Jovem gay é morto com 30 facadas e tem olho arrancado no Amazonas

Homossexual assumido, o agente de saúde Marlon Neves Gomes, 25, foi assassinado com requintes de crueldade no último fim de semana na cidade amazonense de Anori. O corpo dele foi encontrado em uma quadra de esportes da cidade de 16 mil habitantes na tarde do último sábado, 12, degolado, com 30 facadas pelo corpo e um olho arrancado, além de indícios de violência sexual.

A Polícia Civil prendeu três suspeitos que foram vistos com Marlon na tarde da sexta-feira, 11, e que agora precisam de proteção policial porque a população de Anori os ameaça de linchamento. Eles foram reconhecidos por uma testemunha e são acusados de latrocínio (roubo seguido de morte), mas a polícia também trabalha com a hipótese de motivação homofóbica.

(Portal Uol)

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s