PUBLICAÇÕES

Ciclo de Debates sobre Conjuntura

Ética, Política e Desenvolvimento
baixar

A Classe Trabalhadora e as Transformações no Mundo do Trabalho.
baixar

O Movimento Sindical diante do Governo Lula: Balanço e Perspectivas

baixar

Economia e Política: A Conjuntura Brasileira em Debate

baixar

A Mundialização do Capital e seus Impactos no Mundo do Trabalho: Desafios para a Luta Sindical

baixar

Violência na Contemporaneidade

baixar

Discussão

3 comentários sobre “PUBLICAÇÕES

  1. Parabéns por esta iniciativa que trás informações pertinentes da conjuntuta estadual e nacional e abre possibilidades de diálogos e construção de valores éticos.
    Só tenho uma solicitação: tire do seu link diário do bancário… sem comentários.
    A sociedade precisa ser protagonista da sua história e deixar que políticos e partidos se apossem do que elas tem de mais sagrado que é o seu pensar.
    Parabéns e estejam sempre prontos para a crítica e o debate!!!

    Publicado por Ana Ximenes | maio 28, 2009, 4:04 am
  2. Caros Jornalistas,
    Sou telespectadora de seu programa diariamente, congratulo pelas reportagens que são exibidas as claras, sem favorecimentos ou apadrinhamentos. Por esse motivo seu trabalho reflete uma credibilidade e seriedade as reportagens exibidas.
    Sei que seu foco é na área policial, mas tenho notado que vários temas são exibidos conforme seus telespectadores reivindicam.
    Meu nome é Euthalia Pinho, sou estudante do curso de Psicologia da Faculdade Leão Sampaio.
    Minha reclamação, como de todos os estudantes da área, é a falta de informação e esclarecimento sobre essa profissão, que aos poucos invadem um leque de possibilidades de atuações. Que já não podem mais ser disfardaçadas.
    Estudos críticos realizados por estudantes da área da Psicologia, mostram a total demanda desse ofício, e a falta de conhecimento e interesse pelo assunto dos nossos governantes. Não só no município de Juazeiro do Norte, mas também nos demais.
    O principal motivo que me fez escrever-lhe foi o prejuízo que as famílias desafortunadas apresentam como a ausência deste profissional como também os municípios que nos ignoram.
    As extensas áreas da psicologia vêm efetuando trabalhos árduos, para serem reconhecidos e esclarecidos as mais diversas comunidades. Principalmente a aquelas mais carentes.
    Tenho que confessar que o efeito tem sido lento, afinal somente agora tem um meio de veiculação áudio visual, que leva diretamente a informação para os mais diversos lares.
    Trabalhos, alguns científicos, demonstram a demanda total desse profissional que atuaria para aliviar a dor psíquica humana. Seja na área hospitalar, jurídica, esportiva, comunitária, clínica…
    Notou-se também, que além do descaso com as pessoas que apresentam dificuldades psíquicas para resolverem problemas, sejam de cunho social ou familiar, o município tem tido gastos exorbitantes com essas pessoas, uma vez que o problema pode começar numa separação e acabar no óbito desta pessoa.
    Vou tentar explicar conforme meu pouco conhecimento na área, uma vez que sou apenas uma estudante de Psicologia do 1º semestre, de como o município joga suas arrecadações pelo ralo. E faz mal investimentos dos impostos arrecadados e pagos por nós.
    Exemplo:
    Um determinado casal separa-se e um dos conjugues não aceita. O Psicólogo Jurídico poderia através do apóio psicológico encerrar o caso, e diminuir os custos judiciais, mas a realidade se estende, vejamos como. Aquele que não aceitou a separação tem um cunho enorme de possibilidades para demonstrar sua rejeição. Como por exemplo, um crime passional, mais uma vez se gerando gastos a união. Pode-se também ocorrer uma tentativa de suicídio, onde a vítima da entrada num hospital, muitas vezes de emergência, onde é feito à cura emergencial, e em seguida seu retorno a sua casa. Como não existe em toda região qualquer Psicólogo Hospitalar, geralmente a vítima do problema reincide com o mesmo problema ao hospital e mais uma vez se geram gastos. E por ai vai…
    Os problemas psicológicos estão entrelaçados entre nós, dentro ou fora de nossas casas. Não se pode mais tentar disfarçá-los, é fato, é real!
    Solicito em nome de toda uma população que seu programa ou outro desta emissora que melhor se aproprie ao assunto. Esclareça à população a disponibilidade deste profissional, que já faz parte da Organização nacional de Saúde, e que tem um único objetivo, levar o bem estar a aqueles que dele necessita.
    Para maiores informações, a Faculdade Leão Sampaio tem profissionais que podem dar melhores esclarecimentos sobre o assunto.
    Desde já meu muito obrigada pela atenção, e pela certeza de que serei atendida.

    Euthalia Pinho.
    Para contato 88-99079977

    Juazeiro do Norte 20 de maio de 2009.

    Publicado por Euthalia Pinho | maio 29, 2009, 11:52 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

VISITANTES TOTAIS

  • 8,647,858 visitas

VISITANTES ON-LINE

SAUDAÇÕES

Sejam tod@s muito bem vind@s!

O blog diálogos políticos é uma iniciativa da Secretaria de Formação do Sindicato dos Bancários do Ceará. Nosso objetivo é possibilitar o intercâmbio de informações entre as pessoas interessadas nos mais diversos temas da conjuntura brasileira.

MEDIADOR

. Geógrafo e Funcionário da Secretaria de Formação do SEEB/CE. Atua na CCP-Banco do Brasil e CCV-Caixa. Diretor da AESB e Delegado Sindical do SINTEC-CE.

MÚSICA

Direito a Liberdade de Expressão

"Todo o indivíduo tem direito a liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e idéias por qualquer meio de expressão". Art.19 da Declaração Universal dos Direitos do Homem, promulgada em 10 de dezembro de 1948.
free counters
%d blogueiros gostam disto: