Embaixada do Brasil acompanha buscas por estudante desaparecido na Nova Zelândia

A Embaixada do Brasil na Nova Zelândia informou nesta quinta-feira (9) ao Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, que as autoridades neozelandesas intensificaram as buscas pelo estudante brasileiro e mais dois desaparecidos na região do Parque Paritutu, em New Plymouth.

O estudante de intercâmbio Felipe Melo, de 17 anos, e um amigo caíram na terça-feira (7) de um penhasco que leva a uma praia, um instrutor tentou resgatá-los, mas também está desaparecido. Há relatos de que o acidente ocorreu durante um passeio em grupo no Parque Paritutu.

As autoridades da Nova Zelândia afastam a possibilidade de os três desaparecidos serem encontrados com vida. Mas em comunicado, emitido pela Embaixada do Brasil no país, diz que ainda há esperança. “Nós temos fé e esperança que serão encontrados vivos”, diz o texto. “A embaixada tem seguido o caso desde o começo e está em permanente contato com as autoridades e a família do brasileiro.”

De acordo com a embaixada, as autoridades neozelandesas “estão fazendo o melhor” nas buscas pelos desaparecidos. As buscas são acompanhadas não só pelas autoridades brasileiras, como também por parentes e amigos do estudante brasileiro.

A área na qual está localizada o Parque Paritutu é considerada uma das regiões de beleza natural mais ricas da Nova Zelândia. No local, houve um vulcão ativo há mais de 2 milhões de anos. As informações são da Agência Brasil. 

(Correio 12 Horas)

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s