you're reading...
Política, Sociedade

Xuxa ofusca rainha da Suécia em visita ao Congresso

Xuxa rouba a cena em visita ao Congresso (Foto: Agência Câmara)

Apesar da presença da rainha da Suécia, Silvia Renate Sommerlath, no Congresso hoje — para participar do seminário Experiências de Legislação Contra Castigos Corporais de Crianças e Adolescentes — foi a apresentadora Xuxa Meneghel quem roubou a cena.

Tanto que a rainha da Suécia pediu ao presidente do Senado, José Sarney, para ser recebida antes da rainha dos Baixinhos.

Assista só a saída da rainha da Suécia do gabinete de Sarney:

E o furor com a entrada de Xuxa no mesmo gabinete:

(Ultimo Segundo)

About these ads

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

VISITANTES TOTAIS

  • 8,663,783 visitas

VISITANTES ON-LINE

SAUDAÇÕES

Sejam tod@s muito bem vind@s!

O blog diálogos políticos é uma iniciativa da Secretaria de Formação do Sindicato dos Bancários do Ceará. Nosso objetivo é possibilitar o intercâmbio de informações entre as pessoas interessadas nos mais diversos temas da conjuntura brasileira.

MEDIADOR

. Geógrafo e Funcionário da Secretaria de Formação do SEEB/CE. Atua na CCP-Banco do Brasil e CCV-Caixa. Diretor da AESB e Delegado Sindical do SINTEC-CE.

MÚSICA

Direito a Liberdade de Expressão

"Todo o indivíduo tem direito a liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e idéias por qualquer meio de expressão". Art.19 da Declaração Universal dos Direitos do Homem, promulgada em 10 de dezembro de 1948.
free counters
%d blogueiros gostam disto: