Resultado do concurso do BNB deve ser divulgado até a próxima segunda, dia 7

A espera dos candidatos parece está chegando ao fim.

A coordenação da comissão organizadora do concurso do Banco do Nordeste acaba confirmou ao Blog Concursos do O POVO que o resultado final da seleção já deve ser divulgado até a próxima segunda-feira, dia 7.

O anúncio ocorrerá quase que simultaneamente à revelação do gabarito definitivo, que, de acordo com a comissão, sairá, no máximo, até esta sexta-feira (4).

Os trabalhos de análise dos recursos contra o gabarito preliminar da prova, divulgado no iníco de abril, entraram na reta final esta semana e estão sendo conduzidos pela banca examinadora formada por professores da Associação Cearense de Estudos e Pesquisas (Acep).

CONCORRÊNCIA

Ao todo, o atual certame do BNB conta com nada menos que 124.270 participantes. Em Fortaleza, são 21.033 concorrentes.

A SELEÇÃO

O concurso visa a formação de cadastro reserva para os cargos de analista bancário, analista técnico (funções que exigem nível médio completo) e especialista técnico (que exige ensino superior completo em várias especialidades).

A remuneração pode chegar a R$ 7.029,75.

>>> SERVIÇO

Página de informações gerais sobre o concurso

Página de tira dúvidas sobre o certame

(O Povo Online _ Blog dos Concursos)

Justiça tira do ar site de pré-candidato do PSDB no Piauí por propaganda antecipada

O site do pré-candidato tucano ao governo do Piauí, Sílvio Mendes, foi retirado do ar nesta segunda-feira por determinação da Justiça Eleitoral. Segundo a decisão liminar, a página estava sendo usada para fazer propaganda eleitoral antecipada.

A representação foi feita pelo Ministério Público Eleitoral, que pediu também aplicação de multa ao pré-candidato –o que não foi aceito pela Justiça.

Na decisão, o juiz auxiliar da Comissão de Propaganda Sandro Helano Soares Santiago afirma que a página de Mendes contém links de acesso a notícias com “mensagens enaltecedoras da vida política” do tucano.

O magistrado conclui que houve propaganda antecipada principalmente no trecho que afirma que “este período é ideal para nos encontrarmos com as lideranças e com a população das cidades do Piauí, ouvindo as demandas e as necessidades de nosso povo para trazermos na hora certa as propostas mais adequadas para o futuro do Estado […] que decidiu deixar a prefeitura para disputar o governo do Estado porque acredito que podemos fazer mais pelo Piauí”.

A Justiça determinou a suspensão do site até o dia 5 de julho. A propaganda eleitoral é permitida a partir do dia 6.

Desde a manhã de hoje, a página do candidato na internet exibe o aviso “Estamos momentaneamente fora do ar por determinação da Justiça Eleitoral”.

A defesa do pré-candidato entrou com recurso para tentar suspender a decisão liminar. A advogada de Mendes, Georgia Nunes, disse que “em momento nenhum foi feito propaganda eleitoral antecipada”.

De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a lei eleitoral permite que os pré-candidatos mantenham sites, mas veta pedidos de votos e a apresentação do político como candidato.

(Folha Online)

Poeta brasileiro Ferreira Gullar vence prêmio Camões 2010 em Portugal

O poeta brasileiro Ferreira Gullar, que venceu a edição 2010 do prêmio Camões

O poeta brasileiro Ferreira Gullar, 79, foi o vencedor da edição de 2010 do prêmio Camões, segundo anunciou nesta segunda-feira (31) a ministra da Cultura de Portugal, Gabriela Canavilhas.

O brasileiro sucede, assim, ao cabo-verdiano Arménio Vieira, que venceu o prêmio Camões em 2009.

Gullar tem uma obra extensa e já escreveu poesias, crônicas, ficção, memórias, biografias, ensaios e teatro, além de ter se dedicado também às traduções.

Na cerimônia de anúncio do vencedor do prêmio, a ministra portuguesa destacou a “atividade cívica e política” desenvolvida por Gullar contra a ditadura militar.

O prêmio Camões, instituído em 1989 pelos governos de Portugal e do Brasil, tem como objetivo principal destacar anualmente um escritor de língua portuguesa que tenha contribuído para o enriquecimento do patrimônio literário e cultural em português.

A premiação tem ainda como finalidade estreitar e desenvolver os laços culturais entre toda a comunidade lusófona.

O valor do prêmio é de 100 mil euros (cerca de R$ 222 mil). Ainda não foi marcada data para a entrega.

(Folha Online)

Cine Ceará anuncia oito longas selecionados em mostra oficial

Che Guevara em cena de 'Memória cubana', documentário de Alice de Andrade e Iván Nápoles que será exibido no Cine Ceará (Foto: Reprodução)

A organização do XX Cine Ceará, tradicional festival de cinema de Fortaleza dedicado à produção nacional e iberoamericana, anunciou nesta segunda-feira (31) os títulos dos oito longa-metragens que disputarão prêmios no evento.

Entre os filmes, há dois inéditos: “El último comandante”, coprodução de Brasil e Costa Rica dirigida por Vicente Ferraz e Isabel Martínez, e “Memória cubana”, documentário de Alice de Andrade e Iván Nápoles.

Também estará no festival o longa “Estrada para Ythaca”, já premiado no Festival de Tiradentes no início do ano e dirigido pelos cearenses Luiz Pretti, Ricardo Pretti, Guto Parente e Pedro Diógenes.

Completam a lista o argentino “O último verão de la Boyita”, de Julia Solomonoff; “Do amor e outros demônios”, da colombiana Hilda Hidalgo; o espanhol “A mulher sem plano”, de Javier Rebollo; “Alamar”, do mexicano Pedro González Rubio; e finalmente a coprodução Cuba-Venezuela-Rússia “Lisanka”, de Daniel Diaz Torres.

O XX Cine Ceará será realizado entre 24 de junho e 1º de julho. Os vencedores do Troféu Mucuripe serão escolhidos nas categorias direção, fotografia, edição, roteiro, direção de arte, ator e atriz.

Além dos longa-metragens, o evento também terá competição de curtas-metragens e uma mostra paralela dedicada aos filmes que retratam o Muro de Berlim e os seus efeitos no mundo.

Nesta edição, o festival também homenageará os atores José Wilker e Patrícia Pillar, o cineasta brasileiro Ruy Guerra e o peruano Francisco J. Lombardi.

(Portal G1)

Aeroportos das cidades-sede da Copa de 2014 operam acima da capacidade

O movimento dos aeroportos está acima da capacidade em oito das 12 cidades brasileiras que receberão partidas da Copa do Mundo de 2014: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Manaus, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. O alerta está em um estudo divulgado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) nesta segunda-feira (31).

Os casos mais graves são os de Manaus, São Paulo e Brasília. Na capital do Amazonas, o aeroporto da cidade recebe 17 pedidos de pousos e decolagens por hora, enquanto que a capacidade é de apenas nove. O aeroporto de Congonhas, em São Paulo, tem 34 pedidos por hora, mas a capacidade é para 24. Em Brasília, o aeroporto foi construído para 36 pousos e decolagens por hora, mas recebe 45 em média.

Segundo o coordenador de infraestrutura econômica do Ipea, Carlos Campos, esse é um dos principais desafios que o Brasil terá de resolver para a Copa do Mundo de 2014. Ele afirmou que o caso de Manaus é tão grave que já chega a atrapalhar as atividades das indústrias localizadas na Zona Franca. Ele lembrou que muitos componentes eletrônicos são importados e chegam à cidade de avião.

- Com a dificuldade nos aeroportos, muitas indústrias tiveram de reprogramar para baixo sua produção.

Na última quarta-feira (26), durante a abertura do 5º Salão do Turismo, o governador de São Paulo, Alberto Goldman, aproveitou a presença do ministro do Turismo, Luiz Barretto, e alertou para a situação dos aeroportos do Estado, que estão com “gargalos que estrangulam o turismo de São Paulo e do Brasil”.

- São 40 milhões de passageiros por ano nos três principais aeroportos de São Paulo [Guarulhos, Congonhas e Viracopos]. Temos um aumento no movimento de 10% ao ano, ou seja, são mais 4 milhões de pessoas todo ano. Precisamos de um novo aeroporto de Congonhas a cada ano para dar conta da demanda.

O Ipea informa no estudo que “situações preocupantes são aquelas em que o nível de utilização das instalações ultrapassa 80% de sua capacidade”. Em casos críticos, o instituto afirma que “o nível de utilização das instalações supera a capacidade instalada”, o que pode provocar uma “deterioração do nível de serviço” e, consequentemente, uma “colapso operacional”.

O levantamento não traz informações sobre os aeroportos de Cuiabá (MT), Salvador (BA), Fortaleza (CE) e Recife (PE).

Investimentos

O ex-diretor da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) Josef Barat, que atuou como consultor da pesquisa, ressaltou que a solução do problema passa necessariamente por investimentos nos aeroportos, sejam eles feitos pela Infraero – estatal responsável por aeroportos que correspondem a 97% do movimento de cargas e passageiros no Brasil – ou por meio da iniciativa privada.

Para viabilizar investimentos, Barat mencionou cinco sugestões: abertura do capital da Infraero, com captação de recursos no mercado financeiro; concessão à iniciativa privada por lotes de aeroportos rentáveis e não rentáveis, com obrigação de investimentos; concessão à iniciativa privada apenas dos aeroportos rentáveis; construção de novos terminais nos aeroportos saturados por meio de PPP (Parceria Público-Privada) ou concessão à iniciativa privada; e construção de novos aeroportos por PPP ou concessão.

(Portal R7)

Empresas não podem exigir exame de HIV dos seus empregados

“Portaria do Ministério do Trabalho e Emprego, publicada na edição de segunda-feira, 31, do Diário Oficial da União, proíbe que as empresas submetam trabalhadores a exames de HIV, de forma direta ou indireta, por ocasião de admissão, mudança de função, avaliação periódica, retorno, demissão ou qualquer outro procedimento ligado à relação de emprego.

A Portaria nº 1.246 tem como base a Lei nº 9.029, de 13 de abril de 1995, que proíbe a adoção de qualquer prática discriminatória e limitativa para a admissão ou a manutenção do emprego.

O texto também se baseia na Portaria Interministerial nº 869, de 12 de agosto de 1992, que proíbe, no âmbito do serviço público federal, a exigência de teste para detecção do HIV tanto nos exames pré-admissionais quanto nos periódicos de saúde. ”

(Agência Brasil)

Greve dos Motoristas: Categoria faz nova paralisação, mesmo com ameaça de multa

Motoristas e cobradores voltaram a realizar paralisação na manhã desta segunda-feira, 31, mesmo com ameaça de multa, prevista em liminar deferida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) no último sábado, 29. Desta vez, a categoria realizou uma assembleia na empresa São José, bairro Parangaba, das 6 às 7 da manhã.

De acordo com Geraldo Lucena, um dos diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Ceará (Sintro), 100% dos trabalhadores da empresa. Neste período, a saída de ônibus da garagem foi suspensa.

No último sábado, O TRT determinou que caso o Sintro impedisse o acesso dos trabalhadores ao serviço, estaria sujeito a pena de pagamento de multa diária de R$ 30 mil.

(O Povo Online)

H1N1: Vacinação de crianças entre 2 e 5 anos termina quarta-feira (2)

Até quarta-feira, dia 2 de junho, as crianças na faixa etária de 2 anos a menores de 5 anos, devem ser levados aos postos de saúde para serem vacinadas contra a Influenza H1N1. A vacinação desse grupo prioritário começou no último dia 24 de maio. No Ceará, a meta é imunizar 379.068 crianças dessa faixa etária, que precisam tomar duas doses em um intervalo mínimo de 21 dias. O Ministério da Saúde enviou ao Ceará 236.920 doses da vacina para essa primeira etapa. Para a segunda dose da vacina, enviará mais 284.300 doses.

A vacinação continua para os grupos que ainda não atingiram as metas de cobertura vacinal estabelecidas pelo Ministério da Saúde. No Ceará, cumpriram as metas de vacinação os grupos formados pelos trabalhadores da saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas com mais de 60 anos e crianças maiores de seis meses e com menos de dois anos. Falta cumprir a meta das gestantes, adultos de 20 a 29 anos e adultos de 30 a 39 anos.

A Secretaria da Saúde do Estado lembra à população que a vacinação não é única forma de se proteger contra o vírus H1N1. O coordenador de promoção e proteção à saúde da Sesa, Manoel Fonsêca, afirma que “ações básicas de higiene não podem ser esquecidas, como lavar as mãos, não compartilhar copos, talheres e toalhas de uso pessoal e ao tossir ou respirar cobrir o nariz e a boca com um lenço”.

(governo do estado do ceara)

Vacina contra câncer de mama deve ir a teste dentro de 1 ano

Uma vacina contra o câncer de mama deverá ir a teste dentro de 1 ano, segundo reportagem publicada neste domingo pelo diário britânico “Daily Telegraph”.

Uma droga que vem sendo testada tem dado mostras de impedir a aparição de tumores e também de atacar aqueles já presentes.

Pesquisadores dizem que, se bem-sucedida, ela poderia ser oferecida a mulheres antes de alcançarem meados de 40 anos, época em que o risco de câncer de mama começa a subir.

De acordo com estudos, a droga poderia acabar com mais de 70% dos cânceres de mama, salvando mais de 8 mil vidas por ano somente no Reino Unido.

Segundo a reportagem do “Daily Telegraph”, o criador da vacina, Vincent Tuohy, da Clínica Cleveland, de Ohio, nos Estados Unidos, fez o prognóstico de que a vacina pode erradicar a doença por completo.

“Nós acreditamos que uma vacina preventiva de câncer de mama vai fazer com o câncer de mama o que a vacina contra a pólio fez com a pólio”, disse ele. “Nossa visão é a de que o câncer de mama é uma doença que se pode prevenir por completo”.

A vacina é baseada em uma proteína chamada alfalactalbumina, que age na maior parte dos tumores de câncer de mama.

Segundo a revista Nature Medicine, testes com ratos criados em laboratório para desenvolver câncer de mama aos 10 meses de idade, mostraram que a droga deixou-os livres de tumores.

A vacina estimula o sistema imunológico, capacitando-o para destruir a alfalactalbumina quando ela aparece, e assim evitar que tumores se formem.

A droga também aumentou o poder do sistema imunológico para encolher até a metade tumores pré-existentes, sugerindo que ela poderia ser usada também como tratamento, tanto quanto como vacina.

A necessidade de mais estudos em um número maior de mulheres significa que deve demorar pelo menos 10 anos antes que a vacina chegue ao mercado.

(folha online)

Santander abre primeira agência dentro de favela do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro – O Santander inaugura hoje a sua primeira agência dentro de uma favela no Brasil no Complexo do Alemão, uma das regiões de maior conflito da zona norte do Rio de Janeiro. O ponto de atendimento será igual aos demais da rede, mas sofreu adaptações para conquistar os 150 mil moradores da comunidade. Enquanto a renda média exigida para abertura de conta no banco é de R$ 1 mil, no Alemão quem recebe a partir de um salário mínimo poderá ter sua conta.

A instituição financeira também teve que flexibilizar a forma de comprovação de moradia, passando a aceitar o comprovante de residência fornecido pela associação de moradores local. O esquema de segurança da agência não será diferente de outras regiões. “Cada agência tem a sua especificidade com relação a segurança. Todas tem um esquema especial de acordo com a sua localidade”, afirma José Paiva Ferreira, vice-presidente executivo de varejo do Santander. “Essa agência é igual a que inauguramos há duas semanas em Laranjeiras, na zona sul, e é igual a qualquer outra do Brasil ou da Espanha”, reforça.

A nova agência terá um posto de atendimento de microcrédito que já estava presente na favela desde novembro de 2009 e atendeu cerca de 400 pessoas. Oito moradores do Complexo do Alemão trabalharão na agência que faz parte do plano de expansão da rede no Rio de Janeiro e no Brasil. O banco tem planos para abrir 600 pontos de atendimentos até 2013 em todo o país, sendo 70 deles no Rio, onde a instituição tem a folha de pagamento da Prefeitura da Cidade.

Ao abrir uma agência dentro de uma favela, o Santander quer aprender como atender e conquistar os clientes da base da pirâmide para expandir a experiência para outras regiões. A ação está inserida dentro do Programa Menor Renda, projeto que engloba também os universitários.

(portal exame)

Brasil deve crescer mais que a China no 1º trimestre, estima Itaú

SÃO PAULO – O crescimento da economia brasileira deve ter superado o da China no primeiro trimestre, segundo cálculos do Itaú Unibanco. A estimativa da instituição é de que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil tenha se expandido 3% entre janeiro e março, na comparação com os três últimos meses de 2009, superando os 2,5% projetados para a economia chinesa.

“E nós estamos sendo conservadores. Os indicadores apontam para um crescimento de 3,6%”, destaca Illan Goldfajn, economista-chefe do Itaú Unibanco. A projeção robusta tem como base a forte demanda interna, que foi impulsionada pelo consumo e pelos investimentos.

“O consumo, que representa 60% da riqueza do país, subiu muito devido sobretudo aos incentivos fiscais. Os investimentos, por sua vez, tiveram aumento de quase 30% em temos anualizados”, afirma Aurélio Bicalho, economista da instituição, ressaltando o amplo impacto dos investimentos na economia. Num primeiro momento, eles representam elevação de demanda e, na sequência, possibilitam o aumento da capacidade instalada para expansão da oferta.

Bicalho lembra que a economia brasileira vem crescendo forte desde novembro, a uma taxa anualizada de 12% ao ano. “Nesse trimestre, os automóveis impulsionaram muito o PIB, assim como outros bens duráveis. Mas, daqui pra frente, esses itens não só deixarão de ajudar como pesarão nos resultados, devido ao fim do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido”, diz o economista.

Para os próximos meses, o Itaú Unibanco espera uma forte desaceleração da economia brasileira, que deve crescer 1,2% no segundo trimestre e 1% nos dois trimestres seguintes. O freio no crescimento deverá ser reflexo também da crise na Europa.

Ainda assim, o PIB brasileiro deve ter expansão de 7,5% no ano pelas estimativas da instituição. Já o crescimento da zona do euro deve se restringir a 1,2%, bastante abaixo da média mundial, que é de 4,5%.

O Itaú Unibanco não descarta uma piora na crise na Europa, mas trabalha com um cenário de estabilidade. “Se houver uma deterioração do cenário externo, poderemos ter queda no PIB da Europa. Nesse caso, a China, que exporta para os europeus, acabará vendendo menos e nós, que exportamos para a China, também comercializaremos menos”, afirma Goldfajn.

Outro impacto que o Brasil poderia sofrer seria por vias financeiras. “Por melhor que o Brasil esteja, ele ainda é um país emergente. Não é o lugar mais seguro do mundo e, num momento de incertezas, os investidores se abrigam nos Estados Unidos”, explica Goldfajn.

Na economia real, isso se traduziria em redução do crédito e dos investimentos das empresas europeias no Brasil. O cenário mais pessimista, entretanto, não assusta os economistas do Itaú Unibanco.

Ainda que a Europa entre em recessão, Goldfajn afirma que o governo teria meios e fôlego para combater a crise. “Os juros, por exemplo, continuam bastante altos. Só com essa ferramenta já seria possível reforçar a economia”, avalia o economista.

(Francine De Lorenzo | Valor)

Incêndio destrói agência do Banco do Brasil no Sertão de Pernambuco

A agência do Banco do Brasil em Santa Maria da Boa Vista, Sertão de Pernambuco, sofreu um incêndio no fim da tarde deste domingo (30).

De acordo com informações da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar, uma equipe de funcionários estava no local finalizando uma reforma na agência, quando ocorreu um circuito no local.

As pessoas ainda tentaram controlar o fogo, que rapidamente se alastrou pela agência. O Corpo de Bombeiros de Petrolina foi acionado e chegou no início da noite, permanecendo no prédio da agência bancária até controlar o último foco de incêndio.

Uma equipe da Polícia Militar permaneceu no local até a chegada do Instituto de Criminalística. Ainda de acordo com informações da 7ª CIPM, todo o interior da agência foi queimado pelo fogo.

(jc.uol.com.br)

Lei municipal obriga bancos de Natal a colocar divisórias entre os caixas

As instituições financeiras que operam em Natal terão de aumentar a segurança dentro das agências, instalando, em até 90 dias, painéis de isolamento que tornem mais difícil para quem está na fila visualizar as movimentações que o cliente em atendimento no caixa realiza. A medida deverá ajudar a coibir a chamada “saidinha de banco” na cidade e, se for descumprida, poderá render multa de 50 UFIR´s por dia ao banco. A fiscalização ficará a cargo do Procon Natal, órgão municipal de defesa do consumidor. Todas as agências terão de fazer a adaptação.

A necessidade de instalação dos painéis é prevista na lei nº 6.101, sancionada pela prefeitura de Natal e publicada no Diário Oficial do Município. De acordo com o texto, os equipamentos deverão ser instalados no espaço entre os caixas e os clientes que estão na fila, deverão ser opacos e ter, no mínimo, 1,80 metro de altura.

“O consumidor fica muito exposto quando está no banco e, por causa dessa exposição, os assaltos só crescem”, diz o vereador Adão Eridan, que deu entrada em projeto de lei semelhante e subscreveu o aprovado pela prefeitura, de autoria do vereador Paulo Wagner.

A titular da Delegacia de Furtos e Roubos, Sheila Freitas, observa que esse tipo de medida é positivo principalmente por dificultar a atuação dos “olheiros”, que ficam no interior das agências observando a movimentação e transmitindo informações para bandidos que estão do lado de fora prontos para assaltar quem sacou dinheiro. É o método conhecido como saidinha.

“Com os painéis, vai ficar mais difícil saber se o usuário está sacando, quanto está sacando ou se está realizando outro serviço”, observa. Para facilitar o atendimento, as agências também terão de instalar painéis que indiquem o caixa que está disponível para atendimento do próximo cliente.

A fiscalização terá início em 90 dias, quando termina o prazo para que as instituições financeiras se adequem às novas exigências, diz o diretor de assessoria jurídica do Procon, Jandir Olinto. Ele lembra que o Procon também é incumbido de fiscalizar o cumprimento da chamada lei das filas, que limita em 30 minutos o tempo de espera por atendimento em dias normais e em 45 em dias de maior movimento, e também da Lei 5.993, que, desde outubro do ano passado, determina que os bancos instalem e mantenham em funcionamento, no entorno de cada agência, no mínimo três câmeras de vigilância para aumentar a segurança de clientes.

Bancos

O gerente de administração do Banco do Brasil no Rio Grande do Norte, Araken Aranha Rêgo, disse que o banco vai se adequar dentro do prazo previsto na lei e que a assessoria jurídica e o departamento de infraestrutura do banco vão fazer o levantamento da quantidade de guichês e das adaptações que serão necessárias para atender a legislação. “Só com base nesse levantamento saberemos qual é o custo”, diz.

A Federação Brasileira dos Bancos disse, por sua vez, ser contrária a esse tipo de medida que, em vez de aumentar a segurança, diminui, porque tira a capacidade de visão dos vigilantes e dificulta o trabalho das câmeras de segurança.

(Tribuna do Norte – RN)