Urucum ajuda a emagrecer, reduz radicais livres e diminui colesterol

 

São Paulo – A chegada do verão exige cuidados redobrados com a saúde e o corpo. Para ficar em forma e curtir a temporada de sol, as pessoas intensificam os exercícios físicos. As mulheres, em especial, apostam em dietas rigorosas e, até mesmo, em remédios. O mais indicado para conquistar um corpo esbelto é optar por uma alimentação adequada, mas com saúde e qualidade.

Para a médica nutróloga, reumatóloga, fisiatra e especialista em prática ortomolecular, também autora do livro “Dieta Ortomolecular – o segredo de rejuvenescer em total harmonia”, Sylvana Braga, o urucum, que muitos usavam para obter um bronzeamento rápido, quem diria, agora ganha espaço na busca pela boa forma. De origem nacional e com características funcionais, vem da semente de urucum e auxilia no emagrecimento. Também chamado de Urucum Bixa Orellana L., é um extrato que tem efeitos sobre o organismo como um todo. É muito usado pelos índios na culinária e para ornamentação do corpo.

“O uso mais comum dá-se através das suas sementes trituradas ou através da manipulação em laboratório. Conhecido como colorau, pode ser acrescentado à dieta em saladas, massas, arroz e sopa”, conta.

Para a nutróloga, o urucum melhora os receptores da insulina, o que promove uma baixa da glicose sanguínea e estimula a redução de gordura periférica, favorecendo, assim, o emagrecimento corporal.

Além disso, Sylvana afirma que o urucum é rico em carotenóides, excelentes antioxidantes que impedem a peroxidação lipídica e as aberrações dos cromossomos. “Logo, protegem o corpo das mutações genéticas do aparecimento de doenças ligadas à hereditariedade. Os carotenóides possuem uma coloração atraente com baixa toxicidade, ou seja, ausência de efeitos colaterais adversos. Dos carotenóides presentes no urucum, predomina a bixina, que reduz os radicais livres circulantes e protege as membranas celulares da ação dos mesmos.”

Dentre as funções importantes do urucum, pode haver a baixa de colesterol total, redução do mau colesterol (LDL) e aumento do bom colesterol (HDL). Como não possui efeito tóxico, pode reduzir os indutores de câncer colorretal.

(PORTAL EXAME)

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s