Chorinho no céu da Ibiapaba, em Viçosa do Ceará

Nem a chuva que ia e vinha, muitas vezes com direito a raios e trovões, manchou o brilho da IV Edição do Festival Mel, Chorinho & Cachaça, realizado neste último fim de semana em Viçosa do Ceará, a 349 km de Fortaleza. Atrações como a dupla Ítalo & Renno, os veteranos dos Demônios da Garoa e o virtuose Armandinho Macedo levantaram a plateia que foi conferir suas apresentações no palco ao lado da Igreja do Céu nos três dias do evento. Mas outros artistas também se destacaram, tanto nesse espaço quanto no palco da tenda Sesc, armada na praça da Igreja da Matriz.

A primeira noite do festival superou qualquer expectativa e, mesmo sem atrações nacionais, o público lotou o alto da Igreja do Céu para conferir as apresentações. A parcela feminina estava especialmente entusiasmada com presença da dupla Ítalo & Renno. Os amantes da música instrumental foram brindados com o show de Carlinhos Patriolino (bandolim) e Cainã Cavalcante (violão), onde a tônica do choro era reforçada por um background jazzístico que deu asas aos instrumentistas para improvisos cheios de virtuose. Destaque também para a presença de Tiago Almeida nos teclados, brilhando de igual pra igual com os protagonistas.

Mas o dia era mesmo dos -galãs- do novo forró cearense, que poderia ter tido a apresentação prejudicada pela chuva torrencial. Pelo contrário, Ítalo & Renno botaram todos para dançar num show para todos os gostos, onde não abriram mão de mostrar sua intimidade com o chorinho. Mas esta foi só uma faceta da dupla que arrancava gritinhos das fãs mais afoitas, que não se intimidaram com a chuva e os trovões. Do baião mais tradicional, os dois passearam pela diversidade da música popular brasileira, animando a galera que até tremzinho fez.

Viçosa do Ceará - Lagoa Pedro II
Viçosa do Ceará: vista noturna

No sábado (dia 1º), o tempo ajudou a tornar a noite o ponto alto do festival. Era, sim, a noite mais disputada do evento, como já é tradição. O alto da Igreja do Céu lotou para conferir o festival. A noite foi aberta pelo quinteto feminino Nossa Voz cuja apresentação teve participações de dançarinos e atores. Mas o nervosismo das cantoras deixou a dever, apesar do bom repertório. A atração seguinte era justamente a mais esperada pelos músicos e instrumentistas: o Trio Madeira Brasil, uma das formações mais bem sucedidas do choro atualmente. E Zé Paulo Becker (violão), Marcello Gonçalves (violão de 7) e Ronaldo do Bandolim fizeram uma apresentação irrepreensível.

Porém, a noite era dos veteranos mestres do samba paulistano Demônios da Garoa, que levaram toda sua simpatia e carisma para o palco, com um repertório amplo e popular. Foi, sem dúvida, um show para ficar para história do evento e da cidade de Viçosa do Ceará. O público ficou em estado de graça com as vozes afinadíssimas do quinteto vocal, único remanescente de uma geração de grandes conjuntos vocais dos anos 1940 e 1950, além do cavaquinho irrepreensível de Canhotinho (Roberto Barbosa). É claro que o repertório abriu um leque que foi além dos clássicos de Adoniran Barbosa & do qual são seus intérpretes maiores. Ninguém ficou parado e cantava junto cada um dos números apresentados. Uma noite perfeita!

A chuva voltou a ameaçar no domingo (2). Poucas horas do começo das apresentações, trovões prenunciavam mais uma noite molhada, justo o dia que havia maior insegurança quanto ao público, afinal segunda é dia de expediente. Com pouco atraso, a noite começou com a Orquestra Municipal de Viçosa, fazendo um repertório exclusivo de choros. Depois, foi a vez das mineiras do A Quatro Vozes chegarem de mansinho e conquistarem aos poucos um público ainda desconfiado do tempo. Fizeram um belo show, com suas vozes delicadas e super afinadas. O repertório ajudou trazendo clássicos da música brasileira e uma homenagem especial a Noel Rosa.

Mas novamente a plateia ficou completa na hora da grande atração da noite: o baiano Armandinho Macedo trouxe o show Pop Choro, onde mescla a tradição do choro com uma linguagem que vem do pop e do rock, lembrando bastante seus tempos de A Cor do Som, mas privilegiando o bandolim. É claro que a guitarra elétrica não faltou, mostrando até uma faceta romântica executando Oceano, de Djavan. Pop Choro é redondinho e a plateia respondeu com entusiasmo, até quando executa Bolero de Ravel com batida de samba-reggae.

Apesar de iminentemente instrumental, Armandinho abre espaço para lembrar alguns de seus sucessos do A Cor do Som e Trio Elétrico Dodô & Osmar. Uma apresentação bem diferente da que fez em fevereiro no aterro da Praia de Iracema, mais coesa com uma super banda segurando todas para Armandinho voar à vontade.

Por Luciano Almeida Filho – O Povo Online

EMAIS

- Além de celebrar o centenário de Noel Rosa (1910-1937), outro homenageado da quarta edição do Mel, Chorinho & Cachaça foi o recém-falecido músico cearense Zé Renato, violonista de 7 cordas de vários conjuntos de choro e samba como Cordas que Falam, Samba de Boteco, Policarpo & A Estrela de Madureira, entre outros. Sempre após o fim dos shows na Igreja do Céu, acontecia a Saideira para Zé Renato, da qual participaram Samba de Boteco (sexta), a cantora Fabiana Paim (sábado) e o grupo piauiense Arrumadinho (domingo). Destaque para Fabiana que brindou a plateia com um repertório afiado, belo timbre de voz e carisma no palco.

- Senhorinhas de cabeça branca se destacavam na plateia da tenda Sesc nas apresentações de final de tarde. Até algumas freirinhas da Matriz foram conferir o chorinho das 17 horas que teve entre as atrações Rodolf Forte (sexta), Macaúba e seu regional (sábado) e Tiesco do Trombone (domingo). Momento emocionante foi a canja da cantora viçosense Paizinha Miranda, homenageando Zé Renato e Noel Rosa, em canja com Macaúba no sábado.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s