Luso-brasileiro que roubou relógio de Rafael Nadal é condenado a 6 meses de prisão

Da EFE

O homem detido por roubar o relógio do tenista espanhol Rafael Nadal, avaliado em quase R$ 800 mil (300 mil euros), foi condenado a seis meses de prisão, informou nesta sexta-feira o jornal “Le Parisien”. Um tribunal de Paris impôs, além disso, uma multa simbólica de 1 euro (cerca de R$ 2,58)  a Christian A., o funcionário de origem luso-brasileira de 38 anos do hotel onde Nadal se hospedou durante o último Roland Garros, que confessou ter roubado o relógio na segunda-feira passada (11), noite da vitória do espanhol no torneio.

A multa está muito abaixo dos R$ 12 mil reivindicados pela parte civil por “dano moral e comercial”, indicou o jornal. Após a denúncia interposta pelo tenista na manhã posterior ao roubo, a polícia judiciária realizou a investigação e deteve o garçom, que foi descoberto graças à chave magnética com a qual entrou no quarto de Nadal.

O luso-brasileiro não demorou a confessar seu furto e a levar a polícia ao local onde tinha escondido o relógio:

- Esse relógio poderia ter mudado minha vida. Queria guardá-lo porque teria me trazido sorte.

A direção do hotel descreveu o funcionário como alguém “sério e que jamais tinha dado problemas”.

O detido era, segundo o “Le Parisien”, uma pessoa bem integrada na França, mas depressiva, que tinha passado uma infância difícil após ser abandonado junto com sua irmã quando eram crianças.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s