceará)

Professores de Fortaleza decretam greve a partir do dia 24/07

Foto: Daniel Aderaldo/iG

Os professores municipais decretaram greve em assembleia realizada na manhã desta segunda, 14, na Praça dos Voluntários (Praça da Polícia Civil), no Centro de Fortaleza. Os cerca de 500 docentes, segundo o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute), votaram, em unanimidade, por paralisar as atividades no próximo dia 24, tempo necessário aos proclames da greve. Prefeitura diz que negociações ainda estão em andamento.

Segundo Ana Cristina Guilherme, secretária-geral do Sindiute, a pauta de reivindicações contempla apenas questões pendentes, de acordo com o sindicato, já de direito dos professores e acordadas com a Secretaria Municipal de Educação (SME). Entre os principais pedidos estão o direito ao anuênio de cinco gratificações por tempo de serviço, aumento do vale alimentação de R$ 7,50 para R$ 15 e concurso público imediato. A Cidade tem nove mil professores municipais efetivos e dois mil temporários.

“Nossa data-base é em janeiro. Já estamos passando e muito”, afirma Ana Cristina. Segundo ela, a Prefeitura convidou a categoria para uma reunião na quinta-feira da semana passada e, ainda conforme a secretária-geral, informou que não havia proposta. “A falta de proposta é, por si só, uma atitude irresponsável”, analisa.

Prefeitura
A assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Fortaleza disse que as negociações estão em andamento e que as demandas da categoria já foram apresentadas.

Pauta de reivindicações
– Reajuste do Vale Alimentação para 15 reais;
– Pagamento da diferença de 4,9% do custo aluno retroativo a janeiro;
– Pagamento dos anuênios atrasados;
– Concurso Público imediato, contra o precário regime de contratação de professores substitutos;
– Contra a meritocracia, prêmios a alunos, professores e escolas;
– Contra a redução de direito estatutário – pela manutenção do direito a redução da carga horária, previsto no estatuto atualmente;
– Pela manutenção dos anuênios e progressão por tempo de serviço.
– Pagamento do valor do passcard em dinheiro.
– Ações judiciais aprovadas:
– Ação de cobrança do reajuste dos trabalhadores em educação como determina a Lei 11738/08, que utiliza o percentual de crescimento do custo aluno, publicado no DOU, consolidado no valor de 13%;
– Ação de Execução cobrando a multa de 1000 por dia pelos servidores que a PMF não implantou os anuênios em 2013;
– Ação de cobrança em dinheiro, da hora atividade não implantada conforme a lei 11738/08.

Redação O POVO Online

Imparh abre 150 vagas para cursos de Inglês e Português Instrumental

Trabalhar a interpretação de textos, a leitura dinâmica, o novo acordo ortográfico, o domínio de outras técnicas de leitura e variações textuais visando, principalmente, às provas de proficiência de universidades para mestrado e doutorado é o intuito da Diretoria de Cursos e Extensão (DCE) do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh) que abre inscrições para a 11ª temporada dos Cursos de Português e Inglês Instrumental.

No total, seis turmas estão sendo ofertadas para o semestre 2014.2 – duas para o curso de Português e quatro para Inglês -, totalizando 150 vagas. As inscrições seguem até o dia 7 de agosto ou até o total preenchimento das vagas. Para se inscrever, basta preencher o formulário eletrônico disponibilizado no link abaixo, gerar o boleto bancário da taxa semestral, e trazê-lo pago à DCE juntamente com o comprovante de inscrição.

Sobre o curso

O curso tem duração de 60 horas-aula (quatro meses) e inicia as aulas no dia 18 de agosto, seguindo até 8 de dezembro. A taxa semestral, no valor de R$ 200 para Português e R$ 300 para Inglês, já inclui o material didático que será entregue no primeiro dia de aula. No caso do curso de Inglês Instrumental, a taxa também inclui a prova de proficiência aplicada ao final do curso.

Cursos ofertados (Horários e vagas)

Português Instrumental

Turma A – Segundas e Quartas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma B – Terças e Quintas, das 19 às 21 horas | 25 vagas

 

Inglês Instrumental
Turma A – Segundas e Quartas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma B – Segundas e Quartas, das 19 às 21 horas | 25 vagas
Turma C – Terças e Quintas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma D – Terças e Quintas, das 19 às 21 horas | 25 vagas

Links

Formulário de Inscrição, clique neste link.

Área Restrita | Reimpressão de boleto e Comprovante de Inscrição, clique aqui.

(Tribuna do Ceará)

Entra em vigor Lei de Cotas no serviço público

Brasília – Entrou em vigor hoje (10) a lei que reserva aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos no âmbito da administração pública federal, das autarquias, das fundações públicas, das empresas públicas e das sociedades de economia mista controladas pela União.

A norma foi publicada no Diário Oficial da União e terá vigência por dez anos.

A reserva de vagas será aplicada sempre que o número de vagas oferecidas no concurso público for igual ou superior a três.

Poderão concorrer às vagas reservadas a candidatos negros aqueles que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição no concurso, conforme o quesito cor ou raça utilizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Quando for constatada declaração falsa, o candidato será eliminado do concurso e, se tiver sido nomeado, ficará sujeito à anulação da sua admissão ao serviço ou emprego público, após procedimento administrativo em que lhe sejam assegurados o contraditório e a ampla defesa, sem prejuízo de outras sanções cabíveis.

 (Ana Cristina Campos, Agência Brasil)

Instituições públicas do Ceará oferecem mais de 1.800 vagas no Sisu

O Ministério da Educação (Mec) abre nesta segunda-feira (2) as inscrições para o semestre 2014.2 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). No Estado do Ceará são ofertadas mais de 1.830 vagas. As instituições cearenses que disponibilizam essas oportunidades são; o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), a Universidade Federal do Cariri (UFCA) e Univeridade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

As inscrições podem ser feitas até a próxima quarta-feira (4) de junho, exclusivamente pela página do Sisu. De acordo com o Ministério da Educação, o resultado da primeira chamda será divulgado no dia 6 de junho. A matrícula poderá feita entre os dias 9 e 13 de junho. Já a lista dos classificados para a segunda chamada será divulgada no dia 24 de junho. A matrícula para a segunda chamada ocorre entre os dias 27 de junho e 2 de julho.
(SISU)

Prefeitura de Fortaleza abre seleção para 370 professores substitutos

A Prefeitura de Fortaleza lançou edital para 370 vagas para professores substitutos da rede municipal de ensino. A seleção será realizada pelo Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh). As vagas serão distribuídas para os seis distritos de educação, de acordo com as Regionais da cidade, nas áreas de Língua Inglesa e Portuguesa, Matemática, Ciências, Geografia, Artes, História e Pedagogia.

As vagas serão destinadas ao atendimento de carências temporárias e emergenciais. As inscrições seguem até o dia 3 de junho, por meio do preenchimento de formulário (no link abaixo). Após inscrito, o candidato deverá imprimir o boleto no valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) e o comprovante de inscrição.

A seleção terá etapa única para todas as áreas específicas e será aplicada no dia 22 de junho, no horário de 14h às 17 h. Os candidatos aprovados na seleção serão lotados nos períodos da manhã e da tarde nas escolas municipais de acordo com a sua classificação, por área e distrito de sua opção.

A contratação terá vigência de 12 (doze) meses, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período. A lotação será realizada pela Secretaria Municipal da Educação e as vagas remanescentes serão ocupadas pelos candidatos do cadastro de reserva.

(G1 Ceará)

Alexandre Moreira: Coordenador de curso de Engenharia de Teleinformática da UFC é assassinado

Professor da UFC foi morto com vários tiros em um restaurante (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)

O coordenador do curso de engenharia de teleinformática, da Universidade Federal do Ceará (UFC), Alexandre Moreira de Moraes, 45 anos, foi assassinado a tiros na noite de domingo (25), em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com o cabo Moura, do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPtur), o docente estava em um restaurante quando dois homens chegaram em uma moto e dispararam vários tiros. O professor não reagiu e morreu no local.

De acordo com a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), Moraes levou oito tiros. Cápsulas de pistola calibre 380 ficaram espalhadas próximo ao corpo do docente. A Polícia Militar descartou crime de latrocínio, pois não foram levados objetos do professor.

Conforme o programa de Policiamento Ronda do Quarteirão, o docente morava na Rua Jorge Corrêa Nunes, no Bairro Planalto Caucaia. Vizinhos e amigos disseram à polícia que ele era calmo, não tinha inimigos e morava sozinho.

“Era uma ótima pessoa e sua morte foi uma surpresa para gente que gostava dele. Tinha uma vida tranquila”, afirmou um amigo do professor que preferiu não se identificar. A Delegacia Metropolitana de Caucaia investiga o caso.

(G1 Ceará)

Termina o prazo de inscrições para o Enem; taxa pode ser paga até quarta

O prazo para o candidato fazer a inscrição para a edição 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terminou às 23h59 desta sexta-feira (23). Os candidatos que não têm isenção na taxa de inscrição, no valor de R$ 35, podem pagar o boleto no banco até a próxima quarta-feira (28). Ficam isentos da cobrança todos os alunos de escola pública ou que comprovarem renda familiar mensal inferior a R$ 1.086.

No último balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), às 20h desta sexta-feira o sistema registrava 9.091.013 candidatos.

Só depois do fim do prazo para o pagamento da taxa é que o Inep deve divulgar o número final de pessoas inscritas e aptas a fazer a prova, que este ano será realizada nos dias 8 e 9 de novembro.

Em 2013, 7,8 milhões de alunos fizeram a inscrição, mas, como muitos não pagaram a taxa, no final 7,1 milhões de candidatos puderam prestar o exame. Nos dias do Enem, compareceram efetivamente mais de 5 milhões de estudantes.

O exame deverá ser usado pelas 115 universidades e institutos federais para acesso a cursos de graduação. Os candidatos podem tirar dúvidas sobre a inscrição em um passo a passo no site enem.inep.gov.br.

Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nessa data, o tempo do exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).

Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de exame.

CRONOGRAMA DO ENEM 2014
INSCRIÇÕES

12 de maio (às 10h): início das inscrições

23 de maio (às 23h59): fim das inscrições

28 de maio: último dia para pagar a taxa de R$ 35

PROVAS

8 de novembro (das 13h às 17h30, horário de Brasília): provas de ciências humanas e ciências da natureza

9 de novembro (das 13h às 18h30, horário de Brasília): provas de linguagens
e códigos, matemática e redação

Transexuais podem usar nome social
Candidatos travestis ou transexuais poderão usar o nome social para prestar o Enem. Para isso, precisarão fazer a solicitação ao Inep, por telefone, durante o prazo de inscrição.

Segundo o site, “o participante travesti ou transexual que desejar ser identificado por nome social nos dias e locais de realização do exame deve fazer essa solicitação pelo telefone 0800 616161, até o final do período de inscrição”. O edital do Enem 2014, no entanto, não faz nenhuma referência ao uso do nome social pelos  candidatos.

Detectores de metal
No dia 8 de maio, o MEC anunciou que nesta edição serão aperfeiçoados os procedimentos de segurança contra fraude na aplicação do exame. Os fiscais poderão, inclusive, usar detectores de metais portáteis para comprovar que candidatos não estão usando equipamentos eletrônicos durante a realização do Enem.

O detector poderá ser utilizado em qualquer estudante inscrito, a não ser que a pessoa apresente uma justificativa para que não possa passar por esse tipo de monitoramento. O aparelho também poderá comprovar o uso indevido de celulares para postar fotos do exame nas redes sociais – infração que acabou eliminando dezenas de jovens nas últimas duas edições.

Segundo o MEC, este ano o edital foi traduzido para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), e o site do Enem terá uma versão do edital incorporada a um sistema de computação acessível a cegos, chamado Dosvox.

Sabatistas
Nesta edição, os alunos sabatistas (que guardam o sábado por motivos religiosos) poderão fazer a prova de 8 de novembro às 19h (horário de Brasília) desse dia, exceto nos estados do Acre, Amazonas, de Roraima e Rondônia. Nesses quatro estados, os candidatos sabatistas poderão realizar o primeiro dia de provas às 19h de sua hora local, em função do horário de verão.

Correção da redação

Segundo o ministro da Educação, Henrique Paim, os atuais filtros de correção da redação do Enem serão mantidos e ampliados. De acordo com ele, o MEC tem investido no aprimoramento dos itens de correção e na capacitação dos corretores. O presidente do Inep, Francisco Soares, também disse a jornalistas que cada prova será avaliada por dois corretores.

“Se as notas dadas por corretor tiverem diferença de 100 pontos, um terceiro corretor irá avaliar a redação. Cada um avalia cinco quesitos. No caso de diferença de 80 pontos em cada quesito, também será chamado um terceiro avaliador”, explicou Soares.

“Estamos com um grande processo de monitoramento e capacitação constante. Quando a redação é enviada ao corretor, assim como todo o sistema de acompanhamento, a redação é acompanhada de várias maneiras. A cada ano, acrescentamos detalhes, dada a experiência. Existirão novos filtros e sinalizações, e isso é um processo contínuo”, afirmou o presidente do Inep.

Combatendo a abstenção
Segundo informou o MEC, os candidatos que não compareceram às provas do ano passado e se inscreverem novamente em 2014 receberão uma mensagem do governo alertando sobre o problema de faltar ao Enem mais uma vez.

De acordo com os dados levantados pelo governo, a maioria dos ausentes no exame são pessoas que não precisam pagar a taxa de inscrição – como treineiros, que ainda não terminaram o ensino médio, e adultos que já acabaram o terceiro ano e trabalham.

Em 2013, o governo estima que cerca de 30% dos candidatos inscritos no Enem não chegaram a fazer os dois dias de prova. O prejuízo com os ausentes, no ano passado, foi de R$ 58 milhões, calcula o MEC.

(G1 Educação/Enem)

Educação: Fortaleza é o município do Ceará com pior índice no Spaece-Alfa

Pelo segundo ano consecutivo, Fortaleza está em último lugar no Estado na avaliação do Spaece-Alfa. O item mensura o nível de alfabetização dos estudantes no término do 2º ano do Ensino Fundamental 1. Os índices foram apresentados pela Secretaria de Educação do Estado, na manhã desta terça-feira, 20.

A Capital subiu 4,9 pontos na avaliação, passando de 131,4 em 2012, para 136,3 em 2013. No entanto, continua com o último lugar entre os 184 municípios cearenses. Em 2012, a cidade ficou em penúltimo. Outros municípios que completam a lista dos piores índices são Icó (136,6), Morada Nova (138, 9), Quixadá (141,3), Itapipoca (142,9), Santa Quitéria (143,2), Jaguaribara (146,4), São João do Jaguaribe (146,7) , Madalena (146,9), Senador Pompeu (147,4) e Jaguaretama (148).

Os melhores índices foram alcançados pelos municípios de Meruoca (267,8), Mucambo (263,4), Nova Olinda (258,9), Abaiara (257,3), Porteiras (254,1), Cariré (251,7), Varjota (249,1), Antonina do Norte (245,9) , Pacujá (238,7) e Pires Ferreira (238,1). Ao todo, 99.569 alunos do 2º ano de 4.550 escolas públicas participaram da avaliação externa da Secretaria da Educação (Seduc), que identifica e analisa o nível de desempenho dos estudantes.

Em relação ao 2º ano, o acompanhamento do desempenho entre os anos de 2007 e 2013 aponta que 81,6% dos estudantes estão alfabetizados ao término dessa série. Segundo a a pasta, em 2007, o percentual era de apenas 39,8%.

Prefeitura

Segundo a Secretaria de Educação, a avaliação é usada para verificar se as crianças e estão mais preparadas para os anos seguintes da educação básica. Em 2012, o prefeito Roberto Cláudio considerou os índices Capital gravíssimos e atribuiu resultado ao legado da gestão anterior.

Redação O POVO Online
(O Povo)

UFC sobe em ranking internacional de produção científica

A Universidade Federal do Ceará (UFC) é a 45° entre as universidades brasileiras e as latino ibero-americanas no Scimago Institutions Ranking (SIR). Ranking avalia, além da produção científica, aqualidade dessa produção e sua publicação revistas especializadas de alto nível. Na produção brasileira, faculdade alcançou 14° posição. 

Anteriormente, a UFC ocupava a 50° posição e a 15° posição entre as produções nacionais, ficando na frente da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e da Federal Fluminense (UFF). Ao todo, são analisadas 501 universidades ibero-americanas e 113 brasileiras. No caso das 412 instituições analisadas na América Latina, a universidade alcançou a 22° posição.

Entre os critérios citados por Andriola estão o de produção científica e o da publicação dessas pesquisas nas revistas especializadas de maior prestígio em cada área, o que a Scimago chama de SJR-10. Em ambos os itens, a UFC teve um cresceu: 12% na produção científica e de 4,3% no SJR-10. Já no qusito colaboração internacional, houve redução de 3,6% nos artigos feitos em parceira com instituições de outros países.

Outros rankings
Avaliam também a produção e qualidade das universidades rankings como o Times Higher Education (THE), Top Universities e os elaborados pela Quacquarelly-Symonds (QS) . No Brasil, o jornal Folha de S. Paulo criou o Ranking Universitário da Folha (RUF).

Serviço: Veja a íntegra do ranking em http://www.scimagoir.com/

Redação O POVO Online

Quer ser efetivado no estágio? Faça anotações

Você já deve ter lido várias vezes que fazer anotações é um hábito que traz benefícios em vários âmbitos: na escola, para lembrar os conteúdos importantes; no cotidiano, para não se esquecer de tarefas. Mas, o que você talvez não saiba é que anotar coisas pode fazer com que você ganhe destaque e seja efetivado no estágio

Pense como o seu chefe: imagine que você está dando instruções ao funcionário e ele não só escuta tudo o que você diz com a máxima atenção, mas também anota os procedimentos que estão sendo ditos. Isso transmite a imagem de uma pessoa interessada em aprender, não é? É exatamente por esse motivo que fazer anotações pode fazer com que você se destaque dos demais estagiários. 

Além disso, os estagiários costumam ter várias tarefas e, portanto, é fácil se esquecer de algumas coisas que deveriam ser feitas. Anotar as atividades que devem ser desempenhadas é um hábito que impede que esse tipo de problema aconteça. 

Para se destacar e aumentar ainda mais as suas chances de ser efetivado, lembre-se também de sorrir, demonstrar interesse pelas atividades e vontade de crescer dentro da empresa. Fatores como esses são extremamente bem vistos por toda a chefia e podem fazer a diferença na hora de escolher quem continuará na empresa. 

Comece desde já a incorporar o hábito de fazer anotações e perceba as melhorias na sua carreira. AUniversia Brasil torce pelo seu sucesso!




A trapalhada das carteiras estudantis em Fortaleza

Um estudante secundarista com o dedo do pé decepado, policiais e guardas municipais perseguindo alunos a pauladas pelo bairro da Messejana, uma jornalista agredida a chutes e golpes de cassetete e um repórter-fotográfico sob a mira de uma arma. Esse foi o resultado da trapalhada na distribuição das carteiras estudantis.

Depois de tudo isso, em vez uma autoridade do Município vir a público explicar-se com os alunos, aparece um burocrata para dizer que a culpa dos desatinos é dos estudantes. A fala é do presidente da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), Antônio Ferreira: “Não houve falha de comunicação. O processo foi ostensivamente divulgado nas escolas, na internet, na imprensa e em outros meios. Mas as pessoas deixaram para fazer o pedido de última hora”.

Continua Ferreira: “Todos os atores do processo precisam fazer a sua parte. Fizemos a nossa, mas é necessário que os diretores confirmem a matrícula”. Ou seja, tudo mundo tem culpa, menos ele, que deveria cuidar para que o processo transcorresse com tranquilidade.

O fato é o seguinte: ano passado, os estudantes tinham dois documentos: a carteira estudantil e o Bilhete Único Unificado, um cartão carregado com créditos para ser utilizado no transporte público. Este ano, a Prefeitura resolveu eliminar o bilhete e usar a própria carteira estudantil para carregar os créditos. Muitos estudantes, que utilizavam apenas o bilhete, nem se preocupavam em renovar a carteira estudantil. O prazo para pedir o novo documento encerrou-se no dia 15 de abril e a estudantada foi pega no contrapé.

Uma medida racional, a eliminação de um documento, foi executada de maneira confusa e sem informações adequadas, ao contrário do que diz o presidente da Etufor.

Os números podem provar. De uma média anual de 530 mil pedidos de carteira estudantil, este ano foram solicitadas 333 mil, sendo que 139 mil foram entregues e 194 mil deixaram de ser autorizadas, devido a pendências. Ora, levando-se em conta a média histórica, é difícil aceitar que 197 mil estudantes (530 mil – 333 mil) tenham deixado de fazer o documento por descuido. Pior ainda é tentar convencer alguém que 194 mil pessoas foram ignorantes ao ponto de entregar o papelório incompleto à Etufor se o negócio não fosse embaçado.

O processo é tortuoso: o estudante tem de fazer a biometria facial (identificação pelo rosto) em um lugar, entregar a prova de que é estudante em outro, e pegar a carteira em um canto diferente. Sem contar o vaivém entre Etufor, instituições de ensino e entidades estudantis, os tais “atores”, citados por Ferreira.

(Sugiro à Etufor – e ao seu presidente, Antônio Ferreira – um estágio na Receita Federal. Poderão aprender como se faz para divulgar prazo de entrega de documentos. Pelo que eu me lembre, nunca vi a polícia na porta da Receita batendo em contribuintes por terem atrasado a entrega da declaração do Imposto de Renda.)

E, senhores servidores públicos, vamos combinar: admitir um erro e pedir desculpas, não desonra ninguém; pelo contrário, engrandece quem o faz. É infamante, depois de tudo o que aconteceu, responsabilizar as vítimas pelos prejuízos sofridos.

É SOLA, É SOLA

O primeiro parágrafo da coluna é um resumo da reportagem da jornalista Sara Oliveira e da agressão que ela e o repórter-fotográfico Humberto Mota sofreram quando estavam trabalhando na cobertura da manifestação dos estudantes, no terminal de ônibus de Messejana. É inacreditável a inabilidade e a truculência da polícia para lidar com manifestações, secundada pela Guarda Municipal, que vem agindo como uma espécie de PM-mirim. Segundo a repórter, estudantes foram perseguidos a uma distância de mais de 400 metros do terminal. Para que essa fúria toda? Não bastava tê-los dispersado “apenas” com tiros de balas de borracha, bombas “de efeito moral” e spray de pimenta? Não bastava. Como gritava o inspetor da Guarda aos seus comandados: “É sola, é sola”.

(Plinio Bortolotti, O Povo)

Secretaria de Educação de Fortaleza oferta 600 vagas de estágio

A Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza (SME) está com inscrições abertas para estágio na área de tecnologia da informação. São ofertadas 600 vagas para estudantes a partir do 4º semestre ou, que tenham cursado no mínimo 80 créditos. As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de março, exclusivamente pela internet. A taxa de inscrição custa R$ 20,00 e pode ser paga em qualquer agência bancária.

Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza (SME)
Inscrições
Até 25 de março
(exclusivamente pela internet)
Vagas
600
Bolsa
R$ 500,00
Taxa
R$ 20,00
Seleção
Análise de currículos

Alunos de escolas da rede pública de educação profissional e do Programa e-Jovem da Secretaria de Educação doCeará (Seduc) também podem concorrer às vagas, desde que estes estudantes estejam regularmente matriculados em curso de nível superior e que o curso profissionalizantes seja na área de tecnologia da informação.

A seleção será feita pelo Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh). A bolsa de estágio ofertada é de R$ 500,00. Os alunos selecionados atuarão em escolas da rede pública municipal de Fortaleza e em equipamentos da Secretaria Municipal da Educação. O concurso também oferta vagas para pessoas com deficiência, segundo o edital.

(G1 Ceará)

Fortaleza: Universidade do Trabalho Digital inicia novo ciclo de cursos nesta segunda-feira (10)

Um total de 549 estudantes terão, a partir desta segunda-feira (10/3), a oportunidade de qualificar-se profissionalmente e ampliar as chances de empregabilidade, através da participação em cursos gratuitos voltados ao mercado. É que o novo ciclo da Universidade do Trabalho Digital (UTD) dará inicio a 22 turmas dos cursos de Iniciação Digital, Aperfeiçoamento Digital, Suporte e Manutenção, Java, PHP, Linux, Web Design e Criação e Manipulação de Imagens. 

As aulas são realizadas na sede da UTD, que fica no prédio do antigo Cine São Luiz, no Centro de Fortaleza. A UTD foi pensada para atender a todos os públicos. Deste modo, as turmas funcionam nos turnos manhã, tarde e noite, o que proporciona mais oportunidades às pessoas que trabalham em horário comercial. 

A Universidade do Trabalho Digital é uma iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece). As atividades estão sendo executadas através de parceria com o Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede), instituição vinculada à Universidade Federal do Ceará (UFC). 

A opção da UTD é pelo uso do Software Livre e na grade programática está presente a disciplina de empreendedorismo, como forma de potencializar a formação profissional e, consequentemente, a inserção no mercado de trabalho. Uma parceria entre Secitece e Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) também possibilita o encaminhamento dos estudantes a oportunidades de trabalho e o apoio à estruturação de novos negócios. 

Como participar da UTD
As inscrições na UTD são permanentes. Para se inscrever, o candidato precisa ter idade a partir de 16 anos e ser alfabetizado. As inscrições são feitas na própria sede da UTD (Rua Major Facundo, 500, 10º andar – Centro), de segunda a quarta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O candidato deve portar RG, CPF e comprovante de endereço. 

Mais informações 
UTD – Rua Major Facundo, 500 (prédio do antigo Cine São Luiz), 10º a 13º andar – Centro de Fortaleza 
Telefones: (85) 3454-1969 / 1257 / 1987 
Site: http://utd.sct.ce.gov.br

Cynthia Cardoso

Jornalista/Secitece
85 3101-6466
85 8877-9710 (oi)
85 9737-9950 (tim)

(Governo do Estado do Ceará)

Trabalhos de monografia são comercializados por R$ 900 no Facebook

Participantes pedem indicações de vendedores de TCCs em um grupo de professores do Ceará (FOTO: Reprodução)

A venda de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) existe e vem se tornando mais explícita. Cartões, anúncios em jornais ou colados em universidades e sites bem elaborados. Até em locais inesperados, você encontra o contato de quem faz o serviço, como aconteceu no grupo do Facebook intitulado “Professores do Estado do Ceará”, comunidade que, teoricamente, deveria debater a temática da educação.

Em postagem, uma professora afirma que precisa “urgente que alguém faça um TCC com tema Filosofia para Criança”. “Se alguém puder me informar ficarei muito agradecida”, completa, dizendo que o trabalho é destinado a um curso de pós-graduação à distância. “Estou sem tempo, dando aula em três períodos”.

Poucos minutos após a publicação, usuários do Facebook – possivelmente professores – ajudam a solicitante, informando número de telefone de pessoas que fazem o trabalho. “Ligue agora e converse (…) A equipe é especializada, não é trabalho pronto, tem detector de plágio e tudo mais”.

Em seguida, a professora pergunta com quem terá de falar e é informada de que o número pertence a uma empresa especializada no assunto. “Esse número é da empresa, pode ligar e falar com quem atender. Mas se quiser mandar e-mail, eles respondem ainda hoje”, explica. A publicação foi apagada após o término da conversa.

Teste

Tribuna do Ceará salvou os contatos e resolveu ligar para a suposta empresa. A reportagem telefonou se mostrando interessada em comprar uma monografia. Em contato com uma professora S. D., que elabora e vende trabalhos para faculdades, ela afirmou que já está lotada de pedidos para esse semestre.

“Usualmente, as monografias eu estou cobrando R$ 900, 50% na entrada do trabalho e 50% no término do trabalho”, avisa. A professora também pergunta de qual instituição se trata e pede as exigências do professor que orienta o trabalho, como o total de páginas. Ela também pergunta o tema do projeto e ressalta que gosta de trabalhar com tempo.

 

Crime?

Com uma rápida pesquisa sobre vendas de monografias em Fortaleza, o total de links encontrados surpreendente. O comércio de trabalhos acadêmicos ganha espaço e se torna mais competitivo e mais explícito.

O advogado, professor e membro do Conselho Nacional de Justiça Jorge Hélio explica que não há uma lei específica que puna as pessoas que vendem esse tipo de serviço. Já os estudantes que compram os trabalhos podem ser processados por falsidade ideológica ou até plágio, caso TCC contenha trechos de outros autores sem seus nomes devidamente citados.

“É um desvio ético do aluno, tem uma traição de relação e confiança entre faculdade e estudante. É um ato condenado pelos costumes. Mas isso é muito comum. A maior parte das monografias é fraudulenta. Ou é comprada, ou copiada ou malfeita a ponto de não passar pela banca”.

Jorge Hélio ainda reforça que o professor sabe quando o trabalho tem deficiências ou que não foi o aluno que fez. As faculdades públicas, geralmente, são mais existentes. O problema maior é nas privadas, pois há professores que deixam o erro passar, além da relação entre cliente e empresa. “A pessoa chega e diz que está pagando, que paga a faculdade e pronto”.

Os prejuízos causados por essa prática são profissionais com péssima qualidade de formação no mercado trabalho e falta de ética. “O mercado não seleciona. Alguns ainda conseguem destaque. O que eu conheço de analfabeto funcional que tem mestrado, doutorado… Os valores éticos não passam de cartilhas escritas. É um universo de hipocrisia. É uma crise civilizatória”, desabafa.

Com esse quadro, há apenas duas saídas: ou o processo de formação nas faculdades é fortalecido, ou as pessoas continuam comprando diplomas e as instituições permanecem de olhos fechados.

(Hayanne Narlla, Via Tribuna do Ceará)

Ceará pode receber sua quarta universidade federal

Por Anderson Pires

O deputado José Guimarães (PT-CE) e o reitor da Universidade Federal do Ceará, Jesualdo Farias, reuniram-se na manhã desta terça-feira (4), em Brasília, para discutir o avanço do programa de expansão do ensino superior no Estado. A meta é garantir quatro universidades federais em território cearense. Além da própria UFC e das recém-criadas Universidade Federal do Cariri (UFCA) e Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), a ideia é criar uma nova universidade federal na região Norte do Estado, a partir do campus da UFC em Sobral.

“Estamos levando desenvolvimento ao interior por meio da democratização do conhecimento. É visível o entusiasmo nas cidades que recebem a universidade”, comentou o reitor. Para o deputado, a política de “interiorização do ensino superior e profissionalizante é uma forma combater desequilíbrios históricos e gerar igualdade de oportunidades”.

Entre os planos traçados, estão a implantação de um campus avançado da UFC em Itapipoca e outro da UFCA em Iguatu. “Aos poucos, vamos cobrir o território cearense e oferecer educação pública e de qualidade ao jovens de todo o Estado”, defendeu Guimarães. “O Ceará merece esse investimento. Estamos fazendo um esforço por um projeto mais do que justo”, comentou Farias.

Guimarães e o reitor agendaram uma visita do parlamentar às instalações da UFCA na próxima sexta-feira, dia 7, pela manhã. O parlamentar é um dos responsáveis pelas negociações entre o Ministério da Educação (MEC), UFC e prefeituras da região do Cariri, que culminaram com a criação da universidade.

* Com informações da assessoria do deputado José Guimarães
 

PROFISSIONAL DO FUTURO TERÁ DE SER “LEAN”

Por José Roberto Ferro, Época Negócios

Principalmente nessa época de início de ano, o futuro das carreiras e do trabalho é sempre motivo de interesse e especulação. Quais novas tecnologias surgirão e se tornarão dominantes? Como consequência, quais são as profissões em alta e quais estão em baixa?

A dinâmica do desenvolvimento econômico altera permanentemente as necessidades de qualificação e conhecimento das pessoas. Novas tecnologias surgem, trazendo novas necessidades e tornando obsoletas outras tantas. Assim, “descobrir” quais são as profissões e carreiras mais promissoras é uma preocupação constante.

Nesse sentido, há uma tendência mostrando que seja qual for a profissão ou cargo que se pretenda alcançar no mundo corporativo do futuro ele exigirá cada vez mais um tipo de profissional com novas habilidades, qualificações e conhecimentos da filosofia lean de gestão.

O termo “lean”, que pode ser traduzido por “enxuto” (daí nossa coluna intitulada “Enxuga Aí”), surgiu no contexto de uma pesquisa sobre a indústria automobilística mundial realizada pelo Massachussetts Institute of Technology (MIT) há cerca de 25 anos, da qual tive a oportunidade de participar como pesquisador responsável pelos estudos sobre a indústria brasileira.

Descobrimos que havia sido desenvolvido um novo sistema de gestão que envolvia não apenas a manufatura – como também o desenvolvimento de produtos, a relação com clientes e fornecedores, o desdobramento da estratégia, entre outros elementos – e que trazia enormes vantagens às empresas praticantes, principalmente à Toyota, pioneira em muitas dessas técnicas e conceitos.

Desse modo, a palavra “lean” foi criada para apontar os enormes impactos sobre o desempenho, já que a utilização dessas técnicas trazia resultados muito mais significativos e utilizava muito melhor os recursos do que o sistema de gestão moderno tradicional.
Pois a busca pela implementação dos conceitos lean não é preocupação futura: já é realidade na maioria das empresas industriais que está implementando as técnicas e ferramentas lean na manufatura. E tem iniciado mais recentemente a sua disseminação pelo setor de serviços.

A necessidade de melhoria de produtividade e busca de otimização nas empresas e na sociedade são os vetores dessa demanda crescente por profissionais que consigam dominar e aplicar esse sistema.

Trata-se de um profissional necessário num contexto em que a maior produtividade das empresas é essencial para o progresso econômico e também divisor de águas entre organizações e países que querem sustentar e incrementar sua capacidade competitiva.

Os novos profissionais requeridos pela empresa lean, independente do cargo ou função que excerce na companhia, tem a atitude cotidiana voltada exclusicamente para a busca incessante da eliminação de desperdícios e com foco principal direcionado para criar valor que atenda às necessidades dos clientes.

E ainda, as pessoas na empresa lean devem implementar, cotidianamente em seu trabalho, técnicas e práticas para expor e resolver problemas de forma científica, sempre com muita atenção e proximidade ao local “onde as coisas acontecem” na organização, em particular onde o valor é agregado.

E os líderes exercem seu papel  através do coaching de seus colaboradores, fazendo isso, principalmente, questionando e não dando “soluções prontas”, como ocorre frequentemente no modelo autoritário predominante na maior parte das empresas.

É importante observar que já se sabe que uma empresa só consegue ser realmente lean se “todos” da organização exercerem esse papel, o que indica a grande tendência de crescimento do mercado profissional para pessoas com essas qualificações.

Os cargos não são tão importantes. As responsabilidades, sim. A carreira é bastante horizontalizada, permitindo enormes oportunidades de aprendizado e uma maior visão sistêmica.

As empresas que conseguirem fazer essa difícil transição dos sistemas de gestão tradicionais para a gestão lean tendem a ter sucesso duradouro no futuro. E as novas carreiras e profissões que a filosofia lean demanda são muito diferentes em termos de qualificações profissionais, atitudes e comportamentos.

(José Roberto Ferro, presidente do Lean Institute Brasil, escreve às segundas-feiras. )

Vice da UNE é presa em protesto contra a Copa e expõe racha da instituição

Entidade é dominada pelo PC do B, partido o ministro Aldo Rebelo e da presidente da União Nacional dos Estudantes. Oficialmente a entidade apoia o evento esportivo.

A reportagem é de Mariana Melo e publicada pela Carta Capital, 27-01-2014.

Apesar da posição favorável da UNE à realização da Copa no Brasil, a 1ª vice-presidente da União Nacional dos Estudantes, Katerine Oliveira, de 23 anos (foto), foi detida durante o protesto contra a realização da Copa do Mundo no Brasil realizado no sábado, 25 de janeiro, no centro de São Paulo. 

Katerine Oliveira participa do grupo Rebele-se, um dos coletivos de oposição à atual direção da entidade. Ao contrário da posição oficial daUNE, o grupo se coloca contra a realização da Copa da forma como está sendo feita: os gastos são considerados abusivos e mal coordenados. “Em dez anos, foram feitas duas reformas no Maracanã” exemplifica a vice-presidente, em entrevista à CartaCapital. E emenda: “eles chegaram a postar na página da UNE uma mensagem defendendo o trabalho voluntário durante a Copa. Achamos que a instituição não deveria se prestar a isso.”

Normalmente a UNE apoia as ações do governo federal. O Ministério dos Esportes é presidido por Aldo Rebelo, do PCdoB, partido domina a UNE há cerca de duas décadas e tem entre seus filiados sua atual presidenta, Virgínia Barros, de 27 anos. Virgínia defendeu a realização do evento e diz que na UNE discute-se, contando com os diversos coletivos, o legado deixado pela Copa, que na sua visão é positivo. “Falamos do legado social da Copa, que vem promovendo a criação de cidades melhores. Não temos uma visão unilateral do evento, vemos como uma oportunidade para o País.” Quanto à oposição dentro da UNE, Virgínia reforça que a instituição é formada por diversos coletivos, e que as articulações se dão sempre por encontros, debates e votações.

Virgína diz que a UNE condena a detenção de sua vice-presidente Katerine e a ação da polícia em protestos, independente da pauta dos mesmos. “Defendemos a desmilitarização da polícia e também repudiamos a criminalização de movimentos sociais. As manifestações são legítimas e, neste caso, fica claro o despreparo da polícia em lidar com isso.”

UNE teve em uma semana três prisões de seus membros. Além de Katerine, dois diretores, Mateus Weber e Igor Mayworm, foram detidos pela polícia por estarem acampados em frente ao Palácio do Planalto, em protesto quanto ao descredenciamento, acontecido no dia 13 de janeiro, das universidade Gama Filho e da UniverCidade.

Ação policial

Katerine narrou os acontecimentos de sábado, quando foi detida. Junto a um grupo de outros manifestantes, ela entrou em um hotel na Rua Augusta para se proteger das bombas de efeito moral e balas de borracha que estavam sendo lançadas pela polícia. O recepcionista do hotel acabou permitindo que os jovens ficassem por lá até que a situação se acalmasse.

No entanto, a polícia entrou no estabelecimento e, com ameaças, obrigou os manifestantes a se agacharem. “Não quebramos nada na recepção. Os policiais gritaram e usaram insultos para coibir os manifestantes, que não reagiram em nenhum momento. Um deles chegou a dizer ‘Levanta, vadia’ para uma das meninas. O comandante era o mais alterado, e ele não tinha nenhuma identificação” diz Katerine, que viu apenas um dos policiais utilizando o nome no uniforme.

O que chamou a atenção de Katerine foi a insistência em apagar qualquer registro que pudesse ter sido feito. Aos manifestantes, ela conta, foi pedido que entregassem os celulares ou câmeras, enquanto eram apagadas as filmagens e os aparelhos desligados. “Ouvi os policiais perguntando ao recepcionista aonde ficavam as câmeras de segurança. Não sei se elas foram apagadas, mas ouvi perguntarem por elas. Percebi que estavam preocupados com as gravações”.

O grupo de Katerine foi encaminhado a 78º DP dos Jardins para fazer ocorrência. Às 3 da manhã, estavam liberados. Um rapaz de 22 anos, Fabrício Proteus Nunes, que não estava no grupo de Katerine mas participava da manifestação, está em estado grave na Santa Casa, em Higienópolis, depois ser atingido por três tiros disparados por um policial. Oficialmente, a PM alega legítima defesa na ação.

Fortaleza oferece duas mil vagas de cursos de qualificação pelo Pronatec

A Secretaria Municipal de Trabalho, Desenvolvimento Social e Combate à Fome (Setra) de Fortaleza recebe inscrições para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec); no total são ofertadas 2.044 vagas. Para se inscrever, o candidato deve apresentar declaração com o número de inscrição social (NIS), RG, CPF e comprovante de residência. É necessário ter idade a partir dos 16 anos e estar cadastrado ou em processo de cadastramento no CadÚnico (Cadastro Único).

Os cursos gratuitos são de formação inicial e continuada voltados para a inserção no mercado de trabalho, com duração mínima de 160 horas. Os alunos participantes recebem material didático e auxílio para transporte e alimentação. A inscrição deve ser feita inscrições em um dos 24 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) existentes na capital cearense.

O Pronatec é executado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com o Ministério da Educação (MEC), Governos Estaduais, Prefeituras, Sistema “S” e Rede Federal de Educação Técnica e Tecnológica. Em Fortaleza, as entidades parceiras e executoras são Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT).

Nos meses de fevereiro e março serão realizados cursos nas seguintes áreas: pizzaiolo, auxiliar de recursos humanos, costureiro industrial de vestuário, auxiliar de confeitaria, auxiliar de cozinha, salgadeiro, padeiro, agente de informações turísticas, bartender, camareira, modelista, operador de maquina de corte de roupas, garçom, organizador de eventos, recepcionista de eventos, recepcionista em meio de hospedagem, auxiliar pessoal, auxiliar de recursos humanos, representante comercial, operador de teleatendimento, operador de caixa, promotor de vendas, cuidador de idosos, depiladora, manicure e pedicure, maquiador, fotógrafo, figurinista, vendedor de produtos ópticos e vendedor, mecânico, eletricista de automóveis, eletricista industrial, instalador de acessórios automotivos, auxiliar administrativo, assistente de planejamento e controle da produção, operador de linha de montagem de equipamentos eletrônicos, instalador e reparador de linhas de telecomunicação, administrador de banco de dados, programador web, eletricista de rede de distribuição de energia elétrica.

(G1 Ceará)

Casa Amarela abre inscrições para cursos de cinema e fotografia

A Casa Amarela Eusélio Oliveira, equipamento cultural da Universidade Federal do Ceará, inscreve até 3 de março, ou até o preenchimento das vagas, para os cursos de extensão em Fotografia e Cinema e Vídeo. Para este semestre são ofertadas 70 vagas para o curso de Fotografia (35 para a turma da tarde e 35 para a da noite) e 35 para o de Cinema e Vídeo (noite).

Os interessados devem comparecer à secretaria da Casa Amarela (Av. da Universidade, 2591, Campus do Benfica), em Fortaleza. Informações sobre as inscrições para o curso de Cinema de Animação serão divulgadas em breve.

A taxa única de matrícula é no valor de R$ 300 para o curso de Fotografia e de R$ 350 para o de Cinema e Vídeo. O valor deverá ser depositado na conta da Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (informada no ato da inscrição), e o comprovante deverá ser entregue na secretaria da Casa, anexado à ficha de inscrição. O candidato deve portar originais do RG e do CPF e uma foto 3×4.

O curso de Fotografia tem carga horária de 60 horas/aula e duração de dois meses, enquanto o de Cinema e Vídeo tem carga horária de 90 horas-aula e dura três meses.

Desde sua fundação, em 1971, a Casa Amarela oferece cursos na área da fotografia, cinema e,
posteriormente, de animação, demonstrando preocupar-se com a formação de futuros profissionais que há mais de 40 anos. Somente em 2013, 247 alunos concluíram os cursos.

Saiba mais detalhes dos cursos:

Cinema e Vídeo: 2ª a 5ª, das 19h às 21h – 3 meses – 90 horas-aula;
Início das aulas: 10/3 – Taxa única: R$ 350,00.

Fotografia: turma 1: 3ª, 4ª e 5ª, das 14h às 16h – 2 meses – 60 horas-aula; turma 2: 2ª, 4ª e 5ª,
das 19h às 21h – 2 meses – 60 horas-aula. Início das aulas: 10/3 (noite) e 11/3 (tarde) – taxa única: R$ 300,00

Fonte: Casa Amarela Eusélio Oliveira – fones: 85 3366 7771 / 3366 7772

 

Carteira estudantil em Fortaleza poderá ser solicitada a partir de 27/02

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) deve iniciar na segunda-feira (27) o processo de solicitação da carteira estudantil, que garante a meia passagem em ônibus, transporte público, salas de cinema, teatro e shows. A solicitação poderá ser feita no site da Etufor.

A partir deste ano os estudantes deverão realizar o cadastramento biométrico. A medida garantirá mais segurança na confecção e utilização do documento, segundo a Etufor, além de atualizar os dados de todos os estudantes no sistema do órgão e das entidades estudantis.

Para realizar o requerimento online, os alunos da rede particular devem acessar o site das entidades (informado na página da Etufor) e preencher os dados corretamente. Em seguida, é necessário imprimir o comprovante de solicitação, anexar a documentação exigida e entregá-lo na sua entidade estudantil ou na própria instituição de ensino (escola ou universidade), junto com boleto e as taxas de R$ 13,00, R$ 14,00 ou R$ 15,00 pagos nas agências lotéricas.

Para os alunos que já possuem a carteira de estudante de 2013, a solicitação também pode ser feita por meio dos formulários distribuídos pelas entidades estudantis nas instituições de ensino.

Para que a carteira seja entregue, é necessário que a diretoria das instituições de ensino realizem a confirmação da matrícula dos estudantes no ano letivo de 2014.

(G1 Ceará)

Vagas abertas para professor efetivo da UFC em Fortaleza e Sobral

A Universidade Federal do Ceará (UFC) anunciou a abertura de 16 vagas para professor efetivo nos campi de Fortaleza e Sobral para a Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC), os centros de Ciências, de Tecnologia, de Ciências Agrárias, os Curso de Música e Medicina e os Institutos de Cultura e Arte (ICA) e Educação Física e Esportes (Iefes).

São oferecidas 16 vagas para professor efetivo, sendo 14 para Fortaleza e 2 para Sobral Foto: Alex Costa

As inscrições vão até o dia 20 de fevereiro e podem ser feitas de forma presencial, por procuração ou mediante Sedex. Em Fortaleza, as vagas são para o regime de 40 horas semanais com dedicação exclusiva.

Para as vagas de professor adjunto A são exigidos diploma de graduação e título de Doutor, e para os concursos de professor assistente A, diploma de graduação e título de mestre.

Campi de Fortaleza oferece 14 vagas

A FEAAC disponibiliza uma vaga para professor assistente do Departamento de Contabilidade, setor de estudo “Legislação Empresarial”.

Para o Centro de Ciências, são ofertadas 5 vagas, sendo 1 para “professor adjunto A” do setor de estudo “Matemática Computacional” e 2 para “professor assistente A” do setor “Probabilidade e Estatística”, ambos os setores do Departamento de Estatística e Matemática Aplicada; e 2 vagas para “professor adjunto A” do Departamento de Física para os setores de estudo “Fenômenos Críticos e Fenômenos de Transporte em Sistemas Desordenados” e “Espectroscopia Raman: Aplicações em Regime de Campo Próximo e Dispositivos”.

Para o Centro de Ciências Agrárias, o concurso é para “professor adjunto A”, sendo 1 vaga para o Departamento de Ciências do Solo, setor de estudo “Gênese, Levantamento e Classificação de Solos”, e outra para o Departamento de Engenharia de Pesca, setor de estudo “Pesca e Aquicultura”.

No Centro de Tecnologia, a vaga para professor adjunto é do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais, setor de estudo “Engenharia Metalúrgica”. E para a Faculdade de Educação, está sendo ofertada uma vaga para professor adjunto do Departamento de Estudos Especializados, setor de estudo “Educação Infantil”.

Para o Instituto de Cultura e Arte (ICA) é oferecida 1 vaga de “professor assistente A” para o setor de estudo “Jornalismo Multimídia e Convergência Midiática”.

Já o Instituto de Educação Física e Esportes (Iefes) está disponibilizando uma vaga para “professor assistente A”, no setor de estudo “Lutas, Prática Esportiva e Estágio Supervisionado em Educação Física” e outras duas de “professor adjunto A” para os setores “Atletismo, Prática Esportiva e Estágio Supervisionado em Educação Física” e “Treinamento Esportivo, Fisiologia do Exercício e Bioquímica”.

Campi de Sobral oferece duas vagas

Já em Sobral, as vagas são para “professor assistente A” do Curso de Música, com regime de 40 horas semanais e dedicação exclusiva para o setor de estudo “Prática Instrumental Cordas Friccionadas Graves (Violoncelo e/ou Contrabaixo)”.

Para professor auxiliar do Curso de Medicina, setor “Clínica Médica/Semiologia/Dermatologia/Internato”, tendo este último jornada de 20 horas semanais.

(Diário do Nordeste)

Sest/Senat oferece curso de qualificação gratuito para taxistas de Fortaleza

O Sest/Senat em parceria com o Sebrae e a CNT/Escola de Transporte está com inscrições abertas para o programa “Taxista Nota 10”. O objetivo é qualificar os taxistas de todo o País para a Copa do Mundo de 2014, dando prioridade para as doze cidades-sede, sendo Fortaleza uma delas.

Lançado em 2011, o programa já matriculou 2.053 taxistas somente na Capital cearense. “Taxista Nota 10” é gratuito e oferece qualificação aos profissionais por meio dos cursos de Inglês e Espanhol e Gestão do Negócio para Taxistas.

Os cursos são realizados à distancia com direito a certificado após a conclusão.

Os interessados em participar dos cursos devem comparecer à sede do Sest/Senat, localizado na Rua Dona Leopoldina, 1.050, no Centro. Portando os seguintes documentos: RG E CPF (copias); 01 cópia da habilitação; 01 cópia do comprovante de endereço; 01 cópia da carteira padrão (ETUFOR) válida; 01 endereço eletrônico (e-mail).

Para mais informações, é só entrar em contato através dos telefones: (85) 3304 4101/ (85) 3304-4103.

(Portal Ceará Agora)

 

UECE oferece Curso de Espanhol na Espanha

A Universidade Estadual do Ceará (UECE) irá oferecer, por meio do seu Escritório de Cooperação Internacional (Ecint), o quinto Programa de Español en Toledo (ESTO), para o Curso de Espanhol na Universidad Castilla De La Mancha, em Toledo, Espanha. Os interessados deverão comparecer à reunião na terça-feira (21), às 10h30min, no Auditório Paulo Petrola da Reitoria, no Campus do Itaperi para conhecer todas as informações sobre o ProgramaESTO 2014.

O comparecimento à reunião não assegura a vaga no curso. Toda comunicação do ECint com os interessados é realizada prioritariamente via e-mail. Recomenda-se, portanto, que chequem diariamente o e-mail. Informa ainda o ECInt, que para se cadastrar na mala direta virtual é necessário enviar um e-mail em branco e sem título para ecint+subscribe@googlegroups.com, que o interessado receberá uma resposta automática com todas as instruções acerca do cadastro.

O curso inclui um roteiro túrístico, acadêmico e mais alguns serviços do programa.

Roteiro:

1. Programa Cultural
Visita à Catedral
Visita à Sinagoga Santa María La Blanca
Visita ao Monastério de San Juan de los Reyes
Visita guiada pela cidade de Toledo (incluindo Alcázar)
Sessão didática de cine espanhol
Visita à cidade patrimônio da humanidade de Segóvia
Visita às piscinas naturais da comarca de la Vera

2. Programa Acadêmico
1º SEMANA: INTRODUÇÃO AO ESPANHOL (20 H)
2º, 3º e 4º SEMANA: AULAS DE ESPANHOL ESPECÍFICO (30 H)
2º, 3º e 4º SEMANA: AULAS DE LÍNGUA E CULTURA ESPANHOLA (30 H)

3. Alojamento
Residência universitária durante todo o período do curso
Café da manhã, almoço e jantar incluídos de segunda-feira à sexta-feira.

4. Outros serviços do Programa ESTO
Traslado de Madrid à UCLM
Acesso gratuito às instalações universitárias (biblioteca, aulas multimídias, etc.)
Acesso gratuito a wi-fi na UCLM
Materiais necessários para a aula
Confraternização de Boas-Vindas
Confraternização de Despedida
Traslado da UCLM à Madrid
Pessoa de emergência
Tutorias personalizadas
Aulas de Flamenco
Seguro médico

Mais Informações

Escritório de Cooperação Internacional (ECInt)
(85) 3101-9659 / 3101-9655
ecintuece@gmail.com / ecint@uece.br

(Diário do Nordeste)

Salário dos estagiários no Brasil tem aumento de 11% no último ano

A Sala de Emprego desta segunda-feira (20) mostra que está aberta a temporada de estágios e que a bolsa subiu 11% entre 2012 e 2013. Já tem estudante ganhando quase R$ 2 mil. Por outro lado, os processos seletivos estão mais acirrados. Dos 15 milhões de estudantes disponíveis no mercado todos os anos, apenas um milhão conseguem a vaga.

A média do salário de um estagiário no Brasil é de R$ 859,45. A área que melhor paga atualmente é agronomia, com bolsa-auxílio de R$ 1.948. A mais baixa é para estudantes que cursam dança: R$ 392.

“Isso é um bom sinal, sinal de que as empresas estão investindo. Mas temos que levar em consideração que nem todo mundo está qualificado, então as empresas investem naqueles que conseguem passar nos processos seletivos, que se comunicam bem, que têm bom português, conseguem assimilar a estrutura organizacional das empresas. A grande maioria dos estudantes não têm essa qualificação, por isso não consegue um estágio”, analisa Seme Arone Júnior, presidente do Nube.

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) tem um programa que ajuda a avaliar o estudante durante o estágio. Em parceria com as empresas, o CIEE reúne os estagiários para encontros mensais, onde eles têm a oportunidades de trocar experiências e conhecer os direitos e deveres estabelecidos na Lei de Estágio.

A psicóloga do CIEE, Daniela Fonseca, relata a principal queixa dos alunos: “O desvio de função. O aluno é colocado para exercer uma atividade que não tem nada a ver com o curso que ele faz. Outro problema é o excesso de carga horária: muitos são obrigados a trabalhar mais do que seis horas e tem empresa que não está dando o recesso de 30 dias, que é um direito do estagiário”.

Veja a lista dos cursos mais bem pagos no Brasil, separados por nível:

Superior / Média: R$ 964,81

CURSO SALÁRIO   CURSO SALÁRIO
1- Agronomia R$ 1.948,94   11 – Arquitetura e Urbanismo R$ 1.059,21
2 – Economia R$ 1.370,26   12 – Administração R$ 1.045,67
3- Física R$ 1.360,83   13 – Ciências Contábeis R$ 1.034,87
4 – Ciências Atuariais R$ 1.281,44   14 – Secretariado Executivo Trilíngue R$ 1.026,51
5 – Marketing R$ 1.278,25   15 – Relações Públicas R$ 989,75
6 – Ciência e Tecnologia R$ 1.218,46   16 – Design de Games R$ 987,50
7 – Engenharia R$ 1.211,26   17 – Comércio Exterior R$ 970,53
8 – Estatística R$ 1.182,26   18 – Ciência da Computação R$ 960,38
9 – Química R$ 1.147,82   19 – Análise de Sistemas R$ 955,28
10 – Relações Internacionais R$ 1.128,74   20 – Ciências Sociais R$ 955,07

Superior Tecnológico – Média: R$ 884,00

CURSO SALÁRIO
1 – Construção Civil R$ 1.240,65
2 – Secretariado R$  1.112,78
3 – Polímeros – Plásticos R$ 1.071,86
4 – Gestão de Comércio Exterior R$  979,30
5 – Banco de Dados R$ 955,81
6 – Análise e Desenvolvimento de Sistemas R$ 947,90
7 – Jogos Digitais R$ 937,83
8 – Gestão da Qualidade R$ 933,28
9 – Processos Gerenciais R$ 922,19
10 – Redes de Computadores R$ 911,90

Médio Técnico – Média: R$ 670,69

CURSO SALÁRIO
1 – Eletrotécnica R$ 817,50
2 – Segurança do Trabalho R$ 815,44
3 – Automação Industrial R$ 812,37
4 – Construção Civil R$ 804,98
5 – Edificações R$ 779,75
6 – Química R$ 768,77
7 – Mecatrônica R$ 750,01
8 – Mecânica R$ 748,21
9 – Eletromecânica R$ 718,00
10 – Eletroeletrônica R$ 702,00

Ensino Médio: R$ 513,73

** O estudo, realizado entre os dias 14 de outubro e 25 de novembro, envolveu 23 mil estagiários de diferentes níveis. Todos os participantes possuem contratos de acordo com as regras da nova Lei de Estágio, nº 11.788/08. Os resultados revelaram um aumento de 11,2% em relação a 2012. A média nacional, agora, é de R$ 859,45.
Dados da Pesquisa Nacional de Bolsa-Auxílio 2013, NUBE

(G1 Concursos e Empregos)

Das dez universidades com mais inscrições no Sisu, seis estão no Nordeste

Universidade Federal do Ceará – UFCE

Das dez instituições federais que tiveram mais inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2014, plataforma digital do Ministério da Educação que reúne vagas no ensino superior público, seis estão no Nordeste. A Universidade Federal do Ceará, primeira colocada da lista, teve 262.275 inscrições para 6.378, o que dá 41,12 candidatos por vaga. Em segundo lugar, veio a Universidade Federal de Minas Gerais, com 186.123 inscrições para 3.535 vagas. Apenas um paulista – o Instituto Federal de Educação, Cîência e Tecnologia de São Paulo – está no top 10.

No grupo das 10 de universidades com mais inscrições, a federal mineira foi a que teve concorrência mais elevada: 52,65 inscritos por cadeira. Na sequência, aparece a Universidade Federal do Maranhão, com 52,14 candidatos por vaga. Entre as regiões do País, a maior concorrência foi na região Norte, com 44,97 candidatos por vaga. O Centro-Oeste registrou o índice mais baixo, com 21,71 pessoas por cadeira.

Na primeira edição do Sisu 2014, o Nordeste foi a região que ofertou maior quantidade de vagas: 67.864, o que corresponde a 39,6% do total. A menor proporção de cadeiras ficou com a região Norte, com 6,7% das vagas do País, o que correspondeu a 11.561.

Já as carreiras com mais inscrições foram Administração, com 301.191 cadastros, seguida de Direito, com 225.688, Pedagogia, com 217.116, Medicina, com 211.065, e Educação Física, com 161.706. Entre as cinco com mais inscrições,a área com maior disputa é Medicina, que registrou 72,16 candidatos por vaga, seguida de Educação Física, com 53,47 pessoas por cadeira.

(O Estado de SP)

 

Universidade Federal do Ceará é a instituição mais procurada do Brasil pelo Sisu

A Universidade Federal do Ceará (UFC) ganhou pela terceira vez o título de instituição mais procurada no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou em uma coletiva na manhã desta segunda-feira (13) que a UFC registrou 262.275 inscrições.

O número é 27% maior do que o do ano passado e a concorrência geral chegou a 21,12 candidatos por vaga, umas das maiores do País. No total, foram 168.958 estudantes. A universidade ficou à frente de outras federais, como a de Minas Gerais (UFMG) e da Bahia (UFBA).

O ministro Aloizio Mercadante considera o resultado como “uma bela vitória para o estado do Ceará”, e o Pró-Reitor de Graduação da UFC, Prof. Custódio Almeida diz que “é um demonstração de que a UFC está consolidada em todas as áreas do conhecimento e de que os estudantes enxergam nessa universidade a inserção futura no mundo do trabalhador”.

O curso mais concorrido da instituição foi Fisioterapia, com 123,25 candidatos por vaga, tornando-se a 11ª maior concorrência do Brasil. Mas, em números absolutos, Medicina esteve na frente com 8.876 inscritos.

A UFC ofertou 6.378 vagas para esta seleção, incluindo 720 para a Universidade Federal do Cariri (UFCA). Do total, 3.966 vagas são para o primeiro semestre e 1.662 para o segundo.

Metade das vagas são destinadas à cotistas

Este ano, 50% das vagas (por sede, curso e turno) são para alunos que cursaram todo o ensino médio na renda pública, de acordo com a Lei nº 12.711/2012. Desta porcentagem, há uma reserva de 50% para quem possuir renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita. A outra metade não conta a renda do aluno, apenas exige que ele seja de escola pública.

IFCE aumenta as inscrições em 40%

O Instituto Federal do Ceará (IFCE) aumentou em 40,2% suas inscrições no Sisu. Este ano, 90.135 alunos procuraram a instituição. Estão sendo oferecidas 1.845 vagas em 56 cursos superiores.

O curso com maior procura no IFCE foi Tecnologia em Alimentos (campus de Sobral), com 4.608 inscritos. As vagas oferecidas pelo IFCE são para os campi de Acaraú, Aracati, Baturité, Canindé, Cedro, Crateús, Crato, Jaguaribe, Fortaleza, Iguatu, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Quixadá, Sobral, Tauá e Tianguá.

O resultado da primeira chamada do Enem foi divulgado nesta segunda-feira (13). As matrículas serão realizadas nos dias 17, 20 ou 21 de janeiro nos campus escolhidos pelo aluno no momento da inscrição. A segunda chamada deverá sair dia 27.

(Diário do Nordeste)

MEC fecha Universidade Gama Filho e UniverCidade no Rio

O Ministério da Educação descredenciou nesta segunda-feira (13) a Universidade Gama Filho e o Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), ambas no Rio de Janeiro, por decisão do colegiado Superior da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior. As duas instituições já estavam com o vestibular suspenso pelo ministério e, agora, não podem ser reabertas.

A assessoria de imprensa do Ministério da Educação (MEC) informou, por meio de nota, que os motivos para o descredenciamento foram “a baixa qualidade acadêmica, o grave comprometimento da situação econômico-financeira da mantenedora [das instituições] e a falta de um plano viável para superar o problema, além da crescente precarização da oferta da educação superior”.

As instituições haviam tido o vestibular suspenso em duas ocasiões em 2013, após descumprir acordo com o MEC. O Grupo Galileo, que controla a Gama Filho e o Centro Universitário da Cidade, vinha alegando que estava em curso um plano de reestruturação para atender as determinações do Ministério da Educação. De acordo com a pasta, no entanto, o ministério optou pelo descredenciamento para “preservar o interesse dos estudantes e da sociedade”.

Com o descredenciamento, o ministério lançará um edital público, no prazo de até cinco dias úteis, convocando universidades que tenham condições e interesse de receber os alunos das instituições fechadas. A chamada “transferência assistida” tem como objetivo facilitar o processo de mudança de instituição que deverá ser feito pelos alunos.

Nesta segunda-feira, antes da divulgação do descredenciamento, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, informou que a pasta  também deverá auxiliar a transferência de professores. Segundo ele, a “transferência assistida” dependerá do interesse de outras instituições.

“É uma transferência assistida – já fizemos isso em outras situações. O MEC coloca a vida acadêmica de cada aluno, disponibiliza isso no edital público e as instituições que tiverem interesse podem fazer  a sua proposta para receber esses estudante, para acolher esses estudantes”, declarou.

Alunos da Gama Filho vinham tentando nos últimos dias, sem sucesso, conseguir os documentos necessários para realizar a transferência de faculdade, mas o prédio da universidade está abandonado, com funcionários e professores em greve. Na semana passada, alguns estudantes da Gama Filho foram até Brasília para fazer um protesto no MEC. Nesta segunda-feira, dezenas deles fizeram uma vigília em frente ao edifício da universidade.

A decisão desta segunda foi tomada pelo MEC após a apresentação de defesa pelo grupo que administra as duas instituições. O MEC monitorou a Gama Filho e a UniverCidade ao longo de todo o ano de 2013, mas só em dezembro instaurou processo administrativo para aplicar penalidades junto às instituições. Na mesma época, foram aplicadas medidas cautelares, como a suspensão de ingresso de novos alunos e proibiu novos contratos de financiamento estudantil.

(G1)

Caixa Econômica divulga abertura de 3 mil vagas para o Jovem Aprendiz 2014

A Caixa Econômica Federal divulgou em seu site oficial a abertura de cerca de 3Mil vagas para o Programa Jovem Aprendiz 2014. A Caixa divide seu programa de Aprendizagem em dois grupos: Adolescente Aprendiz e Jovem Aprendiz.

Adolescente Aprendiz
É necessário ter de 14 anos e meio a 16 anos incompletos, estar cursando, no mínimo, o 9º ano do Ensino Fundamental.

Jovem Aprendiz
O Programa de Aprendizagem da CAIXA atende a jovens entre 18 e 24 anos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Os jovens têm que estar regularmente matriculados na rede de ensino, cursando no mínimo o 1º ano do Ensino Médio. Os Jovens recebem capacitação teórica na Entidade Convenente e capacitação prática no desenvolvimento de suas atividades nas unidades da CAIXA.

Caixa Econômica divulga abertura de 3 mil vagas para o Jovem Aprendiz 2014

Como se inscrever no Programa Jovem Aprendiz da Caixa?
A Caixa Econômica não disponibiliza um Link único para cadastro em seu programa Jovem Aprendiz, Os interessados devem entrar em contato com as entidades selecionadas mais próxima de sua cidade ou estado, para efetuar a inscrição. No site Aprendizagem da da Caixa é possível verificar a lista de entidades conveniadas. Clique aqui e acesse o site da Caixa: http://www14.caixa.gov.br/portal/acaixa/home/trabalhe_caixa/aprendizagem/

Quando serei chamado para ser Jovem Aprendiz da Caixa?
A contratação do Adolescente ou Jovem Aprendiz será realizada, gradualmente, nas localidades onde houver vaga disponível e de acordo com as necessidades estratégicas da CAIXA. O contrato tem a duração de 24 meses e os adolescentes serão capacitados nas ocupações de contínuo (office-boy), auxiliar de escritório e escriturário. Os benefícios oferecidos são: remuneração de um salário mínimo nacional, vale-alimentação (R$ 5,00 por dia útil), vale-transporte (de acordo com a necessidade de deslocamento do Jovem Aprendiz), férias e 13º salário.

Via http://www.itaberabanoticias.com.br

 

“Com quem está em greve não há negociação”, afirma Cid Gomes

O governador do Ceará, Cid Gomes, afirmou, em entrevista concedida durante visita ao Sistema Verdes Mares, na manhã desta sexta-feira (10) que não haverá negociação com os grevistas das universidades estaduais enquanto eles permanecerem em estado de greve. “A gente tem uma posição de que [com] quem está em greve não tem negociação”, defende.

A greve, que inclui professores da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade Vale do Acaraú (UVA) e Universidade Regional do Cariri (Urca), entrou no terceiro mês. Dentre as reivindicações, estão a realização de concurso para professores efetivos, a regulamentação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV), maiores investimentos nas infraestruturas das universidades e em assistência estudantil.

O governador justificou sua posição, afirmando que pontos reivindicados pelos grevistas são “tranquilos”. “PCCV nós já estávamos fazendo. Suspendemos por conta da greve. Outra reivindicação é melhoria para assistências estudantis. Na Uece, foi feito um restaurante novo. Na Urca, foi feito um restaurante e uma casa com hospedagem. Na Uva, já está autorizado um recurso para o restaurante universitário”, ressalta.

Cid Gomes também destacou que o orçamento para as universidades federais foi triplicado em relação à gestão anterior e sinalizou para um diálogo direto com os estudantes das universidades.

“Eu faço reunião com os reitores e eu digo: procure ouvir a comunidade inteira. Ouça os professores, mas ouça também os alunos. Eu não tenho problema em dizer que, se na hora em que eu repassar para as universidades, não chegar aos alunos, eu posso fazer é chegar direto a eles. Eu posso mandar R$ 10 milhões para cada uma das universidades para os alunos decidirem onde é que vão ser aplicados esses recursos”, assegurou.

Com relação à realização de concurso para professores nas universidades, Cid disse que é preciso discutir previamente “quais cursos devem ser abertos e quais devem ser fechados. Não faz sentido você ter um curso da universidade federal com 40 vagas em uma cidade e o mesmo curso em uma universidade estadual com 8, 6 alunos”.

(Rádio Verdes Mares)

UFC oferta 1.488 vagas para graduação a distância

A Universidade Federal do Ceará (UFC) vai ofertar 1.488 vagas para alunos do interior do Estado que pretendem realizar uma graduação à distância, em 2014. Os estudantes têm oito cursos de bacharelado e licenciatura disponíveis: Bacharelado em Administração com Foco em Gestão Pública (95 vagas) e Licenciaturas em Física (110 vagas), Matemática (200 vagas), Química (150 vagas), Pedagogia (165 vagas), Letras Espanhol (129 vagas), Letras Inglês (300 vagas) e Letras Português (339 vagas).

As inscrições ocorrem até o dia 12 de janeiro, exclusivamente, pela internet pelo site da Coordenação de Concursos (CCV), da UFC.

Este ano, o processo seletivo acontece pela nota do Enem, ou seja, os candidatos não precisarão realizar uma nova prova de vestibular, como acontecia nos anos anteriores. Outra novidade é que 50% das vagas são destinadas a alunos cotistas, que têm até o dia 13 de janeiro, para entregar documentação comprobatória no polo de apoio presencial.

As vagas estão distribuídas em oitos polos, em seis municípios cearenses: Beberibe (1 polo), Caucaia (3 polos), Itapipoca (1 polo), Jaguaribe (1 polo), Quixeramobim (1 polo) e Russas (1 polo). Os espaços contam com salas de aulas, biblioteca, auditório, laboratório de informática e laboratórios específicos.

Os cursos a distância são gratuitos e abertos a pessoas que tenham concluído o ensino médio. Para esta graduação, o estudante tem 80% da carga horário por meio virtual, fazendo o uso da internet, e 20% presencial. 

Redação O POVO Online

Primeira escola bilíngue de Fortaleza começa a funcionar em março

Após intensas reivindicações a favor de inclusão educacional, a primeira escola municipal bilíngue para surdos em Fortaleza começa a funcionar a partir de março deste ano. A escola funcionará em tempo integral e ofertará ensino para, aproximadamente, 200 alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Ivo Gomes, secretário municipal da Educação, representantes da comunidade surda e a equipe da Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (SME) discutiram detalhes acerca da implantação da unidade na última terça-feira (7). Durante a reunião, foram apresentados prédios para o funcionamento da escola, que deve ser definido em breve, além da criação de um grupo de trabalho formado por técnicos da SME e representantes da comunidade surda.

Boa parte dos deficientes auditivos, ainda em idade escolar, se encontram em escolas regulares. Apesar de ser recomendado pelo Ministério da Educação (MEC), especialistas afirmam que o estudo em escolas bilíngues, que compreende a lingua brasileira de sinais (libras) como primeira língua e a Língua Portuguesa escrita como segunda, permite que o aluno de séries iniciais se alfabetize em ambiente favorável e que, somente após esse período, é que se deve incluí-los em escolas regulares.

Conforme o censo de 2010 do IBGE, no Estado, existem 250 mil surdos, destes, cerca de 35 mil estão em idade escolar. No entanto, existem apenas duas unidades de ensino bilíngue no Ceará, fato que gerou alguns movimentos a favor do cumprimento do decreto 5626/2005, que garante esse direito aos deficientes auditivos.

(Diário do Nordeste)

Fortaleza é cidade que mais aprova alunos no ITA pelo 2º ano seguido

A cidade de Fortaleza é a que mais aprovou alunos Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) neste ano, um dos vestibulares mais concorridos do Brasil. Dos 170 aprovados, 71 são matriculados em escolas de Fortaleza. Em 2012, Fortaleza também havia a cidade com maior número de aprovação, 43; São Paulo havia ficado em segundo lugar, com 12 aprovações.

O balanço do vestibular mostra queda na nota de corte que chegou a 62,5 neste ano – em 2013 foi 68 e, em 2012, de 71 em um índice que vai até 100. Ao todo, 7.279 alunos fizeram o vestibular – uma média de 40 candidatos por vaga. (Veja lista)

O coordenador do vestibular do ITA, Luiz Carlos Rossato, afirmou que houve queda na nota de corte porque aumentou o número de vagas oferecidas. “Nos anos anteriores eram oferecidas 120 vagas. Ou seja, houve um aumento de quase 50% no número de aprovados”, afirmou.  O ITA oferece seis cursos de engenharia com habilitação para Aeronáutica, Eletrônica, Mecânica-Aeronáutica, Civil-Aeronáutica, Aerospacial ou Computação.

Prova
Três questões do vestibular foram anuladas por erros nas respostas. As questões 10 da prova de física, 26 da prova de português e 19 da prova de química foram consideradas corretas para todos os candidatos.

As provas foram aplicadas entre os dias 10 e 13 de dezembro e os candidatos fizeram cinco avaliações: física, inglês, português, matemática e química. O índice de abstenção foi 36,1% – abaixo do registrado no ano anterior.

O vestibular ocorreu em Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Juiz de Fora, Londrina, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José dos Campos, São José do Rio Preto, São Paulo, Teresina e Vitória. São Paulo foi a que teve a maior procura com 1.564 inscritos. Fortaleza e São José dos Campos tiveram 783 e 781, respectivamente, e o Rio de Janeiro gerou 634 inscrições.

(G1 Ceará)