you're reading...
Saúde e Comportamento, Sociedade

Desabamento no Rio: veja o antes e depois

São Paulo – Cerca de 18 pessoas continuam desaparecidas entre os escombros de três prédios que desabaram no centro do Rio de Janeiro na noite de ontem. Imagens do Google Street View e de jornalistas que foram ao local mostram o antes e o depois do acidente.

Segundo informações da Prefeitura do Rio de Janeiro, um dos prédios tinha 20 andadres, outro 10 andares, e um terceiro com quatro andares.

Os prédios, localizados na Avenida Treze de Maio, próxima ao Teatro Municipal do Rio, desabaram por volta das 20h30 de ontem. Após o acidente, cinco feridos foram resgatados e levados ao hospital. Quatro continuam internados e um foi liberado.

Cerca de 70 bombeiros e 40 agentes da Secretaria da Defesa Civil do estado participavam dos trabalhos de busca por sobreviventes e assistência aos feridos, trabalhos que não foram interrompidos durante a madrugada.

O desmoronamento ocorreu na região mais central do Rio de Janeiro, em uma área com grande número de escritórios e lojas. A rua é fechada para o trânsito de veículos.

(PORTAL EXAME)

About these ads

Discussão

Um comentário sobre “Desabamento no Rio: veja o antes e depois

  1. Sobre este episódio do desabamento no Rio ninguém ainda teve coragem de comentar sobre a verdadeira causa deste desastre de inúmeros outros pelo Brasil afora nos últimos anos. A verdadeira causa chama-se CORRUPÇÃO. Para qualquer pessoa que algum dia teve contato com empresas de engenharia civil no Brasil sabe que a corrupção é institucionalizada neste setor. Todas a empresas se utilizam em menor ou maior escala de propinas e corrupção em várias fases do processo de construção de uma obra de engenharia civil. A propina começa para aprovação do projeto, se estende para a fraude das concorrências públicas, depois para obtenção laudos técnicos aprovando as obras fraudadas e também na autorização de reformas irregulares.
    É sabido por todos que algum dia tiveram contato com empresas de engenharia civil que existem esquemas intitucionalizados de corrupção utilizados amplamente pelas empresas e orgão contratadores e fiscalizadores(como oesquema das “pedras do sindicato”- esquema em vigor coordenado pelo sindicato das empreiteiras de um certo estado e o departamento de estradas).
    Daí fica fácil entender todos os fracassos recentes da engenharia civil nacional: o desabamento no rio, os prédios dependurados no bairro Buritis em Belo Horizonte, a ponte que substitui o viaduto das almas na BR040, que gastou mais do precisava porque o viaduto foi feito do plano para seus acessos. E também como esquecer o palácio faustoso do novo centro admistrativo de MInas Gerais, obra de extremo mau-gôsto desenhado por Niemayer e que já afundou 18 cm em menos de 2 anos??
    Se o povo brasileiro não tiver coragem de enfrentar esta corrupção generalizada do setor de engenharia civil como se fosse uma “guerra contra a máfia” o podemos esperar são novas vítimas e desabamentos. E pense nas obras da copa 2014!! Todas as obras já forma identificadas como ninhos de corrupção. Como pode se confiar na qualidade técnica de um setor que usa a propina e corrupção como forma de administrar seu negócio. O jeito é rezar para que nenhum estádio de futebol desabe durante a final da copa!!

    Publicado por Fernando | janeiro 31, 2012, 4:25 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

VISITANTES TOTAIS

  • 8,664,287 visitas

VISITANTES ON-LINE

SAUDAÇÕES

Sejam tod@s muito bem vind@s!

O blog diálogos políticos é uma iniciativa da Secretaria de Formação do Sindicato dos Bancários do Ceará. Nosso objetivo é possibilitar o intercâmbio de informações entre as pessoas interessadas nos mais diversos temas da conjuntura brasileira.

MEDIADOR

. Geógrafo e Funcionário da Secretaria de Formação do SEEB/CE. Atua na CCP-Banco do Brasil e CCV-Caixa. Diretor da AESB e Delegado Sindical do SINTEC-CE.

MÚSICA

Direito a Liberdade de Expressão

"Todo o indivíduo tem direito a liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e idéias por qualquer meio de expressão". Art.19 da Declaração Universal dos Direitos do Homem, promulgada em 10 de dezembro de 1948.
free counters
%d blogueiros gostam disto: