Ministério Público do Ceará pede prisão de José Juacy Cunha, o fraudador do Banco do Nordeste

10 de Agosto de 2012 às 20:18

PE 247 - Apontado como um dos líderes de um esquema que teria desviado mais de R$ 100 milhões do banco do Nordeste em operações de crédito, José Juacy Cunha Pinto Filho, teve o seu pedido de prisão preventiva solicitado pelo Ministério Público do Ceará.  O pedido de prisão qualifica o empresário como “especialista em falsificação de documentos públicos e particulares, formação de quadrilha, estelionatos e fraudes financeiras, indivíduo que inequivocamente causa prejuízos a particulares, e danos devastadores ao patrimônio público”. O Ministério público cearense suspeita, inclusive, que o empresário tenha deixado o País.De acordo com reportagem da revista Época, que noticiou a fraude há cerca de dois meses, as empresas Ceará Indústria e Comércio de Embalagens, Flecar Comércio e Locação de Veículos, R & J Locações Investimentos e Incorporações, C4 Contruções, JPCF e Empreendimentos Imobiliários e Nordeste Indústria de Embalagens, pertencentes a José Juacy, também são acusadas de improbidade administrativa junto de mais 25 supostos envolvidos nas fraudes, entre eles 20 gerentes ou técnicos do banco.

De acordo com o Banco do Nordeste, todos os funcionários envolvidos teriam sido afastados de suas funções no final de junho.

(Brasil 247)

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s