Arquivo da categoria: Arte & Cultura

Golpe é golpe, mesmo que venha travestido de ‘legitimidade’

 

Ou as muitas lições da história contemporânea.

Aécio Neves é eleito presidente, decide fazer aliança com o Peru, recusa-se a admitir os partidos fisiológicos no governo. Estes, formando maioria no Congresso, decidem que é melhor fazer aliança com a  Argentina do que com o Peru e então se unem, derrubam Aécio e põe Lula ou Sarney no poder. É golpe ou foi mudança legítima de governo?

Se o que aconteceu na Ucrânia foi troca legítima de governo, o presidente que queria aliança com a Rússia foi derrubado por uma maioria parlamentar  favorável a aliança com a União Europeia, por que não vale para o Brasil?

Esse tipo descarado de golpe de , via legislativo, tem sido usado para dar ares de legitimidade e substituir o velho e grosseiro golpe militar. Além da Ucrânia já aconteceu no Paraguai e em Honduras. As elites dos países pobres muitas vezes perdem eleições majoritárias, onde o voto da massa conta, mas dificilmente deixam de eleger a maioria dos parlamentares, nas quais é preciso ter muito dinheiro para fazer campanha.  A moda doravante será o golpe no legislativo.

Quem via notícias da Ucrânia nos dias que antecederam o golpe achava que havia unanimidade na população contra o governo. A mídia não se dava ao trabalho de dizer como o então presidente fora eleito por votação direta e como pensavam os habitantes da Criméia e outras regiões hoje rebeladas.  Também não tem lembrado que o então presidente, antes de ser derrubado, assinou um acordo com a oposição que se manifestava em Kiev, prevendo eleições para dois meses depois. A oposição assinou o acordo e o derrubou no dia seguinte, quando ele desmobilizou suas forças em Kiev, principalmente os militares. E só então viemos a saber que havia províncias inteiras onde a população era totalmente contra os golpistas.

É difícil saber que resultados teríamos nas eleições, incluindo essas províncias. Provavelmente a oposição ganharia, assumiria o governo de forma legítima  e tudo que está acontecendo agora teria sido evitado. O apressado come cru, diz um velho ditado. Os europeus do oeste e norte americanos saíram ganhando, pois avançaram em território que há séculos está sob influência russa. Romperam o que parecia ser um acordo tácito e o equilíbrio de forças. À Rússia tem sobrado o “jus sperneandi”.

Neste ponto, com a tensão crescente, temos mais uma lição da história: o problema não era o regime comunista no leste, mas a disputa pelo poder e zonas de influência. Pouco importa que a Rússia seja agora um país capitalista. Ela continua tendo seus próprios interesses, é militarmente poderosa, e portanto continua sendo rival, um país inimigo a ser cercado e submetido.

A maior prova que tudo vai conforme a política e o poder se repete no fato de Obama continuar a praguejar  contra a morte de mais  duzentas pessoas em uma avião, acusando rebeldes e a Rússia, antes de aparecer uma única evidência. Ao mesmo tempo não abre o bico ante a morte de centenas de palestinos ali perto. Talvez não os considere seres humanos, ou talvez os considere apenas inimigos, mesmo as crianças. Para salvar as aparências, especialmente Juntos ditadores e senhores feudais árabes, oferecerá ajuda humanitária tão logo a direita israelense termine a “limpeza”. Não há nada de novo no front.

Via http://jornalggn.com.br

 

Claudia Leitte e Ivete Sangalo são atrações no Fortal 2014

Fotomontagem/ R

A edição deste do Fortal será realizada de 24 a 27 de julho, e a expectativa dos organizadores é receber mais de 500 mil pessoas. Este ano, a micareta terá novos blocos e atrações, além de mudanças estruturais. Uma delas é a inversão do circuito dos blocos no corredor da folia. A cantora Claudia Leitte retorna ao Fortal com o bloco Largadinho. Outros blocos inéditos serão “Vumbora”, alternativo do Siriguella com Bell Marques, “Coruja”, bloco com Ivete Sangalo, e “Me abraça”, com Durval Lelys pela primeira vez no circuito em carreira solo.

Além da inversão do sentido do circuito,  um dos espaços da Cidade Fortal, a Arena VIP, também mudará de lugar.  Segundo os organizadores, o local ficará mais perto do Camarote Mucuripe, integrando o frontstage da Arena com o público do camarote. Quem estiver no Camarote Mucuripe ou no Lounge da Arena, vai ter acesso direto ao frontstage da Arena VIP. O público também terá opção de aproveitar a festa em camarores corporativos, arquibancadas e pista.

Corredor da folia

Na quinta-feira (24), primeiro dia de Fortal, terá a volta de Claudia Leitte com bloco “Largadinho”, Bell Marques na estreia do bloco “Vumbora” e Jorge & Mateus no bloco “Pirraça”. Na sexta-feira (25), Durval Lelys animará o bloco “Me abraça”, Chiclete com Banana se apresentará no “Eh Loco” e Bell Marques no “Siriguella”.

No sábado (26), Durval e Bell estarão novamento no corredor repetem, no “Me abraça” e “Siriguella”, respectivamente, e Saulo Fernandes comanda o “Eh Loco”. No domingo, Ivete Sangalo se apresenta no Bloco “Coruja”, Bell, no “Siriguella”e Wesley Safadão e Garota Safada, no “Eh Loco”.

A ordem da saída dos trios ainda foi divulgada. O acesso aos blocos só será permitido com a utilização do abadá e da pulseira no associado. As pulseiras serão entregues nas entradas da Cidade Fortal, no dia do evento e mediante ingresso do associado, que será recebido junto com o abadá.

Arena VIP

O espaço amplo possui palco, onde acontecerão os shows, praça de alimentação, banheiros exclusivos e total segurança. A Arena VIP vem em 2014 com dois acessos: Pista e Lounge, espaço com acesso ao Prontstage. As bandas já confirmadas são Banda Eva na quinta-feira (24),  Psirico na sexta-feira (25), Timbalada no sábado (26) e Oito7Nove4 no domingo (27).

Solidariedade
Pelo quarto ano consecutivo, o Fortal fecha parceria com o Iprede para arrecadação de leite durante a micareta e o mês que a antecede. A meta, neste ano, é conseguir doações suficientes para suprir a necessidade de quatro meses de leite. De acordo com o Iprede, são necessárias 400 latas de leite por dia, alimento que é oferecido às crianças durante o atendimento, além de compor a cesta básica que é entregue às famílias.

Vendas
Os brincantes podem comprar os abadás nas Centrais do Fortal montadas nos Shopping Iguatemi, North Shopping e North Shopping Jóquei. O funcionamento é de 10 às 22 horas. Nestes locais, podem ser comprados camarotes e entradas para os demais espaços, além dos abadás. Já nas sedes dos blocos e pelo site Efolia, o folião também pode garantir a compra do abadá.

Serviço
Fortal 2014
Data: 24 a 27 de julho
Local: Cidade Fortal - Fortaleza
Informações: (85) 3261.4050
Centrais do Fortal: Shopping Iguatemi, North Shopping e North Shopping Jóquei, das 10 às 22 horas

(G1 Ceará)

Professor da UFC cria dicionário com termos típicos de redes sociais

Para facilitar a comunicação e compreensão de internautas, um professor de Fortaleza criou um dicionário multilíngue com termos típicos da web, ou que nasceram no campo virtual, como selfie, hashtag e chat.

O “Vocabulari panllatí” foi desenvolvido por um grupo de seis pesquisadores de vários países, um deles foi o Márcio Santigo, professor da Universidade Federal do Ceará (UFC). “O usuário ele pode acessar em inglês e saber a palavra em português; pode acessar a palavra em espanhol e saber em italiano. Isso contribui também até para o ensino de língua, para tradução e para as pessoas interessadas em saber o significado de uma palavra das redes sociais”, explica Márcio.

Atualmente o dicionário registra 114 termos populares em redes sociais. “O dicionário está on-line, ele pode ser acessado de qualquer computador, tablete e celular e está aberto ao público”, explica o professor. Para acessar, basta visitar o site do dicionário.

(G1 Ceará)

Fernanda Levy foi eleita Miss Fortaleza 2014

Créditos Foto: Facebook/fernandalevylima

A atriz e modelo Fernanda Levy foi eleita a mulher mais bonita da Capital na noite da última terça-feira (22) A representante do Meireles venceu o concurso Miss Fortaleza 2014 diante de um grande público no North Shopping Jóquei.

Agora, Fernanda Correia Lima prepara-se para representar o município no maior concurso de beleza do estado, o Miss Ceará que se realizará dia 16 de Agosto no Teatro do Via Sul Shopping com transmissão pela TV Jangadeiro.

Créditos Foto: Facebook/fernandalevylima

Candidatas de 12 bairros participaram da disputa. As jovens tiveram uma semana de treinamento antes de subir a passarela e desfilar de trajes de banho, moda casual  e roupa de gala.

Fernanda recebeu a faixa e a coroa de Mariana Vasconcelos, eleita Miss Fortaleza em 2013. O concurso Miss Ceará, no dia 13 de agosto, é uma eliminatória para o Miss Brasil e Miss Universo. ”Indo dormir realizada com essa conquista. Muito obrigada a todos!!#missfortaleza”, comemorou a vencedora na sua rede social.

 

“Estava tudo lindo. O Miss Fortaleza foi um grade sucesso. Os nossos clientes adoraram e muita gente que ainda não conhecia o North Shopping Jóquei, gostou do que viu. Acreditamos que o Miss Ceará, que será realizado no Teatro do Via Sul Shopping, também será um evento espetacular”. (Girlaine Caldas, gerente de Marketing do North Shopping Jóquei)

“Foi uma noite muito feliz onde podemos oferecer a Fortaleza uma Miss à altura da sua importância. Nós, enquanto realizadores, entendemos o nosso papel como promotores da cultura do nosso estado, achamos importante trazer ao público toda a tradição e beleza do mundo MISS e valorizamos a mulher cearense. Obrigada a todos os presentes e até o Miss Ceará”.(Valéria Mannarino, Coordenadora geral do evento)

 Via Tribuna do Ceará

Dilma Bolada deixa Facebook, mas continua no Twitter

Jeferson Monteiro, idealizador Dilma Bolada, personagem fictícia de Dilma Rousseff nas redes sociais, tirou do ar nesta quarta-feira (23) o perfil fake da presidente que mantinha no Facebook. No entanto, Jeferson decidiu manter a conta que tem no Twitter.

Via Twitter, ele confirmou que tirou do ar a página do Facebook do ar: “Enquanto tem gente preocupada com meu Facebook, eu estou aqui trabalhando. Bjs” (sic).

Em sua descrição no Twitter, porém, ele mantém o endereço para a página que mantinha no Facebook: “Sou a Rainha da Nação, a Diva do Povo, a Soberana das Américas… Sou linda, sou diva, sou Presidenta. SOU DILMA! http://facebook.com/DilmaBolada  G+http://goo.gl/zVL3xY”.

Em setembro do ano passado, Jeferson se encontrou com a verdadeira Dilma, presidente do Brasil, em Brasília, quando a presidente retomou sua conta no Twitter. A presidente recebeu Jeferson pessoalmente em Brasília e eles bateram um papo virtual na rede social.

No mês passado, Dilma Bolada voltou ao noticiário nacional ao flagrar a equipe do candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, tentando comprar um pacote de seguidores na rede social.

No começo de julho, Dilma Bolada conversou, virtualmente, com Dilma Bolada e atendeu a um pedido do criador do seu perfil falso nas redes sociais. O assunto era a contusão do atacante Neymar na Copa do Mundo e Dilma Bolada pediu à Dilma verdadeira que fizesse ao gesto característico do craque para uma foto. Ela topou e a imagem circulou pelas redes sociais.

R7 tentou contato com Jeferson Monteiro, que criou e mantém os perfis falsos de Dilma Rousseff nas redes sociais, mas ele não atendeu aos telefonemas da reportagem.

(r7)

Ariano Suassuna e sua obra armorial

Filho de Cássia Villar e João Suassuna, Ariano Vilar Suassuna nasceu em Nossa Senhora das Neves, hoje conhecida como a cidade de João Pessoa, na Paraíba, em 16 de junho de 1927. Era o oitavo filho dos nove irmãos. No ano seguinte, seu pai deixou o governo estadual e passou a morar com a família no sertão, na Fazenda Acauhan.

Ariano pouco conheceu o pai. Com a Revolução de 30, João Suassuna foi assassinado por motivos políticos no Rio de Janeiro. Com a perda, a família mudou-se para Taperoá, onde morou de 1933 a 1937. Foi lá que Ariano começou os estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo a ideia de “improvisação” também viria a ser mais tarde uma das marcas registradas da sua produção teatral.

Em 1942 passou a viver no Recife, onde terminou, em 1945, os estudos secundários no Ginásio Pernambucano e no Colégio Osvaldo Cruz. No ano seguinte entrou para a Faculdade de Direito. Foi lá que conheceu Hermilo Borba Filho e, junto com ele, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco.

Pouco tempo depois deu asas ao seu telento. Em 1947, escreveu sua primeira peça, “Uma Mulher Vestida de Sol”. No ano seguinte, sua peça “Cantam as Harpas de Sião” (ou “O Desertor de Princesa”) foi montada pelo teatro, assim como “Os Homens de Barro”, que veio logo na sequência. Ariano, então, descobria-se cada vez mais no mundo das artes cênicas.

Formou-se na Faculdade de Direito em 1950 e, no mesmo ano, recebeu o Prêmio Martins Pena pelo “Auto de João da Cruz”, peça inspirada em folhetins da literatura de cordel.

Ariano, no entanto, precisou voltar para Taperoá, onde a família ainda residia, para curar-se de doença pulmonar. Lá, escreveu e montou a peça “Torturas de um Coração” (1951).

Em 1952, ele retornou a Recife e dedicou-se por alguns anos à advocacia, sem deixar de lado, porém, seu trabalho com o teatro. São trabalhos desta época “O Castigo da Soberba” (1953), “O Rico Avarento” (1954) e o “Auto da Compadecida” (1955), peça que o projetou em todo o país e que seria considerada, em 1962, pelo crítico teatral Sábato Magaldi “o texto mais popular do moderno teatro brasileiro”.

Depois de muitas encenações no teatro, “Auto da Compadecida” ganhou as telas do cinema, em 2000. O filme dirigido por Guel Arraes e com roteiro de Adriana Falcão ganhou o Grande Prêmio Cinema Brasil, criado pelo Ministério da Cultura, nas premiações de melhor diretor, melhor roteiro, melhor lançamento e melhor ator. No elenco, Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Marco Nanini, Fernanda Montenegro, Denise Fraga, Lima Duarte, entre outros.

Em 1956, Ariano abandonou a advocacia para ser professor de Estética na Universidade Federal de Pernambuco. Desde então, novos trabalhos foram encarados: “O Casamento Suspeitoso”, “O Santo e a Porca”, “O Homem da Vaca”, “O Poder da Fortuna” e “A Pena e a Lei”, essa última premiada dez anos depois no Festival Latino-Americano de Teatro.

Em 1957, casa-se com Zélia de Andrade Lima, que lhe deu seis filhos. E esses, por sua vez, lhe deram 13 netos. Em 1959, novamente na companhia do amigo Hermilo Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste.

As primeiras prosas 

Entre 1958-79, dedicou-se também à prosa de ficção, publicando o “Romance d’A Pedra do Reino”, “Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta” (1971) e “História d’O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão” / “Ao Sol da Onça Caetana” (1976), classificados por ele de “romance armorial-popular brasileiro”.

Mas, apesar da bem-sucedida carreira de dramaturgo, Ariano resolveu dedicar-se às aulas de Estética na Universidade Federal de Pernambuco (UFPe). Foi lá, que em 1976, defendeu a tese de livre-docência “A Onça Castanha” e a “Ilha Brasil: Uma Reflexão sobre a Cultura Brasileira”. Ariano se aposentou como professor em 1994.

Sempre ligado diretamente à cultura, Ariano iniciou em 1970, em Recife, o “Movimento Armorial”, que visava o desenvolvimento e o conhecimento das formas de expressão populares tradicionais.

Ariano também era membro fundador do Conselho Federal de Cultura (1967) e foi secretário de Cultura do Estado de Pernambuco, no Governo Miguel Arraes (1994-1998).

Membro da ABL

Ele assumiu a Cadeira nº 32 da Academia Brasileira de Letras (ABL), eleito em 3 de agosto de 1989, na sucessão de Genolino Amado. Ele também se tornou membro da Academia Paraibana de Letras em 9 de outubro de 2000. No mesmo ano, Ariano ainda se tornou doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Sucesso e talento reconhecidos, em 2002, Ariano Suassuna foi tema de enredo no carnaval carioca na escola de samba Império Serrano. Em 2008, foi novamente tema de enredo, desta vez da escola de samba Mancha Verde no carnaval paulista.

Em 2006, também ganhou o título de doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Ceará, mas que veio a ser entregue apenas em 10 de junho de 2010, às vésperas de completar 83 anos.

Recentemente, Ariano passou por algumas capitais do País com suas aulas espetáculo e o projeto multimídia “Ariano Suassuna – Arte Como Missão”, realizado em homenagem ao escritor. Suassuna também atuava como Chefe da Assessoria Especial ao Governador de Pernambuco, Eduardo Campos, um dos candidatos a presidência nas eleições de 2014.

Ariano Suassuna era ainda um torcedor fanático do Sport Club do Recife.

 

OBRAS

Teatro:

- “Uma mulher vestida de sol” (1947), Recife, Imprensa Universitária, 1964. Especial da Rede Globo de Televisão, 1994.

- “Cantam as harpas de Sião” (ou O desertor de Princesa) (1948). Peça em um ato.

- “Os homens de barro” (1949). Peça em 3 atos.

- “Auto de João da Cruz” (1950). Prêmio Martins Pena. Peça inspirada em três folhetins da literatura de cordel.

- “Torturas de um coração” (1951). Peça para mamulengos.

- “O arco desolado” (1952).

- “O castigo da soberba” (1953). Entremês popular em um ato.

- “Auto da Compadecida” (1955). Medalha de ouro da Associação Brasileira de Críticos Teatrais. Rio de Janeiro, Livraria Agir, 1957; 34ª. ed., Agir, 1999. Estréia no cinema, 1969. Mini-série da Rede Globo de Televisão, 1994, e no cinema, 2000.

- “O desertor de Princesa” (reescritura de Cantam as harpas de Sião), 1958.

- “O casamento suspeitoso” (1957). Encenada em São Paulo pela Cia. Sérgio Cardoso. Recife, Igarassú, 1961. Rio de Janeiro, José Olympio, 1974, junto com O santo e a porca, 8ª edição, 1989.

- “O santo e a porca, imitação nordestina de Plauto” (1957). Recife, Imprensa Universitária, 1964. Medalha de ouro da Associação Paulista de Críticos Teatrais. Rio de Janeiro, José Olympio, 1974, junto com “O casamento suspeitoso”, 8ª edição, 1989.

- “O homem da vaca e o poder da fortuna” (1958). Entremês popular.

- “A pena e a lei” (1959). Peça em três atos. Premiada no Festival Latino-Americano de Teatro em 1969. Rio de Janeiro, Agir, 1971, 4ª ed., 1998.

- “Farsa da boa preguiça” (1960). Estampas de Zélia Suassuna. Peça em três atos. Rio de Janeiro, José Olympio, 1974, 2ª ed., 1979. Episódio de Terça Nobre, Rede Globo de Televisão, 1995.

- “A caseira e a Catarina”(1962). Peça em um ato. Inédita. As conchambranças de Quaderna (1987). Estréia no Teatro Waldemar de Oliveira, Recife, 1988.

- “A história de amor de Romeu e Julieta”. Suplemento “Mais”, da Folha de São Paulo”, 1997.

Ficção:

- “A história de amor de Fernando e Isaura”. Romance inédito, 1956.

- “Romance d`A pedra do reino e o príncipe do sangue vai-e-volta”.

- “Romance armorial-popular’. Nota de Rachel de Queiroz. Posfácio de Maximiano Campos. Rio de Janeiro, Borsoi, 1971. 2ª ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 1972. Adaptação teatral por Romero e Andrade Lima, 1997.

- “As infâncias da Quaderna”. Folhetim semanal do Diário de Pernambuco, 1976-77.

- “História d`O rei degolado nas caatingas do sertão / Ao sol da Onça Caetana”. Romance armorial e novela romançal brasileira. Com estudo de Idelette Muzart F. dos Santos. Rio de Janeiro, José Olympio, 1977.

- “Fernando e Isaura” (1956). Recife, Bagaço, 1994.

Outras obras:

- “O pasto incendiado” (1945-70). Livro inédito de poemas.

- “Ode. Recife, O Gráfico Amador”, 1955.

- Coletânea de poesia popular nordestina. Romances do ciclo heróico. Recife, Deca, 1964.

- O Movimento Armorial. Recife, UFPe, 1974.

- Iniciação à estética. Recife, UFPe, 1975.

- “A Onça Castanha e a Ilha Brasil: uma reflexão sobre a cultura brasileira” (tese de livre-docência em História da Cultura Brasileira). Centro de Filosofia e Ciências Humanas, UFPe, 1976.

- Sonetos com mote alheio. Recife, edição manuscrita e iluminogravada pelo autor, 1980.

- Sonetos de Albano Cervonegro. Recife, edição manuscrita e iluminogravada pelo autor, 1985.

- Seleta em prosa e verso. Estudos, comentários e notas do Prof. Silviano Santiago. Rio de Janeiro, José Olympio / INL. 1974 (coleção Brasil Moço).

- Poemas. Seleção, organização e notas de Carlos Newton Júnior. Recife, Universidade Federal de Pernambuco / Editora Universitária, 1999.

- CD – Poesia viva de Ariano Suassuna. Recife, Ancestral, 1998.

OBS: Algumas de suas obras foram traduzidas para alemão, espanhol, francês, holandês, inglês, italiano e polonês. 

Via http://atarde.uol.com.br

Com morte de Suassuna, ABL perde três membros em 20 dias

Ivan Junqueira, João Ubaldo e Ariano Suassuna foram três perdas para a ABL

Os integrantes da Academia Brasileira de Letras receberam a notícia da morte do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, de 87 anos, durante a sessão desta quarta-feira, 23, quando homenageavam o também acadêmico João Ubaldo Ribeiro, que morreu na última sexta-feira, 18.

Eles ficaram muito abalados, pois perderam três membros em 20 dias – o poeta Ivan Junqueira morreu no dia 3. “Três mortes em 20 dias é algo que eu acho que nunca aconteceu aqui. Ele vinha pouco à academia por não morar no Rio. É uma perda para as letras brasileiras e para o teatro mundial. Sendo ele internacional, será pranteado em todo lugar do mundo. Já vi peças dele na Alemanha”, disse o presidente da casa, Geraldo Holanda Cavalvanti.

O Real Hospital Português, onde Suassuna estava internado desde segunda-feira, 21, divulgou nota informando que o falecimento ocorreu às 17h15. O paciente teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracraniana. De acordo com o hospital, a família ainda não informou os detalhes do funeral.

(Estadão Conteúdo)

Ariano Suassuna: Escritor paraibano não resiste ao AVC e morre aos 87 anos

O escritor paraibano Ariano Suassuna, autor de “Auto da Compadecida” e “A Pedra do Reino”, morreu às 17h15 desta quarta-feira (23), aos 87 anos, no Recife.

Internado no Real Hospital Português desde segunda-feira (21), quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico, Suassuna teve uma parada cardíaca provocada pela hipertensão intracaniana. No ano passado, o autor foi hospitalizado duas vezes, primeiro por causa de um infarto agudo no miocárdio e, depois, por um aneurisma cerebral. 

Ocupante da Cadeira 32 da Academia Brasileira das Letras, para a qual foi eleito em agosto de 1989, Suassuna foi um dos principais nomes da literatura brasileira do século 20.

Nascido em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa, em 16 de junho de 1927, era filho do político João Suassuna, que ocupou o governo da Paraíba e foi assasinado no Rio de Janeiro, em 1930.

A família passou a viver em Taperoá, onde Suassuna começou a estudar e viu a primeira peça de mamulengos (fantoches típicos do nordeste brasileiro), que depois teria influência em sua produção teatral.

Em 1942 o autor se mudou para Recife e aos 16 anos começou a escrever poesias. Aos 20 publicou a primeira peça, “Uma Mulher Vestida de Sol”.


Divulgação

Imagem do filme ‘O Auto da Compadecida’

Em 1950 formou-se advogado, profissão à qual se dedicou durante anos sem abandonar a literatura. Na faculdade conheceu o escritor Hermilo Borba Filho, com quem fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco.

Em 1955 publicou “Auto da Compadecida”, sua obra mais famosa, que em 2000 seria adaptada para uma minissérie e um filme de sucesso, estrelados por Matheus Nachtergaele e Selton Mello.

Com projeção nacional, deixou a advocacia e viu suas peças serem montadas em outros Estados. Em 1959, de novo com Borba Filho, fundou o Teatro Popular do Nordeste.

Na década de 1970, lançou o Movimento Armorial, com o objetivo de criar arte erudita a partir de elementos da cultura popular, como literatura de cordel e música de viola. Seu livro “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”, de 1971, é baseado nesses preceitos.

Exerceu, entre outros cargos públicos, o de secretário de Cultura de Pernambuco durante o terceiro governo de Miguel Arraes (1995-1998). Atualmente, era assessor do governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Em 2012, foi escolhido pelo Senado como “candidato oficial” do Brasil ao prêmio Nobel de Literatura - que, depois, ficou para o chinês Mo Yan. Suassuna teve obras traduzidas para o inglês, francês, espanhol, alemão, italiano, holandês e polonês. Mas não para o sueco, língua dos eleitores do Nobel.

Fã de futebol, o autor era torcedor fanático do Sport Club do Recife.

Veja as principais obras de Ariano Suassuna:

1947 – “Uma Mulher Vestida de Sol”
1949 – “Os Homens de Barro”
1950 – “Auto de João da Cruz”
1952 – “O Arco Desolado”
1953 – “O Castigo da Soberba”
1954 – “O Rico Avarento”
1955 – “Auto da Compadecida”
1957 – “O Casamento Suspeitoso”
1957 – “O Santo e a Porca”
1958 – “O homem da Vaca e o Poder da Fortuna”
1959 – “A Pena e a Lei”
1960 – “Farsa da Boa Preguiça”
1962 – “A Caseira e a Catarina”
1971 – “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”
1976 – “História d’O Rei Degolado nas Caatingas do Sertão / Ao sol da Onça Caetana”
1980 – “Sonetos com Mote Alheio”
1985 – “Sonetos de Albano Cervonegro”
1987 – “As Conchambranças de Quaderna”

(Ultimo Segundo)

João Ubaldo Ribeiro: Relembre a trajetória do mestre dos contos e dos romances

Jornalismo, literatura, cinema, televisão. O escritor baiano João Ubaldo Ribeiro foi um dos poucos que soube passear por diversas áreas com facilidade e reconhecimento, no Brasil e no mundo. Essa trajetória de sucesso foi interrompida nesta sexta-feira, por uma embolia pulmonar, que resultou na morte do escritor, aos 73 anos. João Ubaldo deixa quatro filhos, Emília, Manuela, Banto e Francisca.

Nascido na Ilha de Itaparica, em 23 de janeiro de 1941, João Ubaldo Ribeiro é o filho mais velho do casal Maria Felipa Osório Pimentel e Manoel Ribeiro. Ainda aos dois meses de idade, mudou-se para a cidade de Aracaju, Sergipe, onde foi alfabetizado e conheceu o amigo Glauber Rocha, com quem frequentou as aulas no Colégio da Bahia, em 1956.

Precoce, começou a trabalhar com jornalismo em 1957, como repórter no ‘Jornal da Bahia’. Em 1958, inicia o curso de Direito na Universidade Federal da Bahia. Apesar de concluir os estudos, nunca exerceu a profissão, dividindo o tempo entre os sisudos livros de Direito, com a edição de revistas e jornais culturais ao lado de Glauber Rocha, além do envolvimento com o Movimento Estudantil. Na mesma universidade, concluiu a pós-graduação em Administração Pública.

Sua primeira experiência na literatura foi em 1959, com a publicação do conto ‘Lugar e circunstância’, na antologia ‘Panorama do Conto Bahiano’, organizada por Nelson de Araújo e Vasconcelos Maia. Em 1961, teve os textos ‘Josefina’, ‘Decalião’, e ‘O campeão’ publicados na coletânea ‘Reunião’, ao lado dos escritores David Salles, Noêmio Spinola e Sonia Coutinho. O primeiro romance veio em 1963: ‘Setembro não faz sentido’.

Afastado da política brasileira no período da ditadura militar, por conta de uma bolsa de estudos conseguida junto à Embaixada norte-americana, para mestrado em Administração Pública e Ciência Política na Universidade da Califórnia do Sul, João Ubaldo não deixou de ser “perseguido”. Mesmo estando fora do país, teve sua foto publicada entre procurados por ser conhecido como esquerdista.

Já de volta ao Brasil, em 1965 leciona Ciências Políticas na Universidade Federal da Bahia, carreira da qual desiste novamente pelo jornalismo. Em paralelo, continua escrevendo contos e romances, como o aclamado livro ‘Sargento Getúlio’, com o qual foi vencedor do Prêmio Jabuti em 1972, na categoria ‘Revelação de Autor’. A publicação foi lançada também nos EUA, em 1978, com tradução feita pelo próprio autor, com ótima recepção. Em 1974, lança o livro de contos ‘Vencecavalo e o outro povo’.

Em 1981, mais um vez por conta de uma bolsa de estudos – concedida pela Fundação Calouste Gulbenkian – muda-se do Brasil, agora para Lisboa, em Portugal. Lá edita, ao lado do jornalista Tarso de Castro, a revista ‘Careta’.

Novamente no Rio de Janeiro, lança ‘Política’ e a coletânea de contos ‘Livro de Histórias’ – que depois seria republicado com o título de ‘Já podeis da pátria filhos’. A estreia na literatura infanto-juvenil vem com ‘Vida e paixão de Pandonar, o cruel’, lançado em 1983. No mesmo ano, o sucesso ‘Sargento Getúlio’ é adaptado para o cinema pelo diretor Hermano Penna, com o personagem principal vivido por Lima Duarte.

O segundo Prêmio Jabuti da carreira foi recebido na categoria ‘Romance’, pelo livro ‘Viva o Povo Brasileiro’, editado em 1984. A publicação também levou o Golfinho de Ouro, do governo do Rio de Janeiro. João Ubaldo ainda recebeu os louros de uma das festas mais populares do mundo, o carnaval, tendo o livro escolhido como samba-enredo da escola Império da Tijuca, em 1987.

Um dos grandes sucessos do autor, ‘O sorriso do Lagarto’, é lançado em 1989. Dois anos depois, o romance seria adaptado para minissérie da Rede Globo, por Walter Negrão e Geraldo Carneiro, tendo grandes nomes como Maitê Proença e Tony Ramos no elenco.

Em 1990 parte para Berlim, na Alemanha, onde morou por pouco mais de um ano, à convite da Deutsch Akademischer Austauschdienst. Na cidade, contribuiu com crônicas semanais para o jornal ‘Frankfurter Rundschau’. Teve a oportunidade também de trabalhar com rádio, produzindo adaptações para o veículo, entre elas a de seu conto ‘O santo que não acreditava em Deus’. O mesmo conto foi adaptado para a Rede Globo, dentro da série ‘Caso Especial’, veiculada em 1993. No dia 7 de outubro do mesmo ano foi eleto para a cadeira 34 da Academia Brasileira de Letras, na vaga que era ocupada anteriormente pelo jornalista Carlos Castello Branco.

Em parceria com o cineasta Cacá Diegues, trabalha na adaptação para o cinema no clássico de Jorge Amado ‘Tieta do Agreste’, em 1994. Os dois voltariam a trabalhar juntos nos anos 2000, no roteiro do filme ‘Deus é brasileiro’, estrelado por Antônio Fagundes e baseado no conto ‘ O santo que não acreditava em Deus’.

O ano de 1999 marcou outro grande – e polêmico – lançamento de João Ubaldo. ‘A Casa dos Budas Ditosos’, livro da série ‘Plenos Pecados’, da Editora Objetiva. Versando sobre a luxúria, o livro é narrado por uma mulher de 68 anos, nascida na Bahia, falando de sua própria vida, e de como jamais se furtou a viver as infinitas possibilidades do sexo. Editado em diversos países, a venda do romance foi proibida em redes de supermercados portuguesas por conta de seu conteúdo sexual.

Em 2008, João Ubaldo Ribeiro foi agraciado com o Prêmio Camões, considerado o maior reconhecimento da língua portuguesa. ‘O albatroz azul’ foi o último livro lançado pelo escritor, em 2009. Ele traz a história de um homem muito velho que, apesar de detentor da sabedoria trazida por todos os seus anos de existência, ainda busca apreender algum sentido na vida.

Via http://divirta-se.uai.com.br/

Líderes mundiais exigem respostas sobre avião derrubado com 298 a bordo

Por Anton Zverev

HRABOVE Ucrânia (Reuters) – Líderes mundiais exigem uma investigação internacional sobre a derrubada de um avião de passageiros da Malásia, com 298 pessoas a bordo, sobre a Ucrânia oriental, uma tragédia que pode marcar um momento crucial na pior crise entre a Rússia e o Ocidente desde a Guerra Fria.

Enquanto a Ucrânia busca apoio internacional contra a Rússia, duas autoridades dos Estados Unidos disseram que Washington suspeita fortemente que o Boeing 777 da Malaysia Airlines foi derrubado por um míssil disparado por separatistas ucranianos apoiados por Moscou.

Não há sobreviventes do acidente de quinta-feira, o maior ataque até hoje a um avião comercial, que espalhou destroços e corpos por quilômetros de território controlado pelos rebeldes perto da fronteira com a Rússia.

Bandeiras brancas improvisadas marcam os locais onde os corpos caíram em campos de milho, em meio aos escombros. Alguns, despidos pela força do acidente, foram cobertos por folhas de polietileno presas com pedras nas pontas. Sobre um dos corpos foi colocada uma flor.

Uma mulher contou como um cadáver caiu em sua cozinha quebrando o telhado de sua casa. “Houve um barulho alto e tudo começou a sacudir. Então objetos começaram a cair do céu”, disse Irina Tipunova, de 65 anos. “E então eu ouvi um estrondo e ela caiu na cozinha.”

A escala do desastre deve influenciar a pressão internacional para uma resolução da crise na Ucrânia, que matou centenas de pessoas desde que os protestos pró-Ocidente derrubaram o presidente apoiado por Moscou em Kiev em fevereiro e a Rússia anexou a Crimeia, um mês depois.

Vários países ocidentais impuseram sanções à Rússia pela crise na Ucrânia, mas os Estados Unidos adotaram uma posição mais incisiva do que a União Europeia. Analistas afirmam que a resposta da Alemanha e de outras potências da UE para o incidente – possivelmente impondo mais sanções – pode ser crucial para decidir a próxima fase do impasse com Moscou.

Alguns comentaristas compararam a situação ao naufrágio do transatlântico Lusitania, provocado pela Alemanha, em 1915, o que ajudou a empurrar os Estados Unidos para a Primeira Guerra Mundial, mas não se espera que a indignação do Ocidente com a tragédia de quinta-feira leve a uma intervenção militar.

 

A chanceler alemã, Angela Merkel, em uma resposta inicial disse que era muito cedo para decidir sobre novas sanções antes de ser apurado exatamente o que tinha acontecido com o avião.

O Reino Unido afirmou ser necessária uma investigação internacional liderada pela ONU antes que sanções adicionais sejam seriamente consideradas.

Kiev e Moscou se acusaram mutuamente após o desastre, desencadeando uma nova fase em sua guerra de propaganda.

O avião caiu a cerca de 40 da fronteira com a Rússia, perto da capital regional de Donetsk. A região é um reduto de rebeldes que lutam contra as forças do governo ucraniano, os quais já derrubaram aviões militares da Ucrânia.

 

(Reuters Brasil)

Juiz condena blogueira que ‘aparecia bem demais’ no Google

Caroline Doudet usou seu blog Cultur’elle para fazer as críticas

A Justiça francesa condenou uma blogueira por escrever uma dura crítica a um restaurante que “aparecia demais” no Google.

A decisão obrigou a blogueira Caroline Doudet a mudar o título de um post em que fala mal do restaurante Il Giardino, em Cap-Ferret, no sudoeste da França.

A medida também determina que ela pague uma indenização ao estabelecimento.

O texto era intitulado “O lugar para evitar em Cap-Ferret: Il Giardino”. Nele, a blogueira se queixava do serviço do restaurante durante uma visita em agosto de 2013 e acusava o proprietário de má atitude.

De acordo com documentos do processo, a crítica aparecia em quarto lugar quando alguém fazia uma pesquisa pelo nome do restaurante.

Caroline Doudet

Blogueira criticou serviço de estabelecimento

O proprietário alegou que o texto prejudicava seu negócio injustamente.

Um juiz de Bordeaux concordou e entendeu que o prejuízo para o restaurante era agravado pelo número de seguidores do blog de moda e literatura de Doudet, “Cultur’elle”: cerca de 3 mil.

O juiz determinou que Doudet deveria alterar o título do blog para evitar a construção “o lugar para evitar” e pagar 1,5 mil euros (aproximadamente R$ 4,5 mil) ao restaurante. O post já foi deletado.

‘Novo crime’

Para a blogueira, a decisão tornou crime aparecer no topo das pesquisas em buscadores da internet.

“Esta decisão cria um novo crime, o de ‘aparecer bem demais [em um buscador]‘ ou de ter uma influência muito grande”, disse Doudet à BBC.

O proprietário – que não falou à BBC – reclamou do artigo inteiro, mas o juiz limitou sua decisão ao título.

“Venho trabalhando sete dias por semana há 15 anos. Eu não podia aceitar isso”, disse o empresário, segundo o site Arret sur Internet.

“As pessoas podem criticar, mas há uma maneira de fazê-lo – com respeito. E esse não foi o caso.”

Segundo a lei francesa, um juiz pode emitir uma ordem de emergência para forçar uma pessoa a interromper qualquer atividade que esteja prejudicando a outra parte na disputa.

A decisão se assemelha a uma liminar na lei brasileira e pode ser derrubada se as partes levarem o processo até o fim.

Mas a blogueira disse que não pretende recorrer porque “não quer reviver semanas de angústia”.

Segundo ela, a decisão foi tomada em uma audiência de emergência. Por isso, afirma, ela não teve tempo para encontrar um representante legal e se defendeu sozinha no tribunal.

Um advogado francês e blogueiro que escreve sob o pseudônimo de Maître Eolas disse que, no direito francês, este tipo de sentença não cria precedência legal.

Via http://www.bbc.co.uk/

Jogos na Arena Castelão, em Fortaleza, atraíram 680 milhões de telespectadores pelo mundo

Os seis jogos da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 realizados na Arena Castelão, em Fortaleza  atraíram 680 milhões de telespectadores em todo o mundo. A informação é da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa).

De acordo com relatório de audiência da Fifa, as seis partidas foram acompanhadas por  679.842.935 telespectadores no mundo. Ou seja, os quase 680 milhões de pessoas representam mais de três vezes a população brasileira acompanhando os jogos na Arena Castelão.

A maior audiência do Castelão foi registrada no empate em 0 a 0 do Brasil contra o México. Mais de 161,5 milhões de pessoas acompanharam a partida. O mesmo jogo, só que pela Copa das Confederações de 2013, teve 40 milhões de telespectadores, quatro vezes menos o verificado na Copa do Mundo. As audiências contabilizam apenas as redes de televisão abertas, excluindo os canais fechados, além de reprises dos jogos e matérias jornalísticas realizadas em Fortaleza durante o Mundial.

Recordes
Em relação ao mercado internacional, alguns recordes foram estabelecidos. Na Grécia, os torcedores do país garantiram a maior audiência de um programa esportivo em 2014, mesmo sendo exibida após as 22 horas de uma terça-feira. Os números da audiência entre Grécia e Costa do Marfim – partida que colocou a equipe grega na segunda fase do torneio pela primeira vez na história – foi maior do que qualquer partida da seleção grega na Copa do Mundo da África do Sul 2010, exibida em horário nobre.

A seleção campeã do mundo no Brasil, a Alemanha, sofreu para empatar com a Gana na Arena Castelão. Só no país europeu, 76,3% das TVs ligadas no horário da partida exibiam o segundo jogo dos alemães na Copa do Mundo. Mais de 24,5 alemães viram o atacante Klose igualar o recorde de gols de Ronaldo com um gol salvador nos minutos finais. Foram mais de 122.683.550 telespectadores no mundo inteiro.

Quase 90% das TVs ligadas nos 90 minutos da partida entre Holanda e México, nas Oitavas de final, exibiram a vitória suada dos holandeses na Arena Castelão. O mesmo jogo chamou a atenção de brasileiros, alemães e argentinos. Mais de 50% dos televisores destes países estavam ligados na partida.

(G1 Ceará)

Memorial Padre Cícero é saqueado em Juazeiro do Norte

O descaso da Prefeitura de Juazeiro do Norte com os patrimônios materiais e imateriais do município não tem limites. A lista de denúncias contra a atual administração cresce cotidianamente, mas, desta vez, a vítima foi um dos maiores símbolos do povo cearense. De acordo com o Ministério Público do Ceará, o Memorial Padre Cícero foi saqueado.

Diversas peças de seu acervo, que guarda a memória de um dos principais sacerdotes e políticos do Nordeste brasileiro, foram roubadas da estrutura, que é mantida pela Prefeitura. No entanto, até o momento, a administração publica local não tem nem ideia do que realmente foi levado.

Estima-se que entre os itens levados estão 80 livros da biblioteca do religioso, fotografias, o estetoscópio do médico que atendeu Padre Cícero Romão Batista (1844-1934) em seu leito de morte, talheres e louças que foram de uso cotidiano do “Padim”. A Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte ainda está tentando localizar o inventário dos bens para avaliar com precisão a extensão da pilhagem. Mas suspeita-se que até uma das batinas foi roubada.

A informação foi divulgada pela coluna Radar online, de Lauro Jardim, no site da Revista Veja.

Mais informações:
O Memorial Padre Cícero foi inaugurado no dia 22 de julho de 1988 com a presença do então Presidente da República, José Sarney, para ser um ambiente de estudos, pesquisas e palestras sobre o sacerdote.

(Anderson Pires, CearaNews7)

‘O Maior Menor Espetáculo da Terra’ está em cartaz em Fortaleza

Alvaro Assad, Marcio Moura e Melissa Teles Lôbo são os atores do espetáculo (Foto: Divulgação/Ricardo Gabriel)

A Caixa Cultural Fortaleza apresenta, desta quinta-feira (17) a domingo (20), o “Circo de Pulgas – O Maior Menor Espetáculo da Terra”. A peça infantil, inédita no Nordeste, é da trupe carioca Centro Teatral Etc e Tal, que faz uma releitura de uma modalidade de arte cênica do século XVIII: o “circo de pulgas”. A peça terá números de trapézio, equilibrismo e magia em um picadeiro em miniatura onde um elenco imaginário de pulgas se apresenta.

O “circo de pulgas” teve início na Europa no século XVIII. À época, alguns artistas criaram apresentações circenses onde faziam a plateia acreditar que as pulgas haviam sido adestradas e realizavam os movimentos em uma pequena cama elástica ou em um trapézio.  Na realidade, os números eram feitos por meio de técnicas criadas para dar a ilusão de que os equipamentos eram movimentados pelas pulgas.

A companhia é formada por Alvaro Assad, Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo. Os artistas apresentam truques de mágica e de engenhocas para trazer à plateia o mais próximo possível da experiência de se enxergar as pulagas. O cenário é de Domingos Montagner.

O texto é uma mescla de dramaturgia de clássicos do circo tradicional com uma pesquisa científica do universo das pulgas. No enredo, os atores conduzem no fantástico picadeiro circense “artistas” de diversos continentes. Da China, Pun Ching Oo, a pulga funâmbula; da Argentina, PulGardel, a pulga bala; da Oceania, as lindas pulgas gêmeas trapezistas, Pulg Lee e Pilg Luu.

Oficina
Nesta quinta-feira (17), das 15h às 18h, o ator Marcio Moura vai ministrar a oficina Histórias e seus Caminhos para professores e arte-educadores, onde trabalhará pontos relevantes das técnicas empregadas pelo grupo na montagem de O Maior Menor Espetáculo da Terra e sua correlação com a tradição do ato de contar histórias.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail oficina@etcetal.art.br. Os interessados devem informar nome completo, RG, data de nascimento e instituição onde leciona ou desenvolve trabalho de arte-educação. A confirmação da inscrição é enviada por e-mail pela produção.

Serviço:
“Circo de Pulgas – O Maior Menor Espetáculo da Terra”
Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
Data: 17 a 20 de julho, quinta a sábado às 20h e domingo às 19h
Duração do espetáculo: 50min
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
Vendas a partir do dia de 16/07, das 10h às 20h
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Serviço de manobrista no local

Oficina “Histórias e seus Caminhos”
Data: 17 de julho
Hora: Início às 15h (carga horária: 3 horas)
Público alvo: professores e arte educadores
Inscrições gratuitas pelo e-mail: oficina@etcetal.art.br
Informações: (85) 3453-2770

(G1 Ceará)

‘Rugby para Todos’ promove inclusão por meio do esporte

França, Irlanda, Argentina, Austrália e Inglaterra são alguns dos países que amam o rúgbi – esporte coletivo de intenso contato físico, cujo principal objetivo é levar a bola (oval) para além da linha do gol adversário e apoiá-la contra o solo. No Brasil, o rúgbi ainda engatinha. Nem por isso, seus praticantes deixam de cumprir uma importante missão social: desenvolver a cidadania de jovens adeptos, por meio do esporte.

Criado a partir de uma ação social na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo, em 2004, o Instituto Rugby para Todos, dirigido por Maurício Draghi, 37 anos, e Fabrício Kobashi, 33 anos, ex-atletas da Seleção Brasileira de Rúgbi, desembarcou em 2013 nas praias de Copacabana, Leblon e Ipanema, além da Chácara do Céu, no Rio de Janeiro. Atualmente, 200 crianças são atendidas gratuitamente em São Paulo e outras 150, no Rio. Desde o início do projeto, cerca de 3.000 jovens foram assistidos pelo Instituto. A garotada é recebida por uma equipe multidisciplinar composta por 32 profissionais nas duas capitais.

“A escolha do bairro de Paraisópolis, na capital paulista, foi proposital. Nosso objetivo era apresentar o rúgbi aos moradores, haja vista que nem o termo ‘rúgbi’, que simboliza o esporte, muitas vezes, eles conseguem falar. A ideia é justamente disseminar esse conceito para que o maior número de crianças tenham conhecimento do esporte que trouxe tantos benefícios para a gente”, acredita Draghi.

Para participar do projeto, garotos e garotas de 7 anos a 17 anos precisam ter boa frequência na escola. “O projeto se chama ‘Rugby para Todos’, pois aceitamos todos os tipos de crianças, desde aquele talento nato para qualquer tipo de modalidade esportiva até os que têm mais dificuldades, com um déficit motor ou neurológico. Não temos o objetivo de formar apenas atletas de alto rendimento”, afirma Draghi.

“As crianças absorvem o conhecimento, que é muito direcionado em termos de convivência e isso é o principal. O trabalho multidisciplinar favorece esse aprendizado.”

O projeto, que hoje conta com apoio de leis de incentivo, ainda trabalha com colaboradores voluntários nas áreas de comunicação, design e fisioterapia, além de promover a inclusão da modalidade em escolas particulares e clubes privados. Em breve, o instituto deve contratar uma fisioterapeuta.

Via http://esportes.terra.com.br

Cine Belas Artes reabre as portas em 17 de julho com novo nome

Do SpressoSP

Um dos mais tradicionais cinemas da cidade será reinaugurado no próximo sábado (19) como Caixa Belas Artes
Por Redação
Depois de três anos fechado, o tradicional cinema da rua da Consolação com a avenida Paulista tem data oficial para ser reaberto: será no próximo sábado (19), em novo formato, programação e administração.
Agora como Caixa Belas Artes, o cinema retorna após uma intensa luta travada pelos cinéfilos e também pelo Movimento Belas Artes, que articulou a população, empresas e órgãos da prefeitura em prol da volta do espaço. A reabertura foi viabilizada através de um acordo selado entre a Prefeitura de São Paulo, o proprietário do imóvel e a Caixa Econômica Federal.
André Sturm, diretor executivo do MIS, é quem passa a coordenar o espaço em sua nova fase. Ele garantiu uma programação especial, que deve, inclusive, resgatar clássicos do cinema, como Medos Privados em Lugares Públicos (2006), dirigido pelo cineasta francês Alain Resnais, que ficou mais de três anos em cartaz no Belas Artes.
O novo cinema volta com um caráter mais plural e participativo. Isso por que, para que o espaço fosse reaberto, a Prefeitura não teve que desembolsar nada em valores em nem o fará em relação à sua administração, que ficará por conta da Caixa. A gestão municipal, no entanto, manifestou interesse em manter um cinema como o Belas Artes em São Paulo e estabeleceu contrapartidas à Caixa em benefício da cidade. Elas consistem em ingressos com valor 20% mais barato que os cinemas da região da Paulista, bombonière com valor 10% mais baixo que as dos cinemas da região, meia-entrada para todos os trabalhadores às segundas-feiras e sala especial de incentivo ao cinema brasileiro.
No site do novo Caixa Belas Artes, há uma contagem regressiva para que o público possa acompanhar exatamente quantos dias, horas, minutos e segundos faltam para poder voltar a contar com um dos cinemas mais queridos da cidade.

A morte de Nadine Gordimer, Nobel de Literatura

Jornal GGN - A escritora sul-africana Nadine Gordimer morreu ontem, aos 90 anos de idade, em sua casa em Joanesburgo. Gordimer recebeu o Nobel de Literatura em 1991 e foi uma das vozes mais ativas contra o regime do apartheid. Entre suas obras, destacam-se “A filha de Burguer”, de 1980. No Brasil, a editora Companhia das Letras publicou os livros “Ninguém para me acompanhar”, “A arma da casa”, “O engate”, “De volta à vida”, “Beethoven era 1/16 negro” e “O melhor tempo é o presente”.

Do G1

Em março, sul-africana havia revelado que tinha câncer no pâncreas. Boa parte da obra era sobre situação social de seu país durante apartheid.
Morreu na noite deste domingo (13), aos 90 anos, a escritora sul-africana Nadine Gordimer, ganhadora do prêmio Nobel de Literatura e conhecida por combater o regime de segregação racial em seu país, informa a Reuters. De acordo com a agência de notícias, a autora estava em casa e acompanhada dos filhos, Hugo e Oriane.

Uma das principais vozes contra o apartheid, Nadine havia revelado em março que tinha câncer no pâncreas e que não conseguiria mais escrever um novo romance. “Talvez faça alguns contos, mas escrever me deixa mal e sou muito crítica, muito exigente com meu trabalho. Não acredito que aceitaria algum trabalho que não me satisfaça”, afirmou na época.

Sobre a doença, mostrava preocupação. “Sinto muita dor. Quando escrevi o meu último romance, não o tinha [câncer], ainda não tinha começado, e o que escrevi não tem nada a ver com a doença”.  Ela recebeu o Nobel de Literatura em 1991 e o Booker Prize em 1974, além de outros prêmios.

Em boa parte de seus mais de 30 livros, Nadine abordou a situação social na África do Sul. Ela ficou mundialmente famosa com o romance “A filha de Burger”, de 1980. Seu primeiro romance, “The living days”, saiu em 1953.

No Brasil, a editora Companhia das Letras publicou seis obras da escritora: “Ninguém para me acompanhar”, “A arma da casa”, “O engate”, “De volta à vida”, “Beethoven era 1/16 negro” e “O melhor tempo é o presente”.

Também lançou a coletânea de contos “Contando histórias”, organizada por Nadine. Com 21 histórias, o livro teve seus direitos revertidos para a TAC (Treatment Action Campaign), uma campanha para tratamento e prevenção da Aids.

Já o selo Biblioteca Azul, da Globo Livros, publicou “Tempo de reflexão 1 – De 1954 a 1989″ e “Tempos de reflexão 2 – De 1990 a 2008″. Nas duas coletâneas de ensaios, Nadine retrata sua longa trajetória literária.

Em nota divulgada nesta segunda-feira (14), a assessoria de imprensa da editora reproduziu um trecho de “Tempo de reflexão 1″, justamente aquele em que a escritora relembra seus primeiros textos, ainda criança. “Quando comecei a escrever, com nove ou dez anos, eu escrevia com o que passei a acreditar ser a única verdadeira inocência – um ato sem responsabilidade”, afirma.

Em outra passagem, no livro “Tempo de reflexão 2″, ela cita o autor do polêmico “Os versos satânicos” para falar sobre libedade. “Salman Rushdie não tem sido visto por… quanto tempo? Ele se tornou um dos Desaparecidos, como aqueles que sumiram durante um período recente na Argentina e aqueles que desaparecem sob o apartheid na África do Sul”, comparou.

“Os governos repressivos têm o poder de destruir vidas nos seus países; quando as religiões adotam esses métodos, elas têm o poder de aterrorizar, por meio de seus fiéis, qualquer parte do mundo.”

Mandela
Em 2006, Nadine Gordimer foi a escolhida para entregar a Nelson Mandela (1918-2013) a distinção Embaixador da Consciência, atribuída pela Anistia Internacional. Na época, a agência de notícias France Presse reproduziu declarações da escritora durante a cerimônia.

“Mandela foi e é um revolucionário no melhor sentido da palavra”, afirmou sobre o ex-presidente da África do Sul. Ela destacou a independência intelectual de Mandela e sua aversão ao “politicamente correto”.

No ano seguinte, Nadine visitou o Brasil para participar da 5ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). Naquela edição do evento, estiverma ainda nomes como Amós Óz, Robert Fisk, Mia Couto e J.M. Coetzee.

No final de 2011, Nadine Gordimer se destacou por criticar um projeto de lei sobre a informação na África doo Sul, que para ela representava um retorno ao período no qual a liberdade de expressão estava suprimida pelo apartheid.

“As pessoas lutaram e morreram para conquistar a oportunidade de ter uma vida melhor, uma vida que atualmente está arruinada e prejudicada pela corrupção”, afirmou na ocasião. “As práticas de corrupção e nepotismo só podem ser denunciadas se tivermos liberdade de expressão.”

 

Festival Halleluya 2014: Confira a programação de atrações

A organização do Festival Halleluya divulgou nesta segunda-feira (14) a programação diária do evento. O Festival Halleluya será realizado de 23 a 27 de julho, no Condomínio Espiritual Uirapuru, e lembrará um ano da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. A entrada é gratuita. A cada dia, a programação terá início às 18h. ( Confira a programação das atrações abaixo).

Segundo os organizadores, a expectativa é reunir cerca de 200 mil pessoas por dia. A edição deste ano do Halleluya terá diferentes ritmos e atrações. O forró de Batista Lima e Naldo José, o rock do Rosa de Saron, o soul pop de Davidson Silva e o pop rock de Ana Gabriela e Missionário Shalom.
Entre as novidades deste ano, estão a participação do cantor goiano Tony Alysson, o lançamento do cd “180 Graus” do Ministério Missionário Shalom. Outras atrações confirmadas no Festival Halleluya são Cosme, Diego Fernandes, Eros Biondini, Dunga, Adriana Arydes, Ziza Fernandes, Irmã  Kelly Patrícia e as bandas Comunidade Recado, Dominus e Adoração e Vida. Neste ano, o público pôde escolher uma atração para cantar no palco principal do evento. O vencedor foi o cantor Nilton Junior, de São Paulo.
Confira a programação completa do Festival Halleluya 2014:
Quarta-feira (23):
Tony Allysson
Batista Lima
Adriana Arydes

Quinta-feira (24):
Naldo José
Diego Fernandes
Ziza Fernandes
Rosa de Saron

Sexta-feira (25):
Comunidade Recado
Davidson Silva
Nilton Júnior
Banda Dominus

Sábado (26):
Eros Biondini
Missionário Shalom
Irmã Kelly Patrícia
Ana Gabriela
Alto Louvor
Cosme

Domingo (27):
Suely Façanha
Dunga
Adoração e Vida

(G1 Ceará)

Beach Park é eleito o 2º melhor parque aquático do mundo

O parque aquático Beach Park, localizado em Aquiraz, distante 32,3 km de Fortaleza, ficou na 2ª posição em três categorias da lista dos melhores parques de diversão e aquáticos promovido pelo site de viagens TripAdvisor. A atração cearense disputou com equipamentos do mundo inteiro.

O TripAdvisor promove a avaliação de hotéis, hotéis com serviços, destinos, praias, ilhas e atrações. O prêmio é intitulado de Travellers Choice. O Beach Park foi lembrado nas categorias: “Melhores parques de diversões e aquáticos do Brasil”, “Melhores parques de diversões e aquáticos da América do Sul” e “Melhores parques aquáticos do mundo”.

Nas listas dos “10 Melhores parques de diversões e aquáticos do Brasil” e dos “25 Melhores parques de diversões e aquáticos da América do Sul”, o Beach Park ficou atrás apenas do Beto Carrero World. Já entre os “25 Melhores parques aquáticos do mundo”, a atração cearense perdeu a 1ª posição para o Siam Park, da Espanha.

Confira as listas abaixo:

10 melhores parques de diversões e aquáticos – Brasil

1 – Beto Carrero World | Penha, SC
2 – Beach Park | Aquiraz, CE
3 – Hot Park | Rio Quente, GO
4 – Thermas dos Laranjais | Olímpia, SP
5 – Eco Parque Arraial D´Ajuda |Arraial D’Ajuda, BA
6 – DiRoma Acqua Park | Caldas Novas, GO
7 – Alpen Park | Canela, RS
8 – Mirabilandia Parque de Diversões | Recife, PE
9 – Marina Park | Capão da Canoa, RS
10 – Lagoa Thermas Clube | Caldas Novas, GO

25 melhores parques de diversões e aquáticos – América do Sul

1 – Beto Carrero World | Penha, Brasil
2 – Beach Park | Aquiraz, Brasil
3 – Hot Park | Rio Quente, Brasil
4 – Thermas dos Laranjais | Olímpia, Brasil
5 – Eco Parque Arraial D´Ajuda |Arraial D’Ajuda, Brasil
6 – DiRoma Acqua Park | Caldas Novas, Brasil
7 – Alpen Park | Canela, Brasil
8 – Parque Nacional del Cafe | Montenegro, Colômbia
9 – Mirabilandia Parque de Diversões | Recife, Brasil
10 – Parque El Agua Isla de Margarita | Porlamar, Venezuela
11 – Fantasilandia | Santiago, Chile
12 – Marina Park | Capão da Canoa, Brasil
13 – Lagoa Thermas Clube | Caldas Novas, Brasil
14 – Republica de los Ninos | La Plata, Argentina
15 – Náutico Praia Clube | Caldas Novas, Brasil
16 – Aquasol Water Park | Mar del Plata, Argentina
17 – Veneza Water Park | Recife, Brasil
18 – Salitre Magico | Bogotá, Colômbia
19 – Agua Show Park | Florianópolis, Brasil
20 – Valparaíso Acqua Park | São Luís, Brasil
21 – Ma-noa Park | Maxaranguape, Brasil
22 – Acquamania | Guarapari, Brasil
23 – Aquatic Park Termas de Salto Grande | Salto, Uruguai
24 – Parque Mundo Aventura | Bogotá, Colômbia
25 – Acuamania | Salto, Urugua

Os 25 melhores parques aquáticos – Mundo

1 – Siam Park | Adeje, Espanha
2 – Beach Park | Aquiraz, Brasil
3 – Blizzard Beach | Orlando, Flórida
4 – Typhoon Lagoon | Orlando, Flórida
5 – Waterbom Bali | Kuta, Indonésia
6 – Wild Wadi Water Park | Dubai, Emirados Árabes
7 – Hot Park | Rio Quente, Brasil
8 – Aquaventure Watepark | Dubai, Emirados Árabes
9 – Aquatica (Seaworld’s Waterpark) | Orlando, Flórida
10 – Parque Aquático Aquaventure de Atlantis Paradise Island | Paradise Island, New Providence Island
11 – Thermas Dos Laranjais | Olímpia, Brasil
12 – Eco Parque Arraial d’Ajuda | Arraial d’Ajuda, Brasil
13 – Holiday World & Splashin’ Safari | Santa Claus, Indiana
14 – diRoma Acqua Park | Caldas Novas, Brasil
15 – Lago Martianez | Puerto de la Cruz, Espanha
16 – WaterWorld Waterpark | Ayia Napa, Chipre
17 – Aqua Blue Water Park | Sharm El Sheikh, Egito
18 – Water Park | Faliraki, Grécia
19 – Water Country USA | Williamsburg, Virginia
20 – PortAventura Aquatic Park | Salou, Espanha
21 – Fasouri Watermania Water Park | Limassol, Chipre
22 – Yas Waterworld Abu Dhabi | Abu Dabi, Emirados Árabes
23 – Aqualandia | Benidorm, Espanha
24 – Morey’s Piers and Beachfront Waterparks | Wildwood, New Jersey
25 – Sandcastle Waterpark | Blackpool, Reino Unido

Redação O POVO Online

Efeito Tiririca: “Celebridades” disputam cadeira de Deputado Federal nas eleições de outubro

Após o sucesso de votos do palhaço Tiririca em 2010, algumas ‘celebridades’ vão concorrer a uma vaga na Câmara Federal este ano. Cantores, ex-BBBs e até o Dr Hollywood estão na briga pela vida boa do Congresso Nacional. Até o esquecido astronauta brasileiro, Marcos Pontes, aquele piloto de caça em quem a FAB investiu milhões para mandar ao espaço e que, ao voltar para casa, pediu aposentadoria, agora, quer mostrar o que ‘aprendeu’ na NASA, usando paletó e gravata em Brasília.

O polêmico e, as vezes, extremista Jorge Kajuru vai disputar uma vaga.O cirurgião plástico Roberto Miguel Rey, mais conhecido como  Dr. Hollywood também é candidato (mas ele não mora na California?).  Concorrendo pelo PDT do RJ, está o ex-pagodeiro do grupo ‘Os Morenos’, Waguinho. Pasmem, tem até ex-BBB no pedaço. Alemão é candidato pelo PV-RJ. O cantor sertanejo José Rico, da dupla com Milionário & José Rico, também quer uma cadeira na Casa de Leis da República.

O homem que diz ter conseguido dar uma casa ao time do coração, deve ter eleição certa. É o polêmico e controverso ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez. Ele concorre a deputado federal pelo PT de São Paulo.

Com tantas opções boas assim, só Jesus na causa!

Via http://www.topagitosmt.com.br/

Sindicato dos Bancários do Ceará promove curso de CPA-10; pré-inscrições abertas

Com o objetivo de atender uma demanda permanente da categoria bancária e contribuir para a qualificação profissional e ascensão no mercado de trabalho, o Sindicato dos Bancários do Ceará, em parceria com o professor João Henrique Lemos, promoverá Curso Preparatório para o EXAME CPA10 (ANBIMA). O curso será ministrado na sede do Sindicato, no período de 22 a 31/7, com duração de 24 horas/aulas, no horário das 19 às 22 horas. Serão disponibilizadas 50 vagas somente para bancários sindicalizados. O investimento será de R$ 220,00.

Os bancários sindicalizados interessados em participar do curso devem fazer sua pré-inscrição na Secretaria de Formação do SEEB/CE, através do telefone (85) 3252 4266, no período de 14 a 18/7, no horário de 10 às 16 horas.

No conteúdo programático estão inclusos Sistema Financeiro Nacional; ética; regulamentação e análise do perfil do investidor; noções de economia e finanças; princípios de investimento: conceitos; fundos de investimento e demais produtos de investimentos; além da resolução de simulados diversos.

O curso de CPA-10 destina-se a certificar profissionais que desempenham atividades de comercialização e distribuição de produtos de investimento diretamente junto ao público investidor em agências bancárias. Esta iniciativa, amparada na Resolução 3.158 do Conselho Monetário Nacional, instituiu um processo de aferição do conhecimento dos principais aspectos relacionados à distribuição desses produtos de investimento.

“Essa é uma iniciativa do Coletivo de Formação, que através de sua secretaria, tenta realizar atividades voltadas para o desenvolvimento e o aprimoramento da categoria bancária, não somente no âmbito profissional, mas também nos valores políticos, humanitários e culturais”, afirma a secretária de Formação do Sindicato, Iêda Marques.

(SEEB-CE)

Presidente da Fifa dá nota 9,25 para a Copa no Brasil

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, avaliou nesta segunda-feira a realização da Copa do Mundo de 2014, encerrada no domingo. Questionado em entrevista coletiva sobre a nota que ele daria ao torneio, Blatter disse 9,25.

Segundo ele, a Copa do Mundo de 2014 foi excelente, mas não foi perfeita. Ele, inclusive, disse que perfeição não existe num evento como o Mundial.

“Dou 9,25 para essa Copa. Só não dou 10 porque perfeição não existe”, disse Blatter. “Para você tirar 10 numa universidade, por exemplo, você tem que fazer tudo realmente certo. É difícil.”

Curiosamente, Blatter também havia dito que “perfeição não existe” ao avaliar a Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul. No último Mundial, Blatter deu nova 9 para o torneio.

Blatter ainda falou que a Fifa fará uma reunião de avaliação geral do que foi feito nesta Copa. Os pontos positivos serão aplicados no Mundial de 2018, que acontecerá na Rússia.

Maurício Stycer, Rodrigo Mattos e Vinicius Konchinski
Do UOL, no Rio de Janeiro

As conquistas brasileiras no surf

TITA TAVARES

Enquanto a bola rola e o futebol nos dá um veshame histórico, os meninos do surf do Brasil dão show nas melhores ondas do mundo. Tratados pela imprensa internacional especializada no esporte como The Brazilian Storm, o nossos surfistas (Gabriel Medina (lider do ranking da primeira divisão) , Adriano Mineirinho, Felipe Toledo, Jadson André, Alejo Muniz, Raoni Monteiro, Miguel Pupo, Willian Cardoso, Jesse Mendes, David do Carmo, e mais um legião) assaltaram o Circuito Mundial de Surf. O Brasil lidera os três principais rankings do esporte.

http://www.aspworldtour.com/events/2014/mct/674/j-bay-open/live

Rolando ao vivo desde as direitas intermináveis de  J-Bay, South Africa….

Go for it!

E notem que nossos surfistas, a maioria dos nossos surfistas vem das nossas “camadas mais populares”, Tita Tavares, a nossa melhor surfista, que frequentou a elite do surf mundial durante quase uma década, era do Titanzinho, uma favela ao lado da praia no Ceará…

Via http://jornalggn.com.br/noticia/as-conquistas-brasileiras-no-surf

As mudanças de tom de Aécio Neves sobre a Copa

Jornal GGN – O senador e candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, mudou o tom pela segunda vez em relação à Copa do Mundo. A declaração mais recente, veiculada em jornais de todo o país, foi uma crítica contra um suposto uso político do mundial pela presidente Dilma Rousseff (PT). Para o senador, a candidata à reeleição pagaria pela eliminação da seleção brasileira diante da goleada aplicada pela Alemanha.

Mas o próprio tucano já adaptou seu discurso político em diferentes momentos da Copa do Mundo. Durante a preparação para o evento, Aécio usou os atrasos na execução das obras – principalmente os estádios – para atacar a presidente, chegando a afirmar que o caso representava a “incompetência” administrativa da gestão Dilma. Até o ex-jogador Ronaldo Fenômeno, membro do comitê organizador da Copa, posou ao lado do candidato e, dias depois, declarou-se “envergonhado” da organização do evento.

Mas com o início do mundial e o bom andamento da competição, incluindo na parte logística – aeroportos funcionando, estádios entregues e funcionais –, assim como a mudança de postura da imprensa internacional, que passou a reconhecer o mundial no Brasil como o melhor da história, levou o tucano a amenizar o tom.

Ao longo dos jogos, o senador vestiu a camisa de torcedor, deixou-se aparecer facilmente ao lado de correligionários enquanto assistia as partidas da seleção e chegou a afirmar que era contra confundir o esporte com política. Mas a histórica derrota do time canarinho serviu para, novamente, mudar o tom de Aécio. Agora, o senador – antes contrário ao uso político da Copa do Mundo – afirma que a presidente Dilma “pagará” pela derrota do time em campo.

Imparh abre 150 vagas para cursos de Inglês e Português Instrumental

Trabalhar a interpretação de textos, a leitura dinâmica, o novo acordo ortográfico, o domínio de outras técnicas de leitura e variações textuais visando, principalmente, às provas de proficiência de universidades para mestrado e doutorado é o intuito da Diretoria de Cursos e Extensão (DCE) do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh) que abre inscrições para a 11ª temporada dos Cursos de Português e Inglês Instrumental.

No total, seis turmas estão sendo ofertadas para o semestre 2014.2 – duas para o curso de Português e quatro para Inglês -, totalizando 150 vagas. As inscrições seguem até o dia 7 de agosto ou até o total preenchimento das vagas. Para se inscrever, basta preencher o formulário eletrônico disponibilizado no link abaixo, gerar o boleto bancário da taxa semestral, e trazê-lo pago à DCE juntamente com o comprovante de inscrição.

Sobre o curso

O curso tem duração de 60 horas-aula (quatro meses) e inicia as aulas no dia 18 de agosto, seguindo até 8 de dezembro. A taxa semestral, no valor de R$ 200 para Português e R$ 300 para Inglês, já inclui o material didático que será entregue no primeiro dia de aula. No caso do curso de Inglês Instrumental, a taxa também inclui a prova de proficiência aplicada ao final do curso.

Cursos ofertados (Horários e vagas)

Português Instrumental

Turma A – Segundas e Quartas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma B – Terças e Quintas, das 19 às 21 horas | 25 vagas

 

Inglês Instrumental
Turma A – Segundas e Quartas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma B – Segundas e Quartas, das 19 às 21 horas | 25 vagas
Turma C – Terças e Quintas, das 17 às 19 horas | 25 vagas
Turma D – Terças e Quintas, das 19 às 21 horas | 25 vagas

Links

Formulário de Inscrição, clique neste link.

Área Restrita | Reimpressão de boleto e Comprovante de Inscrição, clique aqui.

(Tribuna do Ceará)

Aviões do Forró encerra Fan Fest Fortaleza, neste domingo, na Praia de Iracema

Fan Fest

A festa oficial da Copa em Fortaleza vai terminar ao som de forró e axé. O baiano Durval Lellis anima os torcedores no sábado, dia do jogo do Brasil. No domingo, o Aviões do Forró é o grande destaque. Xand e Solange embalam a arena por onde já passaram quase 700 mil pessoas. Entrada é gratuita.

Programação

sábado(12)
DJ Seiki
Banda Patrulha
Transmissão do jogo Brasil X Holanda
Durval Lellis

domingo (13)
DJ
Afoxé Acabaca
Transmissão do jogo Argentina X Alemanha
Aviões do Forró

(Tribuna do Ceará)

Fortaleza é 3ª mais bem avaliada durante a Copa

Palco de seis jogos da Copa do Mundo e tendo recebido pelo menos 261 mil turistas para assistir às partidas, Fortaleza foi a terceira cidade-sede que teve a infraestrutura para o Mundial mais bem avaliada pelos próprios moradores, segundo a pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). A colocação da Capital, segundo o levantamento, se deve à boa avaliação dos estádios, hotéis e do setor turístico.

Apesar da boa impressão causada aos entrevistados, a capital cearense, assim como as outras cidades-sede, teve resultados menores na avaliação de setores indiretamente ligados à realização dos jogos, como segurança, transporte público e saúde. A pesquisa, que teve o objetivo de mapear as expectativas e primeiras impressões dos brasileiros sobre a preparação do País para o Mundial, ouviu 2.558 pessoas nas 12 cidades-sede, sendo 225 em Fortaleza, entre os dias 13 e 18 de junho deste ano.

Os entrevistados deram notas de 1 a 5 para 10 itens de infraestrutura como bares e restaurantes, limpeza, aeroportos e segurança. A Arena Castelão, ao lado da Arena Amazônia (Manaus) e da Arena Dunas (Natal), recebeu a maior nota entre os estádios, 4,3, segundo o estudo. A capital cearense, junto de Natal, também recebeu a maior pontuação no segmento hotéis, atingindo a média 4,0.

Para o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE), Régis Medeiros, mesmo trazendo a percepção dos moradores, a avaliação reflete a qualidade da rede hoteleira do Estado. “Isso significa que os moradores têm essa visão da qualidade da rede hoteleira, e que as pessoas que se hospedaram aqui elogiaram os nossos hotéis”, afirma.

Os bares e restaurantes de Fortaleza receberam a maior nota para o segmento, 3,8, ao lado das cidades de Manaus e Curitiba. A média da Capital ficou em 3,2, deixando a cidade em terceiro lugar, junto de Natal. Em primeiro lugar ficaram as cidades de Curitiba e Manaus, com média 3,4. O pior resultado foi das capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo, com média 3.

Itens básicos

Ao contrário da boa avaliação dos estádios, hotéis e do turismo, os serviços básicos oferecidos pelas cidades, como segurança, saúde e transporte público receberam as notas mais baixas na pesquisa. De acordo com o levantamento, Fortaleza teve a terceira pior avaliação do item saúde, com a média 1,9.

O quesito segurança pública, que foi apontado por 44% de todos os entrevistados como fundamental para a boa avaliação da Copa, recebeu nota 2,2 em Fortaleza, a menor entre todas as cidade-sede, segundo a pesquisa. Nas entrevistas, 8% daqueles que foram ao estádio pelo menos uma vez em função dos jogos afirmaram ter sido vítimas de roubo ou furto.

Média nacional

Em relação à organização de todas as cidades-sedes para receber a Copa, 74% dos entrevistados afirmaram que os preparos foram insuficientes, enquanto 11% concordaram que não houve preparo algum, de acordo com a pesquisa. Apenas 12% das pessoas ouvidas acreditam que os preparos foram suficientes.

Mesmo com a percepção negativa sobre a organização do evento, 43% acreditam que o Mundial vai gerar incentivos ao turismo, enquanto 33% dos entrevistados destacam o fato de o País estar em evidência e atrair investimentos externos como principal contribuição da Copa.

A geração de mais empregos, o crescimento da economia e o aumento do consumo foram apontados por 31% dos entrevistados como maior benefício da realização dos jogos no Brasil, de acordo com o estudo.

(Jéssica Colaço, Repórter – Diário do Nordeste)

Giorgio Armani: Ícone do mundo da moda, estilista italiano completa 80 anos

Hoje, Giorgio Armani é sinônimo de um império no mundo da moda. Mas antes de se tornar um dos maiores estilistas de todos os tempos, o italiano teve de passar por quase todos os cargos possíveis na indústria fashion. Ele foi vitrinista, vendedor e auxiliar de estilo até se consagrar como designer.

Armani foi um dos primeiros estilistas a pensar a moda masculina como tendência e entrou nesse universo com uma questão: qual a funcionalidade das roupas? A primeira coleção com a marca que leva seu nome foi lançada em 1975. Ele desconstruiu o clássico terno e criou versões com novos cortes, tecidos e caimentos. Até hoje, seus ternos são símbolo de elegância, sensualidade e sofisticação.

Um ano depois da primeira coleção, Armani decidiu se aventurar pelo vestuário feminino. O estilista seguiu um movimento que buscava mais liberdade para o guarda-roupa das mulheres. Yves Saint-Laurent já havia criado um smoking para elas que, embora ousado, era pouco utilitário. Foi a vez de Armani trazer essa ousadia para o cotidiano, com ternos femininos com cortes tradicionalmente masculinos em tecidos nobres.

O estilista italiano já havia conquistado reconhecimento da Europa, mas não conseguia entrar no mercado dos Estados Unidos. Foi somente em 1980, após criar o figurino de Richard Gere em ‘Gigolô americano’, que Armani se tornou o queridinho de Hollywood. Dezenas de atores começaram a usar suas criações, como Michelle Pfeiffer, John Travolta e Jodie Foster.

Durante 20 anos, Armani criou um império. No fim da década de 90, já tinha duas mil lojas pelo mundo e vendia cerca de US$ 2 bilhões por ano. Seu nome não aparece apenas em etiquetas, mas também em perfumes, relógios, artigos para casa e até restaurantes.

Armani foi também um dos primeiros estilistas a criar marcas com preços mais acessíveis, como a Empório Armani e a Armani Exchange, ao mesmo tempo que que elevou a alta costura com a Armani Privé, especializada em vestidos dignos de tapete vermelho. Todos os anos, dezenas de atrizes de Hollywood desfilam com roupas do estilista em premiações. Na última cerimônia do Oscar, Cate Blanchett subiu ao palco para receber o prêmio de melhor atriz com uma criação do italiano.

Na lista de estilistas que marcaram a história da moda, Giorgi Armani aparece ao lado de grandes nomes, como Coco Chanel e Yves Saint-Laurent. Não foi exagero quando a imprensa italiana cravou o apelido ‘Rei Giorgio’; Armani foi o responsável por colocar Milão no mapa da indústria da moda. Com um estilo único e inconfundível, Armani recriou tanto o guarda-roupa masculino quanto o feminino e redefiniu o significado de sensualidade como poucos no mundo da moda conseguiram.

(Globo News)

Festival Música na Ibiapaba quer ser referencial na formação musical

A edição do Festival Música na Ibiapaba, já marcada para o período de 11 a 18 de outubro próximo, em Viçosa do Ceará (Região da Ibiapaba), promete ser referencial de formação em música popular no Estado do Ceará. Pelo menos é essa a meta da Secretaria da Cultura do Estado, responsável pelo evento, que chegará à sua décima edição.

O festival, de acordo com a Secult, contará com uma curadoria composta por José Brasil Filho, diretor da Escola de Música de Sobral; Ivan Ferraro, diretor da Feira da Música de Fortaleza e presidente da Associação dos Produtores de Cultura do Ceará (Prodisc), e Alfredo Barros, professor da Universidade Estadual do Ceará e idealizador e regente da Orquestra Sinfônica da Uece (Osuece). Como curadora de honra, integra a comissão a também professora da Uece Consiglia Latorre, originalmente responsável pela idealização do festival e pela coordenação das primeiras edições do evento.

O festival manterá o seu caráter didático, como um evento de formação, oferecendo aos participantes selecionados uma imersão durante nove dias de aulas, debates e convivência com instrumentistas, intérpretes, pesquisadores e professores, cearenses e de outros estados. As atividades manterão a ênfase na execução instrumental em diferentes naipes, na prática de conjunto, na história da música popular no Ceará e no Brasil, nos aspectos de produção, técnica e empreendedorismo ligados à carreira musical.

(Blog do Eliomar)

Brasil e Argentina juntos em projeto astronômico

Jornal GGN – O Brasil e a Argentina instalarão uma antena de 12 metros de diâmetro para pesquisa astronômica. O local escolhido é Salta, que fica 1.600 quilômetros a noroeste de Buenos Aires, na Argentina. O anúncio foi feito pelo governo da província argentina escolhida.

O projeto em questão é o LLAMA, que receberá um investimento total entre 15 e 20 milhões de dólares, também informado pela secretaria de Ciência e Tecnologia de Salta.

A antena parabolóide será instalada em Altos de Chorrillo, no planalto da Cordilheira dos Andes e a 4.825 metros acima do nível do mar, permitindo aos cientistas o estudo da física solar e buracos negros, bem como outros fenômenos do Universo. A antena foi situada estrategicamente de forma a fazer pesquisas coordenadas com uma rede de 60 antenas instaladas, no âmbito do projeto ALMA, do lado chileno do deserto do Atacama, por Estados Unidos, Canadá, Japão, Taiwan e países europeus.

“Este telescópio significará um salto maiúsculo para as pesquisas em radioastronomia e, por sua vez, promoverá um grande impulso tecnológico”, declarou Soledad Vicente, secretária de Ciência e Tecnologia da localidade.

Quando começar a operar em conjunto com a rede localizada do outro lado da Cordilheira, a antena do projeto LLAMA fará com que cientistas tenham o equivalente a um telescópio de quase 200 quilômetros de diâmetro, informou uma fonte ao Swissinfo.ch. Mas as autoridades não revelaram ainda uma data de conclusão das obras, disse a mesma fonte.

Cada país terá sua tarefa. O Brasil se encarregará da compra do radiotelescópio e a Argentina deverá desenvolver caminhos, instalações e toda a infraestrutura necessária em Salta para operar o telescópio.

O centtro brasileiro-argentino de Astronomia (ABRAS) será construído sobre o monte Macón, a 4.650 metros de altitude e a 360 quilômetros da cidade de Salta.

Sugestão feita por Nonato Amorim

Brasil está entre os países mais afetados por ataques cibernéticos

Altieres Rohr, do  G1

 A Symantec publicou uma nova edição do Relatório Anual sobre Ameaças à Segurança na Internet (Internet Security Threat Report, ou ISTR na sigla em inglês), com o resumo das informações de ataques em 2013. O volume de spam caiu, bem como a posição do Brasil no ranking de ataques cibernéticos. No entanto, o número de informações pessoais (“identidades”) comprometidas em 2013 foi de 552 milhões, enquanto em 2012 eram apenas 93 milhões.

O relatório aponta que o número de brechas que resultaram em vazamento de dados aumentou, de 156 para 253. As brechas também ficaram maiores: apenas uma delas resultou no vazamento de mais de 10 milhões de identidades em 2012; em 2013, foram 8.

Nem todos os incidentes foram causados por hackers. Apenas 87 (34%) são atribuídos a ataques, enquanto em 72 deles (29%) a companhia “acidentalmente tornou público” os dados. Em 69 casos, houve roubo do equipamento de hardware que armazenava dados. Em 15 casos, o roubo foi realizado por funcionários, enquanto em quatro casos foram atribuídos à “fraude”. As razões dos seis outros casos não são conhecidas.

No caso de ataques de hackers, os principais meios de ataque são e-mails direcionados (“spear phishing”) e a alteração maliciosa de sites que serão visitados pelas vítimas para que elas sejam infectadas com vírus (“watering hole”). A mídia e secretários de executivos seriam os principais alvos dos e-mails com esse intuito. Metade dos ataques ocorreu contra empresas com mais de 2.501 funcionários.

Ranking mundial
O Brasil ficou na oitava posição no ranking de países que são origens de ataques cibernéticos. Os Estados Unidos, lideram o ranking, seguidos da China, da Índia e da Holanda. O Brasil ainda aparece como o 5° país que mais abriga computadores zumbis, mas o país também melhorou nesse ranking (era o 4° em 2012).

Os Estados Unidos, além de permanecerem na primeira posição, aumentaram a diferença para o segundo colocado: o país tinha 15,3% dos computadores zumbis em 2012, passando para 20% em 2013. A China, que tem a maior população de internet do mundo e ocupa a segunda posição, tinha 15% dos computadores zumbis em 2012, caindo para 9,1% em 2013.

E-mail
A porcentagem de spam caiu, de 69% para 66%.  Em números, o volume caiu de 30 bilhões de mensagens para 29 bilhões. O número de computadores zumbis, que normalmente são usados para enviar esse tipo de e-mail, também caiu, de 3,4 bilhões para 2,3 bilhões – fato que a companhia atribui às ações realizadas contra bots, como a que companhia realizou contra a rede zumbi do vírus “Zero Access”, que era composta 1,9 milhão de computadores.

A proporção de e-mails com vírus, porém, subiu. Eram um em cada 291 em 2012, e passou para 1 em 196 em 2013. O mesmo aconteceu com o phishing: um em 414 em 2012 para um em 392 em 2013.

Vírus em celular
O número de “famílias” – códigos maliciosos distintos – encontrados em 2013 para Android foi menor que o de 2012. No entanto, o número de variações dentro dessas famílias aumentou. No total, o número total de variações teve uma queda, de 3.783 em 2012 para 3.262 em 2013. O número do Android representa 97% do total: apenas duas outras famílias foram encontradas para outras plataformas.

Exposição em Fortaleza exibe imagens inéditas de Lampião

Exposição reúne 60 fotografias do acervo particular de Silvio Frota (Foto: Divulgação)

A exposição “Iconografia do Cangaço” segue até quinta-feira (10), no Memorial Deputado Pontes Neto, da Assembleia Legislativa do Ceará (Malce), em Fortaleza. A exposição apresenta imagens inéditas e inusitadas de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, e seu bando.

Entre as raridades, um cartão de visitas com fotografia na frente e mensagem no verso, escrito à mão e assinado por Lampião; volantes em pose oficial; e a dança de cangaceiros no meio do sertão. 

São 60 fotografias do acervo particular de Silvio Frota, sendo mais da metade de autoria de Benjamin Abrahão, que fotografou e filmou o bando de Lampião com equipamentos e orientação de Adhemar Albuquerque, fundador da Abafilme. As outras fotografias foram feitas por Lauro Cabral de Oliveira, Pedro Maia, João Damasceno Lisboa, Pedro Uchoa, além de outros fotógrafos anônimos que conseguiram retratar momentos históricos do cangaço.

A exposição “Iconografia do Cangaço” é dividida em três etapas. Na primeira, expõe o cangaceiro com sua família, em Juazeiro do Norte, no Ceará, em março de 1926. Passa por registros de seu bando, entre 1927 e 1937; mostra a repressão, com a atuação das Volantes, milícias armadas criadas para combater o cangaço; e a morte de Lampião e integrantes do bando, com os corpos  e as cabeças decapitadas e expostas ao público como provas das capturas, em 1938. Há registros também da rendição de outros cangaceiros, em 1939.

O visitante vai encontrar, ainda, recortes com matérias sobre Lampião e seu bando, publicadas jornais da época. O Malce também exibirá o filme feito por Benjamin Abrahão do bando de Lampião, com duração de 11 minutos e 30 segundos.

Via http://www.cbnfoz.com.br

Oito municípios cearenses irão ganhar salas de cinema a partir de 2015

Uma parceria entre a Secretaria de Cultura do Ceará e a Agência nacional de Cinema (Ancine) garantiu R$ 20 milhões para construção de 16 novas salas de cinema. Cada município terá um complexo com 2 salas de cinema, uma com capacidade para 100 e outra para 200 pessoas.

Serão usados equipamentos digitais de alta qualidade; o investimento em cada complexo é de R$ 2,5 milhões. As salas públicas serão construídas com recursos federais e estaduais e mantidas pelas prefeituras.

Será lançada chamada pública para receber propostas de exibidores interessados nos cinemas.
O valor arrecadado com as bilheterias será destinado ao Fundo Municipal de Cultura de cada cidade.
Conheça os municípios que serão beneficiados:

- Aracati,
- Crateús,
- Canindé,
- Crato,
- Iguatu,
- Itapipoca,
- São Benedito,
- Tauá.

(Luciano Augusto, via http://www.cearanews7.com.br)

Sobre Copas perdidas e desastres anunciados

SOBRE COPAS PERDIDAS E DESASTRES AÉREOS

Pessoas que conhecem aviação têm uma máxima em que acredito totalmente: “normalmente um desastre aéreo é causado por vários fatores, e não por um apenas”

Antes de falar do desastre que foi essa copa para o futebol brasileiro, quero lembrar de algumas copas perdidas, na minha opinião, por erros dos nossos técnicos e/ou da liderança do nosso futebol, na figura da famigerada CBF, há décadas nas mãos de gente suspeita de negócios desonestos, corrupção, e atitudes no mínimo exóticas, como a escalação de Dunga como técnico em 2010. Analisemos alguns desses erros, após a nossa conquista mais gloriosa, a conquista do tri-campeonato em 70, no México.

1 – 1974 – Zagalo não levou a maior estrela do futebol brasileiro na época, Zico, que já despontava como um dos nossos maiores craques de todos os tempos.

2 – 1978 – Coutinho – Deixou Falcão no Brasil, seguramente o melhor cabeça de área daquela geração.

3 – 1982 – Por “problemas extra-campo” (não eram “bons moços”), Telê Santana deixa no Brasil, Reinaldo, um gênio na área, e Mário Sérgio, jogador de rara habilidade e na época, o melhor ponta esquerda do Brasil.

4 – 1986 – Telê exclui Renato Gaúcho, por indisciplina, e perde Leandro, dois craquaços de bola que nos fizeram muita falta.

5 – 2010 – Dunga deixa Neymar e Ganso no Brasil, simplesmente os maiores jogadores brasileiros, apesar da juventude.

6 – Em 1994, e 2002, ganhamos APESAR do péssimo trabalho dos técnicos, e não por causa deles. Em 94, uma seleção apenas mediana, muito defensiva, e não fosse o talento excepcional de Romário e Bebeto, não teríamos ganho, e em 2002, sejamos francos, qualquer treinador que tivesse no mesmo time Rivaldo, Ronaldo Fenômeno e Ronaldinho Gaúcho, teria sido campeão. Essas duas vitórias apenas ofuscaram os graves problemas do futebol em nosso país, essa é a tese que defendo aqui.

Agora sim, entro no campo específico da comparação desse desastre de hoje, esse acachapante 7 X 1 com um desastre aéreo.

Por mais de vinte anos Ricardo Teixeira, um aventureiro que nada sabia de futebol, comandou a CBF, depois de um acordo com a Rede Globo de Televisão, que em troca de benefícios exclusivos, parou de denunciar o cartola, blindando-o na verdade de quaisquer acusações sobre as negociatas de que era suspeito, inclusive de corrupção, desvio de verba e enriquecimento ilícito, com uma multiplicação de patrimônio inexplicável até hoje.

Ao bancar Ricardo Teixeira no comando do futebol brasileiro, a Rede Globo se tornou o patrono de uma série de desmandos no nosso futebol de 1994 para cá: técnicos fracos, escolhidos por um homem que não é definitivamente afeito ao esporte, só estava interessado no poder e suas benesses, e com isso, toda essa série de escolhas infelizes, que impediram o Brasil de se modernizar na parte técnica!

Percebamos que em 1994, foram Zagalo e Parreira, em 98, Zagalo, totalmente ultrapassado, era uma seleção com alguns craques, mas desarrumada em campo, em 2002, Felipão, um técnico medíocre, conhecido pela violência com que conquistou seus títulos, e que acabou consagrado pelo título do penta. Em 2006, quem volta? Parreira!!! Um técnico fraco, de poucas vitórias nos clubes, e nenhuma inovação tática, lembro do horror que tínhamos àquela seleção, com Robinho e outros jovens no banco de reservas, enquanto as estrelas de 2002 jogavam abaixo de qualquer expectativa. Em 2010, a invenção de Dunga, e logo depois, a invenção de outro técnico fraco, que em mais de dois anos nada fez pela seleção, Mano Menezes.

É preciso compreendermos que desde 1974, com raros momentos de exceção, erros cruciais do comando da CBF ou dos treinadores, nosso futebol vem se perdendo no sentido de parar no tempo, e vivendo dos gênios que tivemos, Zico, Adílio, Júnior, Leandro, Andrade, fazendo o Flamengo brilhar por uns cinco, seis anos, o Internacional de Carpegiane e Falcão a mesma coisa, o Atlético de Reinaldo e Cerezzo, e assim sucessivamente, sempre alguns times brilhando por alguns anos, devido à presença de alguns craques decisivos, mas no comando central, e na seleção, medíocres, na maior parte do tempo, em coerência com o comandante, Ricardo Teixeira.

Registro por fim, que essa mediocridade, em parte, atingiu o colunismo esportivo do Brasil, onde, salvo as exceções, gente como Felipão e Mano Menezes, foram exaltados sem questionamentos, em títulos conquistados, prá lá de duvidosos em relação ao futebol apresentado. E poucos tiveram ou têm hoje, a coragem de botar o dedo na ferida, o empobrecimento do nosso futebol em termos táticos, as péssimas convocações de seleções por técnicos ruins, a corrupção da CBF, o poder de mando da Rede Globo, que tudo podia/pode, por conta da blindagem oferecida a Ricardo Teixeira.

Em relação à essa copa que para nós se encerra hoje (o que importa se formos terceiro lugar depois dessa derrota histórica???) de modo tão sofrível/sofrido, os mesmos erros de sempre: A Globo bancando Teixeira, apoiando Felipão, nossos cronistas se iludindo em sua maioria com a copa das Confederações, e uma mídia venal e politizada, até os primeiros dias da copa, apostando no “não vai ter copa”, por conta do mal disfarçado ódio e preconceito contra tudo o que venha “dos governos petistas”… – Assim, ninguém questionou a fundo a ausência de craques como Paulo Henrique Ganso (o maior talento, disparado, do futebol brasileiro, depois de Neymar) e a mescla, na convocação, de jogadores experientes, com os novatos!

Luís Fabiano, Kaká, Robinho, teriam vaga até de titulares nesse time tão fraco, quanto mais como “reservas de luxo”, a serem utilizados em momentos de tensão, de necessidade – até pelo respeito que impõem aos adversários. Ficamos na dependência da genialidade de Neymar.

Hoje, todas as máscaras caíram, e a fragilidade desse time explodiu, sem o verdadeiro craque da defesa – Tiago Silva – e o gênio do time – Neymar.

Hulk, coitado, sem culpa alguma, já que quem o escala é o treinador, não serve nem como reserva de uma seleção brasileira, quanto mais como titular, quem quiser, veja os jogos novamente, perceberá que em mais de 50% das vezes que foi acionado, nada fez de útil ou conclusivo. Num time capenga, fraco, um jogador tão ruim assim tecnicamente, destrói ainda mais o time. Willian teria que ser o titular, desde o primeiro jogo, para dialogar com Neymar, Fred, Oscar.

Nesse jogo de hoje, até um técnico de pelada, teria tirado Hulk do time, e reforçado o meio de campo, entrando com Paulinho, Fernando e Luiz Gustavo ou Henrique, mas três cabeças de área, e não teria havido o buraco no meio de campo, por onde a Alemanha passeou, brincou de jogar bola, porque Hulck e Oscar, Fred e Bernard, não são marcadores por excelência, ou seja, deixamos um rombo entre o meio de campo e a defesa, erro primário, tolo, que nem as inexperientes Gana e EUA cometeram, tanto que endureceram um pouco seus jogos contra essa mesma Alemanha.

Tragédia anunciada, havíamos pegado apenas seleções medianas, nenhuma sequer perto das “top de linha”, e com o time completo, e justo contra uma das mais fortes, Felipão inventa de “jogar aberto” – teve o que implorou para ter, por sua falta de inteligência tática, sua falta de capacidade de prever o totalmente previsível.

Acredito que estávamos pedindo por uma derrota assim, há tempos, poderia ter ocorrido algo parecido antes, em seleções de Parreiras, Dungas, Felipões, e sob o comando de uma CBF envolvida em negociatas, de gente que odeia o futebol, bancados, repito, por uma rede Globo cúmplice e criminosa, e com a omissão ou comentários insossos, há décadas, de uma mídia esportiva empobrecida.

O lado bom desse vexame, é que deixamos temporariamente de ser o “país do futebol”, os alemães enterraram a seleção hoje, TUDO TERÁ QUE SER REINICIADO dos escombros que sobraram, a CBF terá que ser repensada, o domínio da Globo sobre o futebol, terá que ser repensado, nosso futebol pobre, muito dependente de faltas e violência, terá que ser repensado, nossa mídia esportiva terá que ser repensada, e vou além, a FIFA terá que ser repensada, pelos vários episódios de violência que vimos na Copa, com a permissividade dos juízes.
Aviões não caem por um motivo só – dizem aviadores experientes – sempre é uma CADEIA DE EVENTOS que explica o desastre…

O vexame de hoje, o futebol pobre em toda a Copa, da seleção brasileira, os erros existentes nas estruturas dos clubes, são também, uma cadeia de eventos infelizes, de um futebol mal dirigido, mal comandado, apoiado por uma mídia corrupta.

Finalmente, chegou o evento marcante, que nos permite re-começar do zero!

(Eduardo Ramos, via http://jornalggn.com.br)

Rio Festival Gay de Cinema: a partir de hoje o debate através da sexualidade na tela

Começa nesta quinta-feira (3) e vai até 13 de julho (dia da final da Copa do Mundo) a quarta edição do Rio Festival Gay de Cinema, com mais de cem títulos entre filmes de curta e de longa metragem provenientes de 24 países.

Desta vez, o filme de abertura do evento será um documentário que acompanha dois surfistas gays em uma viagem ao redor do mundo conversando com praticantes do esporte em todos os continentes: Out in the Line-Up.

O filme é baseado na história de David Wakefield, um surfista australiano que foi campeão estadual e que passou 20 anos escondendo sua homossexualidade por medo das reações de outros surfistas. Um dia, ele descobre o site gaysurfers.net, e faz amizade com seu fundador, Thomas Castets, que o encoraja a se declarar gay e que estará na abertura do festival.

No ano passado, o diretor Ian Thomson falou ao Lado Bi, sobre a homofobia no surfe e como seu filme pode ajudar surfistas gays a conciliarem suas paixões por ondas e pessoas do mesmo sexo.

“Certamente a gente torce para que o filme derrube alguns estereótipos e abra o caminho para mais abertura e aceitação. Nossa intenção é iniciar uma conversa que possibilite um futuro em que ser abertamente gay no surfe não seja mais uma questão.”

No entanto, o documentário mostra que a aceitação, de continente para continente, varia. Segundo Thomson, dois surfistas gays que foram entrevistados para o filme na África temiam por suas vidas, caso sua homossexualidade fosse revelada.

O documentário mostra ainda que alguns praticantes abandonaram o esporte por não serem aceitos. E revela ainda outro componente do machismo envolvendo surfistas lésbicas.

“Muitas das surfistas homossexuais com quem conversamos disseram que, como mulheres surfistas, elas costumam ser respeitadas e protegidas pelos surfistas homens das praias que frequentam – contanto que todos pensem que elas são heterossexuais. Depois de saírem do armário muitas reclamaram de serem constantemente agredidas verbalmente, sendo chamadas de ‘sapatonas agressivas’ – especialmente se elas pegavam uma onda melhor, ou surfavam melhor que os homens ao redor. As surfistas profissionais que entrevistamos relataram haver uma pressão gigantesca dos patrocinadores para que elas não agissem como gays, já que isso torna mais difícil conseguir ensaios fotográficos e mais patrocinadores.”

Outros destaques

A programação do festival, que pela primeira vez terá exibições na zona norte do Rio, terá uma competição internacional de longas-metragens (grande parte documentários) que vai receber 14 filmes inéditos, e outra apenas para curtas, com 57 títulos.

Dentre os longas, destacam-se São Paulo em Hi-Fi, do diretor Lufe Stephen, que relata os primórdios da noite gay paulistana (confira a participação do diretor no Lado Bi da Noite); o canadense I’m a Porn Star, que trata dos bastidores do pornô gay, mostrando inclusive que alguns homens héteros aceitam participar desses filmes “porque o cachê é maior”; o filipino-americano What’s the ‘T’?, que acompanha a vida e as convicções de cinco transexuais; o americano Seventh-gay Adventists, que conta a história de três casais de homossexuais que lutam para se manter na igreja adventista; e o argentino Familias por Igual, que mostra depoimentos de casais homossexuais e de filhos criados por eles.

Há também espaço para comédias românticas, como The 10 Year Plan, que conta a história de dois amigos que fazem um pacto: se em dez anos eles não encontrarem um parceiro, se casarão.

Na parte dos curtas, outro destaque para o espanhol Love Wars, uma sátira à franquia Star Wars que conta o romance de dois Stormtroopers na Estrela da Morte. Em meio às batalhas, questões contemporâneas sobre sexualidade são discutidas.

Confira a programação completa no site oficial do festival, que terá sessões dos já consagrados Praia do FuturoHoje Eu Quero Voltar Sozinho e Tatuagem.

 

Serviço

Rio Festival Gay de Cinema 2014

Quando: de 3 a 13 de julho de 2014. Confira os horários das sessões na programação oficial.

Onde: Caixa Cultural Rio (Av. Almirante Barroso, 25 – Centro) – R$4 (inteira).

Centro Cultural da Justiça Federal (Av. Rio Branco, 241 – Centro) – R$12 (inteira).

Instituto Cervantes (Rua Visconde de Ouro Preto, 62 – Botafogo) – R$4 (inteira).

Museu de Arte do Rio (Praça Mauá, 5 – Centro) – Entrada gratuita.

Arena Carioca Jovelina Pérola Negra (Praça Énio, S/N – Pavuna) – R$1.

Arena Caioca Dicró (Rua Flora Lobo – Penha Circular) – R$1.

Mais informações:www.riofgc.com

(James Cimino, via http://www.ladobi.com)

Reajuste máximo de planos de saúde será de 9,65%, define ANS

G1 SP
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) definiu que o reajuste máximo dos planos de saúde individuais e familiares será de 9,65%, segundo divulgou nesta quinta-feira (3).

O teto é válido para correções entre maio de 2014 a abril de 2015, e vai atingir os contratos de cerca de 8,8 milhões de consumidores, ou 17,4% do total de 50,3 milhões de beneficiários de planos de assistência médica no Brasil, segundo a agência. No ano passado, o reajuste máximo havia sido de 9,04%.

O reajuste vale para os planos contratados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei nº 9.656/98.

O índice de até 9,65% só pode ser aplicado a partir da data de aniversário de cada contrato. Os que já venceram e não puderam ser reajustados neste ano podem fazer a cobrança retroativa em, no máximo, quatro meses (veja abaixo como isso deve ser feito).

As operadoras não podem aplicar percentual maior do que o autorizado, mas são livres para adotar índices inferiores ou manter as mensalidades sem reajuste.

Média dos planos coletivos
De acordo com a ANS, a metodologia aplicada para definição do índice máximo para os planos individuais é a mesma desde 2001 e leva em consideração a média dos percentuais de reajuste aplicados pelas operadoras aos planos coletivos com mais de 30 beneficiários.

A ANS considera que o índice de reajuste dos planos não é comparável com índices gerais de preço. “O índice de reajuste é composto pela variação da frequência de utilização de serviços, da incorporação de novas tecnologias e pela variação dos custos de saúde, caracterizando-se como um índice de valor.”

Orientações
A ANS orienta os consumidores a ficarem atentos se o percentual de reajuste aplicado é igual ou inferior ao limite definido pela ANS e se o reajuste está sendo feito só a partir do mês de aniversário do contrato.

O plano pode cobrar apenas um reajuste a mais a cada mês, diz a ANS.

No boleto de pagamento deve estar indicado de forma clara o índice de reajuste autorizado pela ANS, o número do ofício de autorização da ANS, nome, código e número de registro do plano, bem como o mês previsto para aplicação do próximo reajuste anual.

Reajuste de planos de saúde (Foto: Fonte: Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS))

(Fonte: Agência Nacional de Saúde Suplementar)

Central de atendimento
Em caso de dúvida ou denúncia, os consumidores devem entrar em contato com a ANS por meio do Disque ANS (0800 701 9656); pela Central de Atendimento ao Consumidor, no site da agência; ou pessoalmente, em um dos 12 núcleos da agência existentes no país.

Sindicato dos Bancários do Ceará promove inscrições para curso CPA-10

 

Com o objetivo de atender uma demanda permanente da categoria bancária e contribuir para a qualificação profissional e ascensão no mercado de trabalho, o Sindicato dos Bancários do Ceará, em parceria com o professor João Henrique Lemos, promoverá Curso Preparatório para o EXAME CPA10 (ANBIMA). O curso será ministrado na sede do Sindicato, no período de 22 a 31/7, com duração de 24 horas/aulas, no horário das 19 às 22 horas. Serão disponibilizadas 50 vagas somente para bancários sindicalizados. O investimento será de R$ 220,00.

Os bancários sindicalizados interessados em participar do curso devem fazer sua pré-inscrição na Secretaria de Formação do SEEB/CE, através do telefone (85) 3252 4266, no período de 14 a 18/7, no horário de 10 às 16 horas.

No conteúdo programático estão inclusos Sistema Financeiro Nacional; ética; regulamentação e análise do perfil do investidor; noções de economia e finanças; princípios de investimento: conceitos; fundos de investimento e demais produtos de investimentos; além da resolução de simulados diversos.

O curso de CPA-10 destina-se a certificar profissionais que desempenham atividades de comercialização e distribuição de produtos de investimento diretamente junto ao público investidor em agências bancárias. Esta iniciativa, amparada na Resolução 3.158 do Conselho Monetário Nacional, instituiu um processo de aferição do conhecimento dos principais aspectos relacionados à distribuição desses produtos de investimento.

“Essa é uma iniciativa do Coletivo de Formação, que através de sua secretaria, tenta realizar atividades voltadas para o desenvolvimento e o aprimoramento da categoria bancária, não somente no âmbito profissional, mas também nos valores políticos, humanitários e culturais”, afirma a secretária de Formação do Sindicato, Iêda Marques.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

David Luiz lidera ranking dos melhores da Fifa até as oitavas

Albari Rosa / Gazeta do Povo

Rio de Janeiro – Em meio a grandes exibições de goleiros, atuações decisivas de atletas importantes como Lionel Messi e James Rodríguez, o melhor jogador da Copa do Mundo até o fim das oitavas de final é um defensor, o zagueiro brasileiro David Luiz, segundo índice de rendimento da Fifa.

O camisa 4 da seleção brasileira tem uma pontuação de 9,79 e deixou para trás James Rodríguez.

Artilheiro da Copa e autor de dois gols na vitória sobre o Uruguai por 2 a 0, no último sábado, o colombiano tem 9,74 pontos.

A defesa da equipe de Luiz Felipe Scolari está bem representada, já que Thiago Silva aparece em sétimo lugar.

Outro brasileiro na lista é o atacante Neymar, em sexto, cinco posições à frente do argentino Lionel Messi, seu companheiro no Barcelona.

Apesar de seu grande desempenho diante da “Celeste”, Rodríguez caiu para a segunda posição.

O atleta do Monaco é o primeiro a marcar gols em todas as quatro primeiras partidas de sua seleção desde Ronaldo e Rivaldo em 2002.

Os 12 primeiros colocados do índice de rendimento da Fifa na Copa do Mundo são os seguintes:

Posição Jogador Seleção Pontuação
1 David Luiz Brasil 9.79
2 James Rodríguez Colômbia 9.74
3 Karim Benzema França 9.70
4 Arjen Robben Holanda 9.66
5 Jan Vertonghen Bélgica 9.62
6 Neymar Brasil 9.59
7 Thiago Silva Brasil 9.56
8 Ivan Perisic Croácia 9.53
9 Johan Djorou Suíça 9.50
10 Thomas Müller Alemanha 9.48
11 Lionel Messi Argentina 9.45
12 Ángel di María Argentina 9.43

(EFE)

Festa do Chitão de Cedro terá apresentações de Elba Ramalho e Chico Pessoa

Tudo pronto para mais uma edição da tradicional Festa do Chitão de Cedro, que será realizado no próximo dia 05 de julho no Centro Social Urbano (CSU). O evento tem entrada gratuita e promete agitar a população com grandes atrações nacionais e locais.

De acordo com a assessoria de imprensa da administração, a Festa do Chitão de Cedro está sendo cuidadosamente planejada e deve entrar para a história do município. A ideia é reviver os tempos áureos dessa tradicional festa, idealizada, em 1974, pelo saudoso prefeito Dr. Rubens Bezerra de Albuquerque. 
Para isso, todos os esforços estão sendo realizados, inclusive a contratação de um ícone da música regional nordestina, Elba Ramalho, antigo sonho da atual administração. Além de Elba, os cedrenses vão curtir o brilhantismo de Chico Pessoa e a agitação das bandas Painel de Controle e Forró Varada. 
A Festa do Chitão é uma realização da Prefeitura Municipal, com verbas 100% oriundas dos cofres do município. Para o prefeito Nilson Diniz, a realização de uma festa tão grandiosa só é possível, porque os recursos da cidade têm sido administrados com muita seriedade.
“Nosso objetivo é resgatar no cedrense o orgulho por uma tradição tão importante, que tem alegrado as famílias por tantos anos”. O evento, destaca o prefeito, acontecerá em um sábado para que cedrenses que moram em outras localidades do Estado possam vir ao município e participar desse momento especial.
Concurso 
Quem desejar poderá participar do concurso de melhor traje. Para isso, basta comparecer ao evento vestido a caráter: homens com blusa florida e calça branca e mulheres com vestido florido. A escolha será feita por juízes e os três melhores casais serão premiados. 

(Portal CearáNews7)

Hotéis Marina Park, Luzeiros e Gran Marquise, de Fortaleza, fechados exclusivamente para Cúpula do Brics

Três hotéis estarão 100% fechados para receber os integrantes da VI Cúpula do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), cujo encontro está marcado para os dias 15 e 16 de julho, no Centro de Eventos do Ceará. A hospedagem das comitivas e dos chefes de Estado dos países foi negociada diretamente com o Marina Park, Luzeiros e Gran Marquise.

A assessoria de imprensa do Gran Marquise informou que receberá, “oficialmente”, a comitiva da China. Já o setor comercial do Luzeiros disse que hospedará ou membros da Índia ou da África do Sul.

Apesar dessa informação, ainda está indefinido qual cúpula ocupará cada hotel. Decisão essa que deverá ser tomada até sexta-feira pelo Itamaraty.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Ceará (ABIH-CE), Darlan Leite, confirmou que o Marina Park, o Luzeiros e o Gran Marquise estão 100% bloqueados para o Brics.

“Estamos fazendo, ainda, um levantamento da reserva das comitivas dos cinco países na hotelaria em geral. Até o final dessa semana estaremos terminando o levantamento sobre que hotéis estão bloqueados para o Brics”, disse Darlan.

Com relação ao preço das hospedagens, nenhum dos empreendimentos quis revelar o valor, alegando não ser permitido por questões contratuais.

Porém, conforme O POVO publicou, em junho deste ano, havia três licitações abertas para contratação de serviços da VI Cúpula do Brics. Até a época eram 135 leitos de hotéis para Fortaleza, cujo melhor lance tinha sido computado em R$ 1,3 milhão.

O Itamaraty foi questionado, mas não informou quais hotéis hospedarão os participantes do Brics e que materiais chegaram para montagem da estrutura do CEC.

China

O hotel Golden Tulip Iate Plaza, na Beira Mar, confirmou que receberá a Orquestra Chinesa, agendada para o Brics. “Eles não fizeram exigências ainda, mas reservamos 44 quartos”, informou o setor de reservas do hotel.

(Beatriz Cavalcante, O Povo)

Treino da seleção brasileira em Fortaleza será no Presidente Vargas

(Portal da Copa/Divulgação)

O treino da seleção brasileira na capital cearense nesta quinta-feira não será de reconhecimento do gramado da Arena Castelão, mas sim realizado no Presidente Vargas, estádio que recebe partidas do Fortaleza. A programação foi divulgada pela CBF e, assim como aconteceu contra o Chile, o time de Felipão não trabalhará no palco do jogo antes do duelo pelas quartas de final. Em Belo Horizonte, a decisão foi tomada para poupar o gramado do Mineirão, em razão dos seguidos jogos da Copa disputados no local.

A Seleção realiza nesta quarta-feira pela manhã seu último treino na Granja Comary antes da partida contra a Colômbia, na sexta-feira. À tarde, a delegação deixa Teresópolis e embarca para Fortaleza.

Na disputa da Copa das Confederações, o time brasileiro também treinou no Presidente Vargas, antes da vitória por 2 a 0 sobre o México, pela primeira fase. A atividade foi fechada, e cerca de sete mil torcedores ficaram do lado de fora, pedindo que Felipão liberasse a entrada. O técnico acabou cedendo no fim do treino, e uma das arquibancadas foi tomada pela torcida.

(Marcelo Baltar, Globo Esporte)

Campeão do Mundo de 2014 sairá das Américas ou da Europa

Rede Brasil Atual

A classificação para as quartas de final da França sobre a Nigéria e da Alemanha diante da Argélia eliminou, numa só tarde, os remanescentes dos africanos na Copa de 2014. Como nenhum asiático nem oceânico passou da etapa de grupos, está sacramentado: o campeão do Mundo de futebol em 2014 sairá, mais uma vez, das Américas ou da Europa.

Ainda tem muito concorrente habilitado. Então, para refinar mais o palpite, só no bolão da firma (ou da faculdade, ou do botequim).

Em maior número na Copa, os europeus entraram em campo 45 vezes até agora, contra 38 participações de países do continente americano.

O confronto mais frequente foi entre representações dos dois continentes (18). São oito vitórias americanas, seis europeias e quatro empates.

No geral, as seleções no Novo Mundo venceram 19 vezes. As do Velho Mundo triunfaram 19.

A melhor média de gols (4,2) foi nas cinco disputas de europeus com europeus (graças a Holanda 4 x 1 Espanha, Alemanha 4 x 0 Portugal e França 5 x 2 Suíça). A pior média foi nas quatro pelejas entre asiáticos e europeus (1,75).

Confira as disputas entre continentes*:

Gols▼ Jogos Média Gols/Jogo
América x Europa 42 18 2,33
Europa x Europa 21 5 4,20
África x Europa 20 7 2,86
África x América 17 5 3,40
América x América 11 5 2,20
África x Ásia 9 3 3,00
Europa x Oceania 8 2 4,00
Ásia x Europa 7 4 1,75
América x Ásia 6 2 3,00
América x Oceania 4 1 4,00
Total 145 52 2,79

* Ordenado por gols marcados

Morre atriz Manoelita Lustosa, a Terezinha da novela Dona Xepa

Manoelita Lustosa morreu em sua casa, em Minas Gerais, na manhã desta terça-feira (1º), por volta das 9h.  

A atriz era integrante do elenco da Record. Segundo comunicado enviado pela assessoria de imprensa da emissora, o laudo médico indica insuficiência respiratória.  

O velório será no Cemitério Parque da Colina, em Belo Horizonte, mas ainda não há confirmação de horário.

Seu último trabalho na televisão foi na novela Dona Xepa, em que interpretava a pasteleira Terezinha.

Nascida em Pirapora, cidade do Estado de Minas Gerais, a atriz participou dos anos glamourosos do rádio no Brasil. Era cantora e radialista.

Multitalentosa, Manoelita se formou em Letras e Filosofia, tanto que escreveu diversos contos e também atuou como jornalista. No Globo chegou a atuar em novelas como Laços de Família e Mulheres Apaixonadas.

Ao integrar o elenco da Record, participou de grandes produções como Amor e Intrigas, Poder Paralelo, Vidas em Jogo e Balacobaco.

Manoelita também foi atuante no cinema brasileiro nos longas-metragens Os Doze Trabalhos e Depois Daquele Baile.

(R7)

O que os estrangeiros levariam de Fortaleza

Foto: Fabiane de Paula

A pergunta pareceu tentadora: o que você, estrangeiro, escolheria levar de Fortaleza para sua cidade depois da Copa do Mundo? Na mala dos tantos americanos, mexicanos, escoceses, chilenos consultados por O POVO, seria inevitável o excesso de bagagem. Como organizar a gente e a praia cearense em um único compartimento? O clima conserva no voo? Os frutos do mar vão junto com as meias? Se apertar, tem espaço pra coxinha aí?

A resposta unânime, dita entre um passeio na avenida Beira Mar, misturava a beleza da praia com a temperatura da água. Na lista do casal de escoceses Stephanie e Joe Herd, ambos 54 anos, teve espaço também para as pessoas – “todos estão sendo muito amigáveis”. Eles já trazem consigo memórias de Curitiba e ainda passam por Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro antes de retornar para casa. Já pensou naquela parte do Reino Unido a 30 graus o ano todo? O casal, pelo visto, sim – o clima de Fortaleza é do que sentirão mais falta.

O roteiro do trio americano Lino Facomir, 24, Ryan Vella, 24, e Matthew Vella, 28, seguiu o rumo Califórnia, Fortaleza, São Paulo e Rio. Aqui, deixaram os principais elogios para as pessoas. “Nos Estados Unidos, são mais privados. A abertura das pessoas daqui nos surpreendeu, foram ótimos e humildes”, ressaltou Lino. Ryan deu destaque também à comida na praia. “A comida fresca do mar é fantástica, com preços acessíveis e semelhantes às demais opções”.

Recém-chegados de Natal e Recife, mesmo com a experiência de apenas um dia na Capital cearense, os irmãos chilenos Sebastian e Cristian Díaz, 28, já haviam atestado: quanta diferença a água do mar. “Não só em Santiago, é gelada em todas as praias do Chile, gelada que dói o osso”, afirma Cristian. A namorada dele, Rosa Farías, 28, endossou o coro dos encantados pelo clima – aquele com sol – e emendou as pessoas, o peixe e o camarão.

Depois de adiantar a programação da Copa em um ano, o mexicano Victor Yepez, 31, se viu sem ingressos para ir ao Castelão no domingo. Mesmo assim, leva boas lembranças de Fortaleza. “Em Monterey, a temperatura pode ir de 40 graus no calor extremo a cinco graus, no mesmo dia. A praia daqui com este clima seria a melhor combinação que se poderia fazer”. Elogios também à Fan Fest. “Fui na de São Paulo e na de Recife e aqui foi a melhor. É na areia e a cerveja era mais barata”, argumentou.

De Victor, sobrou até um presente para O POVO: uma pequena garrafa de tequila de recordação. “Você morou aqui a vida inteira?”, questionou o americano Lino enquanto as respostas dos estrangeiros eram anotadas. “Que inveja”, completou. Na mala de todos, cabia uma Fortaleza. Ao menos a parte bonita, aquela conhecida e desbravada por eles, se bem dobrada e guardada, já tinha espaço na bagagem e na memória.

(Viviane Sobra, O Povo)

Boi Garantido é o campeão do Festival de Parintins de 2014

Diretoria do Garantido comemora o bi-campeonato

Diretoria do Garantido comemora o bi-campeonato (Divulgação/ Garantido)

O Boi-Bumbá Garantido conquista seu 29º título no Festival Folclórico de Parintins e se sagra bi-campeão em 2014, após derrotar o Boi Caprichoso por 14,5 pontos de diferença. Na somatória das duas noites, o Garantido levou vantagem com 838 pontos e o Caprichoso teve 823,5 pontos.

Depois da chuva torrencial que caiu sobre Parintins e atrasou em duas horas o início da última noite do festival, a terceira noite não foi pontuada pelos jurados, uma vez que alegorias foram danificadas e as performances dos bois foram suprimidas para resguardar a segurança dos brincantes.

A apuração ocorreu na manhã desta segunda-feira (30), no bumbódromo, com transmissão ao vivo pela TV A CRÍTICA. As notas dos seis jurados que vieram dos estados da Paraíba, Sergipe e Paraná foram computadas e anunciadas pela comissão, presidida pela Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas (SEC-AM). Os seis jurados avaliam o desempenho de 21 itens, divididos por bloco musical, bloco cênico/coreográfico e bloco artístico.

 

Os dois bois foram punidos por usar indevidamente fogos de artifício. Enquanto Caprichoso perdeu quatro pontos, o Garantido perdeu um, de acordo com decisão da comissão julgadora. Depois do anúncio, o presidente do Caprichoso, Joilto Azêdo, se retirou do local de apuração, indignado, dando como certa a derrota do seu boi por considerar a decisão injusta.

 

 

Garantido

Apostando no tema “Fé”, o bumbá Garantido emocionou toda a nação vermelha e branca durante suas três apresentações no Festival Folclórico de Parintins. Na primeira noite, intitulada “Amazônia, fé e celebração”, o boi da Baixa de São José abordou a fé desde o seu conceito básico. Tendo como subtema “Parintins de fé cabocla”, a segunda noite foi uma homenagem para o município de Parintins, passando pela a história dos Parintintins, tribo que deu origem ao nome da cidade. Com enredo falando sobre a Fé e a brasilidade do sincretismo religioso, o boi encerrou o festival destacando a diversidade cultural, seus sentimentos e patriotismo.

 

A apresentação fechou com chave de ouro as participações da Sinhazinha, Ana Luisa Faria, da Rainha do Folclore, Patrícia de Góes, e da Cunhã-poranga, Tatiane Barros, que se despedem da arena dando lugar às próximas gerações dos itens femininos no Boi Bumbá Garantido.

Caprichoso

O Caprichoso trouxe à arena do bumbódromo o tema “Táwapayêra”, que em tupi significa “Aldeia Mística”. Na primeira noite contou o enredo Reino das Encantarias “Reino das Encantarias”, que abordará a Amazônia a partir da sua mitologia e dos aspectos que fundaram o imaginário caboclo e indígena; “Aldeia Xamânica” foi o tema da segunda noite, quando o boi azul reverenciou o poder dos pajés; e  “Terra Brasilis” foi o enredo da última noite, que teve o sincretismo como o grande destaque.

Apesar do prejuízo que a chuva provocou no último dia, domingo, a diretoria do Caprichoso disse que a agremiação deu o seu melhor. “Nós apresentamos apenas 70% do que tínhamos preparado para essa noite. Mas tivemos problemas e a vida humana é mais importante de ser preservada”, admitiu o presidente do Bumbá Azul e Branco, Joilto Azêdo.

O Levantador de Toadas David Assayag entrou  no Bumbódromo representando o rei do Baião, Luiz Gonzaga, ao som da música “Asa Branca”.  Em seguida, a canção foi emendada nas toadas “Boi Brasileiro” e “O ritmo é de Boi”, empolgando os brincantes da nação azul e branca.

(Portal A Crítica)

DE VILÃO A HERÓI, JULIO CESAR DÁ LIÇÃO DE VIDA

247 - A partir deste sábado, o Brasil tem um novo herói: o goleiro Julio Cesar, que fez uma defesa fantástica no primeiro tempo e, na hora decisiva, defendeu dois pênaltis. Com os olhos cheios d´água, Julio Cesar desabafou ao fim da partida. “Só deus e minha família sabem o que eu passei quatro anos atrás”, afirmou.

Julio Cesar se referia ao jogo entre Brasil e Holanda, em 2 de julho de 2010. Naquele dia, derrotada por 2 a 1 para os holandeses, a seleção brasileira foi eliminada da Copa da África do Sul e o peso da derrota recaiu sobre os ombros do goleiro.

“Aquilo foi inesquecível. Eu nunca vi um atleta sentir tanto um baque de uma perda como ele sentiu. Ele pegou toda uma dor da população e transformou como se fosse uma coisa só dele, e não era, era uma dor compartilhada. Futebol são 11 contra 11, perdeu o grupo todo”, disse Marcelo Guerreiro, amigo pessoal do goleiro, que viveu com ele o drama da derrota.

Julio Cesar foi, literalmente, ao fundo do poço.  Perdeu a posição na Inter de Milão e foi transferido para o Queens Rangers, que caiu para a segunda divisão da liga inglesa. Depois, ficou praticamente sem clube para treinar.

Convocado para a seleção na Copa das Confederações do ano passado, Julio Cesar foi uma das escolhas mais contestadas de Felipão. Antes dos pênaltis, ele chegou a chorar em campo, até ser confortado pelo capitão Thiago Silva. “Você é o cara, você é o cara”, disse o capitão.

O resto da história é conhecido. Julio Cesar foi testado ao máximo. Pegou dois pênaltis, mas isso não deu conforto total à seleção, uma vez que William e Hulk desperdiçaram suas cobranças. Na última penalidade, o chileno Jara bateu na trave e o Brasil saiu de um dos maiores sufocos já vividos em Copa do Mundo.

Julio Cesar saiu de campo como o grande herói, prometendo ir mais longe. “Minha história na seleção ainda não acabou”, disse ele. “Ainda faltam três degraus”.

Mesmo que o Brasil não chegue à final, Julio Cesar deu a volta por cima. Merecida.

(Brasil 247)

Ceará deve receber n.º recorde de estrangeiros para jogo México e Holanda

O jogo Holanda e México no Castelão, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, deve atrair um número recorde de turistas estrangeiros ao Ceará, 26 mil pessoas, segundo a Secretaria da Copa do Estado. O número o recorde anterior, de 23 mil estrangeiros durante Brasil e México no Castelão, em 17 de junho.

Além dos 26 estrangeiros, 18 mil turistas de outros estados brasileiros e 16.500 de outras cidades do Ceará devem chegar a Fortalezadomingo (29). Dos mais de 60 mil ingressos que foram colocados à, 26 mil foram comprados por estrangeiros, segundo a Secretaria de Turismo, especialmente mexicanos e holandeses; foram 7,2 mil ingresso vendidos a  mexicanos e 3,6 mil aos holandeses.

Americanos, chilenos e australianos adquiriram a soma de 82 mil ingressos e também devem comparecer em peso à capital cearense.

Entre sábado e domingo (dias 28 e 29), devem chegar ao Aeroporto Internacional Pinto Martins 158 voos, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Destes voos, cinco são internacionais: quatro regulares e diretos (Buenos Aires, Miami, e dois de Lisboa) – e um charter, vindo de Amsterdã com 256  passageiros.

Para o último jogo em Fortaleza, das quartas de final (cujos adversários ainda são desconhecidos), no dia quatro de julho, são esperados, até o momento, 47,4 mil turistas, sendo 19,8 mil estrangeiros e 27,6 mil brasileiros.

Meio bilhão na primeira fase
Os turistas que viajaram a Fortaleza na primeira fase da Copa do Mundo injetaram na economia do estado cerca de meio bilhão, segundo o secretário especial da Copa do Ceará (Secopa), Ferruccio Feitosa. De acordo com o secretário, os principais gastos dos visitantes brasileiros e estrangeiros foram com hospedagem, comércio, serviços e passeios turísticos.

Entre os 167 mil visitantes que compraram ingressos para as quatro partidas da primeira fase na Arena Castelão, 94,5 mil eram estrangeiros e 72,5 mil de outros estados brasileiros. O Ceará recebeu 237,7 mil torcedores, uma média de 59,4 mil por jogo e ocupação de 93%. Se forem contabilizados os visitantes que viajaram à capital cearense sem ingressos para os jogos no Castelão, a estimativa é de que mais de 200 mil pessoas passaram pela cidade na primeira fase.

(G1 Ceará)

Efeito Copa: enquanto a Beira-Mar vive tempos de paz, a violência se alastra no outro lado de Fortaleza

Quem costuma caminhar pela avenida Beira-Mar, em Fortaleza, nota a diferença de cenário. Policiais estão por toda parte, principalmente em frente aos hotéis onde as seleções de futebol estão hospedadas. A sensação de segurança tem aumentado na região, mas os moradores de Fortaleza reclamam da falta de policiamento em outras áreas da cidade. É o caso do vigilante Antoniel Rodrigues, que considera a Beira Mar como uma região privilegiada. “Polícia aqui tem demais. No meu bairro (José Walter) por exemplo, faltam policiais. Quem mora por aqui é privilegiado porque a segurança foi reforçada, já quem mora em outras regiões, como eu, sofre diariamente com medo de andar nas ruas”, reclama.

A segurança no local foi reforçada devido à realização da Fifa Fan Fest no aterrinho da Praia de Iracema. O evento é gratuito e tem capacidade interna para 50 mil pessoas, além de telões instalados na parte externa, para atender a um público maior. A segurança é feita por meio de um efetivo que varia entre 300 e 400 policiais militares, 20 policiais civis, 85 guardas municipais e mais de três mil agentes de segurança privada e patrimonial, além de 12 câmeras de monitoramento em tempo real.

O comerciante Nilton Nascimento, que trabalha há 7 anos vendendo coco na orla de Fortaleza considera o aumento das vendas devido ao grande fluxo de turistas e fortalezenses no local. “Graças a Deus o movimento aumentou e as vendas também. Acho que a presença dos policiais deixa as pessoas mais seguras, eu mesmo me sinto. Já vi muitos assaltos nesses sete anos trabalhando aqui, mas desde que começou a Copa não vi nenhum”, comemora.

Reforço na segurança

Policiais estão espalhado na capital cearense. Você consegue vê-los? (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Um policial que trabalha na área e não quis se identificar aponta melhorias no reforço de policiais. Segundo ele, os casos registrados são de pequenos furtos. “Temos policiais fixos em frente aos hotéis e na Fan Fest, a cada duas ruas que cortam a Beira Mar há uma dupla de policiais, além das viaturas que fazem a ronda”, garante.

Policiais militares e o Exército se dividem nas ruas da capital cearense, gerando uma sensação de segurança e afugentando o medo já incrustado na mentalidade local. O cabeleireiro Tarcísio Neto e a estudante Gabrielle Souza são amigos e convergem na mesma opinião. “A gente vê bastante policiamento, mas saiu daqui [avenida Beira Mar] não tem. E ainda vi um furto lá dentro”, revela Gabrielle, apontando para o local onde acontece a Fan Fest.

O casal Luisa Marilac, desempregada, e Carlos Rocha, motorista, passeiam pela orla de Fortaleza com tranquilidade. É hora de aproveitar a quantidade de policiais disponíveis em cada esquina. “É mais maquiagem isso. Quando acabar a Copa, a violência vai ser a mesma. Agora, os estrangeiros não sentem medo, acham que a gente exagerava”.

Medo e diferença

Casal Luisa e Carlos caminha tranquilamente na orla de Fortaleza (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Se para algumas pessoas, a sensação de paz reina na capital, para a universitária Joyce Ferreira não é bem assim. “O medo aumentou muito, porque a questão é que o policiamento é mais para o time que para a população”.

Já o gestor de frota Welingeson Sales, que viaja constantemente de Canindé para Fortaleza, sentiu a diferença visivelmente na última viagem. “Viemos pela BR e dá para ver a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Exército”, aponta. Porém, o gestor pondera que o aumento no efetivo da segurança pública é apenas em “lugares específicos”, não em toda a cidade.

Uma dupla de amigos moradores do lado sul da cidade reconhecem que além da orla, apenas o Castelão está com reforço policial. “Eu moro próximo do estádio e lá está lotado [de soldados], mas sei que é só durante a Copa”, expressa a estudante Ana Thaís de Vasconcelos. “Lá onde eu moro nem passa policial”, completa ,o também estudante Rafael Facundo.

‘Eu moro próximo do estádio e lá está lotado de soldados, mas sei que é só durante a Copa’

Registro

O Tribuna do Ceará realizou o trajeto saindo do Aeroporto Internacional Pinto Martins, passando pela Arena Castelão e terminando na Fifa Fan Festa, da Avenida Beira Mar. O efetivo está bem distribuído pelas ruas, em praças e nos viadutos da BR-116.

Por enquanto, a sensação de tranquilidade toma conta da 7ª cidade mais violenta do mundo. Resta esperar o término da Copa para saber se o clima entre os fortalezenses continua de paz. Mas do outro lado da cidade, a realidade ainda é a mesma.

Números

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), durante os quatro jogos sediados em Fortaleza, foram realizadas 20 autuações em flagrantes, seis Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs) e 168 Boletins de Ocorrência (BOs). A maioria dos registros se refere à perda de documentos, objetos pessoais e furtos.

(Tribuna do Ceará)

Camilo Santana (governador), Zezinho (vice) e Mauro Filho (senador): está formada a chapa de Cid Gomes

Zezinho Albuquerque e Camilo Santana.

Chegou ao fim o imbróglio político sobre quem concorrerá ao Governo do Ceará apoio com o apoio da base de Cid Gomes. Em reunião realizada na manhã deste sábado (25), no Palácio da Abolição, o diretório cearense do Partido dos Trabalhadores aceitou os argumentos do governador e concordou com a indicação do deputado Camilo Santana (PT) para a disputa ao comando do Executivo estadual.

Pelo acordo, a chapa majoritária será composta pelo presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PROS), como candidato a vice-governador e pelo deputado estadual Mauro Filho (PROS) concorrendo ao Senado Federal. José Guimarães, que seguiu até então como pré-candidato do PT ao Senado, consentiu em abrir mão da vaga a pedido da presidente Dilma Rousseff.

O vice-governador Domingos Filho (PROS), que também pleiteou sua candidatura ao Governo, será indicado ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará.

Todas as negociações ocorreram um dia antes da oficialização das candidaturas do PT e do PROS, que ocorrerão neste domingo (29), durante a Convenção Estadual das duas legendas, providencialmente marcadas para o mesmo horário e o mesmo local, às 9h, no Ginásio da Faculdade Ari de Sá, no Centro de Fortaleza.

(Anderson Pires, Ceará 7)