Arquivo da categoria: Ceará e Nordeste

Dois deputados estaduais aliados de CID anunciam apoio à candidatura de EUNÍCIO OLIVEIRA

Hermínio Resende

O deputado estadual Herminio Rezende (PROS), confirmou neste final de semana adesão à candidatura do senador Eunício Oliveira (PMDB). A informação chega como uma bomba na disputa eleitoral, pois é um dos primeiros parlamentares a anunciar livremente que não apoia a candidatura de Camilo Santana (PT), lançada pelo governador Cid Gomes.

Dessa forma, Hermínio automaticamente desiste da concorrer a uma nova eleição, temendo ser enquadrado em infidelidade partidária. Outro que também voltou atrás e anunciou apoio a Eunício é o deputado Varderlei Pedroza (PTB), que também não disputará eleição, mas lançou o filho Bruno Pedrosa (PSC), que seguirá com adesão a candidatura de Eunício.

Atualização 18h52

O ex-prefeito de Russas, Raimundo Cordeiro de Freitas (PSL), anunciou nesta terça-feira (20) que desistiu da candidatura a deputado estadual. Raimundinho  de Russas, como é conhecido, também confirmou que irá apoiar as candidaturas de Eunício Oliveira (PMDB) ao Governo do Estado e Tasso Jereissati (PSDB) ao senado.

(Cear News 7)

Jogos na Arena Castelão, em Fortaleza, atraíram 680 milhões de telespectadores pelo mundo

Os seis jogos da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 realizados na Arena Castelão, em Fortaleza  atraíram 680 milhões de telespectadores em todo o mundo. A informação é da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa).

De acordo com relatório de audiência da Fifa, as seis partidas foram acompanhadas por  679.842.935 telespectadores no mundo. Ou seja, os quase 680 milhões de pessoas representam mais de três vezes a população brasileira acompanhando os jogos na Arena Castelão.

A maior audiência do Castelão foi registrada no empate em 0 a 0 do Brasil contra o México. Mais de 161,5 milhões de pessoas acompanharam a partida. O mesmo jogo, só que pela Copa das Confederações de 2013, teve 40 milhões de telespectadores, quatro vezes menos o verificado na Copa do Mundo. As audiências contabilizam apenas as redes de televisão abertas, excluindo os canais fechados, além de reprises dos jogos e matérias jornalísticas realizadas em Fortaleza durante o Mundial.

Recordes
Em relação ao mercado internacional, alguns recordes foram estabelecidos. Na Grécia, os torcedores do país garantiram a maior audiência de um programa esportivo em 2014, mesmo sendo exibida após as 22 horas de uma terça-feira. Os números da audiência entre Grécia e Costa do Marfim – partida que colocou a equipe grega na segunda fase do torneio pela primeira vez na história – foi maior do que qualquer partida da seleção grega na Copa do Mundo da África do Sul 2010, exibida em horário nobre.

A seleção campeã do mundo no Brasil, a Alemanha, sofreu para empatar com a Gana na Arena Castelão. Só no país europeu, 76,3% das TVs ligadas no horário da partida exibiam o segundo jogo dos alemães na Copa do Mundo. Mais de 24,5 alemães viram o atacante Klose igualar o recorde de gols de Ronaldo com um gol salvador nos minutos finais. Foram mais de 122.683.550 telespectadores no mundo inteiro.

Quase 90% das TVs ligadas nos 90 minutos da partida entre Holanda e México, nas Oitavas de final, exibiram a vitória suada dos holandeses na Arena Castelão. O mesmo jogo chamou a atenção de brasileiros, alemães e argentinos. Mais de 50% dos televisores destes países estavam ligados na partida.

(G1 Ceará)

Novo uniforme do Fortaleza começa a ser vendido nesta quinta-feira (17/07)

Fortaleza apresenta novo uniforme em festa (Foto: Kid Júnior / Agência Diário )

Com o volante Corrêa e o atacante Waldison de modelos, o Fortaleza lançou nesta quarta-feira (16) o novo uniforme, que será usado pelos próximos quatro anos. O evento teve a presença de atuais e ex-jogadores, a exemplo de Rinaldo e Ronaldo Angelim, torcedores, dirigentes e de representantes da empresa italiana Kappa. As novas camisas do Leão já começam a ser vendidas nesta quinta, nas principais lojas do clube, ao preço de R$ 180.

- Gostei. Ficou bonito demais. A expectativa é grande para o recomeço da Série C. É importante reiniciar com o pé direito. Sabemos que os times foram reformulados, mas temos os pés no chão, estamos preparados e, se Deus quiser, vamos conseguir o objetivo final: conquistar o acesso – declarou Waldison.

Neste sábado (19), contra o Treze, em Campina Grande, o Fortaleza já inaugura o uniforme. No total, a nova empresa de material esportivo do clube irá colocar à disposição 10 mil peças por ano. Presente no evento, o lateral-direito Tiago Cametá também elogiou as novas camisas do clube do Pici.

- Quando colocamos o uniforme, mesmo sendo em um festa, é como se o campeonato já tivesse começado. Vamos honrar essa camisa. No sábado, será mais uma batalha para a gente – afirmou o lateral-direito.

O material de treino foi apresentado por Cametá. Os goleiros Ricardo, André Zuba e Erivelton subiram ao palco com novos uniformes de goleiros. O volante Walfrido apresentou o agasalho de viagem. O cantor Fagner e o lutador de MMA Roni Jason também prestigiaram o evento.

(Globo Esporte)

Festival Halleluya 2014: Confira a programação de atrações

A organização do Festival Halleluya divulgou nesta segunda-feira (14) a programação diária do evento. O Festival Halleluya será realizado de 23 a 27 de julho, no Condomínio Espiritual Uirapuru, e lembrará um ano da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. A entrada é gratuita. A cada dia, a programação terá início às 18h. ( Confira a programação das atrações abaixo).

Segundo os organizadores, a expectativa é reunir cerca de 200 mil pessoas por dia. A edição deste ano do Halleluya terá diferentes ritmos e atrações. O forró de Batista Lima e Naldo José, o rock do Rosa de Saron, o soul pop de Davidson Silva e o pop rock de Ana Gabriela e Missionário Shalom.
Entre as novidades deste ano, estão a participação do cantor goiano Tony Alysson, o lançamento do cd “180 Graus” do Ministério Missionário Shalom. Outras atrações confirmadas no Festival Halleluya são Cosme, Diego Fernandes, Eros Biondini, Dunga, Adriana Arydes, Ziza Fernandes, Irmã  Kelly Patrícia e as bandas Comunidade Recado, Dominus e Adoração e Vida. Neste ano, o público pôde escolher uma atração para cantar no palco principal do evento. O vencedor foi o cantor Nilton Junior, de São Paulo.
Confira a programação completa do Festival Halleluya 2014:
Quarta-feira (23):
Tony Allysson
Batista Lima
Adriana Arydes

Quinta-feira (24):
Naldo José
Diego Fernandes
Ziza Fernandes
Rosa de Saron

Sexta-feira (25):
Comunidade Recado
Davidson Silva
Nilton Júnior
Banda Dominus

Sábado (26):
Eros Biondini
Missionário Shalom
Irmã Kelly Patrícia
Ana Gabriela
Alto Louvor
Cosme

Domingo (27):
Suely Façanha
Dunga
Adoração e Vida

(G1 Ceará)

Inácio Arruda disputará mandato de deputado federal

O PCdoB/CE aprovou nesta segunda feira a substituição de João Ananias, que não disputará a reeleição por razões de saúde, por Inácio Arruda, na chapa de candidatos a deputado federal. Em nota, o PCdoB destaca a atuação de Ananias como parlamentar e Secretário de Saúde e lamenta que esteja fora da disputa. Quanto a Inácio, que não disputaria a reeleição ao Senado, o partido ressalta sua trajetória marcante e afirma que aceitou com destemor a tarefa de concorrer ao mandato de deputado federal.
Nota do PCdoB/CE aos cearenses

A Comissão Política Estadual do Partido Comunista do Brasil no Ceará reuniu-se nesta segunda feira, dia 14 de julho, para analisar a carta enviada pelo deputado João Ananias, onde o parlamentar comunica que, em face de limitações impostas por sua condição de saúde, desiste de sua candidatura a deputado federal. Lamentavelmente o brioso parlamentar tem complicações cardíacas que se agravaram nas últimas semanas e, por recomendação médica, o impedem de participar das intensas atividades de uma campanha eleitoral.

A direção partidária e sua militância lamentam profundamente não poder reeleger João Ananias, companheiro com expressiva atuação não apenas como parlamentar, mas também como Secretário Estadual de Saúde, durante o primeiro mandato do governador Cid Gomes. Temos plena consciência de que Ananias continuará sua trajetória política contribuindo com sua luta para o desenvolvimento do Brasil e do Ceará e o bem estar de nosso povo.

Em razão da renúncia do deputado João Ananias à candidatura, a direção partidária achou por bem buscar um outro nome que o substituísse, de modo a assegurar o êxito do projeto eleitoral dos comunistas cearenses que, dentre outros objetivos, prevê a manutenção de dois representantes do PCdoB na bancada cearense na Câmara dos Deputados. Analisando os diversos quadros partidários em condições de participar da disputa, o partido optou pelo nome do companheiro Inácio Arruda, histórico militante partidário, com inúmeras contribuições para a luta do nosso povo, já tendo exercido mandatos parlamentares como vereador, deputado estadual, deputado federal e, atualmente, senador. Inácio Arruda não disputaria a eleição deste ano e já se preparava para participar das campanhas dos diversos candidatos lançados pelo PCdoB, mas aceitou a tarefa com destemor, como é do seu feitio.

O PCdoB cearense conclama seus filiados, militantes, simpatizantes e amigos a se integrarem à campanha de nossos candidatos a deputado federal e a deputado estadual, assim como da Presidenta Dilma e da chapa majoritária no Ceará, com Camilo Santana e Mauro Filho. É necessário conquistarmos uma grande vitória nas próximas eleições, de modo a fortalecer o partido, ampliando e consolidado sua presença no parlamento, e assegurar o avanço das mudanças em curso no Ceará e no Brasil.

Fortaleza, 15 de julho de 2014

Comissão Política Estadual do PCdoB/CE

PT e o destino dos Ferreira Gomes

Da Coluna Política, no O POVO desta terça-feira (15), pelo jornalista Érico Firmo:

A revista Veja divulgou e diversos veículos de comunicação repercutem desde o fim de semana a possibilidade de Cid Gomes e seu grupo político deixarem o Pros e se filiarem, vejam só, ao PT. O movimento seria uma forma de a presidente Dilma Rousseff, caso reeleita, formar seu próprio grupo e ficar mais independente em relação ao ex-presidente Lula. A narrativa explora a recorrente ideia, nem sempre consistente, de crise na relação entra a presidente e o antecessor. Mas há outro enfoque que merece ser observado, a partir do núcleo cearense.

Em outros momentos, já se cogitou a filiação dos Ferreira Gomes ao PT. Ainda em 2008, Ivo Gomes disse que se sentiria muito bem no partido. Em 2011, a possibilidade foi especulada em uma das várias crises entre a família e o então presidente do PSB, Eduardo Campos. No ano passado, antes de optarem pelo Pros, a opção petista foi de novo cogitada. E nunca deu em nada. Mas há ingredientes novos.

Em menos de um ano, a relação entre o grupo cearense e a direção nacional do Pros já sofreu vários desgastes. Também pudera. Eles já entraram no partido discordando da principal – e praticamente única – bandeira, que é a redução de impostos. E desde o início sinalizaram intenção de mexer no programa, na estrutura. Não podia dar certo e não está dando. Houve divergências graves em relação a votações no Congresso Nacional e também quanto a intenção de dirigentes nacionais de apoiar Eunício Oliveira (PMDB). Então, é bastante provável que, pouco depois das próximas eleições, os Ferreira Gomes realmente mudem de partido.

A escolha do petista Camilo Santana como candidato à sucessão no Estado onde o Pros é mais forte no País foi sinalização de que o grupo não prioriza o fortalecimento da sigla. Ciro Gomes já tinha a clara meta de, em caso de sucesso eleitoral, se voltar para as articulações nacionais e na reformulação da legenda. Mas houve turbulências no meio do caminho. Fica a interrogação sobre quão longe estarão os irmãos dispostos a ir num partido sem expressão, complicado e bem menos promissor do que pareciam PSB e mesmo PPS. No caso de Ciro não ser bem-sucedido na mudança que pretende empreender, a porta da rua será a serventia da casa.

O destino, então, poderá ser o PT? A opção por Camilo pode ser indício de que sim, mas não o único. A própria escolha do candidato foi resultado da circunstância principal: a trajetória política de Cid se tornou indissociável, nos últimos oito anos, do projeto petista federal. Sobretudo ao embarcar numa legenda pouco mais que inexpressiva, quando ai mesmo que ficou dependente do aliado federal.

Porém, a entrada no PT não será sem resistência – que já começou, só diante das primeiras notas publicadas. Haverá oposição em vários grupos, inclusive nos mais ligados ao governador, que fatalmente perderão o controle da sigla. Por outro lado, independentemente das garantias que recebam na filiação, os Ferreira Gomes jamais controlarão o PT sem hegemonia junto à militância, o que nunca foi especialidade do grupo. A possibilidade é menos absurda do que parece, mas também não é nada simples.

Lula vai gravar depoimento pró-Luizianne Lins

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

O ex-presidente Lula vai mesmo aparecer na propaganda eleitoral gratuita do Ceará. Por enquanto, nada de depoimento pró-candidatos da base dilmista ao Governo do Estado. Ele comunicou que gravará um depoimento em favor da ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, candidata a deputada federal.

Luizianne virou o “carro-chefe eleitoral” do PT e o partido espera que a loira supere a marca dos 200 mil votos, pelo menos. Luizianne, por enquanto, evita falar no assunto, mas terá um encontro com o petista possivelmente nesta semana, em São Paulo, para abordar cenários eleitorais.

BOM LEMBRAR: na disputa pela Prefeitura de Fortaleza em 2004, Luizianne disputou e ganhou a peleja sem apoio das grandes lideranças do partido. Lula estava nesse rol.

Coligação de Camilo Santana pede impugnação da candidatura de Eunício Oliveira

A coligação “Para o Ceará Seguir Mudando”, encabeçada pelo candidato ao governo Camilo Santana (PT), deu entrada a cinco ações de impugnação do registro de candidatos majoritários e proporcionais da aliança encabeçada por Eunício Oliveira (PMDB). A alegação é que houve irregularidades nas convenções de partidos coligados a Eunício que definiram candidatos a governador, vice, senador e deputados estaduais e federais.

 

As ações fazem parte das 28 ações de impugnação de registro de candidatura protocoladas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Ceará até as 19 horas de sábado, 12. A assessoria de imprensa do candidato Eunício Oliveira nega qualquer irregularidade nas convenções das candidaturas ligadas ao peemedebista.

 

Candidatos a deputado

O TRE também recebeu impugnação do registro de candidatura do deputado estadual Sérgio Aguiar (Pros), que tenta a reeleição, e do candidato a deputado estadual Giovanni Sampaio (PMDB), ex-secretário da Prefeitura de Juazeiro do Norte.

 

A ação contra Sérgio foi proposta pelo candidato a deputado estadual Marcos Coelho (PSDB), atual suplente de vereador de Camocim. Coelho baseia a impugnação na rejeição, pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), das contas de 2002 e 2004 da gestão de Sérgio como prefeito daquele município.

 

Em 2010, a Câmara de Camocim manteve os pareceres prévios do TCM pela rejeição das contas. No ano passado, porém, os vereadores, em votação secreta, rejeitaram os pareceres. A atual prefeita é Mônica Aguiar (Pros), mulher de Sérgio.

 

Ocorre que esta sessão da Câmara foi anulada em 3 de julho pelo juiz Rogério Henrique do Nascimento, da Comarca de Camocim. Atendendo a ação popular movida por Marcos Coelho, o juiz entendeu que os vereadores deveriam ter julgado as contas com voto aberto. Com isso, afirma Coelho, volta-se à situação anterior, em que a Câmara mantém os pareceres do TCM.

 

Aguiar disse estar tranquilo. “Vou apresentar resposta através de minha assessoria jurídica. É muito mais um fato político, porque ele (Coelho) pretende disputar comigo na região. Não teve voto sequer para se eleger vereador e agora está tentando tumultuar”.

 

No caso de Giovanni Sampaio, a impugnação foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral, com base na desaprovação, pelo TCM, das contas da gestão do candidato como secretário de governo e articulação política de Juazeiro do Norte, entre janeiro e março de 2010.

 

NÚMERO

 

28

é o número de ações de impugnações protocoladas no TRE

 

Entenda

 

As ações de impugnação são propostas pelo Ministério Público Eleitoral, por partidos, candidatos e coligações quando há elementos que possam tonar inelegíveis os postulantes, conforme os critérios da Lei da Ficha Limpa. Por exemplo: contas desaprovadas, compra de votos etc.

 

Até as 19h de sábado, 12, TRE recebeu do MPE impugnações a 28 registros de candidatura, relativas aos 768 pedidos protocolados até o último dia 5 de outubro. Destas impugnações, 22 foram propostas pelo MPE, uma por candidato adversário e cinco pela coligação de Camilo Santana.

 

O MPE ainda pode encaminhar novos pedidos de impugnação da lista de 45 candidatos que deram entrada no TRE com pedido de registro individual de candidatura após o dia 5.

 

SERVIÇO

 

Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE)

Onde: Rua Jaime Benévolo, 21 – Centro, Fortaleza, CE 

Outras informações: Site: http://www.tre-ce.jus.br/

Telefone: (85) 3211-2600

(Bruno Pontes, O Povo)

As conquistas brasileiras no surf

TITA TAVARES

Enquanto a bola rola e o futebol nos dá um veshame histórico, os meninos do surf do Brasil dão show nas melhores ondas do mundo. Tratados pela imprensa internacional especializada no esporte como The Brazilian Storm, o nossos surfistas (Gabriel Medina (lider do ranking da primeira divisão) , Adriano Mineirinho, Felipe Toledo, Jadson André, Alejo Muniz, Raoni Monteiro, Miguel Pupo, Willian Cardoso, Jesse Mendes, David do Carmo, e mais um legião) assaltaram o Circuito Mundial de Surf. O Brasil lidera os três principais rankings do esporte.

http://www.aspworldtour.com/events/2014/mct/674/j-bay-open/live

Rolando ao vivo desde as direitas intermináveis de  J-Bay, South Africa….

Go for it!

E notem que nossos surfistas, a maioria dos nossos surfistas vem das nossas “camadas mais populares”, Tita Tavares, a nossa melhor surfista, que frequentou a elite do surf mundial durante quase uma década, era do Titanzinho, uma favela ao lado da praia no Ceará…

Via http://jornalggn.com.br/noticia/as-conquistas-brasileiras-no-surf

Aviões do Forró encerra Fan Fest Fortaleza, neste domingo, na Praia de Iracema

Fan Fest

A festa oficial da Copa em Fortaleza vai terminar ao som de forró e axé. O baiano Durval Lellis anima os torcedores no sábado, dia do jogo do Brasil. No domingo, o Aviões do Forró é o grande destaque. Xand e Solange embalam a arena por onde já passaram quase 700 mil pessoas. Entrada é gratuita.

Programação

sábado(12)
DJ Seiki
Banda Patrulha
Transmissão do jogo Brasil X Holanda
Durval Lellis

domingo (13)
DJ
Afoxé Acabaca
Transmissão do jogo Argentina X Alemanha
Aviões do Forró

(Tribuna do Ceará)

Eleitor do CEARÁ pode votar em trânsito em duas cidades, Fortaleza e Caucaia

O eleitor que souber, com antecedência, que estará fora de seu domicílio eleitoral no dia da eleição, tanto no primeiro quanto no segundo turno, pode solicitar a transferência provisória do seu domicílio eleitoral para uma das localidades que têm seções para voto em trânsito, e assim votar nos candidatos a presidente e a vice-presidente da República, segundo determina resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No Ceará, o eleitor poderá votar em trânsito em Fortaleza e Caucaia. A seção de voto em trânsito é temporária. Assim, após o turno escolhido para votar em trânsito, o eleitor retorna automaticamente para o seu domicílio eleitoral de origem.

O prazo para solicitar a transferência provisória do domicílio eleitoral começa no dia 15 de julho e vai até 21 de agosto. Para isso, o interessado – inclusive o alistado no exterior – deve se dirigir a qualquer cartório eleitoral do país, portando título de eleitor e documento de identidade com fotografia, para informar à Justiça Eleitoral onde estará no primeiro turno das eleições, dia 5 de outubro, e/ou, se for o caso, no segundo turno, dia 26 de outubro.

A resolução TSE determina a instalação de seções específicas para receber o voto em trânsito nas capitais dos estados e nos municípios com mais de 200 mil eleitores, desde que atingido o mínimo de 50 eleitores. Por isso, no caso do Ceará, haverá seções com voto em trânsito apenas em Fortaleza e Caucaia. As zonas pertencentes a esses municípios já cadastraram os locais de votação de voto em trânsito.

De acordo com o TSE, essa modalidade de votação é exclusiva para a eleição presidencial e, ao votar em trânsito, o eleitor terá cumprido sua obrigação com a Justiça Eleitoral e não precisará  justificar a ausência do voto para os demais cargos em disputa (governador, vice-governador, senador, deputado federal e deputado estadual).

Se, no dia da eleição, não comparecer à seção escolhida para votar em trânsito, o eleitor deve justificar sua ausência em qualquer mesa receptora de justificativa ou mesa receptora de voto, inclusive no seu próprio domicílio eleitoral de origem. Neste caso ele só não pode justificar na cidade onde indicou que pretendia votar em trânsito.

(G1 Ceará)

Luizianne Lins e Capitão Wagner: Candidatos “puxadores de voto” reforçam coligações no CEARÁ

A presença dos “puxadores de votos” em coligações eleitorais é determinante para garantir a representatividade dos partidos nas Casas Legislativas. No Ceará, nomes como o da ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT), do vereador Capitão Wagner (PR) e do deputado federal Domingos Neto (Pros) – filho do vice-governador do Estado, Domingos Filho – além de garantirem a própria eleição, podem ser capazes de sustentar a de outros candidatos com menos representatividade.

Isso é possível porque, diferentemente da eleição majoritária – em que o candidato a presidente, governador ou senador vence com 50% mais um dos votos válidos – a eleição proporcional requer procedimento distinto de contagem de votos. Para 2014, fizeram pedido de registro de candidatura, na Justiça Eleitoral, 553 nomes para deputado estadual e 196 para federal. Em 2010, foram 603 para estadual e 154 para federal.

A quantidade de votos que uma legenda ou um candidato específico pode atrair para a coligação é um dos fatores decisivos para fechar as alianças. No caso do PT, Luizianne Lins é cotada como candidata a deputada federal responsável por puxar votos para o partido, segundo o presidente da sigla, De Assis Diniz. Além dela, o PT conta com o atual deputado José Guimarães que, em 2010, foi o segundo mais votado para a Câmara dos Deputados, atrás apenas de Domingos Neto, com 246.591 votos, que disputará a reeleição.

Partidos cearenses apostam numa média de 100 mil votos para eleger um deputado estadual, e de 200 mil para os concorrentes a cargo federal neste ano.

Estaduais

No âmbito estadual, a aposta para “puxador de votos” no PR, coligado com PMDB, PSDB, DEM e PRP, é o vereador Capitão Wagner Sousa, de acordo com o presidente do partido Lúcio Alcântara – o qual chegou a ser cotado como candidato. Em 2012, Wagner foi o vereador mais votado de Fortaleza, com 43.655 votos, e ajudou o PR a eleger outros dois vereadores: Adelmo Martins e Márcio Cruz, ambos atualmente no Pros.  

O PSol, que em 2010 obteve votações expressivas, mas não alcançou o número mínimo de votos para emplacar um parlamentar, acredita que com uma estrutura maior de candidatos para os diversos cargos poderá angariar votos suficientes para eleger até dois candidatos para deputado estadual, segundo o vereador João Alfredo. O parlamentar disputará eleição junto com o advogado Renato Roseno que em 2010, quando concorreu a deputado federal, obteve mais de 100 mil votos, mas não se elegeu por conta do coeficiente eleitoral. 

Saiba mais

Como funcionam as eleições proporcionais:

Nas eleições proporcionais o eleitor deve estar atento aos cálculos do quociente eleitoral e do quociente partidário que determinam o número de vagas que o partido vai ocupar no Legislativo. 

O quociente eleitoral é obtido a partir da divisão total de votos válidos, dados para o candidato ou legenda, pelo número de vagas a serem preenchidas. Não são contabilizados os votos brancos e nulos. Por exemplo, um determinado Estado que tenha 800 mil votos válidos com 40 vagas em disputa, tomando por base a divisão dos votos válidos pelo número de vagas, terá um quociente eleitoral de 20 mil votos.

Os partidos que atingem o quociente eleitoral calculam, então, o quociente partidário para saber com quantas vagas cada um ficará. O quociente partidário é definido pelo resultado do número de votos válidos obtidos, pelo partido isolado ou pela coligação, dividido pelo quociente eleitoral. Neste caso, se uma determinada coligação obtivesse 100 mil votos, garantiria cinco vagas, que seriam distribuídas para os cinco candidatos da coligação mais bem votados.

Segundo o TSE, o quociente eleitoral para eleger o primeiro deputado federal, em 2010, foi de 193.566 votos e, para estadual, 94.667. À medida que os partidos disputam as sobras, o quociente diminui.

Um dos casos mais emblemáticos foi a eleição do palhaço Tiririca para deputado federal em 2010, com 1,35 milhão de votos em São Paulo.

(Jéssica Welma, O Povo)

Fortaleza é 3ª mais bem avaliada durante a Copa

Palco de seis jogos da Copa do Mundo e tendo recebido pelo menos 261 mil turistas para assistir às partidas, Fortaleza foi a terceira cidade-sede que teve a infraestrutura para o Mundial mais bem avaliada pelos próprios moradores, segundo a pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). A colocação da Capital, segundo o levantamento, se deve à boa avaliação dos estádios, hotéis e do setor turístico.

Apesar da boa impressão causada aos entrevistados, a capital cearense, assim como as outras cidades-sede, teve resultados menores na avaliação de setores indiretamente ligados à realização dos jogos, como segurança, transporte público e saúde. A pesquisa, que teve o objetivo de mapear as expectativas e primeiras impressões dos brasileiros sobre a preparação do País para o Mundial, ouviu 2.558 pessoas nas 12 cidades-sede, sendo 225 em Fortaleza, entre os dias 13 e 18 de junho deste ano.

Os entrevistados deram notas de 1 a 5 para 10 itens de infraestrutura como bares e restaurantes, limpeza, aeroportos e segurança. A Arena Castelão, ao lado da Arena Amazônia (Manaus) e da Arena Dunas (Natal), recebeu a maior nota entre os estádios, 4,3, segundo o estudo. A capital cearense, junto de Natal, também recebeu a maior pontuação no segmento hotéis, atingindo a média 4,0.

Para o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE), Régis Medeiros, mesmo trazendo a percepção dos moradores, a avaliação reflete a qualidade da rede hoteleira do Estado. “Isso significa que os moradores têm essa visão da qualidade da rede hoteleira, e que as pessoas que se hospedaram aqui elogiaram os nossos hotéis”, afirma.

Os bares e restaurantes de Fortaleza receberam a maior nota para o segmento, 3,8, ao lado das cidades de Manaus e Curitiba. A média da Capital ficou em 3,2, deixando a cidade em terceiro lugar, junto de Natal. Em primeiro lugar ficaram as cidades de Curitiba e Manaus, com média 3,4. O pior resultado foi das capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo, com média 3.

Itens básicos

Ao contrário da boa avaliação dos estádios, hotéis e do turismo, os serviços básicos oferecidos pelas cidades, como segurança, saúde e transporte público receberam as notas mais baixas na pesquisa. De acordo com o levantamento, Fortaleza teve a terceira pior avaliação do item saúde, com a média 1,9.

O quesito segurança pública, que foi apontado por 44% de todos os entrevistados como fundamental para a boa avaliação da Copa, recebeu nota 2,2 em Fortaleza, a menor entre todas as cidade-sede, segundo a pesquisa. Nas entrevistas, 8% daqueles que foram ao estádio pelo menos uma vez em função dos jogos afirmaram ter sido vítimas de roubo ou furto.

Média nacional

Em relação à organização de todas as cidades-sedes para receber a Copa, 74% dos entrevistados afirmaram que os preparos foram insuficientes, enquanto 11% concordaram que não houve preparo algum, de acordo com a pesquisa. Apenas 12% das pessoas ouvidas acreditam que os preparos foram suficientes.

Mesmo com a percepção negativa sobre a organização do evento, 43% acreditam que o Mundial vai gerar incentivos ao turismo, enquanto 33% dos entrevistados destacam o fato de o País estar em evidência e atrair investimentos externos como principal contribuição da Copa.

A geração de mais empregos, o crescimento da economia e o aumento do consumo foram apontados por 31% dos entrevistados como maior benefício da realização dos jogos no Brasil, de acordo com o estudo.

(Jéssica Colaço, Repórter – Diário do Nordeste)

Deputados do Ceará aprovam criação de 355 cargos na Polícia Civil

A Assembleia Legislativa aprovou nesta quinta-feira, 10, mensagem do Executivo que cria 355 cargos de carreira na Polícia Civil do Ceará. Ao todo, serão 140 cargos de inspetor e 215 de escrivão da corporação. A proposta, aprovada por unanimidade, amplia para 557 e 1,3 mil o número de escrivães e inspetores, respectivamente, da Polícia no Estado.

A ação foi comemorada por diversos parlamentares da Casa, que destacaram o papel da instituição no combate à violência. “Quero parabenizar esta Casa pela aprovação da matéria dos policiais civis. Estamos vendo a importância do acréscimo para o fortalecimento da nossa policia, é uma vitória”, disse Ferreira Aragão (PDT).

Redação O POVO Online
com informações da AL-CE

Cearense catador de lixo é sorteado e vai assistir à Final da Copa do Mundo no Maracanã

Foto: Mauri Melo

Assistir uma final de Copa no Mundo é o sonho de qualquer apaixonado por futebol. E um cearense humilde e “arretado” terá esse privilégio. O catador de lixo César Augusto da Silva, de 37 anos, irá acompanhar a decisão do Mundial entre Alemanha e Argentina, domingo (13), no Maracanã, e sem gastar um centavo.

Catador de lixo há mais de 12 anos, César faz parte de um projeto social da Coelce, que troca resíduos recicláveis por descontos na fatura de energia. Participante do programa há cerca de quatro anos, ele é um dos 40 catadores que trabalham na Fifa Fan Fest, na Praia de Iracema, e foi o sortudo que terá o benefício de assistir a grande final da Copa.

“Me ligaram dizendo que fui sorteado para ir ao Rio de Janeiro assistir a final da Copa e perguntando se eu tinha interesse. Eu falei “já compraram as passagens?””, brinca, com um grande sorriso no rosto.

Sem nunca ter assistido uma partida de futebol no estádio, César admite que ainda não se deu conta do que está prestes a presenciar. “Eu já visitei o Castelão, mas não para assistir a um jogo. Será a primeira vez na vida. A ficha só vai cair quando colocar os pés lá dentro”.

Mesmo com o Brasil fora da disputa, César, assim como muitos brasileiros, garante que já sabe para quem vai torcer no duelo entre ‘hermanos’ e germânicos.

“Vou torcer pela Alemanha. Não quero a Argentina campeã no Brasil. Mesmo a Alemanha tendo goleado o Brasil, vou torcer por eles. Acho que estão jogando o melhor futebol na Copa e merecem esse título”.

Além da assistir ao vivo a grande final da Copa, a passagem de César pelo Rio de Janeiro ainda contará com um “city tour” pelos principais pontos turísticos da ‘cidade maravilhosa’. O catador embarcou para a capital carioca no início da tarde desta quinta-feira (10) e retorna na segunda-feira (15). Juntamente com ele, outro cearense, o bailarino Alex Magalhães da Silva, de 21 anos, e que faz parte da companhia de dança BCAD, também foi sorteado e irá acompanhar a decisão do Mundial no Maracanã.

(André Almeida, O Povo)

Festival Música na Ibiapaba quer ser referencial na formação musical

A edição do Festival Música na Ibiapaba, já marcada para o período de 11 a 18 de outubro próximo, em Viçosa do Ceará (Região da Ibiapaba), promete ser referencial de formação em música popular no Estado do Ceará. Pelo menos é essa a meta da Secretaria da Cultura do Estado, responsável pelo evento, que chegará à sua décima edição.

O festival, de acordo com a Secult, contará com uma curadoria composta por José Brasil Filho, diretor da Escola de Música de Sobral; Ivan Ferraro, diretor da Feira da Música de Fortaleza e presidente da Associação dos Produtores de Cultura do Ceará (Prodisc), e Alfredo Barros, professor da Universidade Estadual do Ceará e idealizador e regente da Orquestra Sinfônica da Uece (Osuece). Como curadora de honra, integra a comissão a também professora da Uece Consiglia Latorre, originalmente responsável pela idealização do festival e pela coordenação das primeiras edições do evento.

O festival manterá o seu caráter didático, como um evento de formação, oferecendo aos participantes selecionados uma imersão durante nove dias de aulas, debates e convivência com instrumentistas, intérpretes, pesquisadores e professores, cearenses e de outros estados. As atividades manterão a ênfase na execução instrumental em diferentes naipes, na prática de conjunto, na história da música popular no Ceará e no Brasil, nos aspectos de produção, técnica e empreendedorismo ligados à carreira musical.

(Blog do Eliomar)

Exposição em Fortaleza exibe imagens inéditas de Lampião

Exposição reúne 60 fotografias do acervo particular de Silvio Frota (Foto: Divulgação)

A exposição “Iconografia do Cangaço” segue até quinta-feira (10), no Memorial Deputado Pontes Neto, da Assembleia Legislativa do Ceará (Malce), em Fortaleza. A exposição apresenta imagens inéditas e inusitadas de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, e seu bando.

Entre as raridades, um cartão de visitas com fotografia na frente e mensagem no verso, escrito à mão e assinado por Lampião; volantes em pose oficial; e a dança de cangaceiros no meio do sertão. 

São 60 fotografias do acervo particular de Silvio Frota, sendo mais da metade de autoria de Benjamin Abrahão, que fotografou e filmou o bando de Lampião com equipamentos e orientação de Adhemar Albuquerque, fundador da Abafilme. As outras fotografias foram feitas por Lauro Cabral de Oliveira, Pedro Maia, João Damasceno Lisboa, Pedro Uchoa, além de outros fotógrafos anônimos que conseguiram retratar momentos históricos do cangaço.

A exposição “Iconografia do Cangaço” é dividida em três etapas. Na primeira, expõe o cangaceiro com sua família, em Juazeiro do Norte, no Ceará, em março de 1926. Passa por registros de seu bando, entre 1927 e 1937; mostra a repressão, com a atuação das Volantes, milícias armadas criadas para combater o cangaço; e a morte de Lampião e integrantes do bando, com os corpos  e as cabeças decapitadas e expostas ao público como provas das capturas, em 1938. Há registros também da rendição de outros cangaceiros, em 1939.

O visitante vai encontrar, ainda, recortes com matérias sobre Lampião e seu bando, publicadas jornais da época. O Malce também exibirá o filme feito por Benjamin Abrahão do bando de Lampião, com duração de 11 minutos e 30 segundos.

Via http://www.cbnfoz.com.br

494 mil turistas passaram pelo Aeroporto Internacional de Fortaleza na Copa

O Aeroporto Internacional de Fortaleza registrou a movimentação de 493,9 mil passageiros, entre embarques e desembarques, entre 12 de junho, data da abertura da competição, até o último sábado (5). Os dias com maior movimentação foram 17 de junho e 5 de julho.

Segundo a Infraero, o Aeroporto Pinto Martins recebeu 4.326 voos comerciais, com 2.164 partidas e 2.162 chegadas, o que representa uma média de 180 voos por dia. O aeroporto recebe, em média, 150 voos diários.

Os dias com maior movimento no terminal foram 17 de junho, data em que Brasil e México empataram em zero a zero na Arena Castelão na fase de classificação, quando o aeroporto recebeu 242 voos. No dia 5 de julho, um dia depois da vitória de 2 a 1 da seleção brasileira contra a Colômbia durante as oitavas de final, registrou 232 voos.

Operações
Aeroporto Pinto Martins recebeu 24 operações entre embarques e desembarques de delegações durante a realização do Mundial. Na última terça-feira, (1º), os 71 integrantes da delegação colombiana desembarcaram em apenas cinco minutos e, no dia seguinte, os 64 passageiros da delegação brasileira desembarcaram em nove minutos. Todas essas operações ocorreram na Base Aérea de Fortaleza, sob a coordenação das equipes de operações e segurança do Aeroporto Pinto Martins.

A Infraero remanejou funcionários de outros aeroportos da empresa não envolvidos diretamente com o Mundial. O número de “amarelinhos”, funcionários vestidos com coletes amarelos para atender passageiros com dúvidas aumentou em 48% para a Copa do Mundo. Já o pessoal da área operacional aumentou em 16%, passando para 72 funcionários.

Seis jogos no mundial
Fortaleza sediou seis jogos da Copa: Uruguai x Costa Rica, no dia 14 de junho; Brasil x México, dia 17 de junho; Alemanha x Gana, no dia 21 de junho; Grécia x Camarões no dia 24 de junho; Holanda x México, no dia 29 de junho, pelas oitavas de final; e Brasil e Colômbia pelas quarta de final, no dia 04 de julho. Foram 17 gols, e público de quase 360 mil pessoas na Arena Castelão.

(G1 Ceará)

Ocupação hoteleira com Brics chega a 79% e anima setor em Fortaleza

Depois da Copa do Mundo, o setor hoteleiro comemora a taxa de ocupação para o VI Conferência de Cúpula do Brics em Fortaleza. O encontro será realizado nos dias 14 e 15 de julho no Centro de Eventos do Ceará. A estimativa da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE) é que a taxa de ocupação para o evento seja de 78,93%, maior do que o número durante o Mundial, que foi de 65,17%, e da média do período, de 69%, segundo o presidente da entidade, Darlan Leite.

Os chefes de Estado dos cinco países que integram o Brics, Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, confirmaram presença no encontro da cúpula e devem chegar entre os dias 13 e 14 de julho. As comitivas dos países já começaram a chegar desde o dia 5 de julho.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, a previsão de participação é de cerca 750 pessoas só nas comitivas dos países, além das representações das cinco maiores empresas de cada um dos cinco países, bancos de desenvolvimento e cerca de 1.500 jornalistas de todo o mundo.

Comitivas
As comitivas dos cinco países devem se concentrar em três hotéis da orla de Fortaleza: Marina Park Hotel, Gran Marquise e Luzeiros. Devido às questões de segurança e de contrato, os hotéis não divulgam detalhes sobre hospedagens e presenças dos chefes de estado.

O hotel Gran Marquise, localizado na Avenida Beira Mar, confirmou a hospedagem das comitivas do Brasil e da China. De acordo com a administração, 90% dos 230 quartos do hotel estão reservados para as duas comitivas.

De acordo com Ana Luiza Costa, gerente comercial do hotel do Marina Park Hotel, 150 dos 315 apartamentos estão reservados para a comitiva da Rússia. Além disso, a maioria dos quartos restantes será ocupada por empresários que participarão do encontro. “É um público bem diferente do que recebemos da Copa”, conta. Durante o Mundial, o hotel hospedou as seleções Uruguai, Brasil, Alemanha, Grécia e Holanda. A comitiva da Rússia começou a chegar no sábado (5), um dia depois da seleção brasileira deixar o hotel.

Para receber a comitiva da Rússia, o hotel pesquisou sobre a alimentação do país para agradar o paladar dos novos hóspedes. No caso do presidente Vladimir Putin, ele viaja com uma equipe especial para preparar as refeições.

O Hotel Luzeiros, que também as seleções durante a Copa do Mundo, não confirmou que comitiva e chefe de estado deve receber. A especulação é que o hotel receba representantes dos países da África do Sul e da Índia. A gerência comercial informou que o hotel só tem capacidade para hospedar um chefe de estado. Dos 200 apartamentos, 170 estão reservados para comitivas.

Cúpula do Brics
Às 10 horas do dia 15 de julho, a presidente Dilma Rousseff presidirá a abertura do encontro de cúpula ao lado do presidente da Rússia, Vladimir Putin; do primeiro-ministro da Índia, Narendra Damodardas Modi; do presidente da China, Xi Jinping; e da África do Sul, Jacob Zuma. No dia 16 de julho, a segunda sessão da Cúpula Brics com chefes de Estado será no Palácio do Itamaraty, em Brasília;.

Em Fortaleza, além de os encontros entre as delegações dos cinco chefes de Estado, a conferência também será palco de Encontro Empresarial e de uma reunião com os ministros das áreas econômicas dos cinco países.Os dois encontros ocorrerão na tarde e noite de segunda-feira (14), no Centro de Eventos do Ceará.

Segundo a Coordenadora de Rede de Centros Internacionais de Negócios da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sara Saldanha, até 9h desta terça-feira (8), 648 empresários se inscreveram para participar do Foro Empresarial e do Business Networking. “A Expectativa que a CNI tem em relação ao Brics é aproximar as relações e as parcerias entre os cinco países integrantes”, disse Sara.

Banco
Durante a VI Conferência de Cúpula, em Fortaleza, os países deverão assinar o acordo para a criação de um banco de desenvolvimento – nos moldes do Banco Mundial – bem como um tratado para constituição do Arranjo de Contingente de Reservas, fundo anticrise do bloco.

Segundo o embaixador José Alfredo Graça Lima, subsecretário de política do Ministério das Relações Exteriores, o banco terá capital inicial de US$ 50 bilhões, sendo US$ 10 bilhões em recursos e US$ 40 bilhões em garantias. Após a assinatura do acordo para criação, a instituição deve levar cerca de dois anos para entrar em funcionamento já que  terá que ser aprovada pelo Congresso dos cinco países integrantes.

Já o fundo terá capital no valor de US$ 100 bilhões e deverá ser usado no auxílio aos integrantes do Brics que venham a enfrentar dificuldades. A China deverá entrar com US$ 41 bilhões; Brasil, Rússia e Índia com US$ 18 bilhões cada; e a África do Sul com US$ 5 bilhões. Atualmente, quatro cidades pleiteiam a sede do banco: Xangai, na China, Joanesburgo, na África do Sul, Nova Déli, na Índia, e Moscou, na Rússia.

(G1 Ceará)

Oito municípios cearenses irão ganhar salas de cinema a partir de 2015

Uma parceria entre a Secretaria de Cultura do Ceará e a Agência nacional de Cinema (Ancine) garantiu R$ 20 milhões para construção de 16 novas salas de cinema. Cada município terá um complexo com 2 salas de cinema, uma com capacidade para 100 e outra para 200 pessoas.

Serão usados equipamentos digitais de alta qualidade; o investimento em cada complexo é de R$ 2,5 milhões. As salas públicas serão construídas com recursos federais e estaduais e mantidas pelas prefeituras.

Será lançada chamada pública para receber propostas de exibidores interessados nos cinemas.
O valor arrecadado com as bilheterias será destinado ao Fundo Municipal de Cultura de cada cidade.
Conheça os municípios que serão beneficiados:

- Aracati,
- Crateús,
- Canindé,
- Crato,
- Iguatu,
- Itapipoca,
- São Benedito,
- Tauá.

(Luciano Augusto, via http://www.cearanews7.com.br)

Fortaleza precisa de um plano de urbanização à altura do seu tamanho

Com o título “Fim de festa”, eis artigo do professor José Borzacchiello, que pode ser conferido no O POVO desta quarta-feira. Ele fala sobre Fortaleza pós-Copa. Ou seja, com o fim da maquiagem e inicio da campanha eleitoral, os problemas urbanos retornarão à cena com maior visibilidade. 

Os jogos da Copa do Mundo em Fortaleza projetaram a cidade e o Ceará e permitiram a construção de olhares, depoimentos e imagens positivas do modo cearense de ser e de fazer. Esse saldo positivo deve ser tratado com muito cuidado. Nem tudo é o que parece. Com o fim da Copa e início da campanha eleitoral, a maquiagem que transfigurou a cidade no período da competição se desmancha e os problemas urbanos retornam à cena com maior visibilidade. O que fica, certamente, é a certeza que o cearense continua simpático e hospitaleiro, tendo recebido muitos elogios de brasileiros de vários estados e povos de várias nacionalidades. Aos poucos, os vestígios da festa desaparecerão. No palanque ela será sempre lembrada com imagens lindas. Não faltarão aquelas da Fan Fest, do aterrinho e as que consagraram Fortaleza como o epicentro do nacionalismo com a capela do hino nacional que empolgou os jogadores na Copa das Confederações e acabou se repetindo na Copa, em todos os estádios onde nossa seleção jogou. Também estará no palanque a cobrança pelas obras que não foram realizadas e as incompletas do plano de mobilidade urbana. Questionarão também, a inadequação de políticas de remoção da população das áreas atingidas pelas obras.

Passada a Copa, espera-se que os candidatos contemplem, em suas plataformas políticas, uma ampla e séria discussão sobre a cidade e o urbano no Ceará. É urgente que se pense em Fortaleza e sua região metropolitana, considerando sua forte concentração demográfica, seu potencial econômico e as múltiplas atividades ai desenvolvidas. Desde o Planefor, a região metropolitana de Fortaleza tem sido esquecida. Esta apresenta um nível de complexidade a ser esmiuçado pelos pesquisadores, políticos e planejadores. Fortaleza firma-se fortemente no cenário metropolitano, ampliando seu raio de influência direta e incorporando novas funções. Seu crescimento acelerado interfere sobremaneira no território à sua volta, provocando a expansão da malha viária, de infra-estrutura, de equipamentos e serviços, nem sempre concebidos e executados a partir de um plano de gestão.

Fortaleza é muito importante no cenário urbano brasileiro, entretanto, não possui uma urbanização à altura de seu tamanho demográfico e de seu peso funcional. Quando comparada com outras praças de porte idêntico, sua importância comercial e de polo de prestação de serviços se destaca. Não se pode negligenciar seu território metropolitano que contém quinze cidades e uma multiplicidade de atividades como distrito e corredor industrial, complexo porto/industrial, aterro sanitário, reservatórios e estações de tratamento de água para abastecimento de Fortaleza, potencial paisagístico e importantes polos turísticos ligados ao mar, às serras e ao sertão. Isso e muito mais vem à tona quando se discute sucessão política no Ceará. É fim de uma festa e começo de outra.

* José Borzacchiello

borza@secrel.com.br

Geógrafo e professor da UFC.

Aeroporto Internacional de Fortaleza se despede da Copa com 4.326 voos comerciais

FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

O Aeroporto Internacional de Fortaleza/Pinto Martins (CE) encerrou sua participação na Copa do Mundo com um expressivo aumento na movimentação de passageiros e aeronaves. Do dia 12 de junho, data da abertura da competição, até o último sábado (5 de julho), o Pinto Martins recebeu 4.326 voos comerciais, sendo 2.164 partidas e 2.162 chegadas, o que representa uma média diária de 180 voos, sendo que a média do aeroporto são 150 voos diários. A movimentação de passageiros estimada no período foi de 493,9 mil, entre embarques e desembarques.

Os dias com maior movimento no terminal foram 17 de junho, data em que Brasil e México empataram por zero a zero no Estádio Castelão, quando o aeroporto recebeu 242 voos, e no dia 5 de junho, um dia depois da vitória de 2 a 1 da Seleção Brasileira contra a Colômbia, com 232 voos.

A tranquilidade nas ações de embarque e desembarque de passageiros e delegações marcou a atuação da equipe do terminal cearense, que recebeu 24 operações entre embarques e desembarques de delegações durante a realização do Mundial. Para se ter uma ideia, na última terça-feira (1º de julho), os 71 integrantes da delegação colombiana desembarcaram em apenas 5 minutos e, no dia seguinte, os 64 passageiros da delegação brasileira desembarcaram em 9 minutos. Todas essas operações ocorreram na Base Aérea de Fortaleza, sob a coordenação das equipes de operações e segurança do aeroporto.

Para garantir a fluidez das operações, a Infraero reforçou as equipes de trabalho do terminal cearense por meio de remanejamento do corpo funcional da empresa. Durante a Copa,  número de “amarelinhos”, funcionários vestidos com coletes amarelos, com a frase “Posso Ajudar?/May I Help You, para atendera  passageiros com dúvidas como horários de voos, portões de embarques e outros serviços do Pinto Martins aumentou em 48%. Já o pessoal da área operacional aumentou em 16%, passando para 72 funcionários.

Além disso, entre os dias 19 e 30 de junho, o Balcão de Informações da Infraero registrou 9.615 atendimentos a passageiros em Fortaleza. Desses, 1.950 foram dúvidas de estrangeiros. Os assuntos mais demandados foram informações sobre voos, empresas aéreas e localização no terminal.

(Rafael Massadar, Mercado e Eventos)

Chapa ao Governo e Senado no Ceará une políticos com patrimônio que chega a R$ 500 milhões

Eunício, Roberto Pessoa e Tasso.

Uma análise na lista dos candidatos a governador, vice e senador que já tinham seus registros divulgados até a noite desta segunda-feira no TSE revela uma seleta lista de milionários que disputarão as eleições deste ano. A chapa “Ceará de Todos”, com Eunício Oliveira (PMDB) ao governo, Roberto Pessoa (PR) a vice e Tasso Jereissati (PSDB) ao Senado é a de maior patrimônio somado da campanha deste ano: meio bilhão de reais. Tasso concentra a maior parte desses recursos: R$ 389 milhões. Eunício é dono de R$ 99 milhões e o seu candidato a vice, R$ 14 milhões.

Tasso tem o maior patrimônio entre os candidatos majoritários e registrou um aumento de R$ 325,5 milhões apenas nos últimos quatro anos (512%). Após ser derrotado na disputa ao Senado em 2010, o tucano mergulhou nos negócios e hoje boa parte do patrimônio está em ações das empresas Calila Participações e Jereissati Participações, focadas na construção e administração de shopping centers. Ele ainda tem mais de R$ 60 milhões em investimentos e contas de bancos. Além disso, tem vários imóveis e joias.

De 2010 para cá, os bens declarados do senador Eunício Oliveira aumentaram de R$ 37 milhões para R$ 99 milhões, 169% de crescimento. Roberto Pessoa (PR) declarou R$ 14 milhões este ano, R$ 3 milhões a mais do que na eleição de 2008, quando concorreu a prefeito.

O terceiro candidato mais rico da eleição deste ano, o senador Jayme Campos (DEM), que concorre à reeleição no Mato Grosso, aumentou 380% seu patrimônio em oito anos, passando de R$ 14,14 milhões para R$ 67,88 milhões em fazendas, imóveis rurais, tratores, caminhões, escavadeiras, plainas e motoniveladoras.

O ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB) declarou na última eleição patrimônio de R$ 7,7 milhões. Nos últimos quatro anos, acresceu R$ 12,6 milhões aos seus bens, somando hoje R$ 20,3 milhões. Ele declarou 14 carros, entre eles uma Ferrari Scaglietti avaliada em R$ 556 mil, e um BMW 760, de R$ 714 mil, e duas lanchas. Em 2010, Collor declarou nove carros, entre eles um Maserati, que vendeu.

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), candidato ao governo do Rio Grande do Norte, figura entre os políticos mais ricos da disputa. Seu patrimônio, de R$ 12 milhões, cresceu 120% em relação a 2010, quando declarou R$ 5,6 milhões.

Deputado e candidato ao governo do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) declarou ter R$ 38 milhões. Agropecuarista, seus bens se concentram em fazendas, rebanho de gado e tratores, colheitadeiras, carretas, caminhonetes e plantadeiras. Armando Monteiro (PTB), que concorre a governador de Pernambuco e dono do 10° maior patrimônio da disputa eleitoral, enriqueceu 1.110% em quatro anos. Tinha em 2010, na eleição ao Senado, R$ 1,2 milhão. Agora, são R$ 14,9 milhões.

Fonte: O Globo.

TEMPO DE TV: CAMILO SANTANA TEM 9’ E EUNÍCIO 7’ NA PROPAGANDA ELEITORAL

A principal motivação das articulações políticas no processo eleitoral – o tempo de TV- pode fazer a diferença em uma disputa majoritária. Pensando nisso, as legendas trabalharam até o último minuto as coligações para que dessem uma boa vantagem aos seus candidatos.
Camilo x Eunício
Neste quesito, Camilo Santana sai na frente. O nome da base governista conseguiu reunir 19 partidos ao projeto de sucessão do governador Cid Gomes (Pros), o petista terá aproximadamente nove minutos em rede de rádio e TV. Já seu principal adversário Eunício Oliveira (PMDB) garantiu a composição de oito partidos, ficando com sete minutos de propaganda.
Oposição
Já Eliane Novais (PSB) e Ailton Lopes (PSol) deverão ter cerca de 1 minuto, cada, para apresentar suas propostas ao eleitorado. A propaganda eleitoral gratuita na cadeia de rádio e televisão começa a partir do dia 19 de agosto.
Divisão
Dessa forma, Camilo já tem metade do total. Vale lembrar que um terço desse tempo é dividido igualmente entre todos os candidatos. O restante é dividido de acordo com o peso, na Câmara dos Deputados, dos partidos que compõem cada uma das coligações. O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE/CE) ainda vai disponibilizar, em agosto, o tempo exato de cada coligação.

Coligações

Os acordos de última hora, contudo, incluíram defecções de último momento de aliados e necessidade de liberar acordos para fechar coligações, inclusive, com a expectativa de partidos menores migrarem para outras legendas e, com isso, beneficiar a candidatura adversária. Antes do dia 30, prazo final das convenções partidárias, o arco de aliança em torno do nome indicado pelo governador Cid Gomes atingia 23 partidos, o que levaria uma larga vantagem ao petista. Entretanto, interferências nacionais desfizessem os planos da base governista, restando apenas 19, dentre eles: Pros/PT/PRB/PP/PDT/PTB/PSL/PHS/PSD/PCdoB, SDD, PV.
Já a coligação encabeçada pelo PMDB, que fechou com o senador Eunício Oliveira para concorrer o cargo de chefe do Estado; Roberto Pessoa (PR), a vice, e Tasso Jereissati (PSDB) ao Senado, agregaram oito partidos em seu projeto, sendo: PSDB/PSC/DEM/PSDC/PRP/PR/PTN/PPS, sendo assim, garantiu minutos considerados preciosos para contrapor as ideias dos adversários.
Tempo por partido
Vale ressaltar que o Pros, maior partido do Ceará, possui a menor bancada federal, em comparação com PMDB e PSDB que se uniram para derrubar o projeto político do Partido Republicano que tem, como objetivo maior, reeleger a presidente Dilma. O Pros tem apenas 40 segundos no espaço publicitário. Tendo as alianças, um peso para garantir visibilidade dos candidatos de Cid Gomes. O PMDB, detentor de uma bancada mais vezes maior, tem sozinho, 2 minutos e 22 segundos do tempo proporcional. O PSDB que apoiará Eunício Oliveira, tem 1minuto 28segundos e o PR que concorre o cargo de vice tem 1minuto 6segundos.
O Estado

Estruturas de campanhas de Camilo Santana e Eunício Oliveira estão sendo montadas

Após as convenções partidárias que homologaram os nomes dos candidatos ao Governo do Estado, os comitês centrais de campanha dos postulantes ao cargo estão em fase de implantação. A reportagem do Diário do Nordeste visitou os comitês do senador Eunício Oliveira (PMDB) e do deputado estadual Camilo Santana (PT).

A estrutura do peemedebista está sendo montada em um terreno localizado na avenida Barão de Studart com Rua Júlio Siqueira, no bairro Dionísio Torres. O local irá abrigar a maior parte dos serviços da campanha. De acordo com a assessoria do senador Eunício, toda a estrutura estará finalizada no início desta semana, mas o funcionamento dependerá da liberação do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). A previsão é que as atividades do comitê se iniciem na quarta-feira (9).

Já o espaço das atividades de campanha do candidato petista será localizado na Rua Lígia Monte, continuação da avenida Sebastião de Abreu, no bairro Papicu. O espaço é o mesmo em que funcionou, em 2012, o comitê do prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PROS) e do governador Cid Gomes, na campanha de 2010. No último fim de semana, cinco funcionários trabalhavam na construção do alicerce que, segundo eles, está sendo feito para que o nível seja elevado para a construção do prédio em madeira. Como nas duas últimas campanhas lideradas por Cid Gomes, toda a estrutura do candidato Camilo Santana funcionará naquele local, inclusive os eventos festivos para reunião da militância, antes e depois das concentrações que deverão acontecer na Capital.

(Diário do Nordeste)

R$ 880 milhões pode custar a eleição dos deputados no Ceará

Os candidatos da coligação de apoio a Camilo Santana ao Governo do Estado têm previsão de gastos maiores para o Poder Legislativo – FOTO: ALEX COSTA

A coligação formada entre PMDB, PR, DEM, PRP e PSDB para a disputa de vagas na Assembleia Legislativa tem até o meio-dia de hoje para informar o limite dos gastos de campanha de cada um dos 86 candidatos da aliança. O bloco foi notificado da omissão, ainda no sábado, quando foram feitos os pedidos dos registros de candidaturas.

Apesar dessa coligação ainda não ter definido o teto de gastos, o balanço com os demais partidos revela que os 553 candidatos a deputado estadual e os outros 195 postulantes aos cargos de deputado federal estão autorizados por cada legenda a gastar até R$ 880,7 milhões com as despesas de campanha.

O secretário de controle interno do Tribunal Regional Eleitoral, Hugo Pereira Filho explicou que o valor é estimado por cada partido e é o mesmo para todos os candidatos da agremiação, mas não significa que todos gastarão a mesma quantia. Ele explicou que, para permitir que os nomes mais fortes de cada legenda estejam autorizados a investirem mais na campanha, as siglas acabam elevando o teto para um valor acima da média.

Teto

Somente para as eleições de deputado federal, os limites de gastos definidos pelo PSB e os demais partidos que compõem outras cinco coligações permitem que todos os 195 candidatos paguem até o máximo de R$ 370,6 milhões. O teto mais alto é o do bloco formado entre PROS, PT, PSL, PSD, PCdoB, SD, PRB, PP, PDT, PT, PHS, PTB, cujo candidato a governador é Camilo Santana (PT). As 12 legendas lançarão 43 candidatos e, apesar de cada partido ter estimado um valor, todos definiram o limite de R$ 2,8 milhões para cada um dos postulantes.

A coligação com o segundo limite de despesas mais alto é o bloco formado pelos chamados nanicos. Somados, os candidatos do PTC, PEN, PV, PTdoB, PRTB, PMN e PPL, poderão gastar até R$ 92,5 milhões, mas cada agremiação apresentou valores diferentes. Enquanto cada nome do PTC pode gastar até R$ 3 milhões, o limite de cada filiado ao PEN é de R$ 1.500.

Na chapa encabeçada pelo PMDB, todos os candidatos gastarão até R$ 80,4 milhões. A agremiação do senador Eunício Oliveira e o PR estipularam cada um o teto de R$ 2,8 milhões. O PSDB e PRP definiram cada um dos seus limite de R$ 2,5 milhões. Completando a coligação, o PSC colocou o máximo de R$ 1,5 milhão.

Já para as eleições de deputado estadual, os limites definidos pelos cinco partidos que não farão aliança e as demais legendas que compõem outras seis coligações permitem que todos os 553 candidatos paguem até o máximo de R$ 510,1 milhões.

O bloco encabeçado pelo PROS estipulou o maior valor dentre as demais coligações. Os 92 candidatos do PROS, SD, PSD, PV, PHS, PSL, PTB, PT e PRB poderão gastar até R$120 mi. As legendas definiram que cada candidato está autorizado a gastar até R$ 1,4 milhão com as despesas de campanha.

(Diário do Nordeste)

Copa movimentou R$ 500 milhões em Pernambuco

Do Diário de Pernambuco

O estado recebeu mais de 400 mil visitantes no mês de junho, dos quais 157 mil estrangeiros
O estado de Pernambuco recebeu mais de 400 mil visitantes no mês de junho; pelo menos metade dessas pessoas assistiram a alguns dos jogos da Copa do Mundo na Arena Pernambuco. A movimentação financeira no estado alcançou a marca de R$ 500 milhões. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (02) pela Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur). O estado sediou cinco jogos, quatro na primeira fase, e um nas Oitavas de Final.
Apenas no Aeroporto Internacional do Recife foram 252.450 desembarques domésticos e 14.152 desembarques internacionais. O estado recebeu 157 mil turistas estrangeiros, segundo informações da Prefeitura do Recife (PCR), e a ocupação hoteleira média foi de 92%.
Ainda de acordo com a PCR, quase 90% dos estrangeiros e 33,8% dos brasileiros que vieram à capital pernambucana não conheciam a cidade. Destes, 80,1% demonstraram interesse em voltar.
“A realização da Copa superou as expectativas. Toda a expectativa em relação aos protestos e de que Pernambuco não estaria preparado para receber o evento foram quebradas e tudo aconteceu da melhor forma, inclusive o funcionamento do transporte público”, ressaltou o presidente da Empetur, André Correia.
Dos visitantes, mais da metade dos que compareceram aos jogos da Copa do Mundo na Arena Pernambuco era turista e excursionista (51,71%), sendo 60,69% residentes no Brasil e 39,31%, no exterior. O principal público de estrangeiros foi composto por norte-americanos (28,03%), mexicanos (23,18% e japoneses (8,82%). Dos brasileiros, a maior parte era de Pernambuco (25,17%), Paraíba (24,50%) e São Paulo (15,55%).
“Ficamos satisfeitos com o bom número de mexicanos e japoneses. A presença desses visitantes abre novos mercados para a divulgação de Pernambuco. Continuaremos a divulgação nos países que já trabalhamos e vamos reforçar o trabalho para alcançar esse novo público, incluindo a colônia japonesa que vive em São Paulo”, destacou André Correia.
Outro dado interessante nos turistas que vieram acompanhar a Copa do Mundo em Pernambuco é que 53% vieram acompanhados de familiares, enquanto 33,20% estavam com amigos. Em média, os turistas passaram quatro dias no estado. Para os estrangeiros, o tempo médio de permanência foi de nove noites.
Segundo a Prefeitura do Recife, alemães e americanos foram os que ficaram mais tempo, 11 e oito noites, respectivamente.
Os principais meios de hospedagem foram hotéis (43,8%), albergues e pousadas (21,8%), navio (15%) e casa de recifenses (8%). Mais de 70% disseram que tiveram suas expectativas com relação à cidade superadas ou atendidas.

 

O perfil dos turistas que passou pelo estado entre 12 e 29 de junho era do sexo masculino (74,85%), com idade entre 26 e 35 anos (39,22%) anos, com renda mensal de cinco a 10 salários mínimos (27,92%). Apenas no Centro de Atendimento ao Turista de Olinda (CAT) foram atendidos turistas de 40 países, entre eles Noruega, Nova Zelândia, Honduras, Suíça, Chile, Índia e Panamá.

 

Fortaleza: seis jogos, R$ 700 milhões na economia e 860 mil torcedores no Castelão e na Fan Fest

Brasileños festejan el gol de Brasil contra Chile, en la Fan Fest de Fortaleza. Fotografía: Kamil Krzaczynski/Efe

Fortaleza encerrou a sua participação na Copa do Mundo na última sexta-feira (4), após a vitória do Brasil por 2 x 1 sobre a Colômbia, na Arena Castelão. O jogo valeu a classificação da Seleção para as semifinais após 12 anos. Em campo, foram seis partidas, 17 gols, e público de quase 360 mil pessoas. Fora dele, muita festa dos torcedores de vários países e elogios à cidade e ao povo cearense.

Em entrevista coletiva para anunciar o balanço do Mundial, os gestores da prefeitura e do governo estadual celebraram a “Copa perfeita” organizada por Fortaleza.

“Nem nos meus melhores sonhos a gente teria uma Copa tão excelente como a que realizamos”, afirmou o secretário Especial da Copa do Ceará (Secopa), Ferruccio Feitosa.

“É um sentimento de realização e felicidade chegar aqui não só com esse resultado, mas com essa energia e essa alegria que vimos em toda Fortaleza”, disse a secretária Extraordinária da Copa de Fortaleza (Secopafor), Patrícia Macedo.

Jogos e público

A primeira fase da Copa do Mundo batizou o Castelão como o “estádio das zebras”, já que nenhum favorito conseguiu vencer na capital cearense. Em 14 de junho, o Uruguai perdeu de virada para Costa Rica, por 3 x 1. Já no dia 17, o Brasil não conseguiu sair do zero diante do México.

Quatro dias mais tarde (21), foi a vez dos alemães empatarem com a seleção de Gana por 2 x 2. Por fim, no dia 24 de junho, a Costa do Marfim precisava de um simples empate contra a Grécia para se classificar, mas perdeu por 2 x 1 e foi eliminada.

Nas oitavas e quartas-de-final, os favoritos Holanda e Brasil trataram de espantar as zebras e venceram México e Colômbia, respectivamente. Ao todo, foram quase 360 mil pessoas no estádio e média de 59 mil pessoas por jogo.

Do total presente na Arena Castelão, segundo a Secopa, foram 150 mil turistas estrangeiros e 109 mil visitantes brasileiros de outros estados – média de 43 mil turistas por partida. Somados às pessoas que viajaram a Fortaleza sem ingressos para os jogos, o número de turistas deve superar os 350 mil.

Entre os estrangeiros, os norte-americanos lideraram o público na Arena Castelão, com 27 mil ingressos comprados, seguidos por mexicanos (22 mil) e alemães (15 mil). No mercado interno, os paulistas, com 40 mil entradas adquiridas, ficaram em primeiro no ranking de torcedores. Os visitantes do Rio de Janeiro (14 mil) e do Rio Grande do Norte (7,5 mil) aparecem em segundo e terceiro colocados.

Economia

Segundo o secretário Ferruccio Feitosa, o número de visitantes estrangeiros apenas na Arena Castelão superou a quantidade de turistas de outros países em todo ano de 2013 na capital cearense.

“Os visitantes injetaram pelo menos R$ 700 milhões de forma direta na economia cearense durante os dias de Copa do Mundo. Ao longo de 12 meses, isso vai ser multiplicado e dará muitas oportunidades ao povo cearense”, disse o secretário. Segundo ele, a quantidade de empregos gerados ainda está sendo contabilizada.

Voos

Grande parte dos turistas que viajaram a Fortaleza optaram pelo deslocamento aéreo. No total, durante os dias de Copa do Mundo na cidade, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrou 5.025 voos – média de 209 por dia – no Aeroporto Internacional Pinto Martins. Apenas no dia da partida entre Brasil e Colômbia, na última sexta-feira (4), pelo menos 25 mil pessoas passaram pelo aeroporto da capital cearense.

Mobilidade

Um dos itens mais elogiados pelos turistas durante a Copa do Mundo foi o sistema de mobilidade implementado para os seis jogos na cidade. Ao todo, 350 ônibus grátis saíram de sete bolsões de estacionamento com destino ao estádio.

De acordo com a prefeitura, foram 283 mil pessoas transportadas nas linhas especiais até o Castelão – média de 47 mil por partida. Além disso, foram 40 mil usuários dos micro-ônibus especiais para torcedores com mobilidade reduzida.

“Fiquei impressionado com a quantidade de ônibus e a rapidez até o estádio”, afirmou o holandês Geurt Roos, de 61 anos, que assistiu a vitória da Holanda sobre o México. As irmãs Benildes, 82, e Teresa, 70, saíram de Teresina para acompanhar a partida entre Grécia e Costa do Marfim.

Do aeroporto, elas foram em uma das linhas especiais até o Castelão e, de lá, embarcaram em um micro-ônibus até a porta do estádio. “Está tudo ótimo. Fomos muito bem atendidas desde o aeroporto. Há muitos voluntários para ajudar os turistas e os ônibus são rápidos”, elogiou Benildes.

Fan Fest

Os 21 dias de Fan Fest resumiram bem o slogan “Fortaleza, cidade-sede da alegria” durante a Copa do Mundo. Escolhida pela FIFA para realizar a inauguração mundial do evento, em 8 de junho, a capital cearense viu 505 mil pessoas passarem pela arena montada na Praia de Iracema – média de 24 mil por dia. O espaço ainda realizará mais quatro exibições, nas semifinais, decisão do terceiro lugar e final da Copa do Mundo.

Atendimento médico

Os postos médicos avançados colocados na arena da Fan Fest, na Praia de Iracema, e no Castelão realizaram 804 atendimentos e 37 remoções para unidades de saúde da cidade. Foram 171 pessoas atendidas e 10 removidas no posto do estádio e 733 atendimentos e 27 remoções na Fan Fest.

Segurança

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e de Defesa Social do Ceará (SSPDS), foram realizados 497 boletins de ocorrência (BOs) e 80 termos circunstanciados de ocorrência (TCOs) durante a Copa do Mundo na capital cearense.

Foram 31 prisões em flagrante, sendo 12 estrangeiros (10 mexicanos, um grego e um alemão). Para o Mundial, Fortaleza contou com mais de sete mil agentes de segurança em toda cidade.

Resíduos sólidos

Os 100 catadores de materiais recicláveis que atuaram no entorno da Arena Castelão e da Fan Fest, na Praia de Iracema, recolheram 37 toneladas de resíduos sólidos. “Essa operação é muito importante porque gera emprego e renda para os catadores. Além disso, fizemos uma limpeza da areia para garantir a salubridade”, afirmou a secretária Patrícia Macedo.

Voluntariado

Os inscritos no programa de voluntários do governo federal também tiveram participação importante durante o Mundial. No total, foram 280 pessoas, com 200 atuando nos bolsões de estacionamento e 80 divididas entre Fan Fest e Arena Castelão.

A experiência, considerada como única pelos próprios voluntários, ficará na memória de cada um para a vida toda. “Foi uma experiência indescritível. Já vou procurar saber como faço para me inscrever para as Olimpíadas do Rio de Janeiro”, relatou a voluntária Vera Lúcia Silva, estudante de Turismo, que atuava na região do estádio para orientar os torcedores.

Legado para a cidade

Segundo os gestores da cidade e do estado, Fortaleza terá “outra cara” depois da Copa do Mundo. Além de ficar conhecida mundialmente após sediar jogos importantes da competição, a cidade realizou importantes obras de mobilidade urbana para melhorar a fluidez do trânsito.

Com investimento de R$ 38,4 milhões, a rotatória e o túnel em frente ao estádio Castelão possibilitam a interligação das avenidas Paulino Rocha, Alberto Craveiro, Silas Munguba (antiga Dedé Brasil) e Juscelino Kubitschek. Já as avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro, que foram ampliadas, tiveram investimento de R$ 19,5 milhões e R$ 28,6 milhões.

Além das obras de infraestrutura para o trânsito da cidade, Fortaleza inaugurou no dia 16 de junho o terminal de passageiros do Porto do Mucuripe. Na ocasião, 3,6 mil mexicanos chegaram em um navio para acompanhar a partida diante da Seleção Brasileira.

O novo complexo, que tem capacidade para receber cerca de 4.500 passageiros por turno, para embarque ou desembarque, mede 350 metros de extensão e 13 metros de profundidade.

O investimento de R$ 205 milhões inclui obra civil, utilidades, mobiliário operacional, licenciamento e compensação ambiental, indenizações, fiscalização e aquisição de equipamentos (scanner, circuito fechado de televisão, raio X, elevador, escada rolante, defensas, entre outros).

“São tantos legados que fica até difícil enumerar. O maior é o social, gerando emprego, renda e maior qualidade de vida para a população. Temos a visibilidade que Fortaleza ganhou para o Brasil e para o mundo, com a potencialização do turismo, que é algo que a gente precisa cada vez mais incrementar”, afirmou o secretário Ferruccio Feitosa.

“As obras são para o povo cearense. É para a mobilidade, para que o morador passe menos tempo no transporte e mais tempo com a família”, completou.

Fonte:
Portal da Copa

Aeroporto Internacional de Fortaleza bate recorde de operações durante a Copa

No último sábado, um dia após o jogo entre Brasil e Colômbia no Castelão, que marcou a despedida de Fortaleza da Copa, o aeroporto Pinto Martins registrou 225 operações de pousos e decolagens comerciais. Este é o maior movimento da história do equipamento em um único dia segundo a Infraero. De acordo com a empresa, apesar da quantidade de voos, as ocorrências ficaram dentro da normalidade.

 

O recorde anterior havia sido registrado no dia 17 de junho, data da partida entre Brasil e México na Capital, com 215 operações comerciais. A média diária, de acordo com a empresa, é de 150 pousos e decolagens por dia. Na tarde de ontem, no entanto, havia pouco movimento.

 

“Houve muito movimento na sexta-feira, no sábado, e hoje de manhã, agora ficou mais tranquilo”, disse Priscila Maciel dos Santos, vendedora da loja oficial da Fifa no Aeroporto. Apesar do recorde de voos no sábado, ela disse que a maior fluxo na loja foi no dia do jogo entre Brasil e México.

 

Segundo Priscila, as vendas na loja estão aquecidas desde o início da Copa. “A maioria vem comprar o Fuleco, chaveiros, brindes e, principalmente, a camisa da seleção brasileira, que acabou há dez dias. Ainda temos as camisas da Espanha e da Argentina, que estão em promoção”.

 

Para a vendedora Zilmara Lobo, da loja Happy Sell, os mexicanos foram os melhores clientes no período da Copa. “Eles são muito educados, não pedem descontos e pagam à vista em dinheiro vivo. Tem turistas de outros países que vêm aqui, que não sabem falar português, mas sabem dizer a palavra desconto quando dizemos o preço”.

 

O advogado Flávio Antunes, 38, de São Paulo (SP), havia comprado um pacote para passar uma semana com a esposa e as duas filhas no Porto das Dunas. Mas, como a semana coincidiu com o último jogo do Brasil em Fortaleza, ele decidiu comprar ingressos para a família e disse que valeu a pena.

 

“O clima na cidade estava muito bom. Tinha muitos colombianos, mas houve muito respeito entre as torcidas”. Pela primeira vez em Fortaleza, ele diz que tinha uma imagem de “muita” insegurança da Cidade. “Não me senti inseguro em nenhum momento. O povo de Fortaleza é muito alegre”.

 

Também pela primeira vez no Ceará, a professora Eva Barros, 60, de São Paulo (SP), veio à Capital para assistir ao jogo entre Brasil e Colômbia, com o filho, netos e a nora. “Foi a primeira vez que eu entrei em um estádio de futebol. Achei impressionante a torcida. Foi muito bonito”.

 

Saiba mais

 

Ao fim dos seis jogos, o Estádio Castelão registrou um público de 356.896 pessoas, com uma média de 59.483 pessoas por partida.

 

Segundo o balanço da Secretaria Especial da Copa, a taxa de ocupação no Castelão ficou em 98,57%.

 

O público predominante no estádio foi de turistas estrangeiros (149.284 pessoas), seguido de turistas nacionais (109.065) e cearenses (98.546).

 

Estados Unidos (10,4%), México (8,4%) e Alemanha (5,8%) foram os principais emissores para a Capital.

 

Com relação aos turistas nacionais, os principais emissores foram São Paulo (15,3%), Rio de Janeiro (5,3%) e Rio Grande do Norte (2,8%).

 

Serviço

 

Consulte seu voo no site da Infraero

Onde: http://bit.ly/19OtZ08 

(Bruno Cabral, O Povo)

Eleições 2014 – No Ceará, prevaleceu o “bacanal político”

Com o título “O poço tem fundo”, eis artigo do jornalista Fábio Campos, que pode ser lido no O POVO desta quinta-feira. Ele analisa o cenário pós-definição das chapas que disputarão o poder no Estado e suas contradições. Define tudo como “bacanal politico”. Confira:

As três principais candidaturas ao Governo do Ceará vão se apresentar ao distinto público com alguns vícios de origem. Um deles já foi largamente exposto pelo jornalismo político do O POVO. No caso, a incoerência nas relações. O inimigo de ontem vira o aliado de hoje. Já o aliado de ontem vira o inimigo de hoje.

É a comunhão de ódios baseando as “amizades”. É a junção de interesses como base das novas alianças e desavenças. É o que sabemos: na busca de alcançar o poder ou na busca de mantê-lo, aliados se separam e rivais se juntam. Que se lixem a coerência e os princípios. É o império do fisiologismo. Definitivamente, por mais esforço que façamos, não é possível ver algo de nobre no cenário que se estabeleceu.

É evidente que esse comportamento deletério na política é estimulado por um quadro com regras eleitorais estapafúrdias e um sistema partidário licencioso. Na busca de uma aliança para se viabilizar, o senador Eunício Oliveira (PMDB) junta-se a Tasso Jereissati (PSDB). Qual a identidade política entre os dois? Nenhuma, a não ser o pragmático interesse mútuo do momento. Somente do momento.

Por sua vez, o grupo político do governador Cid Gomes (Pros) promoveu algo inusitado. Mesmo tendo vários pré-candidatos em seu grupo, foi prospectar a solução em outro partido, que nem queria apresentar um candidato ao Governo e que já havia feito a sua própria convenção. Que situação.

Atentem que o trio de irmãos que representam o grupo familiar na política conseguiu emplacar os seus preferidos nos postos majoritários disponíveis no âmbito da aliança que comandam. Camilo Santana, mesmo do PT, é a escolha de Cid Gomes, Mauro Filho é a escolha de Ciro e Izolda Cela a escolha de Ivo.

E o PSB? Pois é. O partido foi protagonista no maior desacato à dignidade, entre tantos, visto nessa fase da campanha. Ele tinha uma candidata ao Governo. A empresária Nicolle Barbosa passou os últimos meses se preparando para a disputa. Era uma novidade que pregava os bons costumes na política.

Nicolle chegou à convenção do PSB certa de que teria a candidatura oficializada. Mas, sem saber, já havia caído em desgraça com Sérgio Novaes, o mandatário do partido. O motivo: ela havia declarado sua independência entre as duas grandes alianças que estavam se configurando.

De surpresa, foi comunicada que não seria candidata ao Governo. Não lhe deram nem 120 segundos para pensar. Não a deixaram nem sequer defender-se contra a imposição. A digna atitude foi entregar as posições que detinha na sigla. A substituta, Eliane Novaes, irmã de Sérgio, deverá ser a porta-voz dos ataques aos seus antigos algozes. No caso, os Ferreira Gomes.

Pelo visto, a nossa política se dedica a confundir o cidadão. Não é à toa que, a cada eleição, o público se sente tão estimulado a promover os votos brancos e nulos. Junto com eles, a abstenção, mesmo com a obrigatoriedade do voto, se tornou forma usual de protesto de parte cada vez mais significativa dos eleitores.

Diante de tudo, fica a esperança de que o bacanal político verificado nas articulações pré-eleitorais de 2014, de tão vergonhoso, provoque mudanças no sistema. Os pés de nossa política já encostaram ao solo do poço profundo.

Luizianne Lins é pré-candidata a deputada federal e fará caminhada neste domingo

A ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT), que está na condição não oficializada de pré-candidata a deputada federal, irá realizar no próximo domingo (06/07) uma caminhada pela orla da Cidade. A ação ficou definida como “Caminhada Vermelha”.

O grupo político ligado a Lins, Democracia Socialista, ainda não definiu como atuará na campanha de Camilo Santana (PT), candidato ao Governo do Estado e apoiado pelo atual governador Cid Gomes (Pros).

A caminhada está prevista para as 9 horas na Vila do Mar, com concentração no Marco Zero (antigo Polo de Lazer da Barra do Ceará). Em seguida, o grupo segue pela orla. No mesmo dia, Camilo Santana inicia sua campanha pelo governo com caminhadas pelo Mercado Central, em Fortaleza, por volta do meio-dia.

Com informações: O Povo

Festa do Chitão de Cedro terá apresentações de Elba Ramalho e Chico Pessoa

Tudo pronto para mais uma edição da tradicional Festa do Chitão de Cedro, que será realizado no próximo dia 05 de julho no Centro Social Urbano (CSU). O evento tem entrada gratuita e promete agitar a população com grandes atrações nacionais e locais.

De acordo com a assessoria de imprensa da administração, a Festa do Chitão de Cedro está sendo cuidadosamente planejada e deve entrar para a história do município. A ideia é reviver os tempos áureos dessa tradicional festa, idealizada, em 1974, pelo saudoso prefeito Dr. Rubens Bezerra de Albuquerque. 
Para isso, todos os esforços estão sendo realizados, inclusive a contratação de um ícone da música regional nordestina, Elba Ramalho, antigo sonho da atual administração. Além de Elba, os cedrenses vão curtir o brilhantismo de Chico Pessoa e a agitação das bandas Painel de Controle e Forró Varada. 
A Festa do Chitão é uma realização da Prefeitura Municipal, com verbas 100% oriundas dos cofres do município. Para o prefeito Nilson Diniz, a realização de uma festa tão grandiosa só é possível, porque os recursos da cidade têm sido administrados com muita seriedade.
“Nosso objetivo é resgatar no cedrense o orgulho por uma tradição tão importante, que tem alegrado as famílias por tantos anos”. O evento, destaca o prefeito, acontecerá em um sábado para que cedrenses que moram em outras localidades do Estado possam vir ao município e participar desse momento especial.
Concurso 
Quem desejar poderá participar do concurso de melhor traje. Para isso, basta comparecer ao evento vestido a caráter: homens com blusa florida e calça branca e mulheres com vestido florido. A escolha será feita por juízes e os três melhores casais serão premiados. 

(Portal CearáNews7)

Lei que regulamenta o horário de funcionamento do comércio de Fortaleza é reconhecida pelo STF

O Supremo Tribunal Federal reconheceu a constitucionalidade da lei 9.452/2009, que regulamenta o horário de funcionamento do comércio de Fortaleza.

O ministro relator da matéria, Ricardo Lewandowski, mostrou-se favorável a Lei municipal, sancionada pela ex-prefeitura Luizianne Lins (PT) em 2009, por entender que “O município é competente para fixar o horário de funcionamento de estabelecimento comercial. Súmula 645, STF. A fixação de horário de funcionamento para o comércio dentro da área municipal pode ser feita por lei local.”

LEI 9.452 – O HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO DEVE SER O SEGUINTE:

I – Estabelecimentos comerciais, de segunda a sexta-feira, das 08 (oito) às 19 (dezenove) horas; e, aos sábados, das 08 (oito) às 16 (dezesseis) horas;

II – Shoppings Centers, de segunda a sábado, das 10 (dez) às 22 (vinte e duas) horas; e, aos domingos, das 14 (quatorze) às 22 (vinte e duas) horas.

(Blog do Roberto Moreira)

Aço Cearense oferece vagas de emprego

A Aço Cearense Industrial, empresa do Grupo Aço Cearense localizada em Caucaia (CE), abre vagas de emprego para auxiliares de expedição, auxiliares de operação de máquina e auxiliares de estoque. 

Os candidatos devem possuir ensino fundamental e, se possível, experiência anterior na função pretendida. Além de salário compatível com o mercado, a empresa oferece ainda para os ocupantes das vagas: participação nos resultados – PR, plano de saúde Unimed Fortaleza, plano odontológico, transporte da empresa, refeição na empresa, cartão alimentação e seguro de vida em grupo. 

Os interessados devem enviar currículos com o título da vaga para seleção@acocearense.com.br ou entregar na matriz da empresa, que fica na Antiga Rod. BR 222, s/n.°, km 19, Caucaia. 

Redação O POVO Online 

O que os estrangeiros levariam de Fortaleza

Foto: Fabiane de Paula

A pergunta pareceu tentadora: o que você, estrangeiro, escolheria levar de Fortaleza para sua cidade depois da Copa do Mundo? Na mala dos tantos americanos, mexicanos, escoceses, chilenos consultados por O POVO, seria inevitável o excesso de bagagem. Como organizar a gente e a praia cearense em um único compartimento? O clima conserva no voo? Os frutos do mar vão junto com as meias? Se apertar, tem espaço pra coxinha aí?

A resposta unânime, dita entre um passeio na avenida Beira Mar, misturava a beleza da praia com a temperatura da água. Na lista do casal de escoceses Stephanie e Joe Herd, ambos 54 anos, teve espaço também para as pessoas – “todos estão sendo muito amigáveis”. Eles já trazem consigo memórias de Curitiba e ainda passam por Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro antes de retornar para casa. Já pensou naquela parte do Reino Unido a 30 graus o ano todo? O casal, pelo visto, sim – o clima de Fortaleza é do que sentirão mais falta.

O roteiro do trio americano Lino Facomir, 24, Ryan Vella, 24, e Matthew Vella, 28, seguiu o rumo Califórnia, Fortaleza, São Paulo e Rio. Aqui, deixaram os principais elogios para as pessoas. “Nos Estados Unidos, são mais privados. A abertura das pessoas daqui nos surpreendeu, foram ótimos e humildes”, ressaltou Lino. Ryan deu destaque também à comida na praia. “A comida fresca do mar é fantástica, com preços acessíveis e semelhantes às demais opções”.

Recém-chegados de Natal e Recife, mesmo com a experiência de apenas um dia na Capital cearense, os irmãos chilenos Sebastian e Cristian Díaz, 28, já haviam atestado: quanta diferença a água do mar. “Não só em Santiago, é gelada em todas as praias do Chile, gelada que dói o osso”, afirma Cristian. A namorada dele, Rosa Farías, 28, endossou o coro dos encantados pelo clima – aquele com sol – e emendou as pessoas, o peixe e o camarão.

Depois de adiantar a programação da Copa em um ano, o mexicano Victor Yepez, 31, se viu sem ingressos para ir ao Castelão no domingo. Mesmo assim, leva boas lembranças de Fortaleza. “Em Monterey, a temperatura pode ir de 40 graus no calor extremo a cinco graus, no mesmo dia. A praia daqui com este clima seria a melhor combinação que se poderia fazer”. Elogios também à Fan Fest. “Fui na de São Paulo e na de Recife e aqui foi a melhor. É na areia e a cerveja era mais barata”, argumentou.

De Victor, sobrou até um presente para O POVO: uma pequena garrafa de tequila de recordação. “Você morou aqui a vida inteira?”, questionou o americano Lino enquanto as respostas dos estrangeiros eram anotadas. “Que inveja”, completou. Na mala de todos, cabia uma Fortaleza. Ao menos a parte bonita, aquela conhecida e desbravada por eles, se bem dobrada e guardada, já tinha espaço na bagagem e na memória.

(Viviane Sobra, O Povo)

Ceará deve receber n.º recorde de estrangeiros para jogo México e Holanda

O jogo Holanda e México no Castelão, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, deve atrair um número recorde de turistas estrangeiros ao Ceará, 26 mil pessoas, segundo a Secretaria da Copa do Estado. O número o recorde anterior, de 23 mil estrangeiros durante Brasil e México no Castelão, em 17 de junho.

Além dos 26 estrangeiros, 18 mil turistas de outros estados brasileiros e 16.500 de outras cidades do Ceará devem chegar a Fortalezadomingo (29). Dos mais de 60 mil ingressos que foram colocados à, 26 mil foram comprados por estrangeiros, segundo a Secretaria de Turismo, especialmente mexicanos e holandeses; foram 7,2 mil ingresso vendidos a  mexicanos e 3,6 mil aos holandeses.

Americanos, chilenos e australianos adquiriram a soma de 82 mil ingressos e também devem comparecer em peso à capital cearense.

Entre sábado e domingo (dias 28 e 29), devem chegar ao Aeroporto Internacional Pinto Martins 158 voos, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Destes voos, cinco são internacionais: quatro regulares e diretos (Buenos Aires, Miami, e dois de Lisboa) – e um charter, vindo de Amsterdã com 256  passageiros.

Para o último jogo em Fortaleza, das quartas de final (cujos adversários ainda são desconhecidos), no dia quatro de julho, são esperados, até o momento, 47,4 mil turistas, sendo 19,8 mil estrangeiros e 27,6 mil brasileiros.

Meio bilhão na primeira fase
Os turistas que viajaram a Fortaleza na primeira fase da Copa do Mundo injetaram na economia do estado cerca de meio bilhão, segundo o secretário especial da Copa do Ceará (Secopa), Ferruccio Feitosa. De acordo com o secretário, os principais gastos dos visitantes brasileiros e estrangeiros foram com hospedagem, comércio, serviços e passeios turísticos.

Entre os 167 mil visitantes que compraram ingressos para as quatro partidas da primeira fase na Arena Castelão, 94,5 mil eram estrangeiros e 72,5 mil de outros estados brasileiros. O Ceará recebeu 237,7 mil torcedores, uma média de 59,4 mil por jogo e ocupação de 93%. Se forem contabilizados os visitantes que viajaram à capital cearense sem ingressos para os jogos no Castelão, a estimativa é de que mais de 200 mil pessoas passaram pela cidade na primeira fase.

(G1 Ceará)

Efeito Copa: enquanto a Beira-Mar vive tempos de paz, a violência se alastra no outro lado de Fortaleza

Quem costuma caminhar pela avenida Beira-Mar, em Fortaleza, nota a diferença de cenário. Policiais estão por toda parte, principalmente em frente aos hotéis onde as seleções de futebol estão hospedadas. A sensação de segurança tem aumentado na região, mas os moradores de Fortaleza reclamam da falta de policiamento em outras áreas da cidade. É o caso do vigilante Antoniel Rodrigues, que considera a Beira Mar como uma região privilegiada. “Polícia aqui tem demais. No meu bairro (José Walter) por exemplo, faltam policiais. Quem mora por aqui é privilegiado porque a segurança foi reforçada, já quem mora em outras regiões, como eu, sofre diariamente com medo de andar nas ruas”, reclama.

A segurança no local foi reforçada devido à realização da Fifa Fan Fest no aterrinho da Praia de Iracema. O evento é gratuito e tem capacidade interna para 50 mil pessoas, além de telões instalados na parte externa, para atender a um público maior. A segurança é feita por meio de um efetivo que varia entre 300 e 400 policiais militares, 20 policiais civis, 85 guardas municipais e mais de três mil agentes de segurança privada e patrimonial, além de 12 câmeras de monitoramento em tempo real.

O comerciante Nilton Nascimento, que trabalha há 7 anos vendendo coco na orla de Fortaleza considera o aumento das vendas devido ao grande fluxo de turistas e fortalezenses no local. “Graças a Deus o movimento aumentou e as vendas também. Acho que a presença dos policiais deixa as pessoas mais seguras, eu mesmo me sinto. Já vi muitos assaltos nesses sete anos trabalhando aqui, mas desde que começou a Copa não vi nenhum”, comemora.

Reforço na segurança

Policiais estão espalhado na capital cearense. Você consegue vê-los? (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Um policial que trabalha na área e não quis se identificar aponta melhorias no reforço de policiais. Segundo ele, os casos registrados são de pequenos furtos. “Temos policiais fixos em frente aos hotéis e na Fan Fest, a cada duas ruas que cortam a Beira Mar há uma dupla de policiais, além das viaturas que fazem a ronda”, garante.

Policiais militares e o Exército se dividem nas ruas da capital cearense, gerando uma sensação de segurança e afugentando o medo já incrustado na mentalidade local. O cabeleireiro Tarcísio Neto e a estudante Gabrielle Souza são amigos e convergem na mesma opinião. “A gente vê bastante policiamento, mas saiu daqui [avenida Beira Mar] não tem. E ainda vi um furto lá dentro”, revela Gabrielle, apontando para o local onde acontece a Fan Fest.

O casal Luisa Marilac, desempregada, e Carlos Rocha, motorista, passeiam pela orla de Fortaleza com tranquilidade. É hora de aproveitar a quantidade de policiais disponíveis em cada esquina. “É mais maquiagem isso. Quando acabar a Copa, a violência vai ser a mesma. Agora, os estrangeiros não sentem medo, acham que a gente exagerava”.

Medo e diferença

Casal Luisa e Carlos caminha tranquilamente na orla de Fortaleza (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Se para algumas pessoas, a sensação de paz reina na capital, para a universitária Joyce Ferreira não é bem assim. “O medo aumentou muito, porque a questão é que o policiamento é mais para o time que para a população”.

Já o gestor de frota Welingeson Sales, que viaja constantemente de Canindé para Fortaleza, sentiu a diferença visivelmente na última viagem. “Viemos pela BR e dá para ver a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Exército”, aponta. Porém, o gestor pondera que o aumento no efetivo da segurança pública é apenas em “lugares específicos”, não em toda a cidade.

Uma dupla de amigos moradores do lado sul da cidade reconhecem que além da orla, apenas o Castelão está com reforço policial. “Eu moro próximo do estádio e lá está lotado [de soldados], mas sei que é só durante a Copa”, expressa a estudante Ana Thaís de Vasconcelos. “Lá onde eu moro nem passa policial”, completa ,o também estudante Rafael Facundo.

‘Eu moro próximo do estádio e lá está lotado de soldados, mas sei que é só durante a Copa’

Registro

O Tribuna do Ceará realizou o trajeto saindo do Aeroporto Internacional Pinto Martins, passando pela Arena Castelão e terminando na Fifa Fan Festa, da Avenida Beira Mar. O efetivo está bem distribuído pelas ruas, em praças e nos viadutos da BR-116.

Por enquanto, a sensação de tranquilidade toma conta da 7ª cidade mais violenta do mundo. Resta esperar o término da Copa para saber se o clima entre os fortalezenses continua de paz. Mas do outro lado da cidade, a realidade ainda é a mesma.

Números

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), durante os quatro jogos sediados em Fortaleza, foram realizadas 20 autuações em flagrantes, seis Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs) e 168 Boletins de Ocorrência (BOs). A maioria dos registros se refere à perda de documentos, objetos pessoais e furtos.

(Tribuna do Ceará)

Camilo Santana (governador), Zezinho (vice) e Mauro Filho (senador): está formada a chapa de Cid Gomes

Zezinho Albuquerque e Camilo Santana.

Chegou ao fim o imbróglio político sobre quem concorrerá ao Governo do Ceará apoio com o apoio da base de Cid Gomes. Em reunião realizada na manhã deste sábado (25), no Palácio da Abolição, o diretório cearense do Partido dos Trabalhadores aceitou os argumentos do governador e concordou com a indicação do deputado Camilo Santana (PT) para a disputa ao comando do Executivo estadual.

Pelo acordo, a chapa majoritária será composta pelo presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PROS), como candidato a vice-governador e pelo deputado estadual Mauro Filho (PROS) concorrendo ao Senado Federal. José Guimarães, que seguiu até então como pré-candidato do PT ao Senado, consentiu em abrir mão da vaga a pedido da presidente Dilma Rousseff.

O vice-governador Domingos Filho (PROS), que também pleiteou sua candidatura ao Governo, será indicado ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará.

Todas as negociações ocorreram um dia antes da oficialização das candidaturas do PT e do PROS, que ocorrerão neste domingo (29), durante a Convenção Estadual das duas legendas, providencialmente marcadas para o mesmo horário e o mesmo local, às 9h, no Ginásio da Faculdade Ari de Sá, no Centro de Fortaleza.

(Anderson Pires, Ceará 7)

Camilo Santana, do PT, é o candidato da aliança costurada por Cid Gomes

O governador do Ceará, Cid Gomes (PROS), escolheu o petista Camilo Santana como candidato à sua sucessão. A escolha foi feita no início da tarde deste sábado, 28, após reunião com os principais líderes do diretório do PT cearense. O acordo foi referendado pela presidente Dilma Rousseff, que interveio para que o deputado federal José Guimarães (PT-CE) recuasse de sua pré-candidatura ao Senado. O anúncio oficial da chapa governista deverá ser feito logo mais, após o jogo Brasil e Chile.

Em 2010, Camilo Santana foi o deputado estadual mais votado do Ceará, recebendo 131.171 votos no Estado. Pertence à ala conhecida no Ceará como PT do Cid, pela afinidade com o governador. Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal do Ceará, Santana é servidor público federal concursado do Ibama, ocupando a função de analista ambiental e professor do Curso de Saneamento Ambiental do Instituto Centec em Juazeiro do Norte. Em 2006 ajudou a coordenar, no Cariri, a campanha vitoriosa do Governador Cid Gomes.

(Agência Estado)

Chapa de oposição: Eunício se reúne com Tasso e Pessoa

O pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, Eunício Oliveira, se reúne às 14h desta sexta-feira (26/06), com o ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, e o ex-senador Tasso Jereissati para discutir novos pontos da aliança com o PSDB, PR, DEM e PPS. A chapa de oposição, como antecipou nessa quinta-feira (26) o Ceará Agora, está pronta com Eunício (Governador), Roberto (Vice) e Tasso (Senador), mas precisa ser oficializada em convenção.

Eunício, Roberto e Pessoa discutem um discurso uniforme de oposição e a entrada dos partidos que estão na coligação nacional do PSDB na aliança liderada pelo PMDB no Ceará. O grupo de oposição formará o palanque do presidenciável Aécio Neves e poderá incluir, ainda, o Solidariedade, PTdoB, PHS, PSC e PPL. Tasso dirá para Eunício e Roberto que, no campo político e pré-eleitoral, somente o convite para vice do candidato Aécio Neves o tira da corrida ao Senado.

A pré-candidatura de Eunício ao Governo ganhou força nos últimos 10 dias após o comunicado ao Ministro da Articulação Política, Aloizio Mercadante, de que o PMDB do Ceará abriria o palanque para o tucano Aécio Neves. Os petistas ainda nutrem esperanças de Eunício apoiar a presidente Dilma na disputa pela reeleição. Entre os aliados do PMDB, essa possibilidade se esvaziou com a aproximação de Eunício do palanque de Aécio Neves.

O sinal dado pelo senador Eunício Oliveira em direção ao PSDB animou o ex-governador Tasso Jereissati e o ex-prefeito Roberto Pessoa. Ambos começaram a conversar no final do ano passado e, nos primeiros meses de 2014, mantiveram um diálogo que se transformou em compromisso de aliança.

Nas primeiras reuniões foi aberta a janela para apoio ao nome de Eunício desde que o PMDB cearense entrasse na base partidária do tucano Aécio. O tempo passou, Eunício rompeu com os irmãos Ferreira Gomes e decidiu se aproximar de Tasso e Roberto para compor a aliança de oposição. Essa coligação ganha ajustes nesta sexta-feira na reunião entre Eunício, Tasso e Roberto.

(Marcella de Freitas, Ceará Agora)

Fotos de candidatos (Leônidas ou Izolda) de Cid já foram para a gráfica em São Paulo

A pouco menos de 48 horas para o início das convenções que definirão os candidatos que disputarão as próximas eleições no Ceará, não tem mais volta a candidatura do deputado federal José Guimarães na disputa ao Senado. O material de campanha do petista já foi enviado para a gráfica em São Paulo.

O ex-secretário de Portos, Leônidas Cristino, também já teria enviado foto para impressão de material na capital paulista, o que aumenta a possibilidade de ser ungido como escolhido pelo governador Cid Gomes para disputar o Palácio do Abolição.A novidade da manhã desta sexta-feira, 27, é que o secretário de Saúde Ciro Gomes teria feito uma inconfidência e revelado que também há fotos da ex-secretária Izolda Cela em São Paulo.

Devido o apoio do governador Cid Gomes à candidatura de Guimarães ao Senado, o atual senador Inácio Arruda entraria na disputa como vice, o que desagrada. mas não há saída. Em uma conversa na noite de quarta, Ciro tentou demover o ex-presidente Lula a retirar a candidatura de Guimarães. Lula reagiu. Disse que se o nome de Guimarães atrapalhava o PROS cearense, o PT iria lançar a candidatura de Luizianne Lins ao Governo. Na mesma hora, Ciro recuou e engoliu sem mais reclamar a candidatura de Guimarães.

Caso o nome de Leônidas seja definido, o vice-governador, Domingos Filho (PROS), que também aparece na lista de candidatos ao Governo do Estado, pode ser indicado para ocupar uma vaga no Tribunal de Contas do Municípios (TCM). Quanto a Zezinho Albuquerque, ele permaneceria como presidente da Assembleia Legislativa do Estado. E o quinto candidato, Mauro Filho, é cotado para ser nomeado ministro na vaga que os irmãos Cid e Ciro terão no segundo mandato da presidente Dilma.

O anúncio oficial pode ser feito neste sábado (28), após a partida entre Brasil e Chile, marcada para às 13 horas. Dependendo do resultado do jogo o anúncio só será mesmo no domingo (29).

Via http://www.cearanews7.com.br

Comércio de Fortaleza comemora volta dos mexicanos: ‘Bons de gorjeta’

A classificação do México para as oitavas de final da Copa do Mundo não foi festejada apenas pelos jogadores e os torcedores do país. Os comerciantes de Fortaleza (CE) também comemoram o retorno da Tri (de Tricolor) à cidade, onde o técnico Miguel Herrera já comandou a equipe na primeira fase, no empate em 0 a 0 com o Brasil , no último dia 17, e enfrentará a Holanda no domingo, no Castelão.

- Esse jogo vai ser muito bom, porque os mexicanos já deram um movimento muito no comércio de Fortaleza no primeiro jogo, sem causar problema algum. Naqueles dias que eles estiveram aqui meu faturamento aumentou 80%. O melhor ainda é que eles são bons de gorjeta, dão até dez reais, ao contrário dos italianos, que pechincham tudo – conta o taxista Lázaro Barros, de 47 anos e há 15 rodando na praça.

A capital cearense já recebeu quatro partidas do Mundial. Foram elas: Uruguai 1×3 Costa Rica ,Brasil 0×0 México Alemanha 2×2 Gana Grécia 2×1 Costa do Marfim . Segundo o Ministério do Esporte, 94,5 mil estrangeiros estiveram no município para estes duelos, sendo 19.282 ingressos comprados pelos Estados Unidos , 14.525 pela Alemanha e 14.078 pelo México . Vale lembrar que a contabilização é feita pelo país de onde o torcedor adquiriu o bilhete, não necesariamente a nacionalidade do cliente. Dessa maneira, mexicanos residentes no território americano, o que é muito comum, são computados nos números dos Estados Unidos .

Para as duas próximas fases, a Secretaria de Turismo do Estado do Ceará estima que mais sete mil “mexicanos” e cinco mil “americanos” desembarcarão na capital, para a alegria do mercado local.

- Os mexicanos gastam mais que todos que passaram por aqui. Comeram muito peixe, camarão e enlouqueceram com a caipirinha. Tive até que adiar o fechamento para 2h30 ao invés das 23h30 de sempre. Espero que eles venham aqui de novo e que não estejam lisos depois de tudo o que já consumiram (risos) – brinca Flamarion Albuquerque, gerente de um restaurante ao lado ao hotel onde a delegação do México se hospdeu e aonde voltará agora, muito provavelmente com animação dos fanáticos pela vizinhança.

Taxista Lázaro Barros elogia as gorjetas dos mexicanos (Foto: Caio Carrieri)

Os famosos ambulantes do calçadão da Avenida Beira-Mar, onde fica a hospedaria e pela qual circulam diversos turistas, também aproveitam para faturar.

- Aumentei as minhas vendas em 40% e cheguei a vender 100 tapiocas em um dia só – comemora Antônio Nobre, de 43 anos, comerciante que cobra R$ 6 a unidade do produto.

Via http://www.espbr.com

Túnel inaugurado há 18 dias em frente ao Castelão segue em obras

Inaugurado em 7 de junho, uma semana antes do primeiro jogo da Copa do Mundo que Fortaleza receberia (Uruguai x Costa Rica), o Túnel Demócrito Dummar, em frente ao Castelão e uma das principais obras do entorno do estádio, ainda segue em obras passados 18 dias da solenidade de entrega.

Na manhã desta quarta-feira, um dia após Fortaleza abrigar a vitória da Grécia por 2 a 1 sobre a Costa do Marfim, pelo Grupo C do Mundial, uma das pistas estava parcialmente interditada para que operários completassem o revestimento da parede interna. A placa que fica na entrada do túnel também tem letras faltando.

O Túnel Demócrito Dummar tem 440 metros de extensão e passa por baixo de uma rotatória construída em frente ao Castelão. Custou R$ 38,4 milhões, liga as avenidas Paulino Rocha e Silas Munguba e é uma das principais obras de mobilidade urbana de Fortaleza consideradas como legado da Copa.

As reformas no entorno do Castelão incluem também as revitalizações das avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro, duas das principais vias de acesso ao estádio e Aeroporto Internacional de Fortaleza, e custaram R$ 86,5 milhões. O prazo inicial, porém, era de conclusão em junho de 2013, antes da Copa das Confederações.

Após receber quatro partidas pela fase de grupos da Copa do Mundo, o Castelão será o palco de Holanda x México, neste domingo, às 13h, pelas oitavas de final.

(IG Economia)

Fortaleza: Festa holandesa começa às 7h de domingo, na Praia de Iracema

A festa holandesa promovida por torcidas organizadas da seleção em Fortaleza vai começar às 7h do domingo (29), no calçadão da Praia de Iracema, no espigão da Avenida Rui Barbosa. A festa é promovida pelas torcidas Ons Oranje e KNVB Clube Laranja e é articulada entre os integrantes das torcidas, o consulado da Holanda e a Federação Holandesa de Futebol, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopafor).

A festa já foi realizada em outras cidades brasileiras onde a Holanda jogou na Copa, como Salvador e São Paulo. O festival conta com bandas e culinárias holandesas e milhares de torcedores fantasiados.

Às 10h, os torcedores irão de ônibus em linhas especiais ao Castelão para assistir ao jogo contra o México, que começa às 13h. A linha sai de um ponto próximo ao local da festa, que deve ser definido e divulgado pela Prefeitura deFortaleza nesta quinta-feira (26).

“É a primeira vez que a praça da festa não é a uma curta distância do estádio, mas nos foram garantidos ônibus suficientes, especialmente para os fãs da Holanda. O espaço é adequado e com uma paisagem belíssima”, disse Gijs de Jong, componente da torcida organizada KNVB.

(G1 Ceará)

Veja lista de jogadores nascidos no Estado do Ceará que poderiam ter ido a uma Copa

Osvaldo foi convocado por Felipão, mas ficou fora da Copa – Foto: Lancenet

Craques que brilharam por Ceará e Fortaleza entre as décadas de 1960 e 1970 ou por outros times mais recentemente, Mirandinha e Jardel no auge, Osvaldo em 2014… Na história do Brasil em Mundiais, muitos cearenses tiveram destaque em seus clubes e poderiam ter jogado uma Copa.

Destes, parte nem sequer foi cotada para a Canarinho, outros chegaram bem perto de estar num Mundial. Numa licença futebolística,O POVO listou cearenses, com ou sem passagem na seleção, que poderiam ter disputado uma Copa. Por merecimento, emergência ou fruto do acaso. Obviamente, a maioria relacionada sofreu com outros craques de suas épocas. Mas a Copa do Mundo também é para celebrar o romantismo boleiro. Onde o “se” desenterra boas lembranças e deixa a imaginação liberada. Um cearense ainda há de estar lá um dia.

RAFFAEL E OSVALDO/2014
Desde que chegou ao Borussia Monchengladbach, em 2013, Raffael deslanchou. Foi eleito o melhor meia do 1º turno do Campeonato Alemão na última temporada. Apesar disso, não despertou interesse do técnico Luiz Felipe Scolari para vestir a camisa da seleção brasileira. Filho do ex-lateral direito Caetano, o fortalezense bem que merecia ter sido testado.

O ponta Osvaldo até chamou a atenção de Felipão. Revelado pelo Fortaleza e com passagem pelo Ceará, o cearense teve boas atuações pelo São Paulo em 2012 e 2013, foi convocado para dois amistosos e era cotado para disputa da Copa das Confederações. Sem manter sequência e com concorrência forte, não vingou. 

DUDU CEARENSE E JÔNATAS/2010
Na trajetória do Brasil rumo à Copa de 2006, Dudu Cearense frequentou a seleção. Foi campeão da Copa América, em 2004. Nas eliminatórias para o Mundial da Alemanha, o volante esteve em listas do técnico Carlos Alberto Parreira. Dunga chegou a convocá-lo no pós-2006, mas perdeu destaque.

Outro cearense que chegou a ser convocado pelo treinador antes da Copa do Mundo de 2010 foi o volante Jônatas, então jogador do Flamengo. Ele esteve em um amistoso, contra a Noruega, mas não atuou. À época, o volante era destaque do rubro-negro. Foi para o Espanyol, voltou para o Brasil, mas nunca mais para a seleção. 

IARLEY/2006
Ídolo de Ceará e Ferroviário, Iarley explodiu tardiamente no futebol nacional e internacional. Jogou a Libertadores pelo Paysandu, atuou pelo Boca Juniors, até alcançar o ápice no Internacional. No Colorado, foi campeão de tudo em 2006, sendo decisivo no título Mundial contra o Barcelona. Não fosse a concorrência “estelar” da época, poderia sonhar em atuar pelo Brasil, ao menos uma vez, numa Copa.

ADRIANO/1998
Outra cria das bases do Ferroviário, o zagueiro Adriano se destacou pelo Sport. Em 1995, foi convocado por Zagallo para dois jogos. Já havia atuado na seleção sub-20, onde conquistou o Torneio Internacional de Toulon, contra a França. Foi apontado como uma renovação para a zaga pós-tetra. Jogou por Celta de Vigo (ESP) e Fluminense. Acabou esquecido na montagem da equipe para a Copa de 1998.

JARDEL/2002
O talento de Jardel na área – revelado no Ferroviário e ídolo de Grêmio e Porto – rendeu-lhe convocações, nos anos 1990 e 2000. Jogou sete vezes pelo Brasil e marcou um gol. Esteve cotado para a Copa da Coreia do Sul/Japão, por causa dos problemas físicos dos principais astros do setor, Ronaldo e Rivaldo. Havia uma carência goleadora do grupo de 2002, bastante questionado até as vésperas do início do Mundial. 

MIRANDINHA/1990
No final da década de 1980, o centroavante Mirandinha fez sucesso em grandes clubes brasileiros e na Inglaterra (Newcastle). O que rendeu a ele oportunidades na seleção brasileira. Era nome possível na lista para a Copa de 1990, mas acabou ficando de fora do elenco comandado por Sebastião Lazaroni na disputa do Mundial da Itália. Na época da convocação para o evento Fifa, o cearense estava no Palmeiras.

ALGUNS CASOS HISTÓRICOS
No início da década de 1960, voando alto na seleção cearense e no Fortaleza, Mozarzinho teria sido cogitado na seleção brasileira. Contudo, segundo aponta o pesquisador Saraiva Júnior, a disputa de posição com Pelé acabou por descredenciar o polêmico atacante. Não fosse o Rei, então, poderia até ter registrado um cearense entre os bicampeões mundiais de 1962. O aracatiense Babá, que brilhou no Flamengo entre 1954 e 1962, também foi apontado como candidato a um dos jogadores do “dream team” nacional. Ele vestiu a amarelinha em 1961, numa partida amistosa contra o Paraguai. Para o Mundial de 1974, o lateral direito Louro poderia estufar o peito para buscar um lugarzinho. Ele foi eleito pela Revista Placar o melhor da posição no Campeonato Brasileiro de 1974, quando atuava pelo Fortaleza.

NENHUM CEARENSE COTADO/1994
Não houve jogadores cearenses entre as convocações da seleção brasileira que antecederam a Copa do Mundo de 1994,nos Estados Unidos.

(André Victor Rodrigues, O Povo)

Turistas gastaram R$ 500 milhões em Fortaleza na primeira fase da Copa do Mundo

Os turistas que viajaram a Fortaleza na primeira fase da Copa do Mundo injetaram, de forma direta, cerca de R$ 500 milhões na economia da cidade. Os números foram apresentados nesta quarta-feira (25.06) em entrevista coletiva no Centro Aberto de Mídia (CAM). Segundo o secretário especial da Copa do Ceará (Secopa), Ferruccio Feitosa, os principais gastos dos visitantes brasileiros e estrangeiros foram com hospedagem, comércio, serviços e passeios turísticos.

Entre os 167 mil visitantes que compraram ingressos para as quatro partidas da primeira fase na Arena Castelão, 94,5 mil eram estrangeiros e 72,5 mil de outros estados do País. No total, o estádio recebeu 237,7 mil torcedores – média de 59,4 mil por jogo e ocupação de 93%. Se forem contabilizados os visitantes que viajaram à capital cearense sem ingressos para os jogos no Castelão, a estimativa é de que mais de 200 mil pessoas passaram pela cidade na primeira fase.

Próximas partidas

Para os jogos das oitavas e quartas-de-final no Castelão, segundo o secretário Ferruccio Feitosa, 91,8 mil turistas compraram ingressos. A partida entre Holanda e México, no próximo domingo (29.06), terá 28,4 mil estrangeiros e 16 mil visitantes de outros estados. A expectativa é de que 7 mil mexicanos e 1,5 mil holandeses compareçam à partida. Já o duelo das quartas-de-final prevê 19,8 mil turistas de outros países e 27,6 mil brasileiros. As duas partidas devem ter público de mais de 60 mil pessoas cada.

Fan Fest

Já a arena da Fan Fest, no aterro da Praia de Iracema, registrou 357 mil pessoas na fase inicial da Copa (média de 25,5 mil por dia). O pico de público foi registrado no dia da partida entre Brasil e México, em 17 de junho, quando 44 mil pessoas passaram pelo espaço. Já no último sábado (21.06), quando Alemanha e Gana se enfrentavam na Arena Castelão, a Fan Fest registrou 38 mil torcedores. Foram 357 atendimentos médicos no posto de saúde da Praia de Iracema, com 49 remoções para hospitais da cidade.

“Os números mostram que vale a pena sediar uma Copa do Mundo. Sempre enxergamos o evento como uma oportunidade de apresentar Fortaleza para o Brasil e para o mundo. Estamos vendo aqui uma verdadeira confraternização, onde pessoas de vários países estão se encontrando e celebrando a paz por meio do futebol”, disse Feitosa. “Estamos realizando em Fortaleza a ‘Copa das Copas’ na sede das sedes”, afirmou a secretária extraordinária da Copa de Fortaleza (Secopafor), Patrícia Macedo.

 

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images# No total, o estádio recebeu 237,7 mil torcedores – média de 59,4 mil por jogo

No total, o estádio recebeu 237,7 mil torcedores – média de 59,4 mil por jogo

 

 

Transporte

Mais de 183 mil pessoas utilizaram os 300 ônibus especiais para se deslocar ao Castelão na primeira fase do Mundial – média de 45 mil por partida. No total, foram 40 mil torcedores no duelo entre Uruguai e Costa Rica, 45 mil em Brasil e México, 50 mil em Gana e Alemanha e outras 48 mil no jogo entre Grécia e Costa do Marfim.  Além deles, 12 mil torcedores com mobilidade reduzida foram transportados até a porta do estádio por meio dos micro-ônibus especiais.

Resíduos sólidos

Os 100 catadores de materiais recicláveis que trabalham em Fortaleza durante a Copa recolheram 22,5 toneladas de resíduos no entorno do Castelão e na área da Fan Fest, na Praia de Iracema. A expectativa é de que mais de 30 toneladas sejam coletadas até o fim do Mundial.

Números da Copa em Fortaleza

Torcedores no Castelão
237,7 mil (167 mil turistas)
Média: 59,4 mil por jogo
Ocupação: 93%

Próximos 2 jogos
120 mil pessoas (91,8 mil turistas)

Fan Fest
357 mil pessoas
Média: 25,5 mil por dia

Atendimentos médicos
Fan Fest: 357, com 49 remoções
Castelão: 79 atendimentos, com duas remoções

Transporte – ônibus extras para o Castelão
183 mil pessoas
Média: 45 mil por jogo

Resíduos
22,5 toneladas recolhidas  no Castelão e Fan Fest

Segurança
16 prisões em flagrante nas áreas de concentração de torcedores

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza

TAGS:

 

Cidades-sede da Copa apresentam artesanato brasileiro a turistas

Nove das 12 cidades-sede da Copa recebem show-rooms que apresentam o artesanato brasileiro aos turistas que circulam pelo país durante o Mundial. As lojas estão instaladas em locais de grande movimento de Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. 

Batizado de Brasil Original, o projeto do Sebrae (Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa) pretende melhorar a percepção de valor do artesanato nacional. O Sebrae espera receber 300 mil pessoas e vender ao menos R$ 2 milhões.

As lojas Brasil Original recebem itens produzidos em 20 Estados, entre eles Amazonas, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, e contemplam diversos tipos do artesanato, como tapeçarias, rendas, cestas, cerâmica e fibras naturais.

Os artesãos estão sendo preparados desde 2012 pelo Sebrae e foram selecionados para o projeto conforme demonstrassem nível alto de maturidade em gestão.

A mostra e comercialização das peças também aconteceu durante a Copa das Confederações, em 2013. Mais de 125 mil pessoas visitaram as cinco lojas montadas em Brasília, Fortaleza, Belo Horizonte, Salvador e Rio de Janeiro em 2013. Ao todo, 22 mil itens foram comercializados, somando R$ 714 mil em negócios.

Confira os endereços e até quando funcionam as lojas Brasil Original:

Belo Horizonte: Shopping Pátio Savassi – avenida do Contorno, 6061 – Até 13/7

Brasília: ParkShopping – SAI/SO Área 6580, Guará – Até 30/6     

Fortaleza: Shopping Iguatemi – avenida Washington Soares, 85 – Até 14/7

Manaus: Amazonas Shopping – avenida Djalma Batista, 482 – Até 27/6

Natal: praça da Árvore – avenida Senador Salgado Filho – Até 31/7

Porto Alegre: Barra Shopping Sul – avenida Diário de Notícias, 300 – Até 15/7

Rio de Janeiro: Shopping Rio Sul – rua Lauro Muller, 116 – Até 15/7

Salvador: Barra Shopping – avenida Centenário, 2992 – Até 13/7

São Paulo: Shopping Light – rua Coronel Xavier de Toledo, 23 – Até 13/7

(Com Agência Sebrae)

Festa alemã em Fortaleza vai durar 72 horas com mil litros de chopp por dia

Gerente do único restaurante típico alemão em Fortaleza, Ângelo Máximo promete fazer uma festa “para alemão nenhum botar” defeito durante os próximos três dias, começando no sábado, dia do jogo Alemanha e Gana na Arena Castelão. “Vamos ter mil litros de chopp e esperamos 500 pessoas por dia. Bebida não vai faltar”, diz Ângelo.

Para a festa da Alemanha em Fortaleza, a Rua Frederico Borges, no trecho entre as avenidas Dom Luís e Pereira Valente, será bloqueado para o tráfego de veículos. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) inicia o bloqueio no trecho ao meio-dia deste sábado (21), véspera do jogo da seleção em Fortaleza.

“A festa vai começar meio-dia com muita cerveja. Quem tiver condições psicológicas fica pra assistir ao jogo, senão dorme por aqui mesmo, teremos uma megaestrutura para isso”, diz o gerente.

O restaurante O Alemão terá um telão de LED, tendas e espaço para as crianças brincarem, além de cerveja e chopp importados da Alemanha. O cardápio será linguiça, também típica do país europeu. “Vai vir muita gente, então não teremos condições de atender um cardápio especial para todos, por isso vamos servir a linguiça alemã”, explica.

A festa começa ao meio-dia de sábado e se estender até as 19 de segunda-feira. “Serão três dias de muita festa, com bandas da Alemanha. Só acaba na segunda, vamos emendar com o jogo do Brasil”, diz Ângelo.

(G1 Ceará)

Pague Menos pode abrir shopping popular em Fortaleza

Francisco Deusmar Queirós, dono da Pague Menos: “serão unidades pequenas com um perfil bem popular” – Foto: Germano Luders/EXAME

São Paulo –  Os planos de abrir capital ficou para 2015, mas a Pague Menos, rede defarmácias, tem outros projetos paralelos. Um deles é a abertura de um shopping popular em Fortaleza, segundo informou reportagem da Folha de S. Paulo, desta quarta-feira.

De acordo com o jornal, a ideia é investir 100 milhões de reais no empreendimento, que terá 100.000 metros quadrados, cerca de 1.000 lojas e mais 5.000 boxes.

“Serão unidades pequenas com um perfil bem popular”, afirmou Francisco Deusmar de Queirós, fundador da rede, à Folha. O shopping deve ficar pronto no começo de 2016.

A Pague Menos planeja também investir 100 milhões de reais na abertura de 90 lojas neste ano. A rede com mais de 30 anos de operação possui atualmente cerca de 670 unidades e receita de mais de 3,7 bilhões de reais somada em 2013.

(Daniela Barbosa, Exame)