Carolina Dieckmann: Polícia identifica quatro suspeitos de vazarem fotos da atriz na Internet

Rio –  A Polícia Civil do Rio identificou quatro suspeitos de vazarem na Internet 36 fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann, 33 anos. De acordo com reportagem do ‘Fantástico’, da TV Globo, os suspeitos são Diego Fernando Cruz, 25 anos, Leonam Santos, 20, Pedro Henrique Matias e um menor de idade.

Os suspeitos são hackers do interior de São Paulo e Minas Gerais. Eles invadiram a caixa de e-mails enviados da atriz por meio de ‘spam’ (softwares que capturam os arquivos dos computadores invadidos). Os policiais da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática cumpriram mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça nas casas dos suspeitos. Foram apreendidos documentos e computadores.

Foto: Severino Silva / Agência O Dia

Carolina foi a delegacia depor | Foto: Severino Silva / Agência O Dia

O delegado responsável pela investigação, Gilson Perdigão, disse que a polícia chegou aos suspeitos após verificar os e-mails enviados para a atriz, que foi chantageada por alguém pedindo R$ 10 mil para não divulgar as imagens íntimas.

Leonam, da cidade de Córrego Dantas (MG), é o principal suspeito de ter furtado 60 arquivos. Diego, de Macatuba (SP), é acusado de enviar as imagens para site pornográfico que seria de Pedro Henrique. O menor de idade, cujo nome não pode ser revelado, seria o autor dos telefonemas exigindo dinheiro. Os suspeitos poderão responder por formação de quadrilha, furto, extorsão qualificada e difamação. Os quatro vão ser intimados a depor em suas cidades. Se forem condenados, podem pegar até 15 anos de prisão.

Os policiais identificaram os IPs (identidades) dos computadores dos suspeitos e acompanharam uma troca de e-mails entre Diego e Pedro. Nela, ambos negam terem exigido dinheiro da atriz, comentam que poderão ser identificados, mas no final riem.

Há cerca de um mês, a atriz foi chantageada para não divulgar as imagens íntimas. A artista tentou preparar um flagrante contra um suposto chantagista, mas ele divulgou as imagens dela antes de chegar a um acordo. “Desde o primeiro momento tentaram fazer uma extorsão com a Carolina, mas ela reagiu e tomou providências através de pessoas da área de segurança que ela conhece”, disse o delegado. Uma dessas pessoas, como O DIA informou na semana passada, foi o especialista de segurança da Rede Globo e ex-caveira do Bope, Rodrigo Pimentel.

(O Dia Online)

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s