you're reading...
Ceará e Nordeste

Medicamentos nas farmácias populares são até 90% mais baratos

Medicamentos com redução de até 90% nos preços de mercado podem ser encontrados em Fortaleza nas três unidades do Programa Farmácia Popular do Brasil e em farmácias privadas que vendem remédios repassados pelo Ministério da Saúde. A lista inclui medicação para cerca de 80% das doenças que atingem a população – asma, cólicas, depressão, diabetes, enxaqueca, hipertensão, queimaduras, úlcera gástrica, verminoses, além de antialérgicos, antibióticos, anticoncepcionais, anticonvulsivantes, anti-inflamatórios, ansiolíticos e antivirais.

Para adquirir os remédios disponibilizados pelo programa, os interessados só precisam apresentar uma receita emitida por médico ou odontólogo na rede pública ou privada. O receituário é exigido como estratégia para evitar a automedicação, o que pode causar intoxicações ou mascarar sintomas de doenças importantes. O único produto que dispensa prescrição médica ou odontológica e também pode ser encontrado nas farmácias populares são os preservativos masculinos, fundamentais para prevenir a gravidez e as doenças sexualmente transmissíveis.

O Programa Farmácia Popular do Brasil faz parte da política do Ministério da Saúde para ampliar o acesso da população aos medicamentos considerados essenciais, beneficiando principalmente as pessoas com baixo poder aquisitivo e que, por causa do custo dos remédios, encontram dificuldades para realizar tratamentos. Em Fortaleza, há uma unidade do programa no
Centro da cidade e outras duas mantidas pela Prefeitura, que funcionam nos terminais de ônibus dos bairros Parangaba e Siqueira.

Os medicamentos são repassados pelo Governo Federal e as prefeituras ficam responsáveis pela estrutura física das farmácias e a contratação dos funcionários para o atendimento à população. Cada unidade conta com uma equipe de nove profissionais, sendo dois farmacêuticos em todo o horário de funcionamento – das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira; e de 8 às 12 horas, aos sábados.

A assistência farmacêutica inclui o acompanhamento de pacientes com diabetes e hipertensão, a verificação de pressão arterial e o exame de glicemia. Na Farmácia Popular de Parangaba, onde estão disponíveis 104 medicamentos, são realizados 300 atendimentos diários em média, e a Farmácia Popular do Siqueira atende em torno de 200 pessoas por dia.

Os remédios são obtidos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, em laboratórios armacêuticos públicos ou particulares e disponibilizados a baixo custo para serem vendidos em unidades próprias do Programa Farmácia Popular, mas também comercializados nas farmácias particulares, onde o consumidor informa no ato da compra o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) para o DataSUS, o banco de dados do Sistema Único de Saúde. A redução de até 90% no preço dos medicamentos é assegurada graças à isenção de impostos e à aplicação de subsídios por parte do governo.

SERVIÇO

As farmácias populares funcionam de segunda a sexta-feira, das 8 às 18
horas, e aos sábados, das 8 às 12 horas.

Farmácia Popular de Parangaba
Terminal de ônibus – Rua Eduardo Perdigão, nº 241 – Telefone: 3105.3061

Farmácia Popular do Siqueira
Terminal de ônibus – Avenida General Osório de Paiva, nº 2955 – Telefone: 3483.2681

(Prefeitura de Fortaleza)

About these ads

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

VISITANTES TOTAIS

  • 8,677,230 visitas

VISITANTES ON-LINE

SAUDAÇÕES

Sejam tod@s muito bem vind@s!

O blog diálogos políticos é uma iniciativa da Secretaria de Formação do Sindicato dos Bancários do Ceará. Nosso objetivo é possibilitar o intercâmbio de informações entre as pessoas interessadas nos mais diversos temas da conjuntura brasileira.

MEDIADOR

. Geógrafo e Funcionário da Secretaria de Formação do SEEB/CE. Atua na CCP-Banco do Brasil e CCV-Caixa. Diretor da AESB e Delegado Sindical do SINTEC-CE.

MÚSICA

Direito a Liberdade de Expressão

"Todo o indivíduo tem direito a liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e idéias por qualquer meio de expressão". Art.19 da Declaração Universal dos Direitos do Homem, promulgada em 10 de dezembro de 1948.
free counters
%d blogueiros gostam disto: