Arquivo da categoria: Arte & Cultura

“O maior estupro foi feito por Gilmar Mendes”, diz vítima de Abdelmassih

Kiko Nogueira, DCM

Algumas das mulheres estupradas pelo médico Roger Abdelmassih, preso no Paraguai, devem representar contra Gilmar Mendes na Corte Internacional.

Uma delas, ao recebê-lo no aeroporto, avisou, dirigindo-se às câmeras de TV: “Não tem ministro que vai tirar você daqui”. Abdelmassih foi condenado a 278 anos de prisão pela Justiça criminal de São Paulo em novembro de 2010, acusado de 52 estupros de suas próprias clientes. Estava detido.

Gilmar, então presidente do STF, entendeu que ele deveria recorrer em liberdade da sentença porque não representava perigo. Já tinha o registro cassado, não podia mais exercer a profissão e, portanto, não teria como continuar cometendo o crime. No início de 2011, Abdelmassih era um foragido.

Gilmar é o mesmo que considerou “estranho” o episódio das doações feitas para pagar multas dos réus do mensalão. “Imagino que os militantes se disponham a cumprir alguns dias nos presídios”, disse, em resposta a uma carta de Suplicy.

Em matéria de estranheza, ele possui antecedentes. Concedeu habeas corpus a Daniel Dantas, preso pela Polícia Federal no caso Satiagraha em 2008. Fez o mesmo com Cristina Maris Meinick Ribeiro, condenada por sumir com o processo de sonegação fiscal da Receita Federal contra a Globo.

Em maio de 2010, o habeas corpus de Abdelmassih fora negado pela ministra Ellen Gracie. Gilmar, porém, cravou que não havia elementos “concretos e individualizados, aptos a demonstrar a necessidade da prisão cautelar do ora paciente”.

A escritora Teresa Cordioli, vítima do médico nos anos 70, não perdoa o juiz. “O maior estupro foi feito pelo Gilmar Mendes, que o soltou. Aí nós criamos mais força na busca”, disse.

Gilmar nunca se manifestou sobre o episódio Roger Abdelmassih.

Neca ou Marina para a Presidência?

Marina Silva e Neca Setúbal (Pragmatismo Político)

Madrinha de Marina Silva, Maria Alice Setubal, a Neca, coordenadora do programa de governo do PSB, minimiza a falta de experiência da candidata e sinaliza aproximação com o mercado.

Em entrevista à Folha, a banqueira fala em nome de Marina afirma que a presidenciável manterá os compromissos feitos anteriormente por Eduardo Campos a respeito de conceder autonomia formal, por lei, ao Banco Central. Diz que, ao longo da campanha, mais economistas “estarão se aproximando”.

Abaixo, a análise do jornalista Paulo Moreira Leite sobre a participação de Neca Setúbal na candidatura de Marina Silva.

Paulo Moreira Leite

Na década de 1960, quando o embaixador norte-americano Lincoln Gordon dava seguidas e constrangedoras demonstrações de poder junto aos generais que tentavam dar a impressão de mandar no Brasil após o golpe militar, o jornalista Paulo Francis cunhou uma frase que ficou famosa: “chega de intermediários. Lincoln Gordon para presidente.”

Sessenta anos se passaram e o Brasil mudou bastante desde então. Morto em 1997, o próprio Paulo Francis tornou-se um barítono da direita brasileira, servindo de mestre para um conservadorismo que não conseguia renovar-se por si próprio.

O país se democratizou, os brasileiros fizeram uma constituição democrática e, dentro de poucas semanas, irão votar para presidente pela sétima vez consecutiva, em ambiente de paz e plena liberdade de expressão — isso nunca aconteceu na república brasileira, em período algum.

Com um histórico de desigualdade e exclusão, na última década o país conseguiu avanços memoráveis na luta contra a pobreza, por uma melhor distribuição de renda. É inegável.

Mas nem tudo se modificou, como mostra Fernando Rodrigues, na Folha de hoje.

A entrevista de Maria Alice Setúbal, a herdeira do Itaú, que, manda a tradição aristocrática brasileira, prefere ser tratada em público como Neca, apelido familiar, é um assombro.

Educadora, por profissão, Neca é, também, bilionária por herança. É uma conversa sem rodeios nem inibições. Desde a confirmação da candidatura Marina, a herdeira do Itaú foi confirmada como coordenadora do programa de governo.

Lembra de Antonio Palocci, que teve um papel essencial na estruturação do governo Lula, depois da vitória de 2002, inclusive com a Carta ao Povo Brasileiro? Seu lugar no organograma era o mesmo. Imagine o poder de Neca.

Maria Alice fala do ponto mais importante: autonomia do Banco Central, medida que, nós sabemos, concentra o ponto fundamental da campanha de 2014 — permitir ao sistema financeiro recuperar o controle absoluto da política econômica, definindo a taxa de juros conforme análises e projeções de instituições privadas que atuam no mercado.

Nós sabemos que, hoje, o governo Dilma procura manter a inflação sob controle e tem obtido vitórias importantes — há quatro meses os preços estão em tendência de queda e as projeções indicam um movimento semelhante no próximo levantamento. Apesar disso, o governo não abre mão de proteger os salários e de tomar toda medida a seu alcance para manter o desemprego, em seu mais baixo nível da história. Isso só é possível porque, mesmo sem dar ordens ao Banco Central, a presidência da República tem o poder de indicar e demitir seu presidente.

A autonomia do BC é a senha para se mudar isso. Em vez de deixar a política econômica em mãos de tecnocratas que respondem a uma autoridade eleita, o que se quer é dar independência aos diretores do banco, que passam a ter mandato e assim por diante. Independência de quem? Das autoridades que de uma forma ou outra expressam a soberania popular.

Eduardo Campos já havia se declarado a favor da autonomia do BC, postura que causou espanto nos aliados que recordavam a herança do avô Miguel Arraes. Marina disse na época que não era favorável. Parecia resistir. “Enfim”, concordou, explica Maria Alice, esclarecendo que se quer definir o assunto em lei.

Criado pela ditadura militar, o Banco Central brasileiro guarda uma peculiaridade em comparação com originais estrangeiros. O Federal Reserve Americano, por exemplo, tem o dever de defender a moeda do país — e o emprego dos cidadãos. Essa missão com duas finalidades está lá, em mármore, na porta da instituição. No Brasil, não há referência ao emprego. Outros tempos, outros governos. Entendeu, né?

A coordenadora Maria Alice não é uma eleitora qualquer, cujo voto representará 1/100 milhões na eleição. O Itaú é um gigante com US$ 468 bilhões de ativos em 2013. É um número respeitável por qualquer padrão, inclusive internacional. Numa lista com os 15 maiores bancos dos Estados Unidos, o Itau fica a frente de nove em ativos. Mas não é só.
Se você comparar a rentabilidade sobre o patrimônio, o banco da coordenadora da campanha de Marina supera mesmo os maiores bancos da maior economia do planeta. Diz a consultoria Econométrica que em 2013, o Itaú teve um rendimento da ordem de 16,70% sobre o patrimônio, algo perto de US$ 70 bilhões, só no ano.

Só para você ter uma ideia, o US Bancorp, mais lucrativo banco dos Estados Unidos, teve uma rentabilidade de 15,48%. Os maiores bancos dos EUA estão longe de exibir um desempenho comparável ao Itaú, no entanto.O Morgan, com um patrimônio mais de quatro vezes maior do que o Itau, teve um rendimento 50% menor, em termos relativos. O rendimento do Citi, três vezes maior, teve um rendimento de equivalente a um quatro daquele auferido pelo Itau, em termos proporcionais.

O Itau não é o único banco brasileiro nessa posição. Bradesco e Banco do Brasil sobrevivem em ambiente muito parecido. A diferença é que os concorrentes não colocaram uma herdeira no comando de uma campanha presidencial, o que dá um grau de proximidade particularmente perigosa.

O Banco Central que a coordenadora Maria Alice quer autônomo já define, hoje, a taxa básica de juros e isso explica a força do setor financeiro no país. Caso essa situação seja colocada em lei, a situação ficará ainda pior.

Protegidos por uma taxa de juros que já foi muito mais alta no governo de Fernando Henrique Cardoso, mas segue uma das maiores do mundo, os bancos crescem e engordam recebendo rendimentos pelos títulos do governo. Com os lucros do rentismo, os bancos não tem necessidade de emprestar ao empresário nem ao consumidor, atividade que está na razão de sua existência, no mundo inteiro. A taxa média anual de juros nos empréstimos bancários, em 2013, foi de 27,3% no Brasil. Uma barbaridade. Só em Madagascar (60) e Malawi (46%) esse ganho foi maior. No Canadá ficou em 3%. Na China, em 6%. Na Italia, em 5,1% e na Suíça, 2,6%. Nos Estados Unidos, ficou em 3,2%, ou oito vezes menor do que no Brasil. Na Inglaterra, ficou em 0,50%, mais quarenta vezes menor.

Dá para entender, assim, a desenvoltura de Maria Alice Setubal.

Pode parecer arrogância, mas não é isso. É pura expressão de uma realidade política profunda. Alguém reclamava na França do Século XVII quando o Rei Sol dizia que “o Estado sou eu?” Era natural, vamos combinar.

Sem demonstrar inibições maiores, a herdeira do Itau faz críticas diretas ao estilo de Dilma Rousseff. Avançando num argumento que reúne varias camadas de preconceito, nem sempre invisíveis, falou que a presidente exerce uma “liderança masculina.” Vinte e quatro horas depois que a candidatura de Marina provocou a saída de dirigentes históricos do PSB da campanha, ela achou conveniente definir Dilma como “desagregadora”.

Marina trouxe uma representante do 1% do PIB mundial para o comando de sua campanha.

É aquela turma que atua por cima dos estados nacionais e tem ligações frágeis com as respectivas populações porque seu horizonte é o mercado global. Como se aprende com o Premio Nobel Joseph Stiglitz, são esses interesses que impedem uma recuperação firme após a crise de 2009. O povo foi a rua em várias versões de ocupação e nada acontece. O 1% não quer e não deixa.

As grandes instituições financeiras seguem dando as cartas do jogo, mesmo depois de suprimir 60 milhões de empregos e destruir o futuro de várias gerações de trabalhadores.

O que a turma de 1% quer é eliminar o Estado de Bem-Estar Social aonde existe, ou impedir seu crescimento, ande está para ser construído. Isso porque ele funciona como uma garantia contra a reconcentração de renda e preservação dos direitos democráticos, que nem sempre comovem os mercados. Em alguns países do mundo, a força destruidora da crise não fez seu trabalho. Um deles é o Brasil, onde o governo de Luiz Inácio Lula da Silva se recusou a tomar medidas que criariam uma Grécia infeliz e sem futuro na América do Sul. Vem daí a campanha de ódio contra seu governo e contra sua sucessora.

É isso e apenas isso.

A regata da Barra do Ceará e a revitalização do polo histórico

foto meramente ilustrativa

A respeito da matéria “Foz do rio Ceará. Passeio de barco passará a ser realizado todo mês”, da repórter Viviane Sobral (Editoria Cotidiano, página 3), na edição de ontem, 22, do O POVO, ainda que a regata motivadora da reportagem tivesse a intenção ambientalista, o projeto Conversas Flutuantes, do Sesc, pode obter muito mais resultados. A exemplo da revitalização da Barra do Ceará, bairro que para uma parcela dos historiadores, foi a origem de Fortaleza, ou ainda, de, sucessivamente, a capitania, a província e o Estado cearenses.

 

Aparentemente, a construção da Ponte José Martins Rodrigues, interligando sobre o rio Ceará a capital estadual e o município de Caucaia, inibiu a vocação navegadora de comunidades ribeirinhas do local. Entretanto, a Barra já teve maior importância para viajantes indo e voltando para o Estado, por meio dos hidroaviões decolando e pousando de 1929 a 1942 no estuário.

 

Entretanto, existem ainda questões sociais e indígenas, tendo em vista que, neste caso, a região abriga também a comunidade dos tapebas. Mas, esse resgate da Barra pode chamar a atenção para tudo isso, inspirar novamente as lideranças comunitárias que sempre reivindicaram os melhoramentos na região. Por outro lado, nunca mais houve a encenação do desembarque de Martim Soares Moreno na região, antes protagonizada pelo ator Jório Nerthal. Moreno, considerado fundador de Fortaleza, para nem todos, há consenso, porém, de que foi o formador do Ceará, depois das experiências fracassadas dos donatários Antônio Cardoso de Barros e Pero Coelho de Sousa. Mesmo que que haja monumentos no local autenticando a Barra como polo histórico, a exemplo da praça de Santiago.

 

O projeto Conversas Flutuantes está marcado para ser mensal. Tanto quem habita na Barra quanto fora dela deve ficar atento a essa proposta. Pode motivar, inclusive, projetos afins em locais no Brasil onde houve desembarques dos viajantes ou descobridores que proporcionaram reviravoltas na história do País. Mesmo que se lamente os erros e os crimes cometidos contra os povos nativos desde então.

(O Povo)

Hacker descobre como identificar os posts de alguém no Secret

Uma dupla de hackers de Seattle comprovou aos donos do Secret que o aplicativo não é capaz de garantir anonimato aos usuários. O que é preocupante, visto que as pessoas recorrem ao serviço justamente para contar segredos.

Ben Caudill, parceiro de Bryan Seely na pequena empresa de segurança Rhino Security Labs, mostrou à Wired que é bem simples descobrir as postagens de uma pessoa no Secret.

É necessário ter o e-mail do alvo, em primeiro lugar, e entender o funcionamento do Secret: o usuário precisa ter ao menos sete amigos inscritos no serviço para começar a ver segredos alheios. O app descobre esses amigos vasculhando o smartphone em busca de e-mails e telefones de outros usuários. No fim, mesmo que o dono do aparelho tenha 500 amigos, ele nunca saberá de onde vieram os segredos que ele vê, pois estes podem vir de apenas sete pessoas.

Para quebrar essa lógica, Caudill criou sete contas falsas no Secret usando um script (mas isso poderia ser feito manualmente), então ele apagou os contatos de sua lista de contatos e acrescentou as contas falsas no lugar. Por fim, incluiu o e-mail do alvo também.

Ele então criou uma outra conta e adicionou todas aquelas falsas como seus contatos. Assim, sempre que houvesse uma postagem ele saberia que ela veio do alvo, porque os demais contatos da sua lista de amigos eram falsos.

Como se vê, trata-se de uma via de mão única; não é possível descobrir o autor de um segredo a partir do segredo, só o contrário: pelo e-mail, você pega as postagens do indivíduo.

David Byttow, CEO do Secret, confirmou à Wired a existência da vulnerabilidade e disse que ela já foi bloqueada. Ainda é necessário tomar medidas para descobrir se a técnica foi explorada de forma significativa.

(Olhar Digital Uol)

Melissa Gurgel é eleita Miss Ceará 2014

Foto: Facebook/Melissa Gurgel

A representante da beleza cearense já tem rosto e nome definidos. Melissa Gurgel foi eleita Miss Ceará 2014 na noite desta quarta-feira (13), no teatro do Shopping Via Sul. A jovem já havia conquistado a torcida e no final da cerimônia ficou com o título de mulher mais bonita do Estado.

A coroa e a faixa de Miss Ceará foram entregues pela Miss Brasil Jakeline Oliveira. Em segunda colocação ficou a Miss Cambeba, seguida por Miss Horizonte, Miss Conjunto Ceará e Miss Granja.

Melissa representou a cidade de Maracanaú na disputa e agradeceu, após a conquista, a presença massiva de conterrâneos no teatro. “Quero agradecer aos meus amigos, à minha terra. Muitíssimo obrigada. Cada aplauso, cada grito, cada sorriso foi muito especial para mim”, disse ainda emocionada.

O próximo passo da recém-empossada Miss Ceará é o Miss Brasil, que será sediado em Fortaleza no dia 27 de setembro. “Vou continuar me preparando, porque, na verdade, já tenho um ano de preparação. Vai ser intenso, mas tenho uma responsabilidade muito grande”, declarou Melissa.

“Ela é uma menina lindíssima, com classe, postura na passarela, que me encantou desde o momento que ela entrou. Tem todo o potencial para trazer o título para o Ceará”, elogiou a Miss Brasil Jakeline Oliveira.

Conhecedora do caminho das pedras até o concurso nacional, Jakeline deu dicas para que Melissa consiga ocupar o posto de mulher mais bela do País. “Ela tem que fazer exatamente a mesma coisa, com a elegância e a graça que ela fez e não se abalar com a pressão psicológica que as outras candidatas fazem”.

Há 25 anos uma representante cearense não é eleita Miss Brasil. A última vez que o Ceará chegou mais perto de conquistar o título foi em 2008, quando Vanessa Vidal ficou em segundo lugar na competição. “Nós temos bastante chances. Elegemos hoje uma miss que além de bonita tem carisma, tem atitude. Ela cresce na passarela. Nós vamos forte”, declarou confiante a coordenadora do Miss Ceará, Gláucia Tavares.

A festa

Além da beleza, a noite das misses apresentou o talento artístico do Estado. A Edisca levou ao palco trechos do balé Mobilis. Durante o desfile de biquíni, o palco foi tomado por regionalismo com a apresentação do grupo Raízes Nordestinas. “Alguns clássicos, como Aquarela do Brasil e Mulher Rendeira,  foram repaginados especialmente para hoje”, disse o DJ da festa, Romulo Bravo.

O título de Miss Simpatia, premiação na qual as próprias misses escolhem entre si, foi destinado à representante de Mauriti. O posto de Miss Turismo foi dado para a Miss Capistrano.

A TV Jangadeiro transmite a cerimônia do Miss Ceará 2014 no próximo sábado (16), às 22h15.

Confira o TOP 10

Miss Cambeba
Miss Crato
Miss Conjunto Ceará
Miss Fortaleza
Miss Granja
Miss Horizonte
Miss Sobral
Miss Maracanaú
Miss Redenção
Miss Pacajús

(Tribuna do Ceará)

TCE Ceará promove curso a distância de português instrumental

Pela primeira vez, o Tribunal de Contas do Estado(TCE-CE), por meio do Instituto Plácido Castelo(IPC), oferece o curso a distância de português instrumental. O curso é aberto à sociedade, jurisdicionados e servidores da corte de contas, e será realizado durante todo o mês de setembro.

 O candidato que se interessar pelo curso, deverá fazer a pré-inscrição até o dia 28 de agosto pelo site do IPC. Quem vai ministrar o curso será a tutora Maria das Graças Rodrigues de Carvalho Musy, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) do IPC.

 O curso é voltado para quem deseja atualizar e revisar os conhecimentos da língua portuguesa. Entre os objetivos estão os de contribuir para a formação básica dos interessados e ajudar no progresso do aprendizado em gramática e linguagem escrita e oral.

 Serviço:
3488-1793 ou 3488-5915.

Redação O POVO Online

O Sindicalismo e a lembraça da Era Tasso Jereissati

Com o título “Amnésia Política e Cultural”, eis artigo do sindicalista José Rodrigues. Ele aborda a Era Tasso Jereissati e fala que os servidores estaduais não se esqueceram de perdas registradas durante suas três gestões. Confira:

A Política é mesmo dinâmica, segundo afirmou um velho conhecido do povo cearense que nem mesmo mais ocupa qualquer cargo político e/ou público: Gonzaga Mota.

Nos Governos de Tasso Jereissati, o “Galeguim dos zói azul”, como era chamado por seus simpatizantes, foram extintos vários e vários direitos e vantagens salariais dos servidores públicos estaduais, através de uma lei que se chamou de “Pacotasso”. Até hoje, estão prejudicados não somente os antigos servidores públicos como também todos aqueles e aquelas que ingressaram no serviço público posteriormente.

Mas como a memória é curta e a amnésia cultural e política tomam conta de muitos, logo, logo todos vão constatar que a Política é a “Arte da Mentira”. Todos quantos ainda continuam nela acreditando, pagam um preço muito caro. Prossegue o cenário dos teimosos, que votam sem qualquer consciência daquilo que estão realizando.

Aliás, no Brasil, como o voto é obrigatório para todos, ainda há cidadãos e cidadãs que votam sem qualquer avaliação de futuro e, assim, acabam se iludindo com falsas promessas e encantos meticulosos, que nada lhes proporcionam nada de concreto ao final de cada período e mandato eleitoral.

* José Francisco Rodrigues

Coordenador Adjunto do FUASPEC
Assessor Sindical da ASENMESC.

Caixa Cultural Fortaleza realiza curso gratuito de contação de histórias

Laura Delgado e Fabrício Conde (Foto: Divulgação/ Caixa Cultural)

A Caixa Cultural Fortaleza realiza o curso “Aprendendo a Contar Histórias”, de 12 a 17 de agosto. As oficinas são destinadas a jovens, adultos, professores e interessados na arte de contar histórias. A instrutora Laura Delgado, que possui mais de 30 anos de experiência na área, vai ministrar o curso.

As oficinas acontecerão em duas turmas: uma no turno da manhã, das 9h às 12h, e outra no turno da tarde, das 14h às 17h, de terça a sábado. Cada turma terá até 30 participantes. O curso terá certificado de conclusão. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até dia 7 de agosto, por meio do email: culturarecomunicacao@gmail.com.

No domingo (17), às 17 horas, haverá um apresentação aberta ao público com as duas turmas formadas, conduzida pela contadora de histórias Laura Delgado e pelo músico Fabrício Conde. Para quem desejar assistir, serão distribuídas senhas gratuitas duas horas antes do espetáculo (15 horas).

O projeto ‘Aprendendo a contar histórias’ é uma produção da empresa Culturare Comunicação, foi selecionado no edital 2013 de patrocínio da Caixa Cultural para realização das unidades em Fortaleza, em Brasília e em  São Paulo.

Laura Delgado é formada em Letras pela UFJF, possui pós-graduação em Literatura Infantil e Juvenil (UFRJ), é mestre em Literatura Comparada (UFRJ), dinamizadora cultural do Instituto Metodista Granbery,  professora das oficinas para formação de contadores de histórias do Instituto Metodista Granbery e coordenadora do NAC – Núcleo de Arte e Cultura do Instituto Metodista Granbery.

Curso “Aprendendo a Contar Histórias”
Data: de 12 a 17 de agosto (terça a domingo)
Horários:
Turma I – das 9h às 12h
Turma II – das 14h às 17h
Local: CAIXA Cultural Fortaleza (Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema)
Classificação Etária: livre
Inscrições gratuitas pelo email – culturarecomunicacao@gmail.com

Apresentação para o público – 17 de agosto (domingo) – às 17 horas.
Informações: (85) 3453.2770

(G1 Ceará)

Zé Menezes: Morre compositor cearense radicado no Rio de Janeiro

O compositor e instrumentista cearense José Menezes de França, o Zé Menezes,morreu na noite desta quinta-feira, 31, aos 93 anos, no hospital São José, no Rio de Janeiro. Natural de Jardim, na região do Cariri, o compositor estava internado e a causa da morte ainda não foi divulgada.

Zé Menezes dedicou mais de 80 anos à música e começou a tocar um instrumento de sopro aos seis anos, mas logo passou para o cavaquinho. Após a fama se espalhar, ele foi escolhido na cidade para tocar uma composição própria, chamada “Meus oito anos”, para o Padre Cícero. “Eu nem sabia da grandiosidade do que era estar tocando pro Padre Cícero”, revelou, em entrevista ao blog Discografia, do O POVO.

Aos 11 ele passou a integrar a Banda Municipal de Juazeiro e aos 22 deixou o Ceará para seguir carreira no Rio de Janeiro, a convite do radialistas César Ladeira. Depois, foi contratado pela Rádio Nacional. A primeira composição gravada foi “Nova Ilusão”, uma parceria com Luiz Bittecourt e gravada pela banda “Os Cariocas”. Veja o vídeo da música:

Tom Jobim também foi um dos músicos que gravaram composições do cearense. Em 2000, ele lançou o projeto ”Zé Menezes Autoral’’, com três CDs e um CD-Rom com fotos, vídeos, partituras e biografia. Também foi diretor musical na Rede Globo e é autor da abertura de Os Trapalhões, além das vinhetas do Chico City e Viva o Gordo.

Sobre o seu aniversário, em 2011, ele chegou a dizer que a única homenagem que queria era saúde. “A única homenagem que eu quero é que Deus conserve minha saúde, meus dedos com a agilidade que eles sempre tiveram, com o cérebro funcionando e cercado de amigos”, explicou em entrevista ao jornalista Marcos Sampaio, do núcleo de Cultura do O POVO.

Redação O POVO Online

Universidade russa abre 20 vagas para estudantes do Nordeste

Após a reunião dos BRICS em Fortaleza, o intercâmbio entre os países pertencentes ao bloco foi reforçado, inclusive no segmento de educação. A Universidade Estatal de Moscou (MSU), na Rússia, abriu o processo de inscrição, por meio da Aliança Russa, para a seleção de 20 estudantes brasileiros que desejam cursar a faculdade fora do país. As vagas são para graduação e pós-graduação e as inscrições vão até 8 de agosto.

Os interessados em iniciar a graduação poderão escolher um dos 128 cursos disponíveis nas 39 faculdades da MSU, enquanto alunos de pós-graduação terão a possibilidade de especializar-se em 18 ramos de ciências e humanidades, em 168 áreas diferentes. Em seus mais de 250 anos de história, a Universidade teve 11 ganhadores do Prêmio Nobel, entre professores e alunos.

Inscrições 

O candidato interessado em estudar na Universidade Estatal de Moscou passa por um processo seletivo avaliado pela MSU e administrado pela Aliança Russa, que inclui reunião com os pais, análise de histórico escolar e currículo, tudo para garantir que o aluno se encaixe no perfil da faculdade.

Apesar de ter aulas ministradas em russo, o aluno que não tem conhecimento do idioma não deve se preocupar, já que a Aliança Russa oferece a opção do estudante frequentar aFaculdade Preparatória por nove meses antes do período letivo. Lá, eles aprendem os termos técnicos necessários para o aprendizado, além de um curso completo da língua.

O investimento anual fica entre R$ 7.000 e R$ 12.000 e inclui também direito a seguro médico, tutoria acadêmica e moradia universitária. O embarque acontece em duas etapas: setembro de 2014 e fevereiro de 2015.

Os interessados devem se inscrever pelo site ou pelo telefone (11) 4551-3836.

(Diário do Nordeste)

Fausto Fanti, do Hermes & Renato, é encontrado morto em SP

Fausto Fanti, do grupo de humor “Hermes e Renato”, foi encontrado morto nesta quarta-feira, 30, em São Paulo, às 16h56. A 23ª Delegacia de Perdizes, que registrou o caso, confirmou aoEGO a morte do humorista, que interpretava Renato.

Segundo a polícia, ele foi encontrado no chão do banheiro de seu apartamento em Perdizes, Zona Oeste de São Paulo por seu amigo de infância e também integrante do “Hermes e Renato”, Adriano Silva. Fausto estava com um cinto no pescoço e a polícia trabalha com a hipótese de suicídio.

Fausto tinha 36 anos e uma filha, Nina, de 8 anos, de seu casamento com Karla Peixoto Sento Sé.

Fausto ficou famoso por interpretar o personagem Renato no humorístico “Hermes e Renato”, que estreou na MTV Brasil em 1999. Além dele, faziam parte do grupo Adriano Silva, Felipe Torres, Bruno Sutter e Marcos Alves. O sucesso do grupo fez com que eles criassem outros produtos para a emissora, como novelas humorísticas, dublagens de filmes e sátiras musicais, como a banda fictícia de heavy metal Massacration, que até hoje excursiona por todo o Brasil.

Em 2010, o grupo foi trabalhar no programa “Legendários”, de Marcos Mion, e como os direitos do nome “Hermes e Renato” pertenciam à MTV, a o grupo passou a se chamar Banana Mecânica.

Em 2013, eles abandonaram o novo nome e retornaram à MTV Brasil, com exceção de Felipe Torres, que permaneceu no programa da Record. Em 2014, o grupo estreou no FX Brasil.

(G1)

UECE abre processo seletivo para cursos de Inglês, Espanhol, Francês, Japonês, Italiano e Latim

Estão abertas até o dia 08 de agosto, as inscrições para Seleção aos Cursos de Inglês, Espanhol, Francês, Japonês, Italiano e Latim, do Núcleo de Línguas do Campus Fátima, da Universidade Estadual do Ceará (UECE). 

Os interessados deverão efetuar matrícula na Secretaria do Núcleo (Av. Luciano Carneiro, 345 – Bairro de Fátima), de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 12 horas e das 14 horas às 20h30min (sextas-feiras até às 18 horas). 

O Núcleo de Línguas Estrangeiras da UECE é um projeto de extensão ligado diretamente ao Curso de Letras. O objetivo de proporcionar campo de estágio aos alunos das licenciaturas de línguas inglesa, francesa e espanhola é alcançado plenamente através de cursos de idiomas. 

O exame de Seleção ocorrerá no dia 16 de agosto, às 8 horas no Centro de Humanidades, no Campus de Fátima. 

Mais informações pelos telefones 85 3101-2027 e 3101-2030 ou pelo site www.uece.br/nucleodelinguas 

Assessoria de Imprensa as UECE

Fátima Serpa – 85 3101.9605

(Governo do Estado do Ceará)

 

Onde estão os políticos negros no Brasil?

Marcos Sacramento, DCM

A ausência de negros em cargos políticos e de destaque no Brasil chamou a atenção da filósofa e ativista norte-americana Angela Davis. Nascida no Alabama, Davis foi professora da Universidade da Califórnia e teve ligações com o grupo Panteras Negras, sendo presa por causa disso no início dos anos 70. Uma das principais lideranças femininas na luta pelo direito dos negros nos Estados Unidos, foi homenageada em músicas de John & Yoko (“Angela”) e dos Rolling Stones (“Sweet Black Angel”).

Ela foi um dos destaques do Festival Latinidades 2014: Griôs da Diáspora Negra, em Brasília. Na sua conferência, disse que ficou impressionada com a pouca presença de negros e pardos na política nacional. “Quantos senadores negros há no Brasil? Se olharmos para o Senado não saberíamos que os negros constituem mais de 50% da população brasileira”, questionou.

LEIA TAMBÉM: Angela Davis: Racismo de hoje é muito mais perigoso

“Não posso falar com autoridade no Brasil, mas às vezes não é preciso ser especialista para perceber que alguma coisa está errada em um país cuja maioria é negra e a representação é majoritariamente branca”, disse.

Ela criticou, inclusive, a participação irrisória dos negros nos meios de comunicação. “Sempre assisto TV no Brasil para ver como o país se representa e a TV brasileira nunca permitiu que se pensasse que a população é majoritariamente negra”.

O comentário da intelectual e a matéria do The Guardian que destacou a ausência de negros nos estádios durante os jogos da última Copa ilustram o racismo estruturado na sociedade brasileira.

Em um país onde 50,7% da população é negra ou parda, de acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), menos de 10% dos parlamentares federais são desses grupos, como mostra um estudo da Transparência Brasil.

Número que contribui para as estatísticas cruéis contra os negros e explicita a necessidade de implantação de cotas para reduzir as discrepâncias raciais. A probabilidade de um negro ou pardo ser vítima de homicídio, por exemplo, é quase oito pontos percentuais a mais do que a da população branca.

Angela Davis, contudo, não acha suficiente que os negros ocupem o poder. É preciso que tomem atitudes para realmente pôr fim ao preconceito. “Não significa somente trazer pessoas negras para a esfera do poder, mas garantir que essas pessoas vão romper com os espaços de poder e não simplesmente se encaixar nesses espaços”.

A crítica faz referência a Barack Obama, mas pode ser aplicada ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa. Questionado por jornalistas sobre a possibilidade de implantação de cotas no Judiciário, ele disse: “Não sei e estou de saída. Es ist mir ganz egal (em alemão,’para mim tanto faz’). Não estou nem aí”.

Segundo o Censo do Poder Judiciário divulgado mês passado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), 1,4% dos magistrados brasileiros se autodeclaram pretos. Percentual hediondo, pequeno demais para “não estar nem aí”.

Padre Fábio de Melo é atração da festa dos 165 anos de emancipação de Acaraú

O padre Fábio de Melo é a principal atração da festa dos 165 anos de emancipação da cidade de Acaraú. A partir das 21 horas desta quinta-feira, na Praça do Centenário.

A presença do religioso, um dos que mais  vendem CD entre os padres católicos, já está mobilizando a formação de várias caravanas de municípios do Vale do Acaraú.

(Blog do Eliomar)

SEEB-CE promove cursos de Português e Matemática do Zero

O Sindicato dos Bancários do Ceará, através da sua Secretaria de Formação, e em parceria com os professores Jackson Bezerra e Tiago Pacífico, promove os cursos Português e Matemática do Zero. São 80 vagas destinadas a bancários sindicalizados ou seu dependente, desde que cadastrado na base de dados do SEEB/CE.

Os dois cursos terão 80 horas/aula cada, sendo que o de Português será dividido em 60h/aula para língua portuguesa e 20h/aula para Redação. O investimento será de R$ 190,00 por curso.

O período de matrícula será nos dias 12, 13 e 14/8, a partir das 7h30, na sede do Sindicato (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro). As aulas serão às terças e quintas, das 19h às 22h, com início a partir do dia 19/8 (Português) e dia 21/8 (Matemática), também na sede da entidade.

Mais informações na própria Secretaria de Formação, pelo telefone (85) 3252 4266.

“Essa é uma excelente oportunidade para quem se afastou dos bancos escolares há um certo tempo e que quer recuperar o tempo perdido. Nosso objetivo é sempre buscar melhorar a qualificação da categoria visando seu desenvolvimento e ascensão no mercado de trabalho através de atividades que aprimorem a capacidade intelectual, cultural e política dos bancários” anuncia o Coletivo de Formação do Sindicato dos Bancários.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Feira do Empreendedor em Fortaleza ocorre de 5 a 9 de agosto

A Feira do Empreendedor 2014 de Fortaleza, que acontece de 5 a 9 de agosto, vai oferecer cursos, oficinas, treinamentos, informação, inovação, tecnologia e o mapeamento de novas oportunidades de negócios. Tendo como tema “O Espetáculo dos Negócios”, o evento contará com ambientes voltados para o “Atendimento”, tanto de potenciais empreendedores como de empresas já existentes, além de espaços para “Cenários e Tendências de Mercado”,  “Inovação e tecnologia”, “Negócios sustentáveis”,  “Economia Criativa” e “Educação empreendedora”.

Com a perspectiva de atrair 50 mil pessoas para o Centro de Eventos do Ceará, o evento terá  377 eventos paralelos como palestras, oficinas, clínicas e seminários, além da meta de fornecer 27.000 informações, 29.700 orientações técnicas, capacitar 20 mil pessoas e a realizar 65.000 atendimentos presenciais.

Nesta edição, a Feira está trazendo a Fortaleza nomes como o chef Olivier Anquier que fará palestra, sobre “A Receita do Sucesso”, mostrando seus tropeços e conquistas.

Ao entrar no Centro de Eventos, o visitante vai poder, rapidamente, se situar e interagir com os vários espaços e suas programações. No espaço das “Cenários e Tendências de Mercado”, por exemplo, será possível encontrar 60 mini franquias sendo, a grande maioria, inéditas no Ceará, além do projeto-piloto “Primeira Exportação”, e novidades como o “Kit Competente Digital”, que é uma certificação para quem quer aderir, com eficiência, ao comércio via internet, além das palestras que vão ensinar como participar do Comércio Eletrônico e como vender para órgãos públicos.

No mesmo Espaço, acontecerá, também, o II Encontro de Canais de Comercialização, que pretende mostrar, para o pequeno empresário, o caminho mais eficiente que seu produto ou serviço deve fazer para chegar ao público certo, aumentando as vendas e a abrangência da sua área  de atuação.

Ainda nesse Espaço, os visitantes vão encontrar o Shopping do Empreendedor, com oportunidades de negócios para o MEI e para a microempresa; e a Central de Oportunidades,que são possibilidades de empreendimentos com base no Programa “Pequenas Empresas –Grandes Negócios”.

(G1 Ceará)

Sesc Ceará abre inscrições para cursos gratuitos de francês e pré-vestibular

O Serviço Social do Comércio (Sesc) está com inscrições abertas para cursos gratuitos de francês e pré-vestibular.

O curso de francês será realizado no Sindicato dos Comerciários de Fortaleza a partir desta segunda-feira, 28. As aulas acontecem às segundas e quartas, das 19h às 20h15. O curso tem duração de três anos. Já o curso pré-vestibular é semestral. As aulas serão realizadas de segunda a sexta, das 18h30min às 21h30min.

Foram disponibilizadas 70 vagas para os dois locais de realização do curso: 42 para o Sindicato dos Comerciários de Fortaleza e 25 vagas para a E.E.F. Roseli Mesquita.

Para realizar a inscrição no curso de francês, é necessário levar a carteirinha do Sesc (comerciário ou dependente). Para o pré-vestibular, o aluno deve portar uma cópia da identidade, do CPF e do comprovante de residência, além de uma foto e o comprovante de escolaridade (escola pública) ou carteirinha do Sesc (comerciário ou dependente). Caso o interessado seja menor de idade deve ir acompanhado com um responsável, que deve levar os seguintes documentos: uma cópia da identidade, do CPF e do comprovante de residência.

Serviço:
Inscrições
Local: Sistema de Atendimento ao Cliente (SAC) – Unidade Fortaleza do Sesc (R. Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro)
Período: Até o preenchimento das vagas (21 para o francês e 70 para o pré-vestibular)
Horário: 8h às 20h
Informações: 3206.6277 e 0800.275.5250

Aulas
Francês
Local: Sindicato dos Comerciários de Fortaleza (Av. Tristão Gonçalves, 803 – Centro)
Dias: segundas e quartas-feiras
Horário: 19h às 20h15
Pré-vestibular
Local 01: Sindicato dos Comerciários de Fortaleza (Av. Tristão Gonçalves, 803 – Centro)
Dias: segunda a sexta-feira
Horário: 18h30 às 21h30
Local 02: E.E.F. Roseli Mesquita (Rua Francisco Calaça, 1791 – Álvaro Weyne)
Dias: segunda a sexta-feira
Horário: 18h30 às 21h30

Redação O POVO Online

Nordeste Open de Jiu-Jitsu: Evento reúne 1.200 atletas neste fim de semana em Natal

FOTO ILUSTRATIVA

Maior competição da modalidade na região, o Nordeste Open de Jiu-Jitsu promete agitar os amantes das artes marciais neste final de semana. A disputa, que acontece no ginásio do Sesi, das 8h às 20h, no sábado e domingo, vai reunir 1200 atletas de todas as idades, a partir dos quatro anos de idade.

De acordo com a organização, a expectativa é de receber três mil pessoas por dia no ginásio. “Além dos lutadores, temos também a presença dos admiradores do esporte e os familiares dos atletas. Nas categorias infantis é uma grande festa, com os pais e parentes batendo foto e apoiando seus baixinhos. Todas as crianças que participam recebem medalha”, comenta Nivaldo Pereira, diretor da HC Sports.

A segunda edição de 2014 vai oferecer R$ 30 mil em premiações. “São atletas de todo o Nordeste e de fora também. Além da premiação, os lutadores são atraídos pela estrutura do evento. Temos árbitros profissionais, placar eletrônico, equipe médica e toda estrutura para garantir a segurança dos participantes e do público que vai assistir”, destaca Nivaldo.

Como principal novidade do ano de 2014, a organização criou um ranking que visa classificar os atletas de cada categoria e, ao final da terceira etapa, certifica os seus líderes dando visibilidade ao atleta e garantindo uma premiação especial.

Em todas as edições o evento seguiu todas as normas técnicas e de segurança, estabelecidas no Livro de Regras da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ). A arbitragem foi comandada pelo cearense Álvaro Fontes, árbitro de nível internacional. Para os atletas, assistência médica em período integral com socorristas e um médico de plantão, além de uma ambulância equipada com desfibrilador e atendimento emergencial à disposição.

 

Confira no link abaixo, quem pega quem nas áreas de luta do Nordeste Open de Jiu-Jitsu.

CHAVES – CLIQUE AQUI 

(Tribuna do Norte e Meia Guarda)

Ney Matogrosso faz show em Fortaleza, neste sábado (26), no Siará Hall

O tempo é um aliado de Ney Matogrosso. Próximo de completar 73 anos, em 1º de agosto, o intérprete de Bela Vista, Mato Grosso do Sul, segue com o gênio criador tão jovem quanto há 40 anos, quando estreou ao lado do trio Secos & Molhados. O corpo magro também requebra com a mesma lascívia e energia do passado. A voz de contra tenor ganhou outra cor, mais madura, e se mantém firme e corajosa. O repertório, cheio de momentos marcantes, cresce com frescor e disposição para chegar a novos lugares.

Tudo isso pode ser comprovado no show Atento aos sinais, que Ney traz a Fortaleza neste sábado. A apresentação única acontece no Siará Hall, mesmo lugar onde, em agosto de 2010, ele apresentou o show Beijo bandido, de tom mais contido e repertório cheio de clássicos brasileiros feitos por Evaldo Gouveia, Luiz Bonfá e Tom Jobim. Quatro anos depois, o artista que vai subir ao palco é expansivo, roqueiro e, como o título do show sugere, atento aos sinais que chegam dos novos tempos.

Com a banda formada por Sacha Amback (teclado e direção musical), Maurício Negão e Maurício Almeida (guitarras), Dunga (baixo), Everson Moraes (trombone), Aquiles Moraes (trompete) e Marcos Suzano e Felipe Roseno (percussões), Ney Matogrosso dá voz a uma nova geração de compositores. Do rapper Criolo ele faz o cult-pop-brega “Freguês da meia-noite”. Do jovem Dani Black, filho de Tetê Espíndola, vem “Oração”. E da banda paulistana Zabomba, “Pronomes”.

Com botas longas, plumas e acessórios extravagantes, o Ney Matogrosso de Atento aos sinais entrega tudo o que o público quer ver. Acostumado a alternar climas em suas turnês, ele até se espanta ao ouvir que alguns fãs se decepcionaram com o tom comportado de Beijo bandido. “É um direito que eles têm. Mas eu também tenho o direito de fazer o que me interessar. Se eu gosto do que estou fazendo, acho que vou agradar”, explica por telefone. 

SERVIÇO

 

Atento aos sinais, show de Ney Matogrosso

Quando: sábado (26), às 23 horas

Onde: Siará Hall (Av. Washington Soares, 3199 – Edson Queiroz)

Classificação: 16 anos

Quanto: Pista R$ 40 (meia), R$ 80 (inteira); Front Stage R$ 60 (meia), R$ 120 (inteira); Cadeira R$ 100 (meia); R$ 200 (inteira); Camarote – 1º Piso R$ 120; Camarote – 2º Piso R$ 100; Mesa Ouro R$ 800

Pontos de venda: www.bilheteriavirtual.com.br, Shopping Del Passeo e Siará Hall

Telefone: 3278.8400

(Marcos Sampaio, O Povo)

Foto inédita liga militar a acidente de Zuzu Angel, diz CNV

Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil

Uma fotografia do local do suposto acidente que resultou na morte da estilista Zuzu Angel, em abril de 1976, aumentou as suspeitas da Comissão Nacional da Verdade (CNV) do envolvimento das Forças Armadas no caso.

A foto, apresentada pelo ex-delegado do Departamento de Ordem Política e Social (Dops) do Espírito Santo Cláudio Guerra, mostra o coronel do Exército Freddie Perdigão ao fundo, perto do veículo acidentado. Apontado como autor de torturas e assassinato de pessoas durante o regime militar, Perdigão morreu na década de 90.

Mãe de Stuart Angel, integrante do Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR-8) que desapareceu em 1971, após ter feito críticas ao regime, Zuzu deu projeção internacional ao caso e passou a ser considerada “presença incômoda para o regime, que tinha todo interesse em seu desaparecimento”, disse o presidente da CNV, Pedro Dallari. Segundo ele, a foto deixa claro que houve algum tipo de participação das forças militares no acidente ocorrido no Rio de Janeiro.

“A grande revelação [obtida durante os depoimentos feitos nesta semana] veio a partir do depoimento de Cláudio Guerra, que apresentou uma fotografia na qual o oficial das Forças Armadas Freddie Perdigão aparece junto ao veículo acidentado. Isso estabelece um vínculo muito forte entre as Forças Armadas, já que Perdigão era notório operador em casos de violação de direitos humanos, e a morte de Zuzu Angel”, disse Dallari. “Trata-se de uma foto nova. Ela não estava nos autos do inquérito, e é uma revelação e documento muito importante”, acrescentou.

Dallari lembra que as Forças Armadas sempre negaram relação com o acidente que resultou na morte de Zuzu. “Há muitas semelhanças entre essa foto e outras usadas pela perícia na época do acidente. Todas tinham o mesmo padrão. É por isso acreditamos que ela tenha sido feita pelos peritos. Nossas suspeitas de envolvimento dos militares no caso foram reforçadas depois que o Cláudio nos contou que, ainda na década de 80, foi procurado por Perdigão, preocupado com a foto tirada”, informou o presidente da CNV.

Ainda segundo Dallari, Perdigão teria confessado a Cláudio Guerra participação no planejamento e na simulação do acidente de Zuzu Angel. “As investigações certamente, confirmarão essa hipótese”, completou.

 

20 coisas surpreendentes sobre o templo da Igreja Universal

São Paulo – Na próxima quinta-feira será inaugurado o novo – e enorme – templo da Igreja Universal. O Templo de Salomão, construído na região do Brás, em São Paulo, é uma réplica do templo de mesmo nome descrito na Bíblia.

Veja a seguir alguns detalhes sobre o novo Templo de Salomão:

1. O Templo foi construído em um terreno de 35 mil metros quadrados – o equivalente a 5 campos de futebol.

2. O Templo de Salomão assume o posto de maior espaço religioso do país em área construída, que é 4 vezes maior do que o Santuário Nacional de Aparecida (SP). Aparecida tem 23,3 mil m² de área construída, enquanto o Templo Salomão tem 100 mil m².

3. A obra durou 4 anos e custou R$ 680 milhões.

4. O Bispo Edir Macedo mandou vir de Hebron, em Israel, 40 mil metros quadrados de pedras usadas na construção e decoração do Templo.

5. Doze oliveiras foram importadas do Uruguai para reproduzir o Monte das Oliveiras.

6. A capacidade do novo templo é de 10 mil pessoas.

7. As cadeiras que vão acomodar os milhares de fiés foram trazidas da Espanha, segundo a Veja SP.

8. Cerca de 40 imóveis foram comprados no Brás por conta da obra, também segundo a Veja SP.

9. No altar, há uma esteira rolante destinada a carregar o dízimo pago pelos fiéis diretamente para uma sala-cofre, de acordo com a Veja SP.

10. Dez mil lâmpadas de LED foram instaladas no teto do salão principal.

11. Nas paredes há grandes menorás – candelabros de sete braços.

12. Na área construída há ainda espaço para 60 apartamentos de pastores que estão a trabalho no templo – incluindo um para o Bispo Edir Macedo.

13. O altar foi construído no formato da Arca da Aliança, local onde teriam sido guardados os Dez Mandamentos, segundo a Bíblia.

14. Cem metros quadrados de vitrais dourados foram instalados acima do altar, segundo a Veja SP.

15. O estacionamento do templo conta com 2000 vagas para carros, 241 para motos e 200 para ônibus.

16. Por enquanto, no período inaugural e de testes, só se poderá ir ao Templo em caravanas. Este foi um acordo com as autoridades, para que avaliasse o impacto no trânsito da região. Depois, qualquer pessoa, com seus próprios meios, poderá ir ao templo.

17. Além do Templo, há também um museu, chamado de Memorial. Lá, 12 colunas explicam a origem das 12 tribos de Israel.

18. Para as mulheres, é vetado o uso de “minissaias ou outros tipos de roupas curtas, decotadas ou sensuais”. Já os homens deverão deixar no armário as camisetas de times de futebol, bermudas, regatas e chinelos.

19. Foram usadas na obra 2.600 toneladas de ferro e 145 mil sacos de cimento.

20. Segundo a assessoria de imprensa da Igreja, a presidente Dilma Rousseff estará presente na inauguração do Templo. O ex-presidente Lula, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin e o prefeito Fernando Haddad também são esperados.

(Exame Online)

Centro Dragão do Mar recebe XI Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas

As etapas regionais foram realizadas em quatro bairros de Fortaleza e nos municípios Iracema, Apuiarés, Pindoretama, Cariús, Viçosa do Ceará, Icó, Nova Olinda, Ipú, Santana do Acaraú, Pentecoste, Independência, Solonópole, Canindé, Tauá, Pindoretama, Aquiraz e São Gonçalo.

A promoção do XI Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas é feita pela Associação dos Produtores e Empreendedores Culturais do Estado do Ceará – PRODUCE, com apoio institucional da Comissão Cearense de Folclore, Federação de Eventos Culturais do Ceará – FEJUC, Federação das Quadrilhas Juninas do Ceará – FEQUAJUCE, Fórum Cearense de Cultura Popular Tradicional, União Junina do Ceará, Instituto de Arte e Cultura do Ceará – Centro Cultural Dragão do Mar,

De acordo com o secretário-executivo da Secult, Paulo Victor Feitosa, o evento conta com uma premiação de R$ 45 mil, distribuídos para os cinco primeiros lugares, nos valores de R$ 7 mil, R$ 6 mil, R$ 5 mil, R$ 4 mil e R$ 3 mil, respectivamente, somados ao valor de R$ 1.250,00 referente ao cachê de participação para os demais grupos.

A programação do evento prevê a participação de grupos juninos infantis no início de cada dia do Campeonato. A etapa do Campeonato Estadual realizado pela Secretaria da Cultura, encerra o ciclo de eventos juninos no Estado do Ceará

Em 2013, o evento contou com a presença de aproximadamente 24 mil pessoas nos 4 dias de Campeonato. O grupo junino Quadrilha Fulô do Sertão, do município Senador Pompeu, foi a vencedora do X Campeonato Estadual de Quadrilhas Juninas 2013. O citado grupo junino é mantido pela Fundação Santa Terezinha através do Ponto de Cultura Estação das Artes.

Fonte: Secult

Caixa Cultural Fortaleza apresenta espetáculo ‘O Som das Cores’

A Caixa Cultural Fortaleza apresenta, entre os dias 24 e 27 de julho, ‘O Som das Cores’,  da Companhia Catibrum. O espetáculo de animação narra, de forma fantasiosa e imaginativa, as aventuras e desventuras de Lúcia, uma menina de 15 anos, que perde a visão subitamente e, pensando que seu cachorro havia fugido com seus olhos, sai à procura deles pelos subterrâneos das estações de metrô.

O autor e diretor Lelo Silva utiliza bonecos para contar esta história, inspirada em filmes de aventura, no poema O Cego, do escritor tcheco Rainer Maria Rilke, e no livro O Som das Cores, do taiwanês Jimmy Liao. “O Som das Cores confirma como a magia do Teatro de Animação pode ser transformada em uma trama envolvente”, diz o diretor. Dão vida aos objetos os atores Daniela Perucci, Leandro Marra, Patrícia Rache e Aurora Majnoni. A trilha sonora é da banda Graveola e o Lixo Polifônico.

Acessibilidade
Para permitir que pessoas com deficiência visual possam assistir ao espetáculo, será utilizada uma aparelhagem de audiodescrição em todas as apresentações feitas em Fortaleza. Cinquenta aparelhos de escuta estarão ligados a uma cabine à prova de som, onde um profissional fará a descrição das informações visuais –  ou seja, do que não é dito nos diálogos do espetáculo.

Serviço: “O Som das Cores”
Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
Data: 24 a 27 de julho de 2014
Horário: quinta-feira e sexta-feira às 15h e sábado e domingo às 17h
Classificação indicativa: Livre
Duração: 50 minutos
Valor do ingresso: R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 a meia entrada (a venda dos ingressos será iniciada duas horas antes do espetáculo);

(G1 Ceará)

Barra do Ceará: Bairro mais antigo de Fortaleza completa 410 anos

Desenvolvida em uma área repleta de ambientes naturais, como rio, mangue e praia, a Barra do Ceará comemora hoje 410 anos. Situado no Marco Zero da cidade, o bairro é considerado o mais antigo de Fortaleza. Durante todo o dia, serão realizadas atividades comemorativas. O encerramento ocorre à meia-noite com uma queima de fogos em vários pontos da região.

Proprietário de uma barraca na avenida Vila do Mar – via revitalizada em 2012 e localizada no bairro – Luiz Carlos, 40 anos, trabalhava em São Paulo na década de 90, mas se apaixonou pela orla da Barra do Ceará durante visitas à capital cearense. Empolgados pela paisagem natural do local, Luiz e seus três irmãos resolveram investir no empreendimento na praia e se mudaram de vez para Fortaleza. “É um local privilegiado pela natureza. As pessoas vêm aqui e saem felizes. Os turistas se impressionam”, conta.

Um dos atrativos naturais da Barra do Ceará é o pôr do sol. O historiador e pesquisador da região, Adauto Leitão, 43, garante que é o mais bonito do Estado. “Nas margens do rio Ceará, as pessoas podem ver o pôr do sol de frente, sem obstáculos. É uma visão privilegiada e limpa do poente”, destaca. Dentro das comemorações da Barra do Ceará está o projeto Ondas de Concreto. O artista visual Luiz Freire é o responsável pela pintura de um paredão abandonado de 4 metros de altura por 100 metros de largura na avenida Vila do Mar. Morador do bairro, Luiz acredita que a região tem um potencial para se desenvolver, mas pede mais cuidado às praias do local. “Através da arte também podemos revitalizar a região. Além da revitalização das áreas urbanas, precisamos valorizas as praias e mobilizar a comunidade”, pontua o artista.

 

Segurança pública

Apesar das belezas moradores reclamam de insegurança no local. Segundo eles, a revitalização da avenida Vilar do Mar e a criação do Cuca da Barra diminuíram os casos de violência, mas os riscos ainda continuam. O policiamento na Barra do Ceará é realizado por seis viaturas da Polícia Militar (PM), sendo três do Ronda do Quarteirão e três do Policiamento Ostensivo Geral (POG), e o pelotão de motos da Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). Segundo o comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) e responsável pela Área Integrada de Segurança (AIS) I, tenente-coronel Francisco Souto, a violência no bairro está sobre controle.

 

Serviço

Passeio ecológico de barco pelo rio Ceará

É necessário formar grupos de 10 a 20 pessoas, com agendamento prévio. O passeio dura duas horas.

Valor: R$ 20 por pessoa.

Telefone:(85) 3485 6945 /8753 3940

Endereço: avenida Radialista José Lima Verde, 746, Barra do Ceará (Albertu’s Restaurante) 

Programação

 

6h – Alvorada de Fogos – diversos pontos da Barra do Ceará 

8h - Adorno com bandeiras na ponte da Barra. Homenagem

aos países que marcam presença histórica na Barra do Ceará. 

10h - Homenagem aos 10 anos de instalação do Cruzeiro

de Santiago – Ícone do reconhecimento internacional do Marco Zero. Monumento doado (2004) pela Xunta de Galicia – Espanha.

15h30min - Imagem de Santiago via ABT do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará -percorre as ruas da Barra do Ceará.

16h30min - Encontro da Juventude na Praça

Santiago da Barra - junto ao Cruzeiro de Santiago. Caminhada até a ponte da Barra.

17h – Procissão Marítima com a imagem de Santiago pelo Rio Ceará.

19h - Missa de Santiago.

21h - Final da Copa 410 Anos. Futebol Amador.

(Lucas Mota, O Povo)

Golpe é golpe, mesmo que venha travestido de ‘legitimidade’

 

Ou as muitas lições da história contemporânea.

Aécio Neves é eleito presidente, decide fazer aliança com o Peru, recusa-se a admitir os partidos fisiológicos no governo. Estes, formando maioria no Congresso, decidem que é melhor fazer aliança com a  Argentina do que com o Peru e então se unem, derrubam Aécio e põe Lula ou Sarney no poder. É golpe ou foi mudança legítima de governo?

Se o que aconteceu na Ucrânia foi troca legítima de governo, o presidente que queria aliança com a Rússia foi derrubado por uma maioria parlamentar  favorável a aliança com a União Europeia, por que não vale para o Brasil?

Esse tipo descarado de golpe de , via legislativo, tem sido usado para dar ares de legitimidade e substituir o velho e grosseiro golpe militar. Além da Ucrânia já aconteceu no Paraguai e em Honduras. As elites dos países pobres muitas vezes perdem eleições majoritárias, onde o voto da massa conta, mas dificilmente deixam de eleger a maioria dos parlamentares, nas quais é preciso ter muito dinheiro para fazer campanha.  A moda doravante será o golpe no legislativo.

Quem via notícias da Ucrânia nos dias que antecederam o golpe achava que havia unanimidade na população contra o governo. A mídia não se dava ao trabalho de dizer como o então presidente fora eleito por votação direta e como pensavam os habitantes da Criméia e outras regiões hoje rebeladas.  Também não tem lembrado que o então presidente, antes de ser derrubado, assinou um acordo com a oposição que se manifestava em Kiev, prevendo eleições para dois meses depois. A oposição assinou o acordo e o derrubou no dia seguinte, quando ele desmobilizou suas forças em Kiev, principalmente os militares. E só então viemos a saber que havia províncias inteiras onde a população era totalmente contra os golpistas.

É difícil saber que resultados teríamos nas eleições, incluindo essas províncias. Provavelmente a oposição ganharia, assumiria o governo de forma legítima  e tudo que está acontecendo agora teria sido evitado. O apressado come cru, diz um velho ditado. Os europeus do oeste e norte americanos saíram ganhando, pois avançaram em território que há séculos está sob influência russa. Romperam o que parecia ser um acordo tácito e o equilíbrio de forças. À Rússia tem sobrado o “jus sperneandi”.

Neste ponto, com a tensão crescente, temos mais uma lição da história: o problema não era o regime comunista no leste, mas a disputa pelo poder e zonas de influência. Pouco importa que a Rússia seja agora um país capitalista. Ela continua tendo seus próprios interesses, é militarmente poderosa, e portanto continua sendo rival, um país inimigo a ser cercado e submetido.

A maior prova que tudo vai conforme a política e o poder se repete no fato de Obama continuar a praguejar  contra a morte de mais  duzentas pessoas em uma avião, acusando rebeldes e a Rússia, antes de aparecer uma única evidência. Ao mesmo tempo não abre o bico ante a morte de centenas de palestinos ali perto. Talvez não os considere seres humanos, ou talvez os considere apenas inimigos, mesmo as crianças. Para salvar as aparências, especialmente Juntos ditadores e senhores feudais árabes, oferecerá ajuda humanitária tão logo a direita israelense termine a “limpeza”. Não há nada de novo no front.

Via http://jornalggn.com.br

 

Claudia Leitte e Ivete Sangalo são atrações no Fortal 2014

Fotomontagem/ R

A edição deste do Fortal será realizada de 24 a 27 de julho, e a expectativa dos organizadores é receber mais de 500 mil pessoas. Este ano, a micareta terá novos blocos e atrações, além de mudanças estruturais. Uma delas é a inversão do circuito dos blocos no corredor da folia. A cantora Claudia Leitte retorna ao Fortal com o bloco Largadinho. Outros blocos inéditos serão “Vumbora”, alternativo do Siriguella com Bell Marques, “Coruja”, bloco com Ivete Sangalo, e “Me abraça”, com Durval Lelys pela primeira vez no circuito em carreira solo.

Além da inversão do sentido do circuito,  um dos espaços da Cidade Fortal, a Arena VIP, também mudará de lugar.  Segundo os organizadores, o local ficará mais perto do Camarote Mucuripe, integrando o frontstage da Arena com o público do camarote. Quem estiver no Camarote Mucuripe ou no Lounge da Arena, vai ter acesso direto ao frontstage da Arena VIP. O público também terá opção de aproveitar a festa em camarores corporativos, arquibancadas e pista.

Corredor da folia

Na quinta-feira (24), primeiro dia de Fortal, terá a volta de Claudia Leitte com bloco “Largadinho”, Bell Marques na estreia do bloco “Vumbora” e Jorge & Mateus no bloco “Pirraça”. Na sexta-feira (25), Durval Lelys animará o bloco “Me abraça”, Chiclete com Banana se apresentará no “Eh Loco” e Bell Marques no “Siriguella”.

No sábado (26), Durval e Bell estarão novamento no corredor repetem, no “Me abraça” e “Siriguella”, respectivamente, e Saulo Fernandes comanda o “Eh Loco”. No domingo, Ivete Sangalo se apresenta no Bloco “Coruja”, Bell, no “Siriguella”e Wesley Safadão e Garota Safada, no “Eh Loco”.

A ordem da saída dos trios ainda foi divulgada. O acesso aos blocos só será permitido com a utilização do abadá e da pulseira no associado. As pulseiras serão entregues nas entradas da Cidade Fortal, no dia do evento e mediante ingresso do associado, que será recebido junto com o abadá.

Arena VIP

O espaço amplo possui palco, onde acontecerão os shows, praça de alimentação, banheiros exclusivos e total segurança. A Arena VIP vem em 2014 com dois acessos: Pista e Lounge, espaço com acesso ao Prontstage. As bandas já confirmadas são Banda Eva na quinta-feira (24),  Psirico na sexta-feira (25), Timbalada no sábado (26) e Oito7Nove4 no domingo (27).

Solidariedade
Pelo quarto ano consecutivo, o Fortal fecha parceria com o Iprede para arrecadação de leite durante a micareta e o mês que a antecede. A meta, neste ano, é conseguir doações suficientes para suprir a necessidade de quatro meses de leite. De acordo com o Iprede, são necessárias 400 latas de leite por dia, alimento que é oferecido às crianças durante o atendimento, além de compor a cesta básica que é entregue às famílias.

Vendas
Os brincantes podem comprar os abadás nas Centrais do Fortal montadas nos Shopping Iguatemi, North Shopping e North Shopping Jóquei. O funcionamento é de 10 às 22 horas. Nestes locais, podem ser comprados camarotes e entradas para os demais espaços, além dos abadás. Já nas sedes dos blocos e pelo site Efolia, o folião também pode garantir a compra do abadá.

Serviço
Fortal 2014
Data: 24 a 27 de julho
Local: Cidade Fortal – Fortaleza
Informações: (85) 3261.4050
Centrais do Fortal: Shopping Iguatemi, North Shopping e North Shopping Jóquei, das 10 às 22 horas

(G1 Ceará)

Professor da UFC cria dicionário com termos típicos de redes sociais

Para facilitar a comunicação e compreensão de internautas, um professor de Fortaleza criou um dicionário multilíngue com termos típicos da web, ou que nasceram no campo virtual, como selfie, hashtag e chat.

O “Vocabulari panllatí” foi desenvolvido por um grupo de seis pesquisadores de vários países, um deles foi o Márcio Santigo, professor da Universidade Federal do Ceará (UFC). “O usuário ele pode acessar em inglês e saber a palavra em português; pode acessar a palavra em espanhol e saber em italiano. Isso contribui também até para o ensino de língua, para tradução e para as pessoas interessadas em saber o significado de uma palavra das redes sociais”, explica Márcio.

Atualmente o dicionário registra 114 termos populares em redes sociais. “O dicionário está on-line, ele pode ser acessado de qualquer computador, tablete e celular e está aberto ao público”, explica o professor. Para acessar, basta visitar o site do dicionário.

(G1 Ceará)

Fernanda Levy foi eleita Miss Fortaleza 2014

Créditos Foto: Facebook/fernandalevylima

A atriz e modelo Fernanda Levy foi eleita a mulher mais bonita da Capital na noite da última terça-feira (22) A representante do Meireles venceu o concurso Miss Fortaleza 2014 diante de um grande público no North Shopping Jóquei.

Agora, Fernanda Correia Lima prepara-se para representar o município no maior concurso de beleza do estado, o Miss Ceará que se realizará dia 16 de Agosto no Teatro do Via Sul Shopping com transmissão pela TV Jangadeiro.

Créditos Foto: Facebook/fernandalevylima

Candidatas de 12 bairros participaram da disputa. As jovens tiveram uma semana de treinamento antes de subir a passarela e desfilar de trajes de banho, moda casual  e roupa de gala.

Fernanda recebeu a faixa e a coroa de Mariana Vasconcelos, eleita Miss Fortaleza em 2013. O concurso Miss Ceará, no dia 13 de agosto, é uma eliminatória para o Miss Brasil e Miss Universo. ”Indo dormir realizada com essa conquista. Muito obrigada a todos!!#missfortaleza”, comemorou a vencedora na sua rede social.

 

“Estava tudo lindo. O Miss Fortaleza foi um grade sucesso. Os nossos clientes adoraram e muita gente que ainda não conhecia o North Shopping Jóquei, gostou do que viu. Acreditamos que o Miss Ceará, que será realizado no Teatro do Via Sul Shopping, também será um evento espetacular”. (Girlaine Caldas, gerente de Marketing do North Shopping Jóquei)

“Foi uma noite muito feliz onde podemos oferecer a Fortaleza uma Miss à altura da sua importância. Nós, enquanto realizadores, entendemos o nosso papel como promotores da cultura do nosso estado, achamos importante trazer ao público toda a tradição e beleza do mundo MISS e valorizamos a mulher cearense. Obrigada a todos os presentes e até o Miss Ceará”.(Valéria Mannarino, Coordenadora geral do evento)

 Via Tribuna do Ceará

Dilma Bolada deixa Facebook, mas continua no Twitter

Jeferson Monteiro, idealizador Dilma Bolada, personagem fictícia de Dilma Rousseff nas redes sociais, tirou do ar nesta quarta-feira (23) o perfil fake da presidente que mantinha no Facebook. No entanto, Jeferson decidiu manter a conta que tem no Twitter.

Via Twitter, ele confirmou que tirou do ar a página do Facebook do ar: “Enquanto tem gente preocupada com meu Facebook, eu estou aqui trabalhando. Bjs” (sic).

Em sua descrição no Twitter, porém, ele mantém o endereço para a página que mantinha no Facebook: “Sou a Rainha da Nação, a Diva do Povo, a Soberana das Américas… Sou linda, sou diva, sou Presidenta. SOU DILMA! http://facebook.com/DilmaBolada  G+http://goo.gl/zVL3xY”.

Em setembro do ano passado, Jeferson se encontrou com a verdadeira Dilma, presidente do Brasil, em Brasília, quando a presidente retomou sua conta no Twitter. A presidente recebeu Jeferson pessoalmente em Brasília e eles bateram um papo virtual na rede social.

No mês passado, Dilma Bolada voltou ao noticiário nacional ao flagrar a equipe do candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, tentando comprar um pacote de seguidores na rede social.

No começo de julho, Dilma Bolada conversou, virtualmente, com Dilma Bolada e atendeu a um pedido do criador do seu perfil falso nas redes sociais. O assunto era a contusão do atacante Neymar na Copa do Mundo e Dilma Bolada pediu à Dilma verdadeira que fizesse ao gesto característico do craque para uma foto. Ela topou e a imagem circulou pelas redes sociais.

R7 tentou contato com Jeferson Monteiro, que criou e mantém os perfis falsos de Dilma Rousseff nas redes sociais, mas ele não atendeu aos telefonemas da reportagem.

(r7)

Ariano Suassuna e sua obra armorial

Filho de Cássia Villar e João Suassuna, Ariano Vilar Suassuna nasceu em Nossa Senhora das Neves, hoje conhecida como a cidade de João Pessoa, na Paraíba, em 16 de junho de 1927. Era o oitavo filho dos nove irmãos. No ano seguinte, seu pai deixou o governo estadual e passou a morar com a família no sertão, na Fazenda Acauhan.

Ariano pouco conheceu o pai. Com a Revolução de 30, João Suassuna foi assassinado por motivos políticos no Rio de Janeiro. Com a perda, a família mudou-se para Taperoá, onde morou de 1933 a 1937. Foi lá que Ariano começou os estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo a ideia de “improvisação” também viria a ser mais tarde uma das marcas registradas da sua produção teatral.

Em 1942 passou a viver no Recife, onde terminou, em 1945, os estudos secundários no Ginásio Pernambucano e no Colégio Osvaldo Cruz. No ano seguinte entrou para a Faculdade de Direito. Foi lá que conheceu Hermilo Borba Filho e, junto com ele, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco.

Pouco tempo depois deu asas ao seu telento. Em 1947, escreveu sua primeira peça, “Uma Mulher Vestida de Sol”. No ano seguinte, sua peça “Cantam as Harpas de Sião” (ou “O Desertor de Princesa”) foi montada pelo teatro, assim como “Os Homens de Barro”, que veio logo na sequência. Ariano, então, descobria-se cada vez mais no mundo das artes cênicas.

Formou-se na Faculdade de Direito em 1950 e, no mesmo ano, recebeu o Prêmio Martins Pena pelo “Auto de João da Cruz”, peça inspirada em folhetins da literatura de cordel.

Ariano, no entanto, precisou voltar para Taperoá, onde a família ainda residia, para curar-se de doença pulmonar. Lá, escreveu e montou a peça “Torturas de um Coração” (1951).

Em 1952, ele retornou a Recife e dedicou-se por alguns anos à advocacia, sem deixar de lado, porém, seu trabalho com o teatro. São trabalhos desta época “O Castigo da Soberba” (1953), “O Rico Avarento” (1954) e o “Auto da Compadecida” (1955), peça que o projetou em todo o país e que seria considerada, em 1962, pelo crítico teatral Sábato Magaldi “o texto mais popular do moderno teatro brasileiro”.

Depois de muitas encenações no teatro, “Auto da Compadecida” ganhou as telas do cinema, em 2000. O filme dirigido por Guel Arraes e com roteiro de Adriana Falcão ganhou o Grande Prêmio Cinema Brasil, criado pelo Ministério da Cultura, nas premiações de melhor diretor, melhor roteiro, melhor lançamento e melhor ator. No elenco, Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Marco Nanini, Fernanda Montenegro, Denise Fraga, Lima Duarte, entre outros.

Em 1956, Ariano abandonou a advocacia para ser professor de Estética na Universidade Federal de Pernambuco. Desde então, novos trabalhos foram encarados: “O Casamento Suspeitoso”, “O Santo e a Porca”, “O Homem da Vaca”, “O Poder da Fortuna” e “A Pena e a Lei”, essa última premiada dez anos depois no Festival Latino-Americano de Teatro.

Em 1957, casa-se com Zélia de Andrade Lima, que lhe deu seis filhos. E esses, por sua vez, lhe deram 13 netos. Em 1959, novamente na companhia do amigo Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste.

As primeiras prosas 

Entre 1958-79, dedicou-se também à prosa de ficção, publicando o “Romance d’A Pedra do Reino”, “Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta” (1971) e “História d’O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão” / “Ao Sol da Onça Caetana” (1976), classificados por ele de “romance armorial-popular brasileiro”.

Mas, apesar da bem-sucedida carreira de dramaturgo, Ariano resolveu dedicar-se às aulas de Estética na Universidade Federal de Pernambuco (UFPe). Foi lá, que em 1976, defendeu a tese de livre-docência “A Onça Castanha” e a “Ilha Brasil: Uma Reflexão sobre a Cultura Brasileira”. Ariano se aposentou como professor em 1994.

Sempre ligado diretamente à cultura, Ariano iniciou em 1970, em Recife, o “Movimento Armorial”, que visava o desenvolvimento e o conhecimento das formas de expressão populares tradicionais.

Ariano também era membro fundador do Conselho Federal de Cultura (1967) e foi secretário de Cultura do Estado de Pernambuco, no Governo Miguel Arraes (1994-1998).

Membro da ABL

Ele assumiu a Cadeira nº 32 da Academia Brasileira de Letras (ABL), eleito em 3 de agosto de 1989, na sucessão de Genolino Amado. Ele também se tornou membro da Academia Paraibana de Letras em 9 de outubro de 2000. No mesmo ano, Ariano ainda se tornou doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Sucesso e talento reconhecidos, em 2002, Ariano Suassuna foi tema de enredo no carnaval carioca na escola de samba Império Serrano. Em 2008, foi novamente tema de enredo, desta vez da escola de samba Mancha Verde no carnaval paulista.

Em 2006, também ganhou o título de doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Ceará, mas que veio a ser entregue apenas em 10 de junho de 2010, às vésperas de completar 83 anos.

Recentemente, Ariano passou por algumas capitais do País com suas aulas espetáculo e o projeto multimídia “Ariano Suassuna – Arte Como Missão”, realizado em homenagem ao escritor. Suassuna também atuava como Chefe da Assessoria Especial ao Governador de Pernambuco, Eduardo Campos, um dos candidatos a presidência nas eleições de 2014.

Ariano Suassuna era ainda um torcedor fanático do Sport Club do Recife.

 

OBRAS

Teatro:

- “Uma mulher vestida de sol” (1947), Recife, Imprensa Universitária, 1964. Especial da Rede Globo de Televisão, 1994.

- “Cantam as harpas de Sião” (ou O desertor de Princesa) (1948). Peça em um ato.

- “Os homens de barro” (1949). Peça em 3 atos.

- “Auto de João da Cruz” (1950). Prêmio Martins Pena. Peça inspirada em três folhetins da literatura de cordel.

- “Torturas de um coração” (1951). Peça para mamulengos.

- “O arco desolado” (1952).

- “O castigo da soberba” (1953). Entremês popular em um ato.

- “Auto da Compadecida” (1955). Medalha de ouro da Associação Brasileira de Críticos Teatrais. Rio de Janeiro, Livraria Agir, 1957; 34ª. ed., Agir, 1999. Estréia no cinema, 1969. Mini-série da Rede Globo de Televisão, 1994, e no cinema, 2000.

- “O desertor de Princesa” (reescritura de Cantam as harpas de Sião), 1958.

- “O casamento suspeitoso” (1957). Encenada em São Paulo pela Cia. Sérgio Cardoso. Recife, Igarassú, 1961. Rio de Janeiro, José Olympio, 1974, junto com O santo e a porca, 8ª edição, 1989.

- “O santo e a porca, imitação nordestina de Plauto” (1957). Recife, Imprensa Universitária, 1964. Medalha de ouro da Associação Paulista de Críticos Teatrais. Rio de Janeiro, José Olympio, 1974, junto com “O casamento suspeitoso”, 8ª edição, 1989.

- “O homem da vaca e o poder da fortuna” (1958). Entremês popular.

- “A pena e a lei” (1959). Peça em três atos. Premiada no Festival Latino-Americano de Teatro em 1969. Rio de Janeiro, Agir, 1971, 4ª ed., 1998.

- “Farsa da boa preguiça” (1960). Estampas de Zélia Suassuna. Peça em três atos. Rio de Janeiro, José Olympio, 1974, 2ª ed., 1979. Episódio de Terça Nobre, Rede Globo de Televisão, 1995.

- “A caseira e a Catarina”(1962). Peça em um ato. Inédita. As conchambranças de Quaderna (1987). Estréia no Teatro Waldemar de Oliveira, Recife, 1988.

- “A história de amor de Romeu e Julieta”. Suplemento “Mais”, da Folha de São Paulo”, 1997.

Ficção:

- “A história de amor de Fernando e Isaura”. Romance inédito, 1956.

- “Romance d`A pedra do reino e o príncipe do sangue vai-e-volta”.

- “Romance armorial-popular’. Nota de Rachel de Queiroz. Posfácio de Maximiano Campos. Rio de Janeiro, Borsoi, 1971. 2ª ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 1972. Adaptação teatral por Romero e Andrade Lima, 1997.

- “As infâncias da Quaderna”. Folhetim semanal do Diário de Pernambuco, 1976-77.

- “História d`O rei degolado nas caatingas do sertão / Ao sol da Onça Caetana”. Romance armorial e novela romançal brasileira. Com estudo de Idelette Muzart F. dos Santos. Rio de Janeiro, José Olympio, 1977.

- “Fernando e Isaura” (1956). Recife, Bagaço, 1994.

Outras obras:

- “O pasto incendiado” (1945-70). Livro inédito de poemas.

- “Ode. Recife, O Gráfico Amador”, 1955.

- Coletânea de poesia popular nordestina. Romances do ciclo heróico. Recife, Deca, 1964.

- O Movimento Armorial. Recife, UFPe, 1974.

- Iniciação à estética. Recife, UFPe, 1975.

- “A Onça Castanha e a Ilha Brasil: uma reflexão sobre a cultura brasileira” (tese de livre-docência em História da Cultura Brasileira). Centro de Filosofia e Ciências Humanas, UFPe, 1976.

- Sonetos com mote alheio. Recife, edição manuscrita e iluminogravada pelo autor, 1980.

- Sonetos de Albano Cervonegro. Recife, edição manuscrita e iluminogravada pelo autor, 1985.

- Seleta em prosa e verso. Estudos, comentários e notas do Prof. Silviano Santiago. Rio de Janeiro, José Olympio / INL. 1974 (coleção Brasil Moço).

- Poemas. Seleção, organização e notas de Carlos Newton Júnior. Recife, Universidade Federal de Pernambuco / Editora Universitária, 1999.

- CD – Poesia viva de Ariano Suassuna. Recife, Ancestral, 1998.

OBS: Algumas de suas obras foram traduzidas para alemão, espanhol, francês, holandês, inglês, italiano e polonês. 

Via http://atarde.uol.com.br

Com morte de Suassuna, ABL perde três membros em 20 dias

Ivan Junqueira, João Ubaldo e Ariano Suassuna foram três perdas para a ABL

Os integrantes da Academia Brasileira de Letras receberam a notícia da morte do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, de 87 anos, durante a sessão desta quarta-feira, 23, quando homenageavam o também acadêmico João Ubaldo Ribeiro, que morreu na última sexta-feira, 18.

Eles ficaram muito abalados, pois perderam três membros em 20 dias – o poeta Ivan Junqueira morreu no dia 3. “Três mortes em 20 dias é algo que eu acho que nunca aconteceu aqui. Ele vinha pouco à academia por não morar no Rio. É uma perda para as letras brasileiras e para o teatro mundial. Sendo ele internacional, será pranteado em todo lugar do mundo. Já vi peças dele na Alemanha”, disse o presidente da casa, Geraldo Holanda Cavalvanti.

O Real Hospital Português, onde Suassuna estava internado desde segunda-feira, 21, divulgou nota informando que o falecimento ocorreu às 17h15. O paciente teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracraniana. De acordo com o hospital, a família ainda não informou os detalhes do funeral.

(Estadão Conteúdo)

Ariano Suassuna: Escritor paraibano não resiste ao AVC e morre aos 87 anos

O escritor paraibano Ariano Suassuna, autor de “Auto da Compadecida” e “A Pedra do Reino”, morreu às 17h15 desta quarta-feira (23), aos 87 anos, no Recife.

Internado no Real Hospital Português desde segunda-feira (21), quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico, Suassuna teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracaniana. No ano passado, o autor foi hospitalizado duas vezes, primeiro por causa de um infarto agudo no miocárdio e, depois, por um aneurisma cerebral. 

Ocupante da Cadeira 32 da Academia Brasileira das Letras, para a qual foi eleito em agosto de 1989, Suassuna foi um dos principais nomes da literatura brasileira do século 20.

Nascido em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa, em 16 de junho de 1927, era filho do político João Suassuna, que ocupou o governo da Paraíba e foi assasinado no Rio de Janeiro, em 1930.

A família passou a viver em Taperoá, onde Suassuna começou a estudar e viu a primeira peça de mamulengos (fantoches típicos do nordeste brasileiro), que depois teria influência em sua produção teatral.

Em 1942 o autor se mudou para Recife e aos 16 anos começou a escrever poesias. Aos 20 publicou a primeira peça, “Uma Mulher Vestida de Sol”.


Divulgação

Imagem do filme ‘O Auto da Compadecida’

Em 1950 formou-se advogado, profissão à qual se dedicou durante anos sem abandonar a literatura. Na faculdade conheceu o escritor Hermilo Borba Filho, com quem fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco.

Em 1955 publicou “Auto da Compadecida”, sua obra mais famosa, que em 2000 seria adaptada para uma minissérie e um filme de sucesso, estrelados por Matheus Nachtergaele e Selton Mello.

Com projeção nacional, deixou a advocacia e viu suas peças serem montadas em outros Estados. Em 1959, de novo com Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste.

Na década de 1970, lançou o Movimento Armorial, com o objetivo de criar arte erudita a partir de elementos da cultura popular, como literatura de cordel e música de viola. Seu livro “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”, de 1971, é baseado nesses preceitos.

Exerceu, entre outros cargos públicos, o de secretário de Cultura de Pernambuco durante o terceiro governo de Miguel Arraes (1995-1998). Atualmente, era assessor do governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Em 2012, foi escolhido pelo Senado como “candidato oficial” do Brasil ao prêmio Nobel de Literatura – que, depois, ficou para o chinês Mo Yan. Suassuna teve obras traduzidas para o inglês, francês, espanhol, alemão, italiano, holandês e polonês. Mas não para o sueco, língua dos eleitores do Nobel.

Fã de futebol, o autor era torcedor fanático do Sport Club do Recife.

Veja as principais obras de Ariano Suassuna:

1947 – “Uma Mulher Vestida de Sol”
1949 – “Os Homens de Barro”
1950 – “Auto de João da Cruz”
1952 – “O Arco Desolado”
1953 – “O Castigo da Soberba”
1954 – “O Rico Avarento”
1955 – “Auto da Compadecida”
1957 – “O Casamento Suspeitoso”
1957 – “O Santo e a Porca”
1958 – “O homem da Vaca e o Poder da Fortuna”
1959 – “A Pena e a Lei”
1960 – “Farsa da Boa Preguiça”
1962 – “A Caseira e a Catarina”
1971 – “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”
1976 – “História d’O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão / Ao sol da Onça Caetana”
1980 – “Sonetos com Mote Alheio”
1985 – “Sonetos de Albano Cervonegro”
1987 – “As Conchambranças de Quaderna”

(Ultimo Segundo)

João Ubaldo Ribeiro: Relembre a trajetória do mestre dos contos e dos romances

Jornalismo, literatura, cinema, televisão. O escritor baiano João Ubaldo Ribeiro foi um dos poucos que soube passear por diversas áreas com facilidade e reconhecimento, no Brasil e no mundo. Essa trajetória de sucesso foi interrompida nesta sexta-feira, por uma embolia pulmonar, que resultou na morte do escritor, aos 73 anos. João Ubaldo deixa quatro filhos, Emília, Manuela, Banto e Francisca.

Nascido na Ilha de Itaparica, em 23 de janeiro de 1941, João Ubaldo Ribeiro é o filho mais velho do casal Maria Felipa Osório Pimentel e Manoel Ribeiro. Ainda aos dois meses de idade, mudou-se para a cidade de Aracaju, Sergipe, onde foi alfabetizado e conheceu o amigo Glauber Rocha, com quem frequentou as aulas no Colégio da Bahia, em 1956.

Precoce, começou a trabalhar com jornalismo em 1957, como repórter no ‘Jornal da Bahia’. Em 1958, inicia o curso de Direito na Universidade Federal da Bahia. Apesar de concluir os estudos, nunca exerceu a profissão, dividindo o tempo entre os sisudos livros de Direito, com a edição de revistas e jornais culturais ao lado de Glauber Rocha, além do envolvimento com o Movimento Estudantil. Na mesma universidade, concluiu a pós-graduação em Administração Pública.

Sua primeira experiência na literatura foi em 1959, com a publicação do conto ‘Lugar e circunstância’, na antologia ‘Panorama do Conto Bahiano’, organizada por Nelson de Araújo e Vasconcelos Maia. Em 1961, teve os textos ‘Josefina’, ‘Decalião’, e ‘O campeão’ publicados na coletânea ‘Reunião’, ao lado dos escritores David Salles, Noêmio Spinola e Sonia Coutinho. O primeiro romance veio em 1963: ‘Setembro não faz sentido’.

Afastado da política brasileira no período da ditadura militar, por conta de uma bolsa de estudos conseguida junto à Embaixada norte-americana, para mestrado em Administração Pública e Ciência Política na Universidade da Califórnia do Sul, João Ubaldo não deixou de ser “perseguido”. Mesmo estando fora do país, teve sua foto publicada entre procurados por ser conhecido como esquerdista.

Já de volta ao Brasil, em 1965 leciona Ciências Políticas na Universidade Federal da Bahia, carreira da qual desiste novamente pelo jornalismo. Em paralelo, continua escrevendo contos e romances, como o aclamado livro ‘Sargento Getúlio’, com o qual foi vencedor do Prêmio Jabuti em 1972, na categoria ‘Revelação de Autor’. A publicação foi lançada também nos EUA, em 1978, com tradução feita pelo próprio autor, com ótima recepção. Em 1974, lança o livro de contos ‘Vencecavalo e o outro povo’.

Em 1981, mais um vez por conta de uma bolsa de estudos – concedida pela Fundação Calouste Gulbenkian – muda-se do Brasil, agora para Lisboa, em Portugal. Lá edita, ao lado do jornalista Tarso de Castro, a revista ‘Careta’.

Novamente no Rio de Janeiro, lança ‘Política’ e a coletânea de contos ‘Livro de Histórias’ – que depois seria republicado com o título de ‘Já podeis da pátria filhos’. A estreia na literatura infanto-juvenil vem com ‘Vida e paixão de Pandonar, o cruel’, lançado em 1983. No mesmo ano, o sucesso ‘Sargento Getúlio’ é adaptado para o cinema pelo diretor Hermano Penna, com o personagem principal vivido por Lima Duarte.

O segundo Prêmio Jabuti da carreira foi recebido na categoria ‘Romance’, pelo livro ‘Viva o Povo Brasileiro’, editado em 1984. A publicação também levou o Golfinho de Ouro, do governo do Rio de Janeiro. João Ubaldo ainda recebeu os louros de uma das festas mais populares do mundo, o carnaval, tendo o livro escolhido como samba-enredo da escola Império da Tijuca, em 1987.

Um dos grandes sucessos do autor, ‘O sorriso do Lagarto’, é lançado em 1989. Dois anos depois, o romance seria adaptado para minissérie da Rede Globo, por Walter Negrão e Geraldo Carneiro, tendo grandes nomes como Maitê Proença e Tony Ramos no elenco.

Em 1990 parte para Berlim, na Alemanha, onde morou por pouco mais de um ano, à convite da Deutsch Akademischer Austauschdienst. Na cidade, contribuiu com crônicas semanais para o jornal ‘Frankfurter Rundschau’. Teve a oportunidade também de trabalhar com rádio, produzindo adaptações para o veículo, entre elas a de seu conto ‘O santo que não acreditava em Deus’. O mesmo conto foi adaptado para a Rede Globo, dentro da série ‘Caso Especial’, veiculada em 1993. No dia 7 de outubro do mesmo ano foi eleto para a cadeira 34 da Academia Brasileira de Letras, na vaga que era ocupada anteriormente pelo jornalista Carlos Castello Branco.

Em parceria com o cineasta Cacá Diegues, trabalha na adaptação para o cinema no clássico de Jorge Amado ‘Tieta do Agreste’, em 1994. Os dois voltariam a trabalhar juntos nos anos 2000, no roteiro do filme ‘Deus é brasileiro’, estrelado por Antônio Fagundes e baseado no conto ‘ O santo que não acreditava em Deus’.

O ano de 1999 marcou outro grande – e polêmico – lançamento de João Ubaldo. ‘A Casa dos Budas Ditosos’, livro da série ‘Plenos Pecados’, da Editora Objetiva. Versando sobre a luxúria, o livro é narrado por uma mulher de 68 anos, nascida na Bahia, falando de sua própria vida, e de como jamais se furtou a viver as infinitas possibilidades do sexo. Editado em diversos países, a venda do romance foi proibida em redes de supermercados portuguesas por conta de seu conteúdo sexual.

Em 2008, João Ubaldo Ribeiro foi agraciado com o Prêmio Camões, considerado o maior reconhecimento da língua portuguesa. ‘O albatroz azul’ foi o último livro lançado pelo escritor, em 2009. Ele traz a história de um homem muito velho que, apesar de detentor da sabedoria trazida por todos os seus anos de existência, ainda busca apreender algum sentido na vida.

Via http://divirta-se.uai.com.br/

Líderes mundiais exigem respostas sobre avião derrubado com 298 a bordo

Por Anton Zverev

HRABOVE Ucrânia (Reuters) – Líderes mundiais exigem uma investigação internacional sobre a derrubada de um avião de passageiros da Malásia, com 298 pessoas a bordo, sobre a Ucrânia oriental, uma tragédia que pode marcar um momento crucial na pior crise entre a Rússia e o Ocidente desde a Guerra Fria.

Enquanto a Ucrânia busca apoio internacional contra a Rússia, duas autoridades dos Estados Unidos disseram que Washington suspeita fortemente que o Boeing 777 da Malaysia Airlines foi derrubado por um míssil disparado por separatistas ucranianos apoiados por Moscou.

Não há sobreviventes do acidente de quinta-feira, o maior ataque até hoje a um avião comercial, que espalhou destroços e corpos por quilômetros de território controlado pelos rebeldes perto da fronteira com a Rússia.

Bandeiras brancas improvisadas marcam os locais onde os corpos caíram em campos de milho, em meio aos escombros. Alguns, despidos pela força do acidente, foram cobertos por folhas de polietileno presas com pedras nas pontas. Sobre um dos corpos foi colocada uma flor.

Uma mulher contou como um cadáver caiu em sua cozinha quebrando o telhado de sua casa. “Houve um barulho alto e tudo começou a sacudir. Então objetos começaram a cair do céu”, disse Irina Tipunova, de 65 anos. “E então eu ouvi um estrondo e ela caiu na cozinha.”

A escala do desastre deve influenciar a pressão internacional para uma resolução da crise na Ucrânia, que matou centenas de pessoas desde que os protestos pró-Ocidente derrubaram o presidente apoiado por Moscou em Kiev em fevereiro e a Rússia anexou a Crimeia, um mês depois.

Vários países ocidentais impuseram sanções à Rússia pela crise na Ucrânia, mas os Estados Unidos adotaram uma posição mais incisiva do que a União Europeia. Analistas afirmam que a resposta da Alemanha e de outras potências da UE para o incidente – possivelmente impondo mais sanções – pode ser crucial para decidir a próxima fase do impasse com Moscou.

Alguns comentaristas compararam a situação ao naufrágio do transatlântico Lusitania, provocado pela Alemanha, em 1915, o que ajudou a empurrar os Estados Unidos para a Primeira Guerra Mundial, mas não se espera que a indignação do Ocidente com a tragédia de quinta-feira leve a uma intervenção militar.

 

A chanceler alemã, Angela Merkel, em uma resposta inicial disse que era muito cedo para decidir sobre novas sanções antes de ser apurado exatamente o que tinha acontecido com o avião.

O Reino Unido afirmou ser necessária uma investigação internacional liderada pela ONU antes que sanções adicionais sejam seriamente consideradas.

Kiev e Moscou se acusaram mutuamente após o desastre, desencadeando uma nova fase em sua guerra de propaganda.

O avião caiu a cerca de 40 da fronteira com a Rússia, perto da capital regional de Donetsk. A região é um reduto de rebeldes que lutam contra as forças do governo ucraniano, os quais já derrubaram aviões militares da Ucrânia.

 

(Reuters Brasil)

Juiz condena blogueira que ‘aparecia bem demais’ no Google

Caroline Doudet usou seu blog Cultur’elle para fazer as críticas

A Justiça francesa condenou uma blogueira por escrever uma dura crítica a um restaurante que “aparecia demais” no Google.

A decisão obrigou a blogueira Caroline Doudet a mudar o título de um post em que fala mal do restaurante Il Giardino, em Cap-Ferret, no sudoeste da França.

A medida também determina que ela pague uma indenização ao estabelecimento.

O texto era intitulado “O lugar para evitar em Cap-Ferret: Il Giardino”. Nele, a blogueira se queixava do serviço do restaurante durante uma visita em agosto de 2013 e acusava o proprietário de má atitude.

De acordo com documentos do processo, a crítica aparecia em quarto lugar quando alguém fazia uma pesquisa pelo nome do restaurante.

Caroline Doudet

Blogueira criticou serviço de estabelecimento

O proprietário alegou que o texto prejudicava seu negócio injustamente.

Um juiz de Bordeaux concordou e entendeu que o prejuízo para o restaurante era agravado pelo número de seguidores do blog de moda e literatura de Doudet, “Cultur’elle”: cerca de 3 mil.

O juiz determinou que Doudet deveria alterar o título do blog para evitar a construção “o lugar para evitar” e pagar 1,5 mil euros (aproximadamente R$ 4,5 mil) ao restaurante. O post já foi deletado.

‘Novo crime’

Para a blogueira, a decisão tornou crime aparecer no topo das pesquisas em buscadores da internet.

“Esta decisão cria um novo crime, o de ‘aparecer bem demais [em um buscador]‘ ou de ter uma influência muito grande”, disse Doudet à BBC.

O proprietário – que não falou à BBC – reclamou do artigo inteiro, mas o juiz limitou sua decisão ao título.

“Venho trabalhando sete dias por semana há 15 anos. Eu não podia aceitar isso”, disse o empresário, segundo o site Arret sur Internet.

“As pessoas podem criticar, mas há uma maneira de fazê-lo – com respeito. E esse não foi o caso.”

Segundo a lei francesa, um juiz pode emitir uma ordem de emergência para forçar uma pessoa a interromper qualquer atividade que esteja prejudicando a outra parte na disputa.

A decisão se assemelha a uma liminar na lei brasileira e pode ser derrubada se as partes levarem o processo até o fim.

Mas a blogueira disse que não pretende recorrer porque “não quer reviver semanas de angústia”.

Segundo ela, a decisão foi tomada em uma audiência de emergência. Por isso, afirma, ela não teve tempo para encontrar um representante legal e se defendeu sozinha no tribunal.

Um advogado francês e blogueiro que escreve sob o pseudônimo de Maître Eolas disse que, no direito francês, este tipo de sentença não cria precedência legal.

Via http://www.bbc.co.uk/

Jogos na Arena Castelão, em Fortaleza, atraíram 680 milhões de telespectadores pelo mundo

Os seis jogos da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 realizados na Arena Castelão, em Fortaleza  atraíram 680 milhões de telespectadores em todo o mundo. A informação é da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa).

De acordo com relatório de audiência da Fifa, as seis partidas foram acompanhadas por  679.842.935 telespectadores no mundo. Ou seja, os quase 680 milhões de pessoas representam mais de três vezes a população brasileira acompanhando os jogos na Arena Castelão.

A maior audiência do Castelão foi registrada no empate em 0 a 0 do Brasil contra o México. Mais de 161,5 milhões de pessoas acompanharam a partida. O mesmo jogo, só que pela Copa das Confederações de 2013, teve 40 milhões de telespectadores, quatro vezes menos o verificado na Copa do Mundo. As audiências contabilizam apenas as redes de televisão abertas, excluindo os canais fechados, além de reprises dos jogos e matérias jornalísticas realizadas em Fortaleza durante o Mundial.

Recordes
Em relação ao mercado internacional, alguns recordes foram estabelecidos. Na Grécia, os torcedores do país garantiram a maior audiência de um programa esportivo em 2014, mesmo sendo exibida após as 22 horas de uma terça-feira. Os números da audiência entre Grécia e Costa do Marfim – partida que colocou a equipe grega na segunda fase do torneio pela primeira vez na história – foi maior do que qualquer partida da seleção grega na Copa do Mundo da África do Sul 2010, exibida em horário nobre.

A seleção campeã do mundo no Brasil, a Alemanha, sofreu para empatar com a Gana na Arena Castelão. Só no país europeu, 76,3% das TVs ligadas no horário da partida exibiam o segundo jogo dos alemães na Copa do Mundo. Mais de 24,5 alemães viram o atacante Klose igualar o recorde de gols de Ronaldo com um gol salvador nos minutos finais. Foram mais de 122.683.550 telespectadores no mundo inteiro.

Quase 90% das TVs ligadas nos 90 minutos da partida entre Holanda e México, nas Oitavas de final, exibiram a vitória suada dos holandeses na Arena Castelão. O mesmo jogo chamou a atenção de brasileiros, alemães e argentinos. Mais de 50% dos televisores destes países estavam ligados na partida.

(G1 Ceará)

Memorial Padre Cícero é saqueado em Juazeiro do Norte

O descaso da Prefeitura de Juazeiro do Norte com os patrimônios materiais e imateriais do município não tem limites. A lista de denúncias contra a atual administração cresce cotidianamente, mas, desta vez, a vítima foi um dos maiores símbolos do povo cearense. De acordo com o Ministério Público do Ceará, o Memorial Padre Cícero foi saqueado.

Diversas peças de seu acervo, que guarda a memória de um dos principais sacerdotes e políticos do Nordeste brasileiro, foram roubadas da estrutura, que é mantida pela Prefeitura. No entanto, até o momento, a administração publica local não tem nem ideia do que realmente foi levado.

Estima-se que entre os itens levados estão 80 livros da biblioteca do religioso, fotografias, o estetoscópio do médico que atendeu Padre Cícero Romão Batista (1844-1934) em seu leito de morte, talheres e louças que foram de uso cotidiano do “Padim”. A Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte ainda está tentando localizar o inventário dos bens para avaliar com precisão a extensão da pilhagem. Mas suspeita-se que até uma das batinas foi roubada.

A informação foi divulgada pela coluna Radar online, de Lauro Jardim, no site da Revista Veja.

Mais informações:
O Memorial Padre Cícero foi inaugurado no dia 22 de julho de 1988 com a presença do então Presidente da República, José Sarney, para ser um ambiente de estudos, pesquisas e palestras sobre o sacerdote.

(Anderson Pires, CearaNews7)

‘O Maior Menor Espetáculo da Terra’ está em cartaz em Fortaleza

Alvaro Assad, Marcio Moura e Melissa Teles Lôbo são os atores do espetáculo (Foto: Divulgação/Ricardo Gabriel)

A Caixa Cultural Fortaleza apresenta, desta quinta-feira (17) a domingo (20), o “Circo de Pulgas – O Maior Menor Espetáculo da Terra”. A peça infantil, inédita no Nordeste, é da trupe carioca Centro Teatral Etc e Tal, que faz uma releitura de uma modalidade de arte cênica do século XVIII: o “circo de pulgas”. A peça terá números de trapézio, equilibrismo e magia em um picadeiro em miniatura onde um elenco imaginário de pulgas se apresenta.

O “circo de pulgas” teve início na Europa no século XVIII. À época, alguns artistas criaram apresentações circenses onde faziam a plateia acreditar que as pulgas haviam sido adestradas e realizavam os movimentos em uma pequena cama elástica ou em um trapézio.  Na realidade, os números eram feitos por meio de técnicas criadas para dar a ilusão de que os equipamentos eram movimentados pelas pulgas.

A companhia é formada por Alvaro Assad, Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo. Os artistas apresentam truques de mágica e de engenhocas para trazer à plateia o mais próximo possível da experiência de se enxergar as pulagas. O cenário é de Domingos Montagner.

O texto é uma mescla de dramaturgia de clássicos do circo tradicional com uma pesquisa científica do universo das pulgas. No enredo, os atores conduzem no fantástico picadeiro circense “artistas” de diversos continentes. Da China, Pun Ching Oo, a pulga funâmbula; da Argentina, PulGardel, a pulga bala; da Oceania, as lindas pulgas gêmeas trapezistas, Pulg Lee e Pilg Luu.

Oficina
Nesta quinta-feira (17), das 15h às 18h, o ator Marcio Moura vai ministrar a oficina Histórias e seus Caminhos para professores e arte-educadores, onde trabalhará pontos relevantes das técnicas empregadas pelo grupo na montagem de O Maior Menor Espetáculo da Terra e sua correlação com a tradição do ato de contar histórias.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail oficina@etcetal.art.br. Os interessados devem informar nome completo, RG, data de nascimento e instituição onde leciona ou desenvolve trabalho de arte-educação. A confirmação da inscrição é enviada por e-mail pela produção.

Serviço:
“Circo de Pulgas – O Maior Menor Espetáculo da Terra”
Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
Data: 17 a 20 de julho, quinta a sábado às 20h e domingo às 19h
Duração do espetáculo: 50min
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
Vendas a partir do dia de 16/07, das 10h às 20h
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista no local

Oficina “Histórias e seus Caminhos”
Data: 17 de julho
Hora: Início às 15h (carga horária: 3 horas)
Público alvo: professores e arte educadores
Inscrições gratuitas pelo e-mail: oficina@etcetal.art.br
Informações: (85) 3453-2770

(G1 Ceará)

‘Rugby para Todos’ promove inclusão por meio do esporte

França, Irlanda, Argentina, Austrália e Inglaterra são alguns dos países que amam o rúgbi – esporte coletivo de intenso contato físico, cujo principal objetivo é levar a bola (oval) para além da linha do gol adversário e apoiá-la contra o solo. No Brasil, o rúgbi ainda engatinha. Nem por isso, seus praticantes deixam de cumprir uma importante missão social: desenvolver a cidadania de jovens adeptos, por meio do esporte.

Criado a partir de uma ação social na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo, em 2004, o Instituto Rugby para Todos, dirigido por Maurício Draghi, 37 anos, e Fabrício Kobashi, 33 anos, ex-atletas da Seleção Brasileira de Rúgbi, desembarcou em 2013 nas praias de Copacabana, Leblon e Ipanema, além da Chácara do Céu, no Rio de Janeiro. Atualmente, 200 crianças são atendidas gratuitamente em São Paulo e outras 150, no Rio. Desde o início do projeto, cerca de 3.000 jovens foram assistidos pelo Instituto. A garotada é recebida por uma equipe multidisciplinar composta por 32 profissionais nas duas capitais.

“A escolha do bairro de Paraisópolis, na capital paulista, foi proposital. Nosso objetivo era apresentar o rúgbi aos moradores, haja vista que nem o termo ‘rúgbi’, que simboliza o esporte, muitas vezes, eles conseguem falar. A ideia é justamente disseminar esse conceito para que o maior número de crianças tenham conhecimento do esporte que trouxe tantos benefícios para a gente”, acredita Draghi.

Para participar do projeto, garotos e garotas de 7 anos a 17 anos precisam ter boa frequência na escola. “O projeto se chama ‘Rugby para Todos’, pois aceitamos todos os tipos de crianças, desde aquele talento nato para qualquer tipo de modalidade esportiva até os que têm mais dificuldades, com um déficit motor ou neurológico. Não temos o objetivo de formar apenas atletas de alto rendimento”, afirma Draghi.

“As crianças absorvem o conhecimento, que é muito direcionado em termos de convivência e isso é o principal. O trabalho multidisciplinar favorece esse aprendizado.”

O projeto, que hoje conta com apoio de leis de incentivo, ainda trabalha com colaboradores voluntários nas áreas de comunicação, design e fisioterapia, além de promover a inclusão da modalidade em escolas particulares e clubes privados. Em breve, o instituto deve contratar uma fisioterapeuta.

Via http://esportes.terra.com.br

Cine Belas Artes reabre as portas em 17 de julho com novo nome

Do SpressoSP

Um dos mais tradicionais cinemas da cidade será reinaugurado no próximo sábado (19) como Caixa Belas Artes
Por Redação
Depois de três anos fechado, o tradicional cinema da rua da Consolação com a avenida Paulista tem data oficial para ser reaberto: será no próximo sábado (19), em novo formato, programação e administração.
Agora como Caixa Belas Artes, o cinema retorna após uma intensa luta travada pelos cinéfilos e também pelo Movimento Belas Artes, que articulou a população, empresas e órgãos da prefeitura em prol da volta do espaço. A reabertura foi viabilizada através de um acordo selado entre a Prefeitura de São Paulo, o proprietário do imóvel e a Caixa Econômica Federal.
André Sturm, diretor executivo do MIS, é quem passa a coordenar o espaço em sua nova fase. Ele garantiu uma programação especial, que deve, inclusive, resgatar clássicos do cinema, como Medos Privados em Lugares Públicos (2006), dirigido pelo cineasta francês Alain Resnais, que ficou mais de três anos em cartaz no Belas Artes.
O novo cinema volta com um caráter mais plural e participativo. Isso por que, para que o espaço fosse reaberto, a Prefeitura não teve que desembolsar nada em valores em nem o fará em relação à sua administração, que ficará por conta da Caixa. A gestão municipal, no entanto, manifestou interesse em manter um cinema como o Belas Artes em São Paulo e estabeleceu contrapartidas à Caixa em benefício da cidade. Elas consistem em ingressos com valor 20% mais barato que os cinemas da região da Paulista, bombonière com valor 10% mais baixo que as dos cinemas da região, meia-entrada para todos os trabalhadores às segundas-feiras e sala especial de incentivo ao cinema brasileiro.
No site do novo Caixa Belas Artes, há uma contagem regressiva para que o público possa acompanhar exatamente quantos dias, horas, minutos e segundos faltam para poder voltar a contar com um dos cinemas mais queridos da cidade.

A morte de Nadine Gordimer, Nobel de Literatura

Jornal GGN – A escritora sul-africana Nadine Gordimer morreu ontem, aos 90 anos de idade, em sua casa em Joanesburgo. Gordimer recebeu o Nobel de Literatura em 1991 e foi uma das vozes mais ativas contra o regime do apartheid. Entre suas obras, destacam-se “A filha de Burguer”, de 1980. No Brasil, a editora Companhia das Letras publicou os livros “Ninguém para me acompanhar”, “A arma da casa”, “O engate”, “De volta à vida”, “Beethoven era 1/16 negro” e “O melhor tempo é o presente”.

Do G1

Em março, sul-africana havia revelado que tinha câncer no pâncreas. Boa parte da obra era sobre situação social de seu país durante apartheid.
Morreu na noite deste domingo (13), aos 90 anos, a escritora sul-africana Nadine Gordimer, ganhadora do prêmio Nobel de Literatura e conhecida por combater o regime de segregação racial em seu país, informa a Reuters. De acordo com a agência de notícias, a autora estava em casa e acompanhada dos filhos, Hugo e Oriane.

Uma das principais vozes contra o apartheid, Nadine havia revelado em março que tinha câncer no pâncreas e que não conseguiria mais escrever um novo romance. “Talvez faça alguns contos, mas escrever me deixa mal e sou muito crítica, muito exigente com meu trabalho. Não acredito que aceitaria algum trabalho que não me satisfaça”, afirmou na época.

Sobre a doença, mostrava preocupação. “Sinto muita dor. Quando escrevi o meu último romance, não o tinha [câncer], ainda não tinha começado, e o que escrevi não tem nada a ver com a doença”.  Ela recebeu o Nobel de Literatura em 1991 e o Booker Prize em 1974, além de outros prêmios.

Em boa parte de seus mais de 30 livros, Nadine abordou a situação social na África do Sul. Ela ficou mundialmente famosa com o romance “A filha de Burger”, de 1980. Seu primeiro romance, “The living days”, saiu em 1953.

No Brasil, a editora Companhia das Letras publicou seis obras da escritora: “Ninguém para me acompanhar”, “A arma da casa”, “O engate”, “De volta à vida”, “Beethoven era 1/16 negro” e “O melhor tempo é o presente”.

Também lançou a coletânea de contos “Contando histórias”, organizada por Nadine. Com 21 histórias, o livro teve seus direitos revertidos para a TAC (Treatment Action Campaign), uma campanha para tratamento e prevenção da Aids.

Já o selo Biblioteca Azul, da Globo Livros, publicou “Tempo de reflexão 1 – De 1954 a 1989″ e “Tempos de reflexão 2 – De 1990 a 2008″. Nas duas coletâneas de ensaios, Nadine retrata sua longa trajetória literária.

Em nota divulgada nesta segunda-feira (14), a assessoria de imprensa da editora reproduziu um trecho de “Tempo de reflexão 1″, justamente aquele em que a escritora relembra seus primeiros textos, ainda criança. “Quando comecei a escrever, com nove ou dez anos, eu escrevia com o que passei a acreditar ser a única verdadeira inocência – um ato sem responsabilidade”, afirma.

Em outra passagem, no livro “Tempo de reflexão 2″, ela cita o autor do polêmico “Os versos satânicos” para falar sobre libedade. “Salman Rushdie não tem sido visto por… quanto tempo? Ele se tornou um dos Desaparecidos, como aqueles que sumiram durante um período recente na Argentina e aqueles que desaparecem sob o apartheid na África do Sul”, comparou.

“Os governos repressivos têm o poder de destruir vidas nos seus países; quando as religiões adotam esses métodos, elas têm o poder de aterrorizar, por meio de seus fiéis, qualquer parte do mundo.”

Mandela
Em 2006, Nadine Gordimer foi a escolhida para entregar a Nelson Mandela (1918-2013) a distinção Embaixador da Consciência, atribuída pela Anistia Internacional. Na época, a agência de notícias France Presse reproduziu declarações da escritora durante a cerimônia.

“Mandela foi e é um revolucionário no melhor sentido da palavra”, afirmou sobre o ex-presidente da África do Sul. Ela destacou a independência intelectual de Mandela e sua aversão ao “politicamente correto”.

No ano seguinte, Nadine visitou o Brasil para participar da 5ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). Naquela edição do evento, estiverma ainda nomes como Amós Óz, Robert Fisk, Mia Couto e J.M. Coetzee.

No final de 2011, Nadine Gordimer se destacou por criticar um projeto de lei sobre a informação na África doo Sul, que para ela representava um retorno ao período no qual a liberdade de expressão estava suprimida pelo apartheid.

“As pessoas lutaram e morreram para conquistar a oportunidade de ter uma vida melhor, uma vida que atualmente está arruinada e prejudicada pela corrupção”, afirmou na ocasião. “As práticas de corrupção e nepotismo só podem ser denunciadas se tivermos liberdade de expressão.”

 

Festival Halleluya 2014: Confira a programação de atrações

A organização do Festival Halleluya divulgou nesta segunda-feira (14) a programação diária do evento. O Festival Halleluya será realizado de 23 a 27 de julho, no Condomínio Espiritual Uirapuru, e lembrará um ano da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. A entrada é gratuita. A cada dia, a programação terá início às 18h. ( Confira a programação das atrações abaixo).

Segundo os organizadores, a expectativa é reunir cerca de 200 mil pessoas por dia. A edição deste ano do Halleluya terá diferentes ritmos e atrações. O forró de Batista Lima e Naldo José, o rock do Rosa de Saron, o soul pop de Davidson Silva e o pop rock de Ana Gabriela e Missionário Shalom.
Entre as novidades deste ano, estão a participação do cantor goiano Tony Alysson, o lançamento do cd “180 Graus” do Ministério Missionário Shalom. Outras atrações confirmadas no Festival Halleluya são Cosme, Diego Fernandes, Eros Biondini, Dunga, Adriana Arydes, Ziza Fernandes, Irmã  Kelly Patrícia e as bandas Comunidade Recado, Dominus e Adoração e Vida. Neste ano, o público pôde escolher uma atração para cantar no palco principal do evento. O vencedor foi o cantor Nilton Junior, de São Paulo.
Confira a programação completa do Festival Halleluya 2014:
Quarta-feira (23):
Tony Allysson
Batista Lima
Adriana Arydes

Quinta-feira (24):
Naldo José
Diego Fernandes
Ziza Fernandes
Rosa de Saron

Sexta-feira (25):
Comunidade Recado
Davidson Silva
Nilton Júnior
Banda Dominus

Sábado (26):
Eros Biondini
Missionário Shalom
Irmã Kelly Patrícia
Ana Gabriela
Alto Louvor
Cosme

Domingo (27):
Suely Façanha
Dunga
Adoração e Vida

(G1 Ceará)

Beach Park é eleito o 2º melhor parque aquático do mundo

O parque aquático Beach Park, localizado em Aquiraz, distante 32,3 km de Fortaleza, ficou na 2ª posição em três categorias da lista dos melhores parques de diversão e aquáticos promovido pelo site de viagens TripAdvisor. A atração cearense disputou com equipamentos do mundo inteiro.

O TripAdvisor promove a avaliação de hotéis, hotéis com serviços, destinos, praias, ilhas e atrações. O prêmio é intitulado de Travellers Choice. O Beach Park foi lembrado nas categorias: “Melhores parques de diversões e aquáticos do Brasil”, “Melhores parques de diversões e aquáticos da América do Sul” e “Melhores parques aquáticos do mundo”.

Nas listas dos “10 Melhores parques de diversões e aquáticos do Brasil” e dos “25 Melhores parques de diversões e aquáticos da América do Sul”, o Beach Park ficou atrás apenas do Beto Carrero World. Já entre os “25 Melhores parques aquáticos do mundo”, a atração cearense perdeu a 1ª posição para o Siam Park, da Espanha.

Confira as listas abaixo:

10 melhores parques de diversões e aquáticos – Brasil

1 – Beto Carrero World | Penha, SC
2 – Beach Park | Aquiraz, CE
3 – Hot Park | Rio Quente, GO
4 – Thermas dos Laranjais | Olímpia, SP
5 – Eco Parque Arraial D´Ajuda |Arraial D’Ajuda, BA
6 – DiRoma Acqua Park | Caldas Novas, GO
7 – Alpen Park | Canela, RS
8 – Mirabilandia Parque de Diversões | Recife, PE
9 – Marina Park | Capão da Canoa, RS
10 – Lagoa Thermas Clube | Caldas Novas, GO

25 melhores parques de diversões e aquáticos – América do Sul

1 – Beto Carrero World | Penha, Brasil
2 – Beach Park | Aquiraz, Brasil
3 – Hot Park | Rio Quente, Brasil
4 – Thermas dos Laranjais | Olímpia, Brasil
5 – Eco Parque Arraial D´Ajuda |Arraial D’Ajuda, Brasil
6 – DiRoma Acqua Park | Caldas Novas, Brasil
7 – Alpen Park | Canela, Brasil
8 – Parque Nacional del Cafe | Montenegro, Colômbia
9 – Mirabilandia Parque de Diversões | Recife, Brasil
10 – Parque El Agua Isla de Margarita | Porlamar, Venezuela
11 – Fantasilandia | Santiago, Chile
12 – Marina Park | Capão da Canoa, Brasil
13 – Lagoa Thermas Clube | Caldas Novas, Brasil
14 – Republica de los Ninos | La Plata, Argentina
15 – Náutico Praia Clube | Caldas Novas, Brasil
16 – Aquasol Water Park | Mar del Plata, Argentina
17 – Veneza Water Park | Recife, Brasil
18 – Salitre Magico | Bogotá, Colômbia
19 – Agua Show Park | Florianópolis, Brasil
20 – Valparaíso Acqua Park | São Luís, Brasil
21 – Ma-noa Park | Maxaranguape, Brasil
22 – Acquamania | Guarapari, Brasil
23 – Aquatic Park Termas de Salto Grande | Salto, Uruguai
24 – Parque Mundo Aventura | Bogotá, Colômbia
25 – Acuamania | Salto, Urugua

Os 25 melhores parques aquáticos – Mundo

1 – Siam Park | Adeje, Espanha
2 – Beach Park | Aquiraz, Brasil
3 – Blizzard Beach | Orlando, Flórida
4 – Typhoon Lagoon | Orlando, Flórida
5 – Waterbom Bali | Kuta, Indonésia
6 – Wild Wadi Water Park | Dubai, Emirados Árabes
7 – Hot Park | Rio Quente, Brasil
8 – Aquaventure Watepark | Dubai, Emirados Árabes
9 – Aquatica (Seaworld’s Waterpark) | Orlando, Flórida
10 – Parque Aquático Aquaventure de Atlantis Paradise Island | Paradise Island, New Providence Island
11 – Thermas Dos Laranjais | Olímpia, Brasil
12 – Eco Parque Arraial d’Ajuda | Arraial d’Ajuda, Brasil
13 – Holiday World & Splashin’ Safari | Santa Claus, Indiana
14 – diRoma Acqua Park | Caldas Novas, Brasil
15 – Lago Martianez | Puerto de la Cruz, Espanha
16 – WaterWorld Waterpark | Ayia Napa, Chipre
17 – Aqua Blue Water Park | Sharm El Sheikh, Egito
18 – Water Park | Faliraki, Grécia
19 – Water Country USA | Williamsburg, Virginia
20 – PortAventura Aquatic Park | Salou, Espanha
21 – Fasouri Watermania Water Park | Limassol, Chipre
22 – Yas Waterworld Abu Dhabi | Abu Dabi, Emirados Árabes
23 – Aqualandia | Benidorm, Espanha
24 – Morey’s Piers and Beachfront Waterparks | Wildwood, New Jersey
25 – Sandcastle Waterpark | Blackpool, Reino Unido

Redação O POVO Online

Efeito Tiririca: “Celebridades” disputam cadeira de Deputado Federal nas eleições de outubro

Após o sucesso de votos do palhaço Tiririca em 2010, algumas ‘celebridades’ vão concorrer a uma vaga na Câmara Federal este ano. Cantores, ex-BBBs e até o Dr Hollywood estão na briga pela vida boa do Congresso Nacional. Até o esquecido astronauta brasileiro, Marcos Pontes, aquele piloto de caça em quem a FAB investiu milhões para mandar ao espaço e que, ao voltar para casa, pediu aposentadoria, agora, quer mostrar o que ‘aprendeu’ na NASA, usando paletó e gravata em Brasília.

O polêmico e, as vezes, extremista Jorge Kajuru vai disputar uma vaga.O cirurgião plástico Roberto Miguel Rey, mais conhecido como  Dr. Hollywood também é candidato (mas ele não mora na California?).  Concorrendo pelo PDT do RJ, está o ex-pagodeiro do grupo ‘Os Morenos’, Waguinho. Pasmem, tem até ex-BBB no pedaço. Alemão é candidato pelo PV-RJ. O cantor sertanejo José Rico, da dupla com Milionário & José Rico, também quer uma cadeira na Casa de Leis da República.

O homem que diz ter conseguido dar uma casa ao time do coração, deve ter eleição certa. É o polêmico e controverso ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez. Ele concorre a deputado federal pelo PT de São Paulo.

Com tantas opções boas assim, só Jesus na causa!

Via http://www.topagitosmt.com.br/

Sindicato dos Bancários do Ceará promove curso de CPA-10; pré-inscrições abertas

Com o objetivo de atender uma demanda permanente da categoria bancária e contribuir para a qualificação profissional e ascensão no mercado de trabalho, o Sindicato dos Bancários do Ceará, em parceria com o professor João Henrique Lemos, promoverá Curso Preparatório para o EXAME CPA10 (ANBIMA). O curso será ministrado na sede do Sindicato, no período de 22 a 31/7, com duração de 24 horas/aulas, no horário das 19 às 22 horas. Serão disponibilizadas 50 vagas somente para bancários sindicalizados. O investimento será de R$ 220,00.

Os bancários sindicalizados interessados em participar do curso devem fazer sua pré-inscrição na Secretaria de Formação do SEEB/CE, através do telefone (85) 3252 4266, no período de 14 a 18/7, no horário de 10 às 16 horas.

No conteúdo programático estão inclusos Sistema Financeiro Nacional; ética; regulamentação e análise do perfil do investidor; noções de economia e finanças; princípios de investimento: conceitos; fundos de investimento e demais produtos de investimentos; além da resolução de simulados diversos.

O curso de CPA-10 destina-se a certificar profissionais que desempenham atividades de comercialização e distribuição de produtos de investimento diretamente junto ao público investidor em agências bancárias. Esta iniciativa, amparada na Resolução 3.158 do Conselho Monetário Nacional, instituiu um processo de aferição do conhecimento dos principais aspectos relacionados à distribuição desses produtos de investimento.

“Essa é uma iniciativa do Coletivo de Formação, que através de sua secretaria, tenta realizar atividades voltadas para o desenvolvimento e o aprimoramento da categoria bancária, não somente no âmbito profissional, mas também nos valores políticos, humanitários e culturais”, afirma a secretária de Formação do Sindicato, Iêda Marques.

(SEEB-CE)

Presidente da Fifa dá nota 9,25 para a Copa no Brasil

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, avaliou nesta segunda-feira a realização da Copa do Mundo de 2014, encerrada no domingo. Questionado em entrevista coletiva sobre a nota que ele daria ao torneio, Blatter disse 9,25.

Segundo ele, a Copa do Mundo de 2014 foi excelente, mas não foi perfeita. Ele, inclusive, disse que perfeição não existe num evento como o Mundial.

“Dou 9,25 para essa Copa. Só não dou 10 porque perfeição não existe”, disse Blatter. “Para você tirar 10 numa universidade, por exemplo, você tem que fazer tudo realmente certo. É difícil.”

Curiosamente, Blatter também havia dito que “perfeição não existe” ao avaliar a Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul. No último Mundial, Blatter deu nova 9 para o torneio.

Blatter ainda falou que a Fifa fará uma reunião de avaliação geral do que foi feito nesta Copa. Os pontos positivos serão aplicados no Mundial de 2018, que acontecerá na Rússia.

Maurício Stycer, Rodrigo Mattos e Vinicius Konchinski
Do UOL, no Rio de Janeiro

As conquistas brasileiras no surf

TITA TAVARES

Enquanto a bola rola e o futebol nos dá um veshame histórico, os meninos do surf do Brasil dão show nas melhores ondas do mundo. Tratados pela imprensa internacional especializada no esporte como The Brazilian Storm, o nossos surfistas (Gabriel Medina (lider do ranking da primeira divisão) , Adriano Mineirinho, Felipe Toledo, Jadson André, Alejo Muniz, Raoni Monteiro, Miguel Pupo, Willian Cardoso, Jesse Mendes, David do Carmo, e mais um legião) assaltaram o Circuito Mundial de Surf. O Brasil lidera os três principais rankings do esporte.

http://www.aspworldtour.com/events/2014/mct/674/j-bay-open/live

Rolando ao vivo desde as direitas intermináveis de  J-Bay, South Africa….

Go for it!

E notem que nossos surfistas, a maioria dos nossos surfistas vem das nossas “camadas mais populares”, Tita Tavares, a nossa melhor surfista, que frequentou a elite do surf mundial durante quase uma década, era do Titanzinho, uma favela ao lado da praia no Ceará…

Via http://jornalggn.com.br/noticia/as-conquistas-brasileiras-no-surf

As mudanças de tom de Aécio Neves sobre a Copa

Jornal GGN – O senador e candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, mudou o tom pela segunda vez em relação à Copa do Mundo. A declaração mais recente, veiculada em jornais de todo o país, foi uma crítica contra um suposto uso político do mundial pela presidente Dilma Rousseff (PT). Para o senador, a candidata à reeleição pagaria pela eliminação da seleção brasileira diante da goleada aplicada pela Alemanha.

Mas o próprio tucano já adaptou seu discurso político em diferentes momentos da Copa do Mundo. Durante a preparação para o evento, Aécio usou os atrasos na execução das obras – principalmente os estádios – para atacar a presidente, chegando a afirmar que o caso representava a “incompetência” administrativa da gestão Dilma. Até o ex-jogador Ronaldo Fenômeno, membro do comitê organizador da Copa, posou ao lado do candidato e, dias depois, declarou-se “envergonhado” da organização do evento.

Mas com o início do mundial e o bom andamento da competição, incluindo na parte logística – aeroportos funcionando, estádios entregues e funcionais –, assim como a mudança de postura da imprensa internacional, que passou a reconhecer o mundial no Brasil como o melhor da história, levou o tucano a amenizar o tom.

Ao longo dos jogos, o senador vestiu a camisa de torcedor, deixou-se aparecer facilmente ao lado de correligionários enquanto assistia as partidas da seleção e chegou a afirmar que era contra confundir o esporte com política. Mas a histórica derrota do time canarinho serviu para, novamente, mudar o tom de Aécio. Agora, o senador – antes contrário ao uso político da Copa do Mundo – afirma que a presidente Dilma “pagará” pela derrota do time em campo.

Imparh abre 150 vagas para cursos de Inglês e Português Instrumental

Trabalhar a interpretação de textos, a leitura dinâmica, o novo acordo ortográfico, o domínio de outras técnicas de leitura e variações textuais visando, principalmente, às provas de proficiência de universidades para mestrado e doutorado é o intuito da Diretoria de Cursos e Extensão (DCE) do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh) que abre inscrições para a 11ª temporada dos Cursos de Português e Inglês Instrumental.

No total, seis turmas estão sendo ofertadas para o semestre 2014.2 – duas para o curso de Português e quatro para Inglês -, totalizando 150 vagas. As inscrições seguem até o dia 7 de agosto ou até o total preenchimento das vagas. Para se inscrever, basta preencher o formulário eletrônico disponibilizado no link abaixo, gerar o boleto bancário da taxa semestral, e trazê-lo pago à DCE juntamente com o comprovante de inscrição.

Sobre o curso

O curso tem duração de 60 horas-aula (quatro meses) e inicia as aulas no dia 18 de agosto, seguindo até 8 de dezembro. A taxa semestral, no valor de R$ 200 para Português e R$ 300 para Inglês, já inclui o material didático que será entregue no primeiro dia de aula. No caso do curso de Inglês Instrumental, a taxa também inclui a prova de proficiência aplicada ao final do curso.

Cursos ofertados (Horários e vagas)

Português Instrumental

Turma A – Segundas e Quartas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma B – Terças e Quintas, das 19 às 21 horas | 25 vagas

 

Inglês Instrumental
Turma A – Segundas e Quartas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma B – Segundas e Quartas, das 19 às 21 horas | 25 vagas
Turma C – Terças e Quintas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma D – Terças e Quintas, das 19 às 21 horas | 25 vagas

Links

Formulário de Inscrição, clique neste link.

Área Restrita | Reimpressão de boleto e Comprovante de Inscrição, clique aqui.

(Tribuna do Ceará)

Aviões do Forró encerra Fan Fest Fortaleza, neste domingo, na Praia de Iracema

Fan Fest

A festa oficial da Copa em Fortaleza vai terminar ao som de forró e axé. O baiano Durval Lellis anima os torcedores no sábado, dia do jogo do Brasil. No domingo, o Aviões do Forró é o grande destaque. Xand e Solange embalam a arena por onde já passaram quase 700 mil pessoas. Entrada é gratuita.

Programação

sábado(12)
DJ Seiki
Banda Patrulha
Transmissão do jogo Brasil X Holanda
Durval Lellis

domingo (13)
DJ
Afoxé Acabaca
Transmissão do jogo Argentina X Alemanha
Aviões do Forró

(Tribuna do Ceará)